Saúde bucal do adulto

11.418 visualizações

Publicada em

1 comentário
7 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
11.418
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
18
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
137
Comentários
1
Gostaram
7
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Saúde bucal do adulto

  1. 1. Saúde Bucal do AdultoC.M.S Adão Pereira Nunes – Vilar Carioca Odontologia
  2. 2. O Que é a Cárie?
  3. 3. A Cárie DentáriaA cárie dentária pode ser definida como uma destruiçãolocalizada dos tecidos dentais causada pela ação dasbactérias. A desmineralização dos tecidos dentais(Esmalte, Dentina ou Cemento) é causada por ácidos,especialmente o produzido pela fermentação bacterianados carboidratos da dieta, geralmente a sacarose (açúcar).
  4. 4. Os tipos de Cáries
  5. 5. COMO EVOLUI A CÁRIENo início a cárie não dói porque só atinge o esmalte dodente. Depois de "atravessar" o esmalte a cárie atinge adentina, camada um pouco menos dura que o esmalte,muito sensível à dor porque recebe prolongamentos donervo. Se a cárie ainda não for tratada, continuarácrescendo ( "furando o dente" ) até atingir o canal ondeestá o nervo, provocando dores muito fortes e infecção.Com a progressão da infecção formam-se lesões no osso eabscessos (bolsas de pus).
  6. 6. Prevenção
  7. 7. Escovação CorretaUma boa escovação deve durar, no mínimo 2 minutos, amaioria das pessoas não chega nem perto desse tempo.Escove seus dentes com movimentos suaves e curtos,nunca se esqueça da margem gengival.Concentre-se na limpeza de cada setor da boca, daseguinte maneira:Escove as superfícies voltadas para a bochecha dosdentes superiores e, depois, dos inferiores.Escove as superfícies internas dos dentes superiores e,depois, dos inferiores.Em seguida, escove as superfícies de mastigação.Para ter hálito puro, escove também a língua, local ondemuitas bactérias ficam alojadas.
  8. 8. Técnica de Escovação
  9. 9. Qual a maneira correta de usar o fio dental?Quando você o usa corretamente, o fio dental remove aplaca bacteriana e os resíduos de alimentos das áreasonde a escova dental não alcança facilmente, como, porexemplo, a linha da gengiva e as áreas entre os dentes. Éaltamente recomendável o uso diário do fio dental, umavez que a placa bacteriana pode levar ao aparecimento decáries e doenças gengivais. Para usar o fio dental de maneira correta faça o seguinte:Enrole aproximadamente 40 centímetros do fio ao redor decada dedo médio, deixando uns dez centímetros entre osdedos.Segurando o fio dental entre o polegar e indicador dasduas mãos, deslize-o levemente para cima e para baixoentre os dentes.
  10. 10. Para usar o fio dental de maneira correta faça o seguinte:continuaçãoPasse cuidadosamente o fio ao redor da base de cadadente, ultrapassando a linha de junção do dente com agengiva. Nunca force o fio contra a gengiva, pois ele podecortar ou machucar o frágil tecido gengival.Utilize uma parte nova do pedaço de fio dental para cadadente a ser limpo.Para remover o fio, use movimentos de trás para frente,retirando-o do meio dos dentes.
  11. 11. Forma de Usar o Fio
  12. 12. ALIMENTOS QUE NÃO PROVOCAM CÁRIEExistem alimentos que são considerados não cariogênicos,ou seja, não provocam cárie. São as proteínas, osvegetais, as gorduras e as frutas. Entre os alimentostemos: leite, ovos, peixes e carnes. Tais alimentos sãoimportantes principalmente para as crianças porqueformam dentes permanentes bem calcificados, fortes eresistentes à cárie.Os pais devem procurar dar às crianças alimentos durosque precisam ser bem mastigados, como frutas e legumescrus que possibilitam uma auto limpeza, removendo osrestos de alimentos "grudados" nos dentes. A mastigaçãodesses alimentos, também ajuda a desenvolver osmaxilares e massagear a gengiva.
  13. 13. ALIMENTOS QUE NÃO PROVOCAM CÁRIE
  14. 14. Doenças periodontaisAs doenças periodontais inflamam e destroem as estruturasque rodeiam e suportam os dentes, principalmente asgengivas, o osso e a camada externa da raiz do dente.A acumulação de bactérias é uma das causas principais dasdoenças periodontais. Podem também influir outrasalterações do organismo, como a diabetes mellitus, asubnutrição, a leucemia, a SIDA e o tabagismo.

×