UNIÃO EDUCACIONAL MINAS GERAIS TECNOLOGIAS DIGITAIS APLICADAS À EDUCAÇÃO A EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA/EaD COMO MODALIDADE AUXILI...
<ul><li>Introdução </li></ul><ul><li>Discutindo sobre a Educação a Distância/EaD; </li></ul><ul><li>Os PNE´s e sua formaçã...
O art. 1º do Decreto 5622/05 define a EaD: (...) caracteriza-se a educação a distância como modalidade educacional na qual...
EaD e o uso das TICs no Brasil 1891 –>  Início da EaD no Brasil – cursos por correspondências 1904 ->  Impressos e Correio...
EaD e o uso das TICs no Brasil 1996 ->  Redes de videoconferência – início de oferta de mestrado a distância por universid...
Um marco na EaD É inegável a inserção da tecnologia no setor educacional e de sua viabilidade como precursora de uma já co...
EaD PNE´s Mercado de trabalho TIC´s
Legislação para empregabilidade do PNE´s <ul><li>A Lei  8.213/91  de 24 de julho de 1991 e o Decreto  3.298/99 , de 21 de ...
E como é a realidade
<ul><li>As empresas estão preparadas para receber os PNE´s? </li></ul><ul><li>Os PNE´s possuem formação necessária? </li><...
O que fazer diante de tantas dificuldades? <ul><li>Cruzar os braços e esperar a criação de políticas públicas? </li></ul><...
Qual seria a solução?  Diante de tantos problemas, questionamentos e dúvidas, surge a EaD aliadada à NTIC´s como uma modal...
O papel das NTIC´s Na questão das NTIC´s, é preciso lembrar um importante pressuposto que, embora seja um truísmo, é muita...
Considerações finais <ul><li>As NTIC´s tem auxiliado na inclusão dos PNE´s na educação e conseqüentemente no mercado de tr...
<ul><li>É preciso criar conscientização de que produtos e serviços sejam universais, ou seja, utilizáveis por qualquer pes...
&quot;Na minha civilização, aquele que é diferente de mim não me empobrece: me enriquece.&quot;  Saint-Exupéry
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A Educação a Distância/EaD como modalidade auxiliar na formação e qualificação dos portadores de necessidades especiais/PNE´s

3.531 visualizações

Publicada em

Trabalho apresentado durante defesa do curso de Especialização em Tecnologias Digitais Aplicadas à Educação.

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.531
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
23
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
39
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A Educação a Distância/EaD como modalidade auxiliar na formação e qualificação dos portadores de necessidades especiais/PNE´s

