Niterói
22/08 a 05/09/15
www.dizjornal.com
Edição Online Para Um Milhão
e Oitocentos Mil Leitores
Zona Sul, Oceânica e Cen...
Niterói
22/08 a 05/09/15
www.dizjornal.com
2
Cultura
Paulo Roberto Cecchetti prcecchetti@ig.com.br
annaperet@gmail.com
DIZ...
Niterói
22/08 a 05/09/15
www.dizjornal.com
3
Documento
dizjornal@hotmail.com
Edição na internet para Hum milhão e 700 mil ...
Niterói
22/08 a 05/09/15
www.dizjornal.com
4
Informes
Expediente
Edgard Fonseca Comunicação Ltda.
R Otavio Carneiro 143/70...
Niterói
22/08 a 05/09/15
www.dizjornal.com
5
InternetLaio Brenner - dizjornal@hotmail.com
WhatsApp Web para iPhone
O
Whats...
Niterói
22/08 a 05/09/15
www.dizjornal.com
6
Edgard Fonseca
edgard.fonseca22@hotmail.com
Edição na internet para Hum milhã...
Niterói
22/08 a 05/09/15
www.dizjornal.com
7
Edição na internet para Hum milhão e 700 mil leitores
Homenagem ao Desembarga...
Niterói
22/08 a 05/09/15
www.dizjornal.com
8
Renda Fina
Aniversariantes da Edição
Ciça Almeida Fátima Prado Fernando Marti...
Niterói
22/08 a 05/09/15
www.dizjornal.com
9
Conexões
erisveltonsantana@gmail.com
E! Games
dizjornal@hotmail.com
Jêronimo ...
Niterói
22/08 a 05/09/15
www.dizjornal.com
10
Fernando Mello - fmelloadv@gmail.com
Fernando de Farias Mello
ATENÇÃO PARAA ...
Niterói
22/08 a 05/09/15
www.dizjornal.com
Pela Cidade
11
Edição na internet para Hum milhão e 800 mil leitores
196 Anos d...
Niterói
22/08 a 05/09/15
www.dizjornal.com
Em Foco
12
Edição na internet para Hum milhão e 800 mil leitores
Secretário de ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Dizjornal135

386 visualizações

Publicada em

Diz Jornal Edição 135

Publicada em: Internet
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
386
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Dizjornal135

  1. 1. Niterói 22/08 a 05/09/15 www.dizjornal.com Edição Online Para Um Milhão e Oitocentos Mil Leitores Zona Sul, Oceânica e Centro de Niterói16 Mil Exemplares Impressos D i r e t o r R e s p o n s á v e l: E d g a r d F o n s e c a Circula por 15 dias RisiaCarol–Beleza:KeithAraújo–foto:JulioCerino 2ª Quinzena Nº 135 de Agosto Ano 08 de 2015 Diz: Todo Mundo Gosta Página 03 A Mentira Como Profissão:
  2. 2. Niterói 22/08 a 05/09/15 www.dizjornal.com 2 Cultura Paulo Roberto Cecchetti prcecchetti@ig.com.br annaperet@gmail.com DIZ pra mim... (que eu conto) Anna Carolina Peret Edição na internet para Hum milhão e 800 mil leitores Curitiba Anuncio Módulo 1A ANUNCIE AQUI R$ 200,00 Por inserção ou 12 inserções por R$ 1.080,00 em 6 mensais de R$ 360,00 EDITORA DizDiz3628-0552 • 3628-5252 www.dizjornal.com Edição de Livros sem Custo Nas próximas semanas, alguns bons filmes irão invadir as telonas. Muitos deles derivam do verão do Hemisfé- rio Norte, cujas férias sempre nos brindam com bons lançamentos. Já falamos aqui de excelentes estreias como "Homem-Formiga" e o novo "Missão Impossível - Nação Secre- ta". Porém, há outras produções bastante in- teressantes, que disputarão espaço nas salas de cinema! Como aprecio demais o trabalho de Chris Evans ("Expresso do Amanhã" e "Ca- pitão América") e Tilda Swinton("Precisamos Falar Sobre o Kevin" e "Adaptação"), começo falando do "Expresso do Amanhã". A trama narra uma falha num experimento que visava impedir o aquecimento global. Como o pro- jeto não deu certo, inicia-se uma nova era do gelo no planeta. Os únicos sobreviven- tes estão a bordo de uma imensa máquina, que é um misto de nave e alojamento gi- gante. Nesse local, mantem-se as diferenças de classes, porém, de forma extremamente cruel: pobres mantidos em condições terrí- veis e a elite se comportando como reis. Só que um dos miseráveis resolve virar o jogo... Enfim, chega de spoilers! A película é muito interessante e nos faz refletir sobre o nos- so status quo! Qualquer semelhança com a nossa disparidade social, com a roubalheira vigente e com a corrupção contemporânea é pura coincidência, ok? Creio que quando os produtores estavam trabalhando no projeto de "Mulheres no Poder", eles não pensavam que o mesmo seria lançado num momento tão propício e verossímil. Tra- ta-se de, praticamente, uma comédia de humor negro com a nossa realidade. Imagi- ne políticos objetivando tirar o máximo de lucro possível de um projeto social. Até ai, nenhuma novidade. O bacana do filme em questão é que ele é protagonizado por mulhe- res. E, todas tentam se dar bem de qualquer jeito, passando por cima uma das outras. É muito interessante observar, mesmo que da ótica da comédia, como o poder chega