CIRCUITO FECHADO DE CÂMERAS - BHF LOGÍSTICA 
DIVISÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 
Disponível em DCBORBOREMA02DADOSDTI Docs...
CIRCUITO FECHADO DE CÂMERAS - BHF LOGÍSTICA 
DIVISÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 
Disponível em DCBORBOREMA02DADOSDTI Docs...
CIRCUITO FECHADO DE CÂMERAS - BHF LOGÍSTICA 
DIVISÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 
Disponível em DCBORBOREMA02DADOSDTI Docs...
CIRCUITO FECHADO DE CÂMERAS - BHF LOGÍSTICA 
DIVISÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 
Disponível em DCBORBOREMA02DADOSDTI Docs...
CIRCUITO FECHADO DE CÂMERAS - BHF LOGÍSTICA 
DIVISÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 
Disponível em DCBORBOREMA02DADOSDTI Docs...
CIRCUITO FECHADO DE CÂMERAS - BHF LOGÍSTICA 
DIVISÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 
Disponível em DCBORBOREMA02DADOSDTI Docs...
CIRCUITO FECHADO DE CÂMERAS - BHF LOGÍSTICA 
DIVISÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 
Disponível em DCBORBOREMA02DADOSDTI Docs...
CIRCUITO FECHADO DE CÂMERAS - BHF LOGÍSTICA 
DIVISÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 
Disponível em DCBORBOREMA02DADOSDTI Docs...
CIRCUITO FECHADO DE CÂMERAS - BHF LOGÍSTICA 
DIVISÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 
Disponível em DCBORBOREMA02DADOSDTI Docs...
CIRCUITO FECHADO DE CÂMERAS - BHF LOGÍSTICA 
DIVISÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 
Disponível em DCBORBOREMA02DADOSDTI Docs...
CIRCUITO FECHADO DE CÂMERAS - BHF LOGÍSTICA 
DIVISÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 
Disponível em DCBORBOREMA02DADOSDTI Docs...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Circuito fechado de câmeras - Logística

503 visualizações

Publicada em

É objeto do PROJETO, aquisição de equipamentos e materiais instalados de sistema de vigilância eletrônica composto por câmeras de CFTV instaladas nas áreas comuns externas e em ambientes de circulação no interior do escritório e em acessos de veículos no interior das unidades ocupadas pela LOGÍSTICA, visando à supervisão de áreas estratégicas e de eventos.

Publicada em: Dispositivos e hardware
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
503
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Circuito fechado de câmeras - Logística

  1. 1. CIRCUITO FECHADO DE CÂMERAS - BHF LOGÍSTICA DIVISÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Disponível em DCBORBOREMA02DADOSDTI Docs V: 1.2 | 25/08/14 Autor: Deangelis Caldeira Mateus tecnologia2@grupoborborema.com.br Pág.: 1 CIRCUITO FECHADO DE CÂMERAS BHF LOGÍSTICA GLOSSÁRIO GB – Grupo Borborema; TI – Tecnologia da Informação; DTI – Divisão de Tecnologia da Informação; BHF – Borborema Hortifruti; CFTV – Circuito Fechado de Televisão; TDM – “Time Division Multiplex”, ou seja, Multiplexação por divisão do tempo é o link entre sua empresa e a infraestrutura da Operadora de Serviço telefônico fixo comutado; DVR – “Digital Video Recorder”, ou seja, Sistema de Gravação de Vídeo; TCO – “Total Cost of Ownership”, ou seja, Custo Total de Propriedade. Terabyte -Analogamente a uma unidade de medida, o byte e seus múltiplos operam como quantificadores de um volume de dados em um computador ou sistema computacional.
