Profª: Daniela Fontana Almenara
Disciplina: Física
Turma: 2º Ano do Ensino médio
Dilatação Térmica
dos Líquidos
• Os líquidos se dilatam
obedecendo às mesmas
leis que estudamos para os
sólidos. Apenas devemos
nos lembrar de que, como
...
Dilatação aparente
• Para observarmos a dilatação de um líquido,
devemos colocá-lo em um frasco e aquecer o
conjunto. Ambo...
O volume extravasado do pequeno recipiente corresponde à dilatação
aparente do líquido.
Dilatação dos líquidos
Dilatação anômala da água
Em geral, as
substâncias se dilatam
ao serem aquecidas. A
água, porém, apresenta
comportamento
i...
Dilatação irregular da água e sua importância para
sobrevivência de seres vivos nas regiões frias
Sabemos que sólidos e lí...
Mesmo sob
temperaturas externas
rigorosas, apenas as
regiões próximas à
superfície do lago
congelam, enquanto as
águas pro...
Esse fenômeno ocorre em países onde o inverno é
muito rigoroso. Nesses países, os lagos e rios se
congelam na superfície e...
(UFRGS-RS) Um recipiente de vidro, cujas paredes são finas,
contém glicerina. O conjunto se encontra a 20 ºC. O coeficient...
• Um frasco de vidro, cujo volume é exatamente
1000 cm 3 a 0 oC, está completamente cheio de
mercúrio a essa temperatura. ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Dilatação térmica dos líquidos

3.605 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.605
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
634
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
82
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Dilatação térmica dos líquidos

  1. 1. Profª: Daniela Fontana Almenara Disciplina: Física Turma: 2º Ano do Ensino médio Dilatação Térmica dos Líquidos
  2. 2. • Os líquidos se dilatam obedecendo às mesmas leis que estudamos para os sólidos. Apenas devemos nos lembrar de que, como os líquidos não têm forma própria, tomam a forma do recipiente. Dilatação dos líquidos
  3. 3. Dilatação aparente • Para observarmos a dilatação de um líquido, devemos colocá-lo em um frasco e aquecer o conjunto. Ambos se dilatarão e como a capacidade do frasco aumenta, a dilatação que observaremos, para o líquido, será apenas aparente. A dilatação real será então a soma da dilatação aparente com a dilatação volumétrica do frasco.
  4. 4. O volume extravasado do pequeno recipiente corresponde à dilatação aparente do líquido. Dilatação dos líquidos
  5. 5. Dilatação anômala da água Em geral, as substâncias se dilatam ao serem aquecidas. A água, porém, apresenta comportamento inverso no intervalo de temperatura entre 0 ºC e 4 ºC, à pressão normal.Variação do volume da água em função da temperatura, sob pressão normal
  6. 6. Dilatação irregular da água e sua importância para sobrevivência de seres vivos nas regiões frias Sabemos que sólidos e líquidos ao serem aquecidos tem seu volume aumentado. Contudo, existem algumas substâncias que em determinados intervalos de temperatura sofrem o processo inverso, ao aumentar a temperatura eles diminuem o volume. Nesse intervalo, essas substâncias apresentam coeficiente de dilatação negativo. A água é uma dessas substâncias. Quando a sua temperatura é aumentada, entre 0°C e 4°C, seu volume diminui. Ao elevar sua temperatura para mais de 4°C volta a dilatar normalmente.
  7. 7. Mesmo sob temperaturas externas rigorosas, apenas as regiões próximas à superfície do lago congelam, enquanto as águas profundas se mantêm a 4 °C, ainda hospitaleiras ao ecossistema aquático. MICHAELBAUER/SHUTTERSTOCK
  8. 8. Esse fenômeno ocorre em países onde o inverno é muito rigoroso. Nesses países, os lagos e rios se congelam na superfície e a água de máxima densidade se encontra, a 4°C, por debaixo da camada de gelo. Esse é um acontecimento muito importante para a fauna e flora aquática, pois sem essa anormalidade da água os peixes e as plantas aquáticas morreriam, causando danos ao ambiente.
  9. 9. (UFRGS-RS) Um recipiente de vidro, cujas paredes são finas, contém glicerina. O conjunto se encontra a 20 ºC. O coeficiente de dilatação linear do vidro é 27 . 10-6 ºC-1 e o coeficiente de dilatação volumétrica de glicerina é 5,0 . 10-4 ºC-1. Se a temperatura do conjunto se elevar para 60 ºC, pode-se afirmar que o nível da glicerina no recipiente: a) baixa, porque a glicerina sofre um aumento de volume menor do que o aumento na capacidade do recipiente. b) se eleva, porque a glicerina aumenta de volume e a capacidade do recipiente diminui de volume. c) se eleva, porque apenas a glicerina aumenta de volume. d) se eleva, apesar de a capacidade do recipiente aumentar. e) permanece inalterado, pois a capacidade do recipiente aumenta tanto quanto o volume da glicerina.
  10. 10. • Um frasco de vidro, cujo volume é exatamente 1000 cm 3 a 0 oC, está completamente cheio de mercúrio a essa temperatura. Quando o conjunto é aquecido até 100 oC, entornam 15, 0 cm 3 de mercúrio. a) Qual foi a dilatação real do mercúrio? b) Qual foi a dilatação do frasco? c) Qual o valor do coeficiente de dilatação linear do vidro de que é feito o frasco?

×