a ser nojento e inescrupuloso quando sobe a ca- beça. O elenco é fantástico: Dira Paes, Stella Miranda, Totia Meirelles, Elisa Lucinda, entre outros. Vale a ida ao cinema e a reflexão após a sessão... Além dos supracitados, quem quiser conhe- cer mais um pouco da dura realidade brasi- leira poderá assistir à "Que Horas Ela Volta?". Imagine uma humilde pernambucana que sai de sua terra natal para São Paulo por um no- bre objetivo: prover melhores condições de vida para sua filha. Ela deixou a filha no Nor- deste e passou a morar na casa onde trabalha como doméstica. Uma década depois, sua fi- lha quer vir para a cidade grande continuar seus estudos. Com a chegada da menina, di- versos questionamentos sociais são coloca- dos e a trama se desenvolve. É simplesmen- te fantástico. Em diversos festivais mundo a fora, a performance de Regina Casé, que protagoniza o filme, foi aplaudida de pé. Sem dúvidas, o trabalho mais importante de sua carreira. A diretora Anna Muylaert ("Durval- Discos" e "É Proibido Fumar") consegue tam- bém extrair o melhor do restante do elenco, que transborda competência.Imperdível! Enfim, creio que a lista acima corrobora a ideia, inicialmente proposta, de que have- rá, nas próximas semanas, motivos de sobra para pegar um cineminha. Porém, na verda- de, fiquei sabendo de uma notícia bastante curiosa. Lendo uma revista nacional de gran- de circulação, descobri que os réus da Ope- ração Lava-Jato, presos em Curitiba, estão tornando-se cinéfilos. Infelizmente, por falta de opção. Pen drives, com filmes gravados pelos seus familiares, estão fazendo sucesso por lá. A prática é permitida, não há nada a ser vetado. Entretanto, fico imaginando quais são as produções selecionadas e enviadas para estes corruptos. Será que, em algum momento, eles assistiriam aos filmes polêmi- cos que listei acima? Será que algum deles consegue fazer um paralelo entre o que eles fizeram e a arte? Será que ainda existe algum tipo de consciência, ética e reflexão, debaixo de tamanha sujeira e cara de pau? Infelizmente, creio que na “biblioteca cine- matográfica” da carceragem não deve existir produções densas... No máximo uma comé- dia, um filme de ação... Quem sabe, eles não estão assistindo a películas que os inspiram, não é verdade? Algo como "Ali Babá e os 40 Ladrões", "O Poderoso Chefão", "Senhores do Crime", "O Último Rei da Escócia", "Tudo pelo Poder"... Muitas opções de peso, não é mesmo? Não consigo nem imaginar... Mas, conto com vocês meus amigos: qual será o filminho em cartaz neste final de semana em Curitiba, heim? - O espetáculo "A modinha que não sai de moda", criação de Magda Belloti, aconte- ceu dia 19 de agosto, no Teatro Municipal de Niterói (Rua XV de Novembro, nº 35 - Centro). O musical tem Fernando Portari como diretor geral; e, no canto, as sopra- nos Magda Belloti e Helen Heinzle, e as mezzo-sopranos Rejane Ruas e Lara Caval- canti. Foi fantástico! - Com curadoria de Angelina Accetta, o ar- tista plástico Rodrigo Saramago traz para a Galeria de Arte La Salle (Rua Gastão Gonçalves, n° 79 - Santa Rosa), esculturas e cerâmicas criadas pelos seus discípulos, representando a fé e a espiritualidade. A mostra fica até 15 de setembro e tem visi- tação de 2ª a 6ª das 10 às 22 h; sábados, das 9 às 12 h. - O professor Luiz Fernando Gualda convida para o lança- mento do livro "Caminhando e Contando: Me- mória da dita- dura brasileira", dia 26 de agosto, 4ª feira, às 18 horas, na Livraria Icaraí (Rua Miguel de Frias, nº 9 - Icaraí). O projeto e a orga- nização do livro são dos Professores Marcia Paraquett e Sávio Siqueira, da Universidade Federal da Bahia/UFBA; e o capítulo “Foi assim - na certeza do amanhã, sobrevive- mos à ditadura” é de autoria do Professor Gualda que, naquela ocasião, presidia o Di- retório Acadêmico do Instituto de Letras da Universidade Federal Fluminense/UFF. - O fotógrafo Davy Alexandrisky expõe "Fragmentos" no Espaço Galeria – SESC Engenho de Dentro (Av. Amaro Cavalcan- ti, nº 1661 - Engenho de Dentro - Rio de Janeiro), até 30 de setembro. Visitação gratuita, de 3ª a 6ª, das 7 h às 20:30 h; sábados, domingos e feriados, das 9 h às 17:30 h. - O Grupo Papel Crepon, com mais de 25 anos de ativi- dades voltadas para o teatro infantil de Ni- terói, apresenta a peça “João e Maria”, adap- tação do conto dos Irmãos Grimm, nos finais de semana de agosto, sempre às 17 h. Local: Teatro Abel (Rua Mário Alves nº 2 - Icaraí). No elen- co, destaque para Dárdana Rangel, Mario Neto, Eduard e Willy Roessler.