  2. 2. CIRCUITO FECHADO DE CÂMERAS - BHF LOGÍSTICA DIVISÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Disponível em DCBORBOREMA02DADOSDTI Docs V: 1.2 | 25/08/14 Autor: Deangelis Caldeira Mateus tecnologia2@grupoborborema.com.br Pág.: 2 INTRODUÇÃO É objeto do presente PROJETO que consiste na especificação para aquisição de equipamentos e materiais instalados de sistema vigilância eletrônica composto por câmeras de CFTV (Circuito Fechado de Televisão) instaladas nas áreas comuns externas ao escritório, pátio, galpão, câmeras em ambientes de circulação no interior do escritório e em acessos de veículos no interior das unidades ocupadas pela BHF LOGÍSTICA, visando à supervisão de áreas estratégicas e de eventos. O sistema deverá funcionar (gravar, armazenar e transmitir imagens, etc.) por detecção de movimento sem a necessidade de instalar sensores adicionais nas câmeras, enviando imagens instantaneamente para o DVR. Uma análise prévia dos locais onde serão instalados os sistemas deverá definir as configurações de gravação das imagens e demais recursos dos equipamentos de monitoramento. O esquema de segurança deverá ser composto pelos sistemas descritos abaixo variando apenas o quantitativo dos equipamentos em função das dimensões do ESCRITÓRIO, GALPÃO, OFICINA, GARAGEM e ÁREA DE MOVIMENTAÇÃO VEÍCULOS a ser monitorada e de suas particularidades: INFRAESTRUTURA Por se tratar de um sistema segurança susceptível a atos de vandalismo, toda infraestrutura deverá ser executada tendo como premissa básica a adoção de medidas que dificultem ao máximo a possibilidade de interrupção dos cabos elétricos ou de sinal dos sistemas. A infraestrutura de distribuição dos condutores deverá ser feita a uma altura mínima de 2,50 do piso como forma de minimizar as chances acesso às mesmas sem a utilização de equipamentos específicos. Toda a infraestrutura deverá ser executada com apoio da equipe responsável de eletricistas, terceiros e manutenção do GRUPO BORBOREMA.
  3. 3. CIRCUITO FECHADO DE CÂMERAS - BHF LOGÍSTICA DIVISÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Disponível em DCBORBOREMA02DADOSDTI Docs V: 1.2 | 25/08/14 Autor: Deangelis Caldeira Mateus tecnologia2@grupoborborema.com.br Pág.: 3 DIMENSIONAMENTO DO PROJETO  Realizado pela Divisão de Tecnologia da Informação;  12 Câmeras fixas infra red digital 700TVL 1/3 LUX 25 Mts 2.8Mm;  Ligação das câmeras ao DVR por cabos P4 macho e BNC mola;  DVR de gravação 16 canais Intelbras VD 3016 c/ HDMI e capacidade de armazenamento 3 Terabytes;  Fonte 20A/12V. INFORMAÇÃO TÉCNICA Uma câmera de rede tipo Infra Red Digital fixa, envolve essencialmente uma câmera fixa previamente instalada dentro de uma pequena cúpula. A câmera pode ser direcionada para apontar em qualquer direção. A câmera também é resistente a violações. Uma das limitações da Infra Red Digital fixa, é que ela raramente vem com uma lente intercambiável, e mesmo seja há poucas opções de lentes devido ao pouco espaço dentro da cúpula. Para compensar essa limitação, muitas vezes é fornecida uma lente de foco variável para permitir o ajuste do campo visão da câmera. Principais motivos para implantar câmeras do tipo Infra Red Digital 700TVL 1/3 LUX 25 MTS 2.8MM;  Fim do problema de entrelaçamento da imagem;  Facilidade da instalação;  Capacidade de resoluções da imagem em Megapixel;  Solução totalmente digital;  Baixo custo total de propriedade (TCO);
  4. 4. CIRCUITO FECHADO DE CÂMERAS - BHF LOGÍSTICA DIVISÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Disponível em DCBORBOREMA02DADOSDTI Docs V: 1.2 | 25/08/14 Autor: Deangelis Caldeira Mateus tecnologia2@grupoborborema.com.br Pág.: 4 QUALIDADE DE IMAGEM Para monitoramento e gravação é necessário qualidade de imagem em caso eventos que seja necessário o uso destas imagens, em que câmeras é de extrema importância no reconhecimento de faces e objetos com nitidez, como no exemplo da qualidade de Megapixel¹ da imagem abaixo; E no exemplo abaixo da qualidade de nitidez imagem. ¹ Megapixel: designa um valor equivalente a milhão de pixels. É utilizado nas câmeras digitais para determinar o grau de resolução, ou definição de uma imagem.
