Atribuições do tradutor intérprete de libras

500 visualizações

Publicada em

Contribuindo com acessibilidade coerente para os Surdos.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
500
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
288
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Atribuições do tradutor intérprete de libras

  1. 1. Atribuições do tradutor-intérprete de Libras
  2. 2. Dilaina Maria Araújo da Costa Professora e intérprete – tradutora da Libras.
  3. 3. OBJETIVO: Proporcionar a comunicação entre surdos e não surdos o mais acessível possível, de forma a oferecer momentos de construção positiva tendo como instrumento de comunicação a Libras.
  4. 4. Atribuições especificas do tradutor – intérprete de Libras . Discrição (o intérprete deve estabelecer limites no seu envolvimento durante a atuação); Distância profissional (o profissional intérprete e sua vida pessoal são separados). Evitar sua posição pessoal com o surdo caso o tenha, de forma a não influenciar os surdos positiva ou negativamente;
  5. 5. Realizar a interpretação da língua falada para a língua sinalizada e vice versa; Seguir os princípios éticos norteadores da profissão; Se não tiver pronto para tradução da Libras para modalidade oral deverá pedir o auxilio de forma ética e respeitosa ao colega que, se sentir apto; Confiabilidade (sigilo profissional); Imparcialidade (o intérprete deve ser neutro e não interferir com opiniões próprias) a não ser se o Surdo pedir;
  6. 6. Fidelidade (a interpretação deve ser fiel, o intérprete não pode alterar a informação por querer ajudar ou ter opiniões a respeito de algum assunto, o objetivo da interpretação é passar o que realmente foi dito); Deve reconhecer seu próprio nível de competência e ser prudente em aceitar tarefas, procurando assistência de outros intérpretes e/ou profissionais, quando necessário; Se vestir com a adequadamente, e não usar adereços; Manter a dignidade da profissão;
  7. 7. Não chamar atenção indevida sobre si mesmo, durante o exercício da função; Não estimular o Surdo em momento algum a rejeitar qualquer um dos pares iguais no que tange ao Profissional.( Tipo peçam para trocar esse ou aquele profissional pois não sabe interpretar) Pois isso pode acarretar processos judiciais de difamação dentre outros;
  8. 8. Referencia Dicas de interpretação - Professora e Intérprete de LIBRAS Priscila de Macedo. dicasparaumamelhorcomunicaointrprete-140315140359-phpapp01.pdf

×