  3. 3. Niterói 22/08 a 05/09/15 www.dizjornal.com 3 Documento dizjornal@hotmail.com Edição na internet para Hum milhão e 700 mil leitores Distribuidora Guadalupe 25 Anos de bons serviços Jornais Alternativos - Revistas - Folhetos - Encartes Demonstração de Placas Sinalizadoras Entrega de Encomendas e Entregas Seletivas Niterói - Rio de Janeiro - São Gonçalo - Itaboraí - Magé - Rio Bonito - Maricá - Macaé eguada@ar.microlink.com.br guada@ar.microlink.com.br 99625-5929 | 98111-0289 3027-3281 | 2711-0386 (sec.elet. 7867-9235 ID 10*73448 DG A Mentira como Profissão Existe uma fábula muito popular sobre um pastor que no intento de assustar a todos e atrair atenções para si, todos os dias pedia socorro aos berros: “É o lobo! É o lobo!”. Todos corriam para socorrê-lo e quanto chega- vam ele estava rindo e repetia: “tolos, tolos!”. Assim N o Brasil temos uma cultura viral da mentira. Mente-se para de- monstrar riqueza e poder, para enganar ao cônjuge, para enga- nar o chefe, para tirar vantagens diversas. Mas, crescente e vertiginosa a maior e mais perigosa prática, está na mentira dos polí- ticos, dos gestores e funcionários públicos. A mentira tornou-se tão intensa e profissio- nal, que quando um político apresenta pro- jetos sérios, exequíveis e realmente benéfi- cos, parece mentira. A população está tão cansada dos mentirosos que radicalizam e duvidam de todos, nivelando os mentirosos profissionais com os poucos idealistas que tentam não sucumbir no mar de mentiras e desditos. Pobre povo brasileiro. Órfão de uma supos- ta “Pátria Educadora”, onde as vacas tuber- culosas tossem sem princípios e servem de anteparo para as mentiras que contam. Qual a intenção da mentira, senão ludibriar, embustear, rasterizar a nossa inteligência carente de verdades? Temos um país em crise em diversas ins- tâncias: econômica, moral e de esperança. Indignados vamos para ruas, palavras de or- dem, gritos e suspiros. Os interessados apenas em manter o po- der obtido pela crença e pela venalidade de muitos, mais uma vez mentem e dizem que a reação ao embuste é “golpe”. Mentiram e assaltaram as nossas empresas públicas, mancharam as idôneas instituições, forma- ram milícias mentirosas que se vendem por uma nota de cinquenta e um sanduíche de mortadela. E mentem com toda fé… Pobres diabos, enganados na própria retó- rica de um país que “virou classe média e extinguiu a fome”. E continuamos famintos, agora de justiça! São os profissionais do uso da mentira re- petida. E o que é pior, estão mais perto de nós que imaginamos. Travestidos num man- dato qualquer, usam e abusam da ferramen- ta marqueteira para dissimular meias verda- des (ou meias mentiras…), quando no fim, o único intento é enganar, “se dar bem”! Estão no nosso nariz, disfarçados e mentindo descaradamente e sem economia de falsos de- talhes e realizações. O embuste é crime, mas é usado freneticamente para auferir benefícios, ciente da imputabilida- de ou da impunidade vulgar. Um dos maiores menti- rosos da nossa história, o operário Lula, disse uma vez: “que o pro- blema da mentira é que, uma vez contada, tem- se que inventar outra para justificar a primeira e assim vai...” Até ele, que é um artífi- ce profissional da enga- nação, sempre pregou que se deve dar qual- quer resposta, mesmo que não seja verdade, para não se ficar sem resposta mas, sabe que a mentira tem per- na curta… Mas, não tem tempo de validade prescrito. Algumas podem durar mais e ou- tras já são descartáveis pela própria nature- za delituosa. Uns mentem em escala nacional, outros mentem no âmbito do Estado e muitos mentem nas esquinas dos menores muni- cípios. Os mentirosos municipais são os responsá- veis pela inoperância dos nossos serviços imediatos. Eles não têm o menor respeito ou apreço por aqueles que manipulam e en- ganam para usá-los como trampolim para outros projetos pessoais, inclusive o enri- quecimento ilícito e inexplicável! Cada vez que elegemos um vereador, um prefeito ou até mesmo um deputado es- tadual, estamos nos condenando a quatro anos de inércia perversa. Somente estes mentirosos se beneficiam. Criam todo tipo de anteparo e teatro para justificar as suas mentiras, sacando do colete uma nova mentira para ocultar a primeira. Usam o dinheiro público para suas práticas de pro- paganda, mentindo sem qualquer escrúpulo e ainda ameaçando a quem se insurge ou aponta seus falcatruas. Até quando o povo vai ser mera massa de manobra? Até quando você vai passar um “procura- ção” para um mentiroso, para empobrecê- lo, roubá-lo, cobrar duros impostos e ainda usar seus recursos para sustentar um séqui- to de mentirosos profissionais “beneficiá- rios do mal emprego”. Eles trabalham, não por devoção, mas por ganância, partilha do bem subtraído, rindo da sua credulidade colegial quando votaram nos mentirosos de plantão. Acorda meu povo! Ou não veremos a “Queda da Bastilha Niteroiense”. Prestem atenção nos movimentos. Muita pompa, nenhuma realização, muito ódio e perseguição. O bem que neles falta, sobram os malefícios das mentiras implantadas. Fal- ta tudo, inclusive a verdade. ele fez tantas vezes. Um dia ele gritou o de sempre. Só que ninguém o levou a sério e nada fizeram. Contudo, naquele dia o lobo era verdadeiro e sem dó o matou. Moral da história: “quem muito mente, um dia será víti- ma da própria mentira.
  4. 4. Niterói 22/08 a 05/09/15 www.dizjornal.com 4 Informes Expediente Edgard Fonseca Comunicação Ltda. R Otavio Carneiro 143/704 - Niterói/RJ. Diretor/Editor: Edgard Fonseca Registro Profíssional MT 29931/RJ Distribuição, circulação e logística: Ernesto Guadelupe Diagramação: Eri Alencar Impressão: Tribuna | Tiragem 16.000 exemplares Redação do Diz R. Cônsul Francisco Cruz, nº 3 Centro - Niterói, RJ - Tel: 3628-0552 |9613-8634 CEP 24.020-270 dizjornal@hotmail.com www.dizjornal.com Os artigos assinados são de integral e absoluta responsabilidade dos autores. D! Nutrição clara.petrucci@dizjornal.com | Instagram: Clara PetrucciEdição na internet para Hum milhão e 700 mil leitores Genética Não é Desculpa Conheço inúmeras pessoas que de- positam toda a culpa de suas die- tas sem sucesso na coitada da genética. O que te define mais predisposto a determinado perfil é a sua cabeça, não a sua genética! Claro que se uma pes- soa de estrutura forte, de ossos largos e baixa estatura chegar no meu con- sultório querendo ficar igual a Gisele Bunchen eu vou responder de acordo com as possibilidades da realidade. Tudo sem exagero. Eu posso me usar como exemplo. Sempre fui