Aula 3 movimento retilíneo uniforme

7.502 visualizações

Publicada em

Slide de introdução à cinemática
Movimento retilíneo uniforme

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.502
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
932
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
172
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula 3 movimento retilíneo uniforme

  1. 1. Governo do Estado de Rondônia Secretaria de Estado da Educação – SEDUC Coordenadoria Regional de Ensino - CRE E.E.E.F.M. Cel. Aluízio Pinheiro Ferreira Rolim de Moura – ROCINEMÁTICAPROF.ª.: DANIELA FONTANA ALMENARA DISCIPLINA: FÍSICA
  2. 2. CINEMÁTICA• Quando estudamos a cinemática, procuramos descrever os movimentos sem nos preocuparmos com suas causas.• Então, analisando por exemplo o movimento de um carro, diremos que ele está se movendo em uma estrada reta, que sua velocidade é de 60 km/h , que em seguida, passa para 80 km/h, que o veículo descreve uma curva, etc., mas não procuraremos explicar as causas de cada um desses fatos
  3. 3. PARTÍCULA• É comum ao estudarmos o movimento de um corpo qualquer, tratá-lo como se ele fosse uma partícula. Dizemos que um corpo é uma partícula quando suas dimensões são muito pequenas em comparação com as demais dimensões que participam do fenômeno.• Ex: se um automóvel de 3 m de comprimento desloca-se 15 m, ele não poderá ser considerado partícula; mas se esse mesmo automóvel viajar de uma cidade a outra, distanciadas 200 km, o comprimento do automóvel é desprezível em relação a essa distância.
  4. 4. O MOVIMENTO É RELATIVO• O movimento de um corpo, visto por um observador, depende do referencial no qual o observador está situado.
  5. 5. DISTÂNCIA, VELOCIDADE E TEMPO• Quando um corpo se desloca com velocidade constante, ao longo de uma trajetória retilínea, dizemos que seu movimento é retilíneo uniforme
  6. 6. MOVIMENTO RETILÍNEO UNIFORME Para o MRU a velocidade instantânea tem o mesmo valor da velocidade média. Movimento que se dá sobre uma trajetória retilínea e a velocidade constante. Como a velocidade não muda em nada (direção, sentido ou intensidade) a aceleração é nula. Vm = Vinst
  7. 7. FÓRMULAS PARA O MRU
  8. 8. ATENÇÃO PARA AS UNIDADES• Para transformar km/h em m/s divide-se por 3,6• Para transformar m/s em km/h multiplica-se por 3,6
  9. 9. GRÁFICO VELOCIDADE X TEMPO (v x t) Automóvel se deslocando em movimento uniforme com velocidade v = 60 km/h e a velocidade é mantida no tempo t = 5,0 h No movimento uniforme o gráfico v x t é uma reta paralela ao eixo dos tempos e a área sob esse gráfico nos fornece o valor da distância percorrida
  10. 10. EXEMPLO DE MOVIMENTO NÃO UNIFORMES = 30 x 1,0 h = 30 kmS = 90 x 2,0 = 180 kmS = 60 x 1,0 = 60 kmSomando todosS = 30 + 180 + 60S = 270 km
  11. 11. VELOCIDADE NEGATIVA• Quando um corpo se desloca em uma trajetória, costumamos convencionar que um dos sentidos do movimento é positivo; o outro sentido, portanto, será considerado negativo.
  12. 12. GRÁFICO DISTÂNCIA X TEMPO (s x t) • Em qualquer movimento uniforme (v = constante), o espaço percorrido por um objeto é diretamente proporcional ao tempo t decorrido neste percurso. • Em qualquer movimento uniforme o gráfico de percurso é uma reta que passa pela origem dos eixos
  13. 13. O QUE É A POSIÇÃO DE UM MÓVEL E SUA TRAJETÓRIA• Para se determinar a posição de um corpo em uma dada trajetória, basta que se forneça o valor da sua distância, medida sobre a trajetória, a um ponto dela adotado como referência (origem).
  14. 14. GRÁFICO POSIÇÃO X TEMPO
  15. 15. EXEMPLO
  16. 16. ATIVIDADESUtilizando como referência essa aula etambém o texto do livro, realize asatividades do livro na pág. 42.Exer.: 5 a 10 e 12
  17. 17. REFERÊNCIASMÁXIMO, Antônio: ALVARENGA,Beatriz. Curso de Física. São Paulo:Scipione, 2010.

×