Assertividade

1.875 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.875
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
13
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
41
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Assertividade

  1. 1. Sessão 4: Apresentação 3Formação: Gestão de Conflitos Familiares Formador: Dércio Martins 1
  2. 2. 1.Comportamento AgressivoA pessoa expressa as suas necessidades/preferências/opiniões de forma hostil, exigente, ameaçadora ou punitiva para com o interlocutor; defende os seus direitos, mas fá-lo à custa da violação dos do outro. 2.Comportamento PassivoA pessoa não expressa as suas necessidades/preferências/opiniões. Na medida em que a pessoa que tem este comportamento é a primeira a violar os seus próprios direitos, acaba por dar ao outro a permissão para, também ele, o fazer. 3.Comportamento ManipulativoA pessoa expressa as suas necessidades/preferências/opiniões com o objectivo de levaro interlocutor a adivinhar o que quer dizer, ou a sentir-se tão mal, ou responsável pela pessoa que fará o que ela quer, ainda que contra a sua vontade. Formador: Dércio Martins 2
  3. 3. Comportamento Comportamento Comportamento Agressivo Passivo Manipulativo 4. Comportamento Assertivo A pessoa expressa as suas necessidades/preferências/opiniões de forma directa, sem que, ao fazê-lo, sinta ansiedade indevida ou excessiva e sem serhostil para o interlocutor. É aquele que defende os seus direitos, sem ofender os do outro. Comportamento Assertivo Formador: Dércio Martins 3
  4. 4.  Ao falar, não só se estabelece uma comunicação intelectual e abstracta, como se cria uma relação afectiva, que pode ser facilitadora, ou não, da comunicação. Ambos, receptor e emissor, têm formas diferentes de pensar, sentir e agir. Assertividade Comportamento que torna a pessoa capaz de agir de acordo com os seus próprios interesses, a afirmar-se sem ansiedade, a expressar sentimentos sinceros, sem constrangimentos, ou a exercitar os seus próprios direitos sem negar os de outra(s) pessoa(s). Saber dizer sim ou não, quando há razões para isso. Implica manter uma opinião/reclamação/posição se justificada e fazê-lo de forma calma, tranquila, tom de voz sossegado e seguro, gesto firme. Formador: Dércio Martins 4
  5. 5.  Ideias a reter:  No comportamento não assertivo: o emissor prejudica-se pela sua própria auto desvalorização (comportamento passivo) ou prejudicando o receptor (comportamento agressivo e manipulativo);  No comportamento assertivo: nenhuma pessoa é prejudicada e todos podem relacionar-se de forma positiva. Formador: Dércio Martins 5
  6. 6.  Instituto de Emprego e Formação Profissional (n.d.). Manual do Formador de Gestão de Conflitos Familiares. Retirado de http://portal.iefp.pt/xeobd/attachfileu.jsp?look_par entBoui=19543289&att_display=n&att_download=y Formador: Dércio Martins 6
  7. 7. Sessão 4: Apresentação 3Formação: Gestão de Conflitos Familiares Formador: Dércio Martins 7

×