relativamente baixa, de es- trutura pequena e frágil . Desde que comecei a praticar atividade física, consegui "burlar" minha genética de magra para ficar com um visual um pou- co mais robusto e musculoso. Cabe a você medir e ponderar até onde isso é saudável. Tenho familiares que sempre foram gordi- nhos e viviam em guerra com a balança, até que um dia resolveram que não exis- te desculpa para a saúde; quem manda no seu corpo é você. Desde então, respei- tando seus limites estruturais, nunca mais tiveram "brigas" com a balança. Seguiram objetivos com frequência e disciplina e es- tão em lua de mel com si e com a balança. Existem recursos nutricionais para que se possa viver de bem com saúde e com seu espelho. Não permita que desculpas gené- ticas e de cultura viciada te façam desistir! Porém não busque ser algo que você não é no seu interior! Seja equilibrado, mas não aceite viver de desculpas! Boa disciplina e boa sorte! Exposição de Caricaturas no Hall da Câmara De 24 de agosto até 8 de setembro, no hall de entrada da Câmara de Vereadores de Niterói, o artista plástico Sandro Cabral, estará expondo suas caricaturas. A exposição estará aberta à visitação pública, gratuitamente, de segunda à sexta-feira, das 11 às 17 horas. Sandro começou a desenhar muito cedo e ga- nhou diversos prêmios no colégio. Ainda ado- lescente aperfeiçoou os estudos no SENAC, com cursos de figura humana, história em qua- drinhos, nanquim e perspectiva. Ele é natural de Niterói, já participou de vá- rios salões de humor pelo Brasil e foi aluno do Colégio Plinio Leite, com vivências bem nite- roienses. Os trabalhos apresentados retratam personali- dades nacionais e internacionais ligadas a polí- tica, ao esporte, cinema e outras áreas. Sandro também participa de concursos pela Internet, onde recebeu diversos prêmios. Nesta exposição foram incluídas figuras como o presidente americano Barack Obama, os cantores e compositores Gilberto Gil e Dorival Caymmi; Marina Silva e muitos outros. Poemas Magistrais Na próxima quarta-feira, dia 26, às 17h, dentro do Ciclo de Palestras da Academia Niteroien- se de Letras, o desembargador Nagib Slaibi Filho (foto), presidente da 6ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, fará a pa- lestra “Poemas magistrais: juízes na poesia – parte II” (Raymundo Correa e José Geraldo da Fonseca). O evento tem entrada franca. Sede da Academia (ANL) fica na Rua Visconde do Uruguai, 456 – Centro- Niterói. Um Aniversário Beneficente Oveterinário Aristeu Pessanha Gon- çalves (foto), que é professor da UFF, presidente da AMVERJ (Academia Médica Veterinária do Estado do Rio de Janeiro e presidente do Rotary Club Niterói Norte, fará o seu aniversário de 70 anos, no dia 04 de setembro, às 20 horas, de forma diferente. Será na Casa da Amizade, com todos os festejos, mas os convidados deverão levar latas de lei- te em pó, fraldas geriátricas, shampoos, sabonetes, pacotes de algodão, etc. para serem doados a pessoas carentes. O endereço da Casa da Amizade é: Murilo Portugal,1.1130 – Charitas, Niterói. Módulo Patrocínio 1 Anuncie Aqui R$ 150,00Por inserção ou 12 inserções por R$ 1.440,00 em 6 mensais de R$ 270,00 Módulo PB Anuncie Aqui R$ 450,00Por inserção ou 12 inserções por R$ 4.860,00 em 6 mensais de R$ 810,00
  5. 5. Niterói 22/08 a 05/09/15 www.dizjornal.com 5 InternetLaio Brenner - dizjornal@hotmail.com WhatsApp Web para iPhone O WhatsApp ganhou na quarta-feira (19) a espera- da compatibilidade com o iPhone no recurso que permite con- versar com os amigos a partir de um PC. O chamado “WhatsApp Web” antes estava disponível apenas para outros sistemas móveis, entre eles o Android, mas não para os celulares da Apple. A partir de agora, os donos de iPho- ne podem deixar o celular em cima da mesa – provavelmente carregan- do, quase um aparelho fixo –, en- quanto falam com os contatos na tela do PC. A página oficial do WhatsApp Web, quando visualizada no desktop ou notebook, informa que o dono do smartphone deve abrir o app no ce- lular e ir em “Ajustes”, depois em WhatsApp Web. Haverá ali a opção de iniciar uma nova sessão. Ao to- car na tela, o aplicativo no iPhone pedirá que o usuário mire a câmera ORAÇÃOASANTO EXPEDITO Festa 19 de abril. Comemora-se todo dia 19 Se vc. está com algum , precisa de , peça a Santo Expedito. Ele é o Santo dos Negócios que precisam de pronta solução e cuja invocação nunca é tardia. Problema Difícil e aparentemente sem Solução Ajuda Urgente ORAÇÃO Obrigado. : Meu Santo Expedito da Causas Justas e Urgentes, socorrei-me nesta hora de aflição e desespero. Intercedei junto ao Nosso Senhor Jesus Cristo! Vós que sois o Santo dos Aflitos, Vós que sois o Santo das Causas Urgentes, protegei-me, ajudai-me, Dai-me Força, Coragem e Serenidade. Atendei o meu pedido: (fazer o pedido) Ajudai-me a superar estas Horas Difíceis, protegei-me de todos que possam me prejudicar; Protegei minha família, atendei o meu pedido com urgência. Devolvei-me a Paz a Tranqüilidade Serei grato pelo resto da minha vida e levarei seu nome a todos que têm fé. Rezar 1 Padre Nosso,1 Ave Maria e Fazer o sinal da cruz. “para que os pedidos sejam atendidos é necessário que sejam justos”. Agradeço a Santo Expedito a Graça Alcançada.Santo Expedito Dr. Helder Machado Urologia Tratamentode Cálculo Renal a Raio Laser Rua Dr. Celestino, 26 Centro - Niterói. Tels:2620-2084 /2613-1747 Clínica Atendemos UNIMED eParticular Atendimento 24H pelo tels: 8840-0001e9956-1620 para a tela do PC. A partir daí, as conversas que aparecem no celular são replicadas no computador. Assim como no app móvel, o usuário pode mandar texto, áudio, foto e emojs no WhatsApp para computador. Por ser uma página da internet, não há necessidade de instalar nenhum aplicativo. Basta acessar o endereço do WhatsApp Web. O recurso de conversas pelo com- putador chegará aos poucos aos iPhones, por meio de uma atualiza- ção. Nem todos os donos de celula- res de Apple verão o recurso neste primeiro momento, pois a liberação do update acontece aos poucos. Ao longo das próximas semanas, o es- perado é que todos os smartphones com iOS se tornem compatíveis com a novidade. Donos de telefones com Android têm o WhatsApp Web desde o pri- meiro semestre de 2015. Havia im- passe sobre como o recurso funcio- naria no sistema da Apple, uma vez que a empresa limita o período que um aplicativo pode ficar em execu- ção em segundo plano. A tecnologia também já estava disponível no Win- dows Phone, BlackBerry 10 e alguns celulares da Nokia e BlackBerry.
