10 realidades e tendênciasdaDIGITAIS
Long Tail   1
Com facilidade de acesso à informação há mais       interesse por conteúdos de nicho                                      ...
Montadoras já aplicamesse conceito em redessociais (twitter)
Assim como outras grandes marcas
Relacionamento horizontalmarca e pessoas             2
Nesse momento, marcas se tornam pessoas e   pessoas se tornam marcasMarcas como pessoas      Pessoas como marcas
Os “benchmarks” são o que são nas redesporque entenderam isso muito bem
Transparência   3
A Transparência deve partir da empresa. Se não,partirá de outras pessoas’
Dois exemplos diferentes na mesma indústriahttp://www.youtube.com/watch?v=-r_PIg7EAUw   http://www.youtube.com/watch?v=5YG...
Internet nas nuvens   4
Geolocalização / Relacionamento /Engajamento
Fragmentação da Presença   5
De acordo com o Forrester Research, a web social está na fase onde os                       aplicativos rodam pela web e d...
Esses mesmos aplicativos estão presentes em todos os meiosinterativos. “Multitela, Multifunção, Multitudo”
Consolidação do vídeo   6
Vídeo em buscadores
Vídeo em redes sociais
Vídeo em e-commerce
Campanhas políticas
Ações como o Google TV fazem sentido nomomento atual
Conteúdo e serviços onlinesão as moedas na relação     7marca e consumidor
Foreverness   8
Pessoas
Marcas
© 2007 JumpEducation
Interação “real”   9
Itaú: Copa 2010
The Fun Theory
Internet nas coisas   possibilitada pela fragmentacao da presençaA internet das coisas                     10
A Internet das coisas é  uma rede de objetos    com conexão à  Internet habilitada,juntamente com serviçosWeb que interage...
Conclusão
Estamos em um momento de amadurecimentoe consolidação de meios digitais como formade comunicação e, com isso, uma forma de...
Novo modelo de interação entre marcas e               pessoas já pode ser vistoFonte: Accenture Multipolar World Research ...
10 realidades e tendências digitais
10 realidades e tendências digitais
10 realidades e tendências digitais
10 realidades e tendências digitais
10 realidades e tendências digitais
10 realidades e tendências digitais
10 realidades e tendências digitais
10 realidades e tendências digitais
10 realidades e tendências digitais
10 realidades e tendências digitais
10 realidades e tendências digitais
10 realidades e tendências digitais
10 realidades e tendências digitais
10 realidades e tendências digitais
10 realidades e tendências digitais
10 realidades e tendências digitais
10 realidades e tendências digitais
10 realidades e tendências digitais
10 realidades e tendências digitais
10 realidades e tendências digitais
10 realidades e tendências digitais
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

10 realidades e tendências digitais

309 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
309
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

10 realidades e tendências digitais

  1. 1. 10 realidades e tendênciasdaDIGITAIS
  2. 2. Long Tail 1
  3. 3. Com facilidade de acesso à informação há mais interesse por conteúdos de nicho + tecnologia + acesso a informação + entendimento do nicho + segmentaçãoMaior interesse por assuntos específicos = VALORIZAÇÃO DOS NICHOS
  4. 4. Montadoras já aplicamesse conceito em redessociais (twitter)
  5. 5. Assim como outras grandes marcas
  6. 6. Relacionamento horizontalmarca e pessoas 2
  7. 7. Nesse momento, marcas se tornam pessoas e pessoas se tornam marcasMarcas como pessoas Pessoas como marcas
  8. 8. Os “benchmarks” são o que são nas redesporque entenderam isso muito bem
  9. 9. Transparência 3
  10. 10. A Transparência deve partir da empresa. Se não,partirá de outras pessoas’
  11. 11. Dois exemplos diferentes na mesma indústriahttp://www.youtube.com/watch?v=-r_PIg7EAUw http://www.youtube.com/watch?v=5YGc4zOqozo
  12. 12. Internet nas nuvens 4
  13. 13. Geolocalização / Relacionamento /Engajamento
  14. 14. Fragmentação da Presença 5
  15. 15. De acordo com o Forrester Research, a web social está na fase onde os aplicativos rodam pela web e descentralizam o conteúdo Início: 1995 Maturidade: 2003 a 2007 Início: 2007 Maturidade: 2010 a 2012 Início: 2009 Maturidade: 2011 Início: 2010 Maturidade: 2012 Início: 2011 Maturidade: 2013Fonte: Forrester Research
  16. 16. Esses mesmos aplicativos estão presentes em todos os meiosinterativos. “Multitela, Multifunção, Multitudo”
  17. 17. Consolidação do vídeo 6
  18. 18. Vídeo em buscadores
  19. 19. Vídeo em redes sociais
  20. 20. Vídeo em e-commerce
  21. 21. Campanhas políticas
  22. 22. Ações como o Google TV fazem sentido nomomento atual
  23. 23. Conteúdo e serviços onlinesão as moedas na relação 7marca e consumidor
  24. 24. Foreverness 8
  25. 25. Pessoas
  26. 26. Marcas
  27. 27. © 2007 JumpEducation
  28. 28. Interação “real” 9
  29. 29. Itaú: Copa 2010
  30. 30. The Fun Theory
  31. 31. Internet nas coisas possibilitada pela fragmentacao da presençaA internet das coisas 10
  32. 32. A Internet das coisas é uma rede de objetos com conexão à Internet habilitada,juntamente com serviçosWeb que interagem com esses objetos.
  33. 33. Conclusão
  34. 34. Estamos em um momento de amadurecimentoe consolidação de meios digitais como formade comunicação e, com isso, uma forma deglobalização em rede passa a gerarco-criações e distribuição de conhecimento
  35. 35. Novo modelo de interação entre marcas e pessoas já pode ser vistoFonte: Accenture Multipolar World Research Report 2010

×