Projeto2 2012 daniela_m

285 visualizações

Publicada em

Projeto do 2º trimestre de 2012, que relaciona Arte e Ciência, buscando o desenvolvimento da linguagem e o pensamento lógico dos alunos.

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
285
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projeto2 2012 daniela_m

  1. 1. EMEF Maria Quitéria – Profª Daniela Menezes – Ano Letivo: 2012 Guardiões da Terra – 4º B / Equipe Verde – 4º C Projeto 2º trimestre: Entre a Arte e a Ciência na SustentabilidadeObjetivos: Relacionar as características dos elementos da natureza e sua relação com a vida humana; promover o uso da lógica científica e da linguagem artística em suas diferentes dimensões; compreender as relações entre a linguagem e a lógica na língua portuguesa, na matemática e nas demais ciências; valorizar as produções em grupo dos alunos.Justificativa A arte e a ciência estão presentes no nosso cotidiano, pois vivemos em ummundo que valoriza o desenvolvimento linguístico e lógico do indivíduo. Mesmo noEnsino Globalizado, as áreas do saber aparecem divididas em nosso currículo.Entretanto, o pensamento humano é múltiplo e a aprendizagem se efetiva quando oaluno consegue inserir em um contexto geral os conteúdos fragmentados que recebe.Ao invés de distanciar a arte da ciência, a aprendizagem está na integração delas. Portanto, é fundamental apresentar conteúdos específicos sob umaperspectiva realmente globalizada, onde o aluno possa relacionar as diferentesinformações que recebe cotidianamente. Pelo viés da sustentabilidade, a linguagem e alógica serão o ponto de encontro de diferentes conteúdos já apresentados e de outrosque fazem parte do plano de estudos do 4º ano.Desenvolvimento A partir de uma gincana entre grupos nas turmas, trabalharemos comatividades práticas, visando revisar conteúdos selecionados e ampliar a aprendizagemem sala de aula. Esta gincana busca o envolvimento dos alunos em um trabalho coletivode cooperação, onde o tempo da escola será redimensionado para seu melhoraproveitamento, criando espaços de recuperação paralela e monitoria, onde tanto oaluno que se destaca positivamente seja valorizado quanto o aluno com dificuldadesseja auxiliado. Durante as semanas, alguns momentos serão reservados para dinâmicas quecontarão pontos na gincana. De maneira intercalada, seguiremos com a exposição dosconteúdos, relacionando-os com a sustentabilidade. A Arte e a Ciência serãoexploradas em desafios para os grupos, onde a lógica e a linguagem se conectarão àcriatividade e ao pensamento crítico dos alunos.
  2. 2. Por um lado a ciência faz parte do cotidiano de todas as pessoas do mundo,porém em poucos momentos nos damos conta disso. Ao longo da história dahumanidade, muitos se preocuparam em explicar os diversos fenômenos – dos maiscorriqueiros aos mais complexos -, os cientistas obtiveram um sucesso tão grande quepromoveram uma mudança na forma de viver dos seres humanos. Da mesma maneira, a arte faz parte do cotidiano humano. Desde a organizaçãodos espaços até a forma dos objetos, todos os dias nos deparamos com manifestaçõesda arte em nossa vida. Na escola, a expressão artística tem um local de destaque, poisestamos sempre apresentando técnicas, tendências e obras de arte, visando asreleituras e a produção dos alunos para renovar o visual da escola a cada fase do anoletivo. Começaremos com a produção de cartazes para a exposição de diversosconteúdos matemáticos e gramaticais, que ficarão fixados na sala para auxiliar natransdisciplinaridade; a pesquisa científica estará presente através dequestionamentos sobre os fenômenos naturais; as diferentes manifestações artísticasserão vivenciadas e apreciadas; e os grupos serão encorajados a expressarem suasdescobertas científicas de maneira artística. Sequência Didática do 2º trimestre • Trabalho de grupo: o papel de cada um no coletivo • Revisão das 4 operações básicas: ênfase na divisão • Múltiplos e proporcionalidade • Grandezas e Medidas no Meio Ambiente • Situações-problema: identificação e resolução • Pontuação: quais são os sinais e onde se usa cada um • Regras ortográficas: S/SS, R/RR, C/S, G/J, S/Z, M/N, X/CH • Encontros Consonantais e Dígrafos • Revisão da escrita: relações entre conteúdo e forma do texto • Expressões artísticas e desenvolvimento científico • A água e suas características (ciclo, estados físicos, hidrografia...) • Ação humana para a sustentabilidade: conhecer e vivenciar • Estética e ética na sustentabilidadeConsiderações Finais O processo de alfabetização deve ser capaz de preparar jovens capazes de seexpressarem tanto oralmente quanto por escrito, relacionando informações erefletindo crítica e criativamente sobre fatos; além disso, eles devem conhecer asoperações básicas da matemática, identificando o uso de cada uma delas emdiferentes situações-problema do cotidiano, identificando a dinâmica matemática narealidade.
  3. 3. Em ambos os casos, a linguagem e a lógica se misturam, exigindo a superaçãogradativa do pensamento pautado no concreto na direção de uma compreensão maisabstrata dos conceitos. Para tanto, é importante a escola oferecer oportunidadesdiversificadas onde cada aluno busque desenvolver suas potencialidades, conhecendoas limitações presentes naquela etapa e encontrando alternativas cognitivas para aaprendizagem. No 4° ano, os alunos são desafiados a testar o que aprenderam até aqui parapoderem avançar. É uma série de redescobertas, onde se procura estruturar a basedos conteúdos principais das séries iniciais do ensino fundamental. A partir do estudoda cidade onde vivem, realizado no 1º trimestre, temos nesta etapa de ensino odesafio de desenvolver nos alunos um novo olhar sobre os lugares, pessoas e espaçosque constituem esta cidade, ampliando este olhar para todo o planeta. Todas as grandes transformações científicas pelas quais nosso mundo passouresultaram da curiosidade de um grupo de pessoas, que investiu tempo, dinheiro eesforço em prol do benefício de toda a humanidade. Neste sentido, as perguntaselaboradas desde a infância, alimentam os questionamentos e escolhas profissionais navida adulta. O papel da arte está muito além da aparência, ganhando uma dimensão políticae social, pois através dela podemos expressar quem somos e o que desejamos produzirpara o futuro, em um processo de autoria que valoriza o estético e o ético do e nocotidiano. É importante nos apropriarmos da ciência formal, realizada nos laboratórios, eda arte reconhecida, presente nos diferentes espaços culturais. Porém é maisimportante vivenciarmos a ciência e a arte em nosso cotidiano, buscando os saberesque explicam os fenômenos e as expressões que tanto fazem parte das nossas vidas.

×