Emprego ao Serviço da Vida

339 visualizações

Publicada em

Não se pode construir uma sociedade genuína, verdadeiramente dedicada ao bem-estar colectivo se apenas medirmos a nossa contribuição à sociedade em termos de lucro e prejuízo. Sendo que o valor do dinheiro está no uso apropriado do mesmo, já o sentido do valor humano deve reflectir-se em cada acção, seja ela grande ou pequena.
A necessidade actual da preservação da existência física se for aliada a ideais elevados que visam, não só o interesse pessoal de recompensa, mas também o interesse colectivo de evolução e progresso, poderá conduzir-nos a uma economia de dádivas onde o Amor pela Humanidade é o ponto principal.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
339
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
96
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Emprego ao Serviço da Vida

  1. 1. Emprego ao Serviço da Vida
  2. 2. Todos Procuramos Algo
  3. 3. • Revolução de Consciência • Sentimento Colectivo • Sociedade Genuína
  4. 4. Interesses Ocultos
  5. 5. Instrumentos: • Competitividade • Ganância • Corrupção
  6. 6. Factores: • Desigualdade • Desinteresse • Privação
  7. 7. Depressão Colectiva
  8. 8. Fábricas de Entretenimento
  9. 9. Disfarce da Rectidão
  10. 10. Valor Utilitário vs. Valor Existencial
  11. 11. Valor Monetário Valor Humano
  12. 12. Sincronização Interna
  13. 13. Boas Vibrações do Coração
  14. 14. Sincronização Externa
  15. 15. Dádivas
  16. 16. Amor pela Humanidade “Quando o Amor pela Humanidade é o ponto principal, a questão de ganhos e perdas individuais torna-se secundária.” P. R. Sarkar
  17. 17. (Des)Emprego à Conversa 16:00 Espaço PROUTugal

×