  6. 6. Niterói 22/08 a 05/09/15 www.dizjornal.com 6 Edgard Fonseca edgard.fonseca22@hotmail.com Edição na internet para Hum milhão e 700 mil leitores E agora José? E agora José, para onde? O Bra- sil caminha no fio da navalha. Temos um governo central sem nenhuma credibilidade ou apoio real (Estes manifestos em favor são venais. Custa dinheiro.). A tese do impeach- ment é factível, mas não é tão simples. Não é algo que se faça de uma hora para outra, sem esgotar todos os ins- trumentos legais. Todo mundo quer, proclama, anseia, mas não é algo que se possa fazer sem pensar. Vamos aos fatos: o país passa por uma turbulência de caráter moral e institu- cional sem precedentes. O presidente da Câmara dos Deputados, que por ordem sucessória é que vai substi- tuir a presidente, está neste momen- to denunciado pela Procuradoria da República por corrupção, lavagem de dinheiro e tal. Como assumir a pre- sidência da república alguém, ainda que não tenha sido julgado, é apon- tado como delinquente? Poderia até ser absolvido… O que será difícil, mas, ainda assim, este processo vai levar tempo. E no mais, existe a ques- tão moral e ética. Como alguém é acusado e nada existe de concreto. E não é a primeira vez que esteve en- volvido em denún- cias. Ainda que ele diga que é uma inverdade, que é perseguição, que é uma “armação”… E as outras? E os antecedentes não contam? Se impugnarem a chapa por ques- tões de uso de dinheiro desviado da Petrobrás, vão os dois pra baixo. Pre- sidente e vice. O Michel Temer cai junto. Se cai a Dilma e fica o Temer a transi- ção será mais serena. Fala-se até numa composição, aparecendo o José Serra como ministro da Fazenda (e salvador da Pátria). O Temer governaria até o final do mandato e o candidato a su- cessão seria o Serra, que nada impedi- ria de passar para o PMDB. Seria uma jogada de mestre, visto que no PSDB, teria que enfrentar a popularidade e os votos já conquistados do Aécio Neves e a austeridade impecável e fama de grande gestor do governador Geraldo Alckmin. No PSDB de hoje, só sobraria para o Serra a disputa do governo de São Paulo, que diga-se de passagem, já muita coisa. Se o Eduardo Cunha insistir na pos- tura irreversível e até suicida de per- manecer na presidência da Câmara, o que acredito que ele tenha coragem de fazer, vai colocar a não em che- que: ou mantêm a Dilma e o Michel por mais um tempo, para evitar o Cunha, nessa posição desconfortável para nossas instituições assumindo o país (ainda que por três meses), ou o Procurador Janot, pode alegar que ele intimida testemunhas e o Supre- mo concorde em julgá-lo a toque de caixa, para pedir seu afastamento; ou ainda, condená-lo para pedir a cassa- ção do mandato. Qualquer situação é melindrosa e im- previsível. Por sua vez, o Renan Calheiros, ain- da não denunciado, partilha gentilezas com o governo numa mútua proteção. Ele não é denunciado e não ajuda a explodir o governo. Dilama e Renan, apesar das diferenças pessoais, po- dem se unir num atitude de desespero solidário. E o que acontece no Andar Abaixo E nquanto outubro não chega ( prazo para as definições parti- dárias), nada acontece. Todos esperam, fazem meios acordos, mais todos condicionados aos fatos futu- ros. Vamos fazer uma pequena análise, ba- seada em fatos possíveis: Em Niterói, onde já está polarizada a eleição municipal entre o atual prefei- to e o secretário de Saúde do Esta- do Felipe Peixoto, em caso de queda da Dilma, o cenário muda muito. O prefeito vai trocar de partido pois não vai amargar o peso da legenda em de- cadência. Ele vai escolher dentro dos que o aceitarem. Possi- velmente o PSD. Nes- te momento vai surgir a candidatura do de- putado Federal Chico D'Angelo pela sigla do PT. Ele tem um nome mais leve e vai dividir os votos do prefeito. O PR pode lançar can- didato próprio. Hoje seria o presidente da sigla, Éneas Cota. Felipe Peixoto é o fran- co favorito para esta eleição. Seja em que partido estiver. Mesmo no PDT de Lupi, terá o apoio do PSDB, do PTB e de outras legendas menores, além de um possível apoio do DEM. O PSOL deverá lançar o Flávio Sera- fini, embora Paulo Eduardo Gomes ainda insista em ser o candidato. O PSTU também terá candidato, de- vendo repetir o desempenho da elei- ção passada. Se a eleição fosse hoje, Felipe Peixo- to poderia, apesar da máquina mu- nicipal, ganhar em primeiro turno. Esta analise esta presa ao quadro atual. Num futuro próximo poderá até melhorar.Deputado Chico D’Angelo Deputado Eduardo Cunha
  7. 7. Niterói 22/08 a 05/09/15 www.dizjornal.com 7 Edição na internet para Hum milhão e 700 mil leitores Homenagem ao Desembargador Opresidente do Tribunal de Justiça Luiz Fernando Ribeiro de Carvalho - que já presidiu a AMAERJ e a Associação dos Magistrados Brasileiros / AMB - foi homenageado ao completar 68 anos, em concorrida recepção no Palácio da Justiça no Rio de Janeiro , por amigos, membros da magistratura, procurado- res e promotores de Justiça, defensores públicos, além de inúmeros advogados. Na foto, o aniversariante ao lado da esposa Eliana Oliveira de Carvalho. Mercado Imobiliário em Desespero Brookfield, Rossi, Tecnisa, João Fortes e PDG, todas grandes empresas do ramo imobiliário. Mas, como diz o ditado: “quanto maior a nau, maior a tormenta”. Ou seja quanto maior o investimento, maior o risco. O que está tirando o sono de todos não é apenas não vender. As devoluções de imóveis ou distratos contratuais é que está matando a todos. O comprador tem direito a esta devolução mediante a uma perda de 15% do montante pago. Todos contratos iniciantes estão preferindo perder quinze por cento a se endi- vidarem mais, sem a certeza do futuro. As empresas, amargam devolver o dinheiro recebido, o imóvel, jé usado, vai para a prateleira de onde não se consegue vender nada. É desespero, mesmo! Zaps... ...Gabriela de Sousa Dantas comemora 18 anos, recebendo familiares e ami- gos em sua residência.e Ela vai fazer vestibular para jornalismo e escola de teatro Tablado,no Rio.Nos dias 29 e 30 deste mês, estará participando do elenco da peça "CONTA COMIGO".Boa sorte! Juiz Fabrício Antonio Soares, diretor do fórum federal em Niterói e sua esposa Prestigiando os Advogados Desembargadora Norma Quintes, Nute Belmont, Desembargador Manoel Alberto dod Santos. Luiz Fernando Ribeiro de Carvalho e sua esposa Eliana Oliveira de Carvalho Ulisses Franceschi
