Escola Secundária de Caldas das Taipas<br />Ano Lectivo 2009/2010<br />Disciplina de História<br />A condição operária<br />
O Proletariado industrial<br />Os proletariados:<br />permaneciam nos centros industriais, onde encontravam trabalho;<br ...
Os populares perderam propriedades:<br />1)Nos campos<br />o progresso agrícola devastou os pequenos e médios agricultore...
A instabilidade do emprego<br />o trabalho definitivo era uma raridade, e por isso precioso;<br />obtinham antes contrat...
O comportamento profissional dos operários:<br />A instabilidade da situação de emprego originou o aparecimento de três ti...
Os salários<br /><ul><li>Os salários dos operários eram baixos, o que os manteve no limiar do mínimo de sobrevivência;
Os operários que se encontravam numa situação de emprego com contrato periódico recebiam salários ainda menores.</li></li>...
As condições de trabalho desumanas:<br />Grande parte das indústrias funcionava em espaços degradados e impróprios, como ...
As condições de vida<br />  Assim, os operários viram afastados das refeições os bens alimentares mais caros. E sendo suj...
Os compartimentos eram escuros e muitos sem ventilação directa para o exterior;<br />Não permitiam a privacidade do casal ...
A degradação familiar<br />as ligações conjugais desfaziam-se com <br />	facilidade; <br />a taxa do abandono infantil era...
Degradação familiar<br />
Os vícios<br />A prostituição<br />A marginalidade<br />O álcool<br />O crime<br />A vagabundagem<br />A mendicidade<br />
Associativismo e Sindicalismo<br />Os operários<br />Sofriam<br />Associativismo<br />De duras condições de trabalho e de ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A+condiçã..

2.916 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.916
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.905
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
34
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A+condiçã..

  1. 1. Escola Secundária de Caldas das Taipas<br />Ano Lectivo 2009/2010<br />Disciplina de História<br />A condição operária<br />
  2. 2. O Proletariado industrial<br />Os proletariados:<br />permaneciam nos centros industriais, onde encontravam trabalho;<br />eram os operários que formaram uniões profissionais para propor justiça social e uma melhor distribuição da riqueza nas sociedades.<br />Assim, o proletariado é uma condição económico-socialcujos membros possuem como único meio de subsistência a sua força de trabalho e não necessitam de uma aprendizagem prolongada, pois ficavam escravizados a uma máquina.<br />
  3. 3.
  4. 4. Os populares perderam propriedades:<br />1)Nos campos<br />o progresso agrícola devastou os pequenos e médios agricultores e desterrou os rendeiros e outros camponeses.<br />2)Entre o artesanato rural ou urbano<br />o regime de livre concorrência fez com que muitas pequenas oficinas fechassem as portas, sendo ultrapassadas pela crescente industrialização.<br />
  5. 5. A instabilidade do emprego<br />o trabalho definitivo era uma raridade, e por isso precioso;<br />obtinham antes contratos periódicos que variavam muito ao longo do ano, da semana e até ao longo do mesmo dia de trabalho (contratação à hora);<br />Esta situação deveu-seà ambição do patronato industrial, que desejando alcançar o maior lucro possível procurava reduzir os custos da produção e derrotar a concorrência nos mercados. Assim, era-lhes mais rentável recorrer a uma mão-de-obra de curto prazo que se despedia quando não necessária.<br />
  6. 6.
  7. 7. O comportamento profissional dos operários:<br />A instabilidade da situação de emprego originou o aparecimento de três tipos de comportamentos profissionais dos operários:<br />1) Muitos aliavam o trabalho agrícola com o trabalho na indústria;<br />2) Outros iam para as cidades fabris por vários anos;<br />3) Uma minoria optava definitivamente pelo trabalho nas fábricas, a tempo inteiro;<br />
  8. 8. Os salários<br /><ul><li>Os salários dos operários eram baixos, o que os manteve no limiar do mínimo de sobrevivência;
  9. 9. Os operários que se encontravam numa situação de emprego com contrato periódico recebiam salários ainda menores.</li></li></ul><li>A necessidade de sobreviver generalizou o emprego às mulheres e às crianças, cuja força de trabalho, passou a ser preferida pelos patrões pois:<br />Usavam-na para diminuir os custos de produção, visto que estas recebiam salários inferiores aos masculinos.<br />
  10. 10. As condições de trabalho desumanas:<br />Grande parte das indústrias funcionava em espaços degradados e impróprios, como caves ou barracões improvisados; <br />Os operários aglomeravam-se às dezenas nesses espaços frios e húmidos, mal iluminados e arejados, 12 horas seguidas.<br />Estas condições de trabalho cansavam e desmotivavam o operário. <br />Com o aperfeiçoamento do processo produtivo, o trabalho do operário tornou-se mais rotineiro e monótono.<br />
  11. 11.
  12. 12. As condições de vida<br /> Assim, os operários viram afastados das refeições os bens alimentares mais caros. E sendo sujeitos a esforços físicos e a pouco descanso, os seus organismos enfraqueciam com rapidez, originando doenças. <br />Os salários de miséria que os operários recebiam não lhes servia para muito face à subida constante do custo de vida. <br />A situação agravava-se com as más condições de habitação:<br /> - O alto preço de alojamento e a ausência de construções especificas para operários levou-os para velhos prédios improvisados e degradados.<br />
  13. 13.
  14. 14. Os compartimentos eram escuros e muitos sem ventilação directa para o exterior;<br />Não permitiam a privacidade do casal em relação aos filhos; dos irmãos em relação às irmãs, dos vizinhos entre si;<br />Os alojamentos sem condições:<br />Raramente possuíam fornecimento directo de água ou de gás, de iluminação e de aquecimento;<br />As instalações sanitárias, quando existiam, eram comuns a várias famílias e colocadas no exterior dos apartamentos;<br />
  15. 15. A degradação familiar<br />as ligações conjugais desfaziam-se com <br /> facilidade; <br />a taxa do abandono infantil era <br />elevada;<br />e o desrespeito dos filhos pelos pais <br /> acentuou-se.<br />os esposos maltratavam-se;<br />
  16. 16. Degradação familiar<br />
  17. 17. Os vícios<br />A prostituição<br />A marginalidade<br />O álcool<br />O crime<br />A vagabundagem<br />A mendicidade<br />
  18. 18. Associativismo e Sindicalismo<br />Os operários<br />Sofriam<br />Associativismo<br />De duras condições de trabalho e de vida<br />Sentiram a necessidade de criar<br />Sindicalismo<br />

×