D.João VI

2.160 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.160
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
24
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

D.João VI

  1. 1. Índice Informações Cognome Casamento Direcção do governo Regresso a Portugal Governo em Portugal Criações do rei Morte
  2. 2. Informações Nome completo: João Maria José Francisco Xavier de Paula Luís António Domingos Rafael de Bragança. Ordem: 27º rei de Portugal Cognome: O clemente Começo do reinado: 20 de Março de 1816 Término do reinado: 10 de Março de 1826( 9 anos) Data de nascimento: 13 de Maio de 1767 Local de nascimento: Lisboa, Portugal Data de falecimento: 10 de Março de 1826
  3. 3. ContinuaçãoInformações Local de falecimento: Palácio da Bemposta, Lisboa Local de enterro: Panteão dos Braganças, Mosteiro de São Vicente de Fora Mãe: D. Maria I Pai: D. Pedro III Príncipe Herdeiro: D. Pedro( filho) Dinastia: Bragança
  4. 4. Cognome Todos os reis têm um cognome. O cognome é uma alcunha e a alcunha de D. João VI era: O clemente. Razão do cognome: Bela bondade do seu comportamento.
  5. 5. D. Carlota JoaquinCasamento aEm 1785, casou em Madrid por procuração( poder quealguém confere a outrem para,) em 8 de Maio e emLisboa em 9 de Junho em pessoa com a infanta CarlotaJoaquina de Bourbon, de dez anos, filha do rei D. CarlosIV de Espanha e de Maria Luísa de Parma, vindo arealizar apenas em 1790, o casamento.D. Carlota Joaquina e D. João VI tiveram três filhos e seis filhas.
  6. 6. Direcção do governo Desde 10 de Fevereiro de 1792, por incapacidadefísica da mãe, passou a governar, tornando- se reisete anos depois( 15 de Julho de 1799 ). No dia 16 de Dezembro de 1815 foi Príncipe Regentedo Reino Unido, Portugal, Brasil e dos Algarves. O seu reinado aconteceu no período de grandesalterações mundiais e em Portugal: a RevoluçãoFrancesa e a consequente guerra europeia , oBloqueio Continental, a Campanha do Rossilhão e aguerra com a Espanha.
  7. 7. Regresso a PortugalFinalmente em Fevereiro de 1821, tropas portuguesasdos quartéis do Rio de Janeiro indignaram- se,exigindo que D. João VI regressasse a Portugal.Houve conflitos e mortes e só o rei poderia evitaruma guerra urbana.Assim, elegeu como dirigente seu filho primogénito,(primeiro filho) em 22 de Abril de 1821 e quatro diasdepois embarcou para Lisboa. Ao chegar, jurou aConstituição.O resto do reinado de D. João VI é passado emtentativas de paz entre os filhos Pedro e Miguel.
  8. 8. Governo em Portugal Mas, a constituição jurada pelo rei, usou- se apenasdurante alguns meses.D. João VI dedica os últimos anos do seu reinado atentar resolver o problema que apareceu paraPortugal pela independência do Brasil e, por épocada sua morte sonhava ainda com a reunião dos doispaíses na pessoa de um só monarca.Em 1825, D. João VI escolheu Pedro I seu herdeiro.
  9. 9. Criações do rei Criação do Banco do Brasil em 1808 ( 12/ 10 ) Criação da Direcção Militar da Guarda Real da Polícia da corte( DMGRP) em 1809 ( 13/ 5 ) Criação da fábrica de pólvora ( Rio de Janeiro ) Criação do jardim botânico do Rio de Janeiro Criação da Academia Imperial de Belas Artes Criação da Escola de Cirurgia, em Salvador. Criação da Academia de Medicina e Cirurgia do Rio de Janeiro em 1808. Criação da primeira Junta de Comércio.
  10. 10. Morte Faleceu em Março de 1826 depois de ter estadodoente alguns dias. O motivo da sua morte suspeita- seter sido por envenenamento. Pedaços do seu coraçãoforam retirados e submetidos a análises, num estudodirigido pelo prof. Doutor Armando Santinho Cunha, oque veio a confirmar a suspeita de envenenamento porarsénico. Sabe- se que de facto o rei comeu laranjas,pois isso está mencionado nos relatórios médicosrealizados na altura. E só depois de D. João VI teringerido tais laranjas é que adoeceu. O corpo foienterrado no Panteão dos Braganças.
  11. 11. Imagens

×