  8. 8. Niterói 22/08 a 05/09/15 www.dizjornal.com 8 Renda Fina Aniversariantes da Edição Ciça Almeida Fátima Prado Fernando Martins Andreia Azeredo Sandra Guedes Milena Beranger Edição na internet para Hum milhão e 700 mil leitores Festa da Associação Fluminense de Reabilitação 188 Anos dos Cursos Jurídicos Vitor e Mirla Felipe Peixoto e Bruno LessaTelmo Hoeltz, Nilce Belchior (presidente da AFR) e secretário de Saúde Estadual Felipe Peixoto Vitor Uzeda Sandrini e Mirla CostaMônica Ventura Rosa, diretora-tesoureira, e Fernando Dias, vice-presidente da OAB Niterói Fausto e Valéria Ulisses Franceschi Julio Cerino Fausto e Valéria
  9. 9. Niterói 22/08 a 05/09/15 www.dizjornal.com 9 Conexões erisveltonsantana@gmail.com E! Games dizjornal@hotmail.com Jêronimo Falconi Da Coréia para o Mundo U m conflito épico destruiu toda a paz e beleza de eras passadas. Agora, o caos domina o mundo, e batalhar pela sobrevi- vência é a única opção. Essa a base do enredo de “AION”, um game do gê- nero de MMORPG reve- lação na Coréia, que che- ga ao ocidente em uma parceria da LevelUp com a NCsoft. Desde 2009 o game é sucesso absolu- to na Coréia por seus gráficos incríveis, jogabilidade revolucionária e história fan- tástica. O jogo alcançou rapidamente o lugar de um dos RPGs Online mais joga- dos do país. E agora você poderá acessar os servidores internacionais, em inglês, e se divertir com jogadores de todo o mun- do. Toda a ação de “AION” acontece em ATREIA, um mundo dividido entre luz e sombra que perdeu seu movimento rota- tivo após “uma guerra milenar”. Assim o planeta perdeu quase toda a luminosida- de, tendo que ser iluminada pela estrela mais próxima que banha somente a por- ção sul do planeta, conhecida por ELY- SEA, enquanto a porção norte, ASMO- DAE, fica esquecida nas sombras. Nesse mundo em guerra você viverá na pele de um DAEVA, um semideus aben- çoado com asas e enorme poder. Com a pureza dos Elyos (seres da luz que vivem na parte iluminada do planeta) ou a de- terminação dos Asmodians (seres da es- curidão que vivem ao norte, onde a luz não existe), cabe a você mudar o curso desta história. E, com sorte, mostrar que a esperança de um novo mundo ainda existe. Cabe a você evoluí-lo e combater seus inimigos. Com um enredo impactante e atrativo, este game promete fa- zer tanto sucesso no ocidente quando faz no oriente e talvez seja marca dessa geração hiperconectada. A NC- Soft divulgou um teaser recentemente mostran- do uma mulher de asas negras com a frase “A Saga Imortal Continua”. É esperar pra ver as sur- presas que AION nos trará. Até a próxima! Módulo PB R$ 240,00Por inserção ou 12 inserções por R$ 2.590,00 em 6 mensais de R$ 432,00 Anuncie Aqui Tunel Cafubá- Charitas Primeiro explodiram uma bombas aqui na Região Oceânica, declarando o início das obras do Tunel Cafuá- Charitas. Não de- morou muito e pararam tudo. Não vi obra alguma. Agora estão dizendo que vão cavar o Túnel de Charitas para Piratininga. Vão começar outro "soltar de foguetes". Fico me pergun- tando se isso não é mais uma manobra de propaganda. Pelo visto, este Túnel nem vai ser escavado. Os empreiteiros que iam fa- zer as obras estão presos. Não teriam que fazer uma nova concorrência para quem vai construir? Ou será que tudo não passa, mais uma vez, de uma cortina de fumaça para enganar o niteroiense? Chafariz do Campo de São Bento O chafariz do Campo de São Bento não está funcionando já faz tempo. Andei per- guntando disseram que estavam fazendo manutenção. (!) Vai ver que a manutenção é da paralização. Não é por economia de água, pois a que é utilizada é a mesma que gira no equipamento e não se perde; não é como as que se vê em muitos vazamentos e desperdícios pela cidade. Barca do Outro Mundo Peguei uma barca esta semana e fiquei en- cantada. Ela é imensa, não balança e tem conforto sobrando. Todas as barcas não deveriam ser assim? Justo pelo alto preço que pagamos. Do outro lado, já na Praça XV, elogiei e outro passageiro me disse que ela é grande demais para o cais disponível. Quer dizer que compraram esta Barca do outro mundo sem saber que ela não caberia e não teria onde ancorar? Lá se vão mais obras... A Barca é fantástica, mas o custo do cais é que é injustificável num país sub- traído por tantos ladrões oficiais. Mão Firme Estamos gostando de ver a atuação da Polícia Militar de- pois deste novo co- mandante Salema. Está dando combate como tem que ser. Se continuar neste ritmo os bandidos vão recuar. O que fica provado que bandido só cresce quando falta polícia. Niterói estava precisando mesmo de mão firme. Já chega este prefeito que só gosta de festa. Combater os problemas, isto ele não faz. Vamos aplaudir o exemplo do Co- mandante PM. Quem sabe o prefeito segue o exemplo...