  5. 5. CIRCUITO FECHADO DE CÂMERAS - BHF LOGÍSTICA DIVISÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Disponível em DCBORBOREMA02DADOSDTI Docs V: 1.2 | 25/08/14 Autor: Deangelis Caldeira Mateus tecnologia2@grupoborborema.com.br Pág.: 5 À noite, a câmera 2.8 mm funciona em preto e branco compensando a escassez de luz, onde o efeito iluminador IRC em cena escura permite continuar o monitoramento e gravação com qualidade. PLANTA BAIXA BHF LOGÍSTICA VISTA TOTAL DA INFRAESTRUTURA 0,25M Elevação: 5M Comprimento LAVADOR POSTO COMBUSTÍVEL ÁREA BICICLETA CANTINA OFICINA ESCRITÓRIO W.C. W.C. SALA MÁRCIO ESTACIONAMENTO PÁTIO Diante destas representações em planta-baixa é possível repassar informações para todos envolvidos na estrutura organizacional do CIRCUITO INTERNO DE TELEVISÃO a ser implantado na BHF LOGÍSTICA.
  6. 6. CIRCUITO FECHADO DE CÂMERAS - BHF LOGÍSTICA DIVISÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Disponível em DCBORBOREMA02DADOSDTI Docs V: 1.2 | 25/08/14 Autor: Deangelis Caldeira Mateus tecnologia2@grupoborborema.com.br Pág.: 6 PONTOS ESTRATÉGICOS DE MONITORAMENTO PLANTA ESTRATÉGICA DAS CÂMERAS 0,25M Elevação: 5M Comprimento LAVADOR POSTO COMBUSTÍVEL ÁREA BICICLETA P 8 P 9 P 10 P 11 P 5 P 6 P 7 P 3 P 2 P 1 P 4 OFICINA W.C. ESTACIONAMENTO PÁTIO P 12 Quantidade: 12 câmeras SIMULAÇÃO - VISÃO DAS CÂMERAS CÂMERA 1 LOCAL SUGERIDO DA INSTALAÇÃO DA CÂMERA SIMULAÇÃO DO CAMPO DE VISÃO – VISTA 1 SIMULAÇÃO DO CAMPO DE VISÃO – VISTA 2
  7. 7. CIRCUITO FECHADO DE CÂMERAS - BHF LOGÍSTICA DIVISÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Disponível em DCBORBOREMA02DADOSDTI Docs V: 1.2 | 25/08/14 Autor: Deangelis Caldeira Mateus tecnologia2@grupoborborema.com.br Pág.: 7 CÂMERA 2 LOCAL SUGERIDO DA INSTALAÇÃO CÂMERA SIMULAÇÃO DO CAMPO DE VISÃO – VISTA 1 SIMULAÇÃO DO CAMPO DE VISÃO – VISTA 2 CÂMERA 3 LOCAL SUGERIDO DA INSTALAÇÃO CÂMERA SIMULAÇÃO DO CAMPO DE VISÃO – VISTA 1 SIMULAÇÃO DO CAMPO DE VISÃO – VISTA 2 CÂMERA 4 LOCAL SUGERIDO DA INSTALAÇÃO CÂMERA SIMULAÇÃO DO CAMPO DE VISÃO – VISTA 1 SIMULAÇÃO DO CAMPO DE VISÃO – VISTA 2 CÂMERA 5 LOCAL SUGERIDO DA INSTALAÇÃO CÂMERA SIMULAÇÃO DO CAMPO DE VISÃO – VISTA 1 SIMULAÇÃO DO CAMPO DE VISÃO – VISTA 2
  8. 8. CIRCUITO FECHADO DE CÂMERAS - BHF LOGÍSTICA DIVISÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Disponível em DCBORBOREMA02DADOSDTI Docs V: 1.2 | 25/08/14 Autor: Deangelis Caldeira Mateus tecnologia2@grupoborborema.com.br Pág.: 8 CÂMERA 6 LOCAL SUGERIDO DA INSTALAÇÃO CÂMERA SIMULAÇÃO DO CAMPO DE VISÃO – VISTA 1 SIMULAÇÃO DO CAMPO DE VISÃO – VISTA 2 CÂMERA 7 LOCAL SUGERIDO DA INSTALAÇÃO CÂMERA SIMULAÇÃO DO CAMPO DE VISÃO – VISTA 1 SIMULAÇÃO DO CAMPO DE VISÃO – VISTA 2 CÂMERA 8 LOCAL SUGERIDO DA INSTALAÇÃO CÂMERA SIMULAÇÃO DO CAMPO DE VISÃO – VISTA 1 SIMULAÇÃO DO CAMPO DE VISÃO – VISTA 2 CÂMERA 9 LOCAL SUGERIDO DA INSTALAÇÃO CÂMERA SIMULAÇÃO DO CAMPO DE VISÃO – VISTA 1 SIMULAÇÃO DO CAMPO DE VISÃO – VISTA 2