  1. 1. UNIÃO EDUCACIONAL MINAS GERAIS TECNOLOGIAS DIGITAIS APLICADAS À EDUCAÇÃO A EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA/EaD COMO MODALIDADE AUXILIAR NA FORMAÇÃO E QUALIFICAÇÃO DOS PORTADORES DE NECESSIDADES ESPECIAIS Aluna: Denise Faria Orientadora: Profª Ms. Juliene Silva Vasconcelos Uberlândia 2008
  2. 2. <ul><li>Introdução </li></ul><ul><li>Discutindo sobre a Educação a Distância/EaD; </li></ul><ul><li>Os PNE´s e sua formação </li></ul><ul><li>Considerações finais; </li></ul><ul><li>Referências. </li></ul>Organização do artigo:
  3. 3. O art. 1º do Decreto 5622/05 define a EaD: (...) caracteriza-se a educação a distância como modalidade educacional na qual a mediação didático-pedagógica nos processos de ensino e aprendizagem ocorre com a utilização de meios e tecnologias de informação e comunicação, com estudantes e professores desenvolvendo atividades educativas em lugares ou tempos diversos.
  4. 4. EaD e o uso das TICs no Brasil 1891 –> Início da EaD no Brasil – cursos por correspondências 1904 -> Impressos e Correios por correspondência 1923 -> Rádio Educativo Comunitário 1965 – 1970 -> Criação das Tvs educativas 1980 -> Oferta de supletivos via telecursos – televisão e materiais impressos 1985 -> Uso do computador 1985-1988 -> Uso de mídias de armazenamento – vídeo-aula, disquetes, CD-ROM 1989 -> Criação de Rede Nacional de Pesquisa – uso de BBS, Bitnet e e-mail 1990 -> Uso intensivo de teleconferências via satélites 1994 -> Início de oferta de cursos superiores a distância por mídia impressa. 1995 -> Disseminação da Internet nas instituições de ensino superior via Rede Nacional de Pesquisa
  5. 5. EaD e o uso das TICs no Brasil 1996 -> Redes de videoconferência – início de oferta de mestrado a distância por universidades públicas em parceria com empresa privada 1997 -> Desenvolvimento de AVA – oferta de especialização a distância via internet em universidades públicas e privadas 1998 -> Implantada a primeira conexão de banda larga para internet no Brasil 1999-2001 -> Criação de redes públicas e privadas para cooperação em tecnologia e metodologia para o uso das NTIC´s na EaD 1999-2002 -> Credenciamento oficial de instituições universitárias para atuar em educação a distância 2004 -> EaD na Web 2.0 e uso de Web Sementics como ferramenta de acesso 2005 -> Criação da UAB 2008 -> Implantação da tecnologia 3G para envio de material multimídia por meio de celular.
  6. 6. Um marco na EaD É inegável a inserção da tecnologia no setor educacional e de sua viabilidade como precursora de uma já considerada “antiga” modalidade educacional – a Educação a Distância. Todavia, somente com o resgate oferecido pela LDB 9394/96, há uma década, que a pesar de todos os questionamentos e críticas sofridas por esta modalidade podemos, hoje reafirmar sua importância e inegável importância ao sistema educacional (VASCONCELOS, 2008, p. 223).
  7. 7. EaD PNE´s Mercado de trabalho TIC´s
  8. 8. Legislação para empregabilidade do PNE´s <ul><li>A Lei 8.213/91 de 24 de julho de 1991 e o Decreto 3.298/99 , de 21 de dezembro de 1999 determinam que todas as empresas com mais de 100 funcionários são obrigadas a contratar pessoas com deficiência nas seguintes proporções: </li></ul><ul><li>Até 200 empregados 2% ; </li></ul><ul><li>De 201 a 500 3% ; </li></ul><ul><li>De 501 a 1000 4% ; </li></ul><ul><li>Acima de 1000 5% . </li></ul>
  9. 9. E como é a realidade
  10. 10. <ul><li>As empresas estão preparadas para receber os PNE´s? </li></ul><ul><li>Os PNE´s possuem formação necessária? </li></ul><ul><li>As instituições de ensino possuem estruturas físicas e pessoal preparado para receber os PNE´s? </li></ul><ul><li>As cidades possuem estrutura e segurança para o transporte dos PNE´s? </li></ul>
  11. 11. O que fazer diante de tantas dificuldades? <ul><li>Cruzar os braços e esperar a criação de políticas públicas? </li></ul><ul><li>Esperar que os outros se conscientizem? </li></ul><ul><li>Permanecer na exclusão? </li></ul>
  12. 12. Qual seria a solução? Diante de tantos problemas, questionamentos e dúvidas, surge a EaD aliadada à NTIC´s como uma modalidade auxiliar na formação dos PNE´s.
  13. 13. O papel das NTIC´s Na questão das NTIC´s, é preciso lembrar um importante pressuposto que, embora seja um truísmo, é muitas vezes esquecido ou obnubilado nos debates sobre este tema: as tecnologias não são boas (ou más) em si, podem trazer grandes contribuições para a educação, se forem usadas adequadamente, ou apenas fornecer um revestimento moderno a um ensino antigo e inadequado. É essencial, porém, que tenhamos consciência de que sua integração à educação já não é uma opção: estas tecnologias já estão no mundo, transformando todas as dimensões da vida social e econômica; cabe ao campo educacional integrá-las e tirar de suas potencialidades comunicacionais e pedagógicas o melhor proveito. O que exigirá dos sistemas educacionais grandes esforços de imaginação pedagógica e um volume considerável de investimentos financeiros. (BELLONI, 2008, p. 104).
  14. 14. Considerações finais <ul><li>As NTIC´s tem auxiliado na inclusão dos PNE´s na educação e conseqüentemente no mercado de trabalho. Com a ajuda de teclados viáveis e vários software auxiliares eles podem manusear o computador e terem acesso à informações e a todos os recursos que o PC oferece. </li></ul><ul><li>Assim, essas pessoas ganham mais autonomia e passam a contar menos com o auxílio de terceiros. </li></ul><ul><li>É necessário que os profissionais da tecnologia e da educação estejam atentos às necessidades destas pessoas e desenvolvam e aplicam todos os recursos possíveis visando a não exclusão de nenhum ser humano. </li></ul>
  15. 15. <ul><li>É preciso criar conscientização de que produtos e serviços sejam universais, ou seja, utilizáveis por qualquer pessoa sem nenhuma discriminação. </li></ul><ul><li>As instituições de ensinos devem ficar atentas e se prepararem para receber e atender à diversidade de alunos. </li></ul><ul><li>Percebe-se a ausência de políticas públicas que viabilizem a aquisição de computadores e recursos necessários para que os PNE´s possam realizar os cursos na modalidade EaD. </li></ul>
  16. 16. &quot;Na minha civilização, aquele que é diferente de mim não me empobrece: me enriquece.&quot; Saint-Exupéry

×