  10. 10. Niterói 22/08 a 05/09/15 www.dizjornal.com 10 Fernando Mello - fmelloadv@gmail.com Fernando de Farias Mello ATENÇÃO PARAA MUDANÇA Novos e-mails do Jornal Diz Redação dizjornal@hotmail.com | contato@dizjornal.com Editoria edgardfonseca22@hotmail.com Fernando Mello, Advogado www.fariasmelloberanger.com.br e-mail: fmelloadv@gmail.com SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SECRETARIA DE ESPORTE, LAZER E JUVENTUDE Informações: 21 2588-1202 | www.parlamento-juvenil.rj.gov.br | facebook.com/parlamentojuvenilrio Inscrições: até 31 de agosto Por Outras Águas Inavegáveis O utro dia, conversando com amigos sobre as condições das águas da Baía de Guanabara, que estão en- vergonhando o Brasil por conta das Olimpí- adas de 2016, constatamos que governos corruptos jamais resolverão uma questão bastante conhecida da população. Muitos condenam o uso da Baía para as competições nas Olimpíadas por conta da poluição; não só de detritos, mas também da qualidade da água, cheia de coliformes fecais em níveis alarmantes, muito além dos toleráveis. A Baía de Guanabara sempre foi e será o cartão postal do Rio de Janeiro. Suas águas passam quase que diariamente por um processo natural de renovação. Claro que nunca é substituída a integralidade do vo- lume d’água, mas dá para perceber que se forma um canal de águas claras, límpidas, que vem da entrada da Baía e passa próxi- mo à pista do Aeroporto e vai em direção a Ponte. São águas azuis. Já vi esse fenômeno natu- ral por várias vezes e dá aquela sensação de que a Baía dá uma respirada. Durante o bate-papo, via- jei com minha mente pelo tempo e imaginei como seriam as águas da Baía nos tempos de Araribóia. Imaginei a Pedra do Índio com tudo verde, trans- parente e sem detritos boiando. Mergulhei fundo na mi- nha imaginação e cheguei a sentir o cheiro de água salgada e limpa, no esti- lo Angra dos Reis, com a mesma água translúcida que existe em Ilha Gran- de. Viajei. Sonhei acorda- do. Depois, lembrei que eu era ainda um garoto e fui alertado pela mi- nha mãe para que mantivesse minha boca fechadíssima quando mergulhava na Praia de Icaraí. Naqueles tem- pos, no final dos anos 60, a Praia de Icaraí já começava a dar sinais de poluição se- vera. Havia um “surto” de hepatite e temia-se, com razão, que a contaminação se daria através das águas da Baía. Naquele tempo, nem se imaginava uma Estação de Tratamento, mas existia um projeto para levar o esgoto de Niterói até o alto mar, o tal do Emissário Submarino. Com sinceridade, a funcio- nalidade desse emissário é até questionável, pois não adianta lançar no mar esgoto sem trata- mento. Várias foram os investimentos para “acabar coma poluição da Baía”. Muitos candidatos prometeram que isso fosse acontecer, claro, sem qualquer resultado. Esses candidatos ao governo e todos os outros que assumiram e exerceram o cargo freqüentam as praias no verão europeu e não mantiveram as suas palavras e as pro- messas viraram mentiras. Certo é que o eleitor não se lembra. Caso as águas da Baía de Gua- nabara fossem despoluídas, o movimento humano para as praias oceânicas iria diminuir. Não só em Niterói, como tam- bém, no Rio. Nos anos 80, uma amiga suíça resolveu me visitar e como eu morava em Icaraí e fazia calor, lá pelas tantas ela tomou cora- gem para ir à praia. Com receio e alertada por mim, minha amiga sequer encostou o pé na água. Uma vergonha, não é? Sei que o problema da poluição da Baía de Guanabara é bastan- te complexo para ser resolvido. São muitos rios que vêm da bai- xada fluminense, São Gonçalo e de Niterói que deságuam seu esgoto, detritos e corrupção. Tudo que é podre é jogado na Baía de Gua- nabara. É questão de educação e honesti- dade Poderíamos jogar os governadores nas águas poluídas da Baía... Não! Isso, não... Lixo se joga no lixo.
  11. 11. Niterói 22/08 a 05/09/15 www.dizjornal.com Pela Cidade 11 Edição na internet para Hum milhão e 800 mil leitores 196 Anos da Câmara de Vereadores de Niterói Uma Missa em ação de graças e ação social marcou as comemorações pelos 196 anos da Câmara de Vereadores de Ni- terói. Prestação de serviços, avaliações mé- dicas, encaminhamento, cultura, diversão e solidariedade atraíram centenas de pessoas aos estandes montados na área externa. Participaram do ato ao lado do presidente Paulo Bagueira (SDD), os vereadores Bru- no Lessa (PSDB) e Emanuel Rocha (SDD); o secretário estadual de Saúde, Felipe Pei- xoto; funcionários da Câmara e seus fami- liares. Campeões do Futebol Recebem Homenagem Durante sessão solene que acontece na próxima segunda-feira (24/08) às 19 horas, no plenário Brígido Tinoco, joga- dores de futebol da seleção brasileira, de diversos clubes do Brasil e treinadores pro- fissionais moradores de Niterói serão ho- menageados pela Câmara de Vereadores . Entre os homenageados estão Gérson, o Canhotinha de Ouro, Roberto Miranda, Al- tair, Jair Marinho, e Leonardo, todos cam- peões pela Seleção Brasileira. O evento vai marcar o lançamento da As- sociação dos Treinadores Profissionais de Futebol de Niterói, que terá o objetivo de fortalecer o trabalho dos treinadores que atuam na cidade. Ao todo serão 42 homenageados, sendo que cinco deles campeões do mundo, ou- Conselho Estadual de Educação Afirma Sobrecarga Afalta de estrutura e de pessoal, além da sobrecarga com análise de questões burocráticas, marcou a fala dos membros do conselho Estadual de Educação (CEE) que estiveram na quarta-feira (19/8) na reunião da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa do Rio, onde o órgão apresen- tou aos parlamentares o relatório de suas atividades no último ano. A prestação anu- al de contas segue a