  9. 9. CIRCUITO FECHADO DE CÂMERAS - BHF LOGÍSTICA DIVISÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Disponível em DCBORBOREMA02DADOSDTI Docs V: 1.2 | 25/08/14 Autor: Deangelis Caldeira Mateus tecnologia2@grupoborborema.com.br Pág.: 9 CÂMERA 10 LOCAL SUGERIDO DA INSTALAÇÃO CÂMERA SIMULAÇÃO DO CAMPO DE VISÃO – VISTA 1 SIMULAÇÃO DO CAMPO DE VISÃO – VISTA 2 CÂMERA 11 LOCAL SUGERIDO DA INSTALAÇÃO CÂMERA SIMULAÇÃO DO CAMPO DE VISÃO – VISTA 1 SIMULAÇÃO DO CAMPO DE VISÃO – VISTA 2 CÂMERA 12 LOCAL SUGERIDO DA INSTALAÇÃO CÂMERA SIMULAÇÃO DO CAMPO DE VISÃO – VISTA 1 SIMULAÇÃO DO CAMPO DE VISÃO – VISTA 2 IDENTIFICAÇÃO DE AVISO Em diversos pontos estratégicos serão afixado plaquetas com aviso do CIRCUITO INTERNO DE TELEVISÃO a fim de inibir eventos e atos.  Cor de fundo amarelo predominante;  Plaqueta Acrílica retangular e aplicação para resistência climática;  Tamanho da plaqueta (CM) 21 x 14,5;  Fonte Tipográfica Consola texto;  Tamanho 71,5 pt para SORRIA ;), 65 pt para VOCÊ ESTÁ SENDO FILMADO;  Logo padrão finalizando identificação do grupo. Visualização Modelo de aviso:
  10. 10. CIRCUITO FECHADO DE CÂMERAS - BHF LOGÍSTICA DIVISÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Disponível em DCBORBOREMA02DADOSDTI Docs V: 1.2 | 25/08/14 Autor: Deangelis Caldeira Mateus tecnologia2@grupoborborema.com.br Pág.: 10 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS - Câmera interna / Externa - LED IR embutido de 25M(24x) - DIGITAL 1/3" - 700TVL - ICR (Remoção Mecânica de Filtro de Cor) - Sensor de Imagem: 1/3” CCD Color - Resolução Horizontal do sensor/linhas: 700TVL - Lente: 2.5MM VALOR DO INVESTIMENTO PARA 12 UNIDADES: R$ 2.639,88 - 16 canais de vídeo - Facilidade para utilização com a internet - Visualização de imagens por smartphones - Interface totalmente em português - Compatível com modem roteador Intelbras GWM 2420 N - Pentaplex Real (visualização, gravação, reprodução, backup e acesso remoto) - Intelbras DDNS gratuito VALOR DO INVESTIMENTO PARA 1 UNIDADE: R$ 1.249,00 - Conector BNC Mola VALOR DO INVESTIMENTO PARA 15 UNIDADES: R$ 29,85 - Conector P4 macho p/ câmeras VALOR DO INVESTIMENTO PARA 15 UNIDADES: R$ 28,20 - Cabo coaxial bipolar 80% malha - 200 metros - R$1,10 o metro VALOR DO INVESTIMENTO PARA 200 METROS: R$ 220,00 INVESTIMENTO VALOR DE MA O DE OBRA: R$ 650,00 ² VALOR DO INVESTIMENTO: R$ 4.166,93 VALOR TOTAL DO INVESTIMENTO + MÃO DE OBRA: R$ 4.816,93 ² Valor de mão obra sujeito alterações complementares até a finalização deste projeto.
  11. 11. CIRCUITO FECHADO DE CÂMERAS - BHF LOGÍSTICA DIVISÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Disponível em DCBORBOREMA02DADOSDTI Docs V: 1.2 | 25/08/14 Autor: Deangelis Caldeira Mateus tecnologia2@grupoborborema.com.br Pág.: 11 ANEXO 1 ³ ³ Anexo sujeito alteração pelo Departamento de Compras ao finalizar este.

×