Trabalho realizado por:  Gabriela Marujo, nº10 Mariana Duarte, nº16
<ul><li>Neste trabalho pretendemos dar a conhecer um pouco mais sobre a rainha D. Inês de Castro. </li></ul><ul><li>Quem f...
<ul><li>Inês de Castro nasceu na Galiza em 1320 ou 1325 e faleceu no dia 7 de Janeiro de 1355 em Coimbra. </li></ul><ul><l...
<ul><li>O casamento do príncipe Pedro teve lugar em 1339, com Constança Manuel, filha de João Manuel de Castela, príncipe ...
<ul><li>Em Outubro de 1345, Constança acaba por morrer ao dar à luz D. Fernando I de Portugal, futuro rei de Portugal. Já ...
<ul><li>Com o nascimento destas crianças, circulavam boatos que os Castro queriam matar o infante D. Fernando, herdeiro de...
<ul><li>Alguns anos a viver no norte de Portugal Pedro e Inês regressaram a Coimbra tendo-se instalado em Coimbra, no Paço...
 
<ul><li>Gostámos de realizar este trabalho, pois podemos concluir que D. Inês de Castro viveu um amor proibido com D. Pedr...
 
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

InêS De Castro Power Point Gaby Mary 2

3.978 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.978
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
20
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
49
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

InêS De Castro Power Point Gaby Mary 2

  1. 1. Trabalho realizado por: Gabriela Marujo, nº10 Mariana Duarte, nº16
  2. 2. <ul><li>Neste trabalho pretendemos dar a conhecer um pouco mais sobre a rainha D. Inês de Castro. </li></ul><ul><li>Quem foi, o seu assassinato e o seu romance com D. Pedro são alguns dos exemplos que iremos falar. </li></ul><ul><li>Esperamos aprender bastante com este trabalho!!! </li></ul>
  3. 3. <ul><li>Inês de Castro nasceu na Galiza em 1320 ou 1325 e faleceu no dia 7 de Janeiro de 1355 em Coimbra. </li></ul><ul><li>Nasceu no seio de uma família nobre galega, sendo filha de Pedro Fernandes de Castro, mordomo-mor do rei Afonso XI de Castela e de uma dama portuguesa, Aldonça Lourenço de Valadares. Como o seu pai era neto ilegítimo do rei Sancho IV de Castela, eram os fidalgos mais poderosos do reino de Castela. Teve uma relação com o futuro rei de Portugal, D. Pedro I de Portugal de quem teve quarto filhos. No entanto, acabou por morrer às ordens do pai de D. Pedro I, ou seja, D. Afonso IV de Portugal. </li></ul>
  4. 4. <ul><li>O casamento do príncipe Pedro teve lugar em 1339, com Constança Manuel, filha de João Manuel de Castela, príncipe de Vilhena e Escalona, duque de Penafiel, tutor de Afonso XI de Castela e neto do rei D. Fernando III de Castela. </li></ul><ul><li>D. Pedro viria a apaixonar-se por uma das aias da sua esposa, de nome Inês de Castro. Mas no entanto, este romance originou um grande alvoroço por parte da corte e do povo. </li></ul><ul><li>O rei Afonso IV não aprovava esta relação quer por motivos de diplomacia com João Manuel de Castela, pai de Constança, mas também por motivos de amizade íntima entre D. Pedro e os irmãos de D. Inês – Fernando de Castro e Álvaro Pirez de Castro. Os fidalgos da corte portuguesa ameaçados por os irmãos Castro pressionavam o rei Afonso IV para acabar com este romance. Assim, em 1344 Inês de Castro é exilada no Castelo de Albuquerque sob ordens do rei. No entanto e segundo a lenda, D. Pedro e Inês continuavam a corresponder-se regularmente. </li></ul>
  5. 5. <ul><li>Em Outubro de 1345, Constança acaba por morrer ao dar à luz D. Fernando I de Portugal, futuro rei de Portugal. Já viúvo, Pedro mandou que Inês regressasse do exílio, para poderem viver juntos, provocando um grande escândalo na corte e um enorme desgosto a seu pai. </li></ul><ul><li>Ao tentar remediar a situação, o rei aconselha o filho a casar com uma dama de sangue real, mas Pedro diz não ao projecto alegando que ainda sentia a falta da mulher. No entanto, Inês acaba por ter 4 filhos: Afonso em 1346, Beatriz em 1347, João em 1349 e Dinis em 1354, fruto da relação com D. Pedro. </li></ul>
  6. 6. <ul><li>Com o nascimento destas crianças, circulavam boatos que os Castro queriam matar o infante D. Fernando, herdeiro de D. Pedro, para o trono português passar para os filhos de Inês. </li></ul>
  7. 7. <ul><li>Alguns anos a viver no norte de Portugal Pedro e Inês regressaram a Coimbra tendo-se instalado em Coimbra, no Paço de Santa Clara. </li></ul><ul><li>Havia boatos que Pedro se tinha casado secretamente com Inês. Para melhorar a situação D. Afonso IV entende que a solução é matar a dama galega. Para saber a verdade o rei ordenou que dois conselheiros fossem dizer a D. Pedro que se ele quisesse casar com Inês, o podia fazer livremente. D. Pedro percebe que é uma cilada e responde que não pretende casar com Inês. </li></ul><ul><li>No dia 7 de Janeiro de 1355, o rei cede às pressões dos seus conselheiros e do povo e aproveitando a ausência de Pedro, manda matar Inês enviando Pedro Coelho, Álvaro Gonçalves e Diogo Lopes Pacheco. </li></ul><ul><li>Como diz a lenda as lágrimas derramadas no rio Mondego pela morte de Inês teriam criado a Fonte dos Amores da Quinta das Lágrimas, e algumas algas avermelhadas que ali crescem seriam o seu sangue derramado. </li></ul>
  8. 9. <ul><li>Gostámos de realizar este trabalho, pois podemos concluir que D. Inês de Castro viveu um amor proibido com D. Pedro e nunca desistiu. Deixamos um conselho para todas as pessoas apaixonadas, para viverem o seu romance como esta verdadeira história de amor e nunca desistirem do seu objectivo!!! </li></ul>

×