determinação da Lei 5.451/09 (Lei de Responsabilidade Edu- cacional), de autoria do deputado Comte Bittencourt, presidente do colegiado. De acordo com Comte Bittencourt, o con- selho passa por um momento de transição e que as dificuldades apontadas durante a audiência fazem parte desse processo de Gançon Caixa Alta para AFR AAssociação Fluminense de Reabilitação é uma instituição sem fins lucrativos e que presta inúmeros serviços de reabilitação física, principalmente a quem não tem re- cursos para custear tratamentos como fisioterapia ( incluindo uroginecológica, pediátrica erespiratória) , psicomotricidade, RPG, eletroterapia, psicologia, psicopedagogia e outras. Além de repasses oficiais, a entidade buscar recursos através de eventos como o “Garçon Caixa Alta”, que se tornou um dos mais concorridos da cidade de Niterói, onde reúne a nata da sociedade niteroiense. É um enseja social divertido, acompanhado de um jantar de altíssimo nível onde se destaca o talento da “Marias e Amélias” da Maria Amélia Gunin, pessoa muito querida e respeitada nos meios sociais e profissionais no Estado do Rio de Janeiro. A população teve acesso a serviços como tratamento de beleza, corte de cabelo, massagem, limpeza de pele, retirada de se- gunda via de documentos e uma série de outras atividades durante todo o dia. Estande bastante procurado foi o do Pro- jeto Mais Leitura da Imprensa Oficial, (que faz parceria com a secretaria de Saúde Es- tado) que vendeu mais de 600 exemplares a preços subsidiados até 14 horas; a Clin fez a doação de cerca de 400 mudas de plan- tas, todas produzidas no Viveiro de Clin. tros 24, jogadores em diferentes clubes e 12 treinadores. Profissionais como Gil, Caio Cambalhota, Jorge Luiz, País, Luizinho Tombo e Ed- mundo são alguns dos que estarão sendo homenageados com medalhas e moções de aplausos. transformação e que as melhorias aconte- cerão gradativamente. "Esses problemas são naturais nesse proces- so de evolução. Será preciso ter um quadro próprio e a abertura de concursos”. O par- lamentar, lembrou que a Lei de Responsa- bilidade Educacional é uma iniciativa inédita no Brasil, que determina que, anualmente, o conselho e a Secretaria de Educação (Se- educ) prestem contas ao Legislativo do que foi produzido na área. Estiveram presentes à audiência, além dos conselheiros do CEE, representantes do Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação (Sepe), da União dos Professo- res Públicos no Estado (Uppes) e alunos da Uerj. Vereador Paulo Bagueira e secretário Felipe Peixoto Sergio Gomes Divulgação Alerj Deputado Comte Bittencourt Gerson de Oliveira Nunes Rosa Lopes, Nute Belmond, Maria Ester Lessa,Rosimar Lessa e Bruno Lessa Telmo e Fausto Hoeltz Fausto e Valéria
  12. 12. Niterói 22/08 a 05/09/15 www.dizjornal.com Em Foco 12 Edição na internet para Hum milhão e 800 mil leitores Secretário de Saúde Visita Projeto de Saúde Mental N o dia 14 de agosto o secretário de saúde estadual, Felipe Peixoto, visitou no município de Carmo/RJ o Projeto de Desinstitucionalização dos Pacien- tes egressos do antigo Hospital Estadual Teixeira Brandão, desenvolvido pela Gerência de Saúde Mental da Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro. Desde 2005, os ex-pacientes moram em 21 residências terapêuticas na cidade, coordena- das pelo Núcleo Estadual de Saúde Mental. Diretor do Núcleo Estadual de Saúde Mental, Rodrigo Japur; coordenador geral de Direitos Humanos e Saúde Mental da Presidência da República, Lúcio Costa; técnica de referência das Residências Terapêuticas, Janine Fajardo; e o secretário Felipe Peixoto. Secretário Felipe Peixoto com residentes e as duas cuidadoras Na ocasião o secretário foi convidado para almoçar numa das residências, onde pôde constatar o cuidado em liberdade de pacientes com longo tempo de internação. Participaram do almoço, a promotora do município Sheila Vargas, o coordenador de direi- tos humanos e saúde mental da secretaria da Presidência da República, Lúcio Costa, e o deputado Federal Sóstenes Cavalcante (PSD). Aescritora Thati Machado, que é autora dos livros"Com Outros Olhos" e "Ponte de Criatal", vai aproveitar o ensejo da Bienal do Livro do Rio de Janeiro, no Rio Centro, para lançar o mais novo trabalho intitulado "Papel, caneta e ação". O livro foi escrito em parceria com as escritoras Aimee Oliveira e Clara Savelli. A autora também já escreveu a peça " Poder Extra G". Quem quiser pesquisar mais informações poderá acessar: www.facebook.com/pontedecristal. A Bienal do Livro do Rio de Janeiro acontecerá nos dias 05,07,09 e13 de setembro corrente. Thati Machado na Bienal do Livro "Painel da Saudade" para Luis Antônio Pimentel Academia Niteroiense de Letras/ANL realizou nesta quarta feira (19), às 17 horas, o "Painel da Saudade" para homena- gear o jornalista, acadêmico, poeta e haicaísta Luís Antônio Pimentel. Ele faleceu aos 103 anos, quando ainda exercia a função de jornalista nos jornais A Tribuna e Jornal de Icaraí. O discurso de saudação coube ao acadêmico da ANL Sávio Soares de Sousa. Também prestou homenagem ao mestre Pimentel o poeta e acadêmico Paulo Roberto Cecchetti. A cerimônia é feita pelos acadêmicos, familiares e amigos. Pre- sente a eterna companheira e mãe de seu filho Zuleika Hallais Wash. A presidente em exercício da Academia Professora e poeta Marcia Pessanha, agradeceu a expressiva presença de parentes, amigos, jornalistas e acadêmicos, que estiveram juntos para relembrar, com suas histórias, o carinho ao jornalista que nos deixou em 06 de maio de 2015. Divulgação SES Marcia Pessanha, Zuleica e Sávio Souza Soares Os acadêmicos Paulo Roberto Cecchetti e Sávio Soares de Souza

×