Projeto : Animais a nossa volta 2013

13.170 visualizações

Publicada em

Projeto Anual Educacional da E.M.E.I Julio Alves Pereira 2013

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
13.170
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
151
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
287
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projeto : Animais a nossa volta 2013

  1. 1. “ANIMAIS A NOSSA VOLTA” Conhecendo para conviver bem... EMEI Júlio Alves Pereira 2013
  2. 2. TURMAS ENVOLVIDAS Infantil II: 6 E ( Profª Cristina e Débora ) 6 F ( Profª Marilsa e Maura ) 6 G ( Profª Rute e Marisa ) 6 H ( Profª Lilian e Fernanda M. )
  3. 3. “Ao lidar com os animais, a criança projeta os cuidados que os pais têm com ela. Ela vai trazer isso para o “teatro interno” dela, para a organização do psiquismo. É o que elas fazem com as bonecas e com os brinquedos, só que o animal vai reagir, e esse contato traz novas experiências” (Sérgio Crestana - Pediatra)
  4. 4. Introdução: Nessa fase é importante que as crianças aproveitem todas as oportunidades para valorizar a vida, o meio onde vivem e todas as pessoas que fazem parte desta história. Os animais despertam o interesse natural das crianças desta faixa etária que, em geral, contam com várias informações relativas a eles em desenhos, histórias e jogos. A interação entre pessoas e animais, na troca de carinho, confiança e cuidados, tem se tornado um excelente remédio contra ansiedade, depressão, estresse e baixa autoestima, trabalhando a autoconfiança, senso de responsabilidade, de afetividade. Além de responsabilidade, autoestima e confiança, o contato com animais também desenvolve habilidades motoras e de fala das crianças. Faz a criança partilhar sensações e desenvolver hábitos saudáveis.
  5. 5. Justificativa Os animais têm uma importante presença no mundo cotidiano dos pequenos (desenhos animados, histórias, jogos) e, além disso, possuem um importante caráter de identificação de suas vivências pessoais e sociais. Aprender a conviver com sentimentos faz parte da vida do ser humano e as crianças podem ser estimuladas desde cedo a olhar o outro de uma forma diferente. E os animais são um importante aliado a esta função: é com o cão, o gato, o passarinho, o hamister ou aquela mascote inusitado que as crianças podem compreender o ciclo da vida: a gestação, o nascimento, os primeiros passos, a doença e também a morte. Com um tempo de sobrevivência menor do que o do ser humano, os animais são fonte de aprendizagem para as crianças e despertam nelas a responsabilidade, a sensibilidade e o respeito. Assim, verificando a grande empatia que os animais trazem a nossos pequenos, pensamos em um projeto que além de contemplar o estudo dos animais de um modo geral, possa criar em nossa turminha uma consciência de preservação dos animais não só daqueles que estão prestes a extinguir-se, mas também daqueles que nos cercam, além do senso de responsabilidade, solidariedade e respeito que este estudo traz.
  6. 6. Objetivos GERAIS: • • • Identificar os diversos animais apontando para sua diversidade e principais características das espécies; Comparar diversos tipos de animais através da observação; Preocupar-se com a preservação da natureza; ESPECIFÍCOS: Conceituais • • Que as crianças distingam os diferentes tipos de animais, com hábitos também diferentes, mas que correm perigo de desaparecer para sempre. Que as crianças sejam transmissores de conhecimento, e também de consciência, lembrando que aquele animalzinho que ela cria em casa, também precisa de carinho, respeito e atenção. Procedimentais • Que as crianças resolvam atividades diversas baseando-se no que aprendeu, observando a rotina dos animais, podendo assim ser capaz de experimentar, construir, observar e se expressar. Atitudinais • • • Que as crianças valorizem todo e qualquer animal sendo ele do mais imponente até aquele aparentemente menos importante; Que se dê conta de que os animais estão em perigo e se interessem em preserva-los transmitindo o que aprenderam para a sociedade. Que os animais possuem hábitos próprios e interessantes, que muito podem nos oferecer e que se não forem amados, respeitados, e preservados, num futuro próximo nossos filhos e netos poderão não conhecê-los.
  7. 7. Metodologia: Através de conhecimento, reconhecimento e pesquisas sobre o assunto, apreciação de livros e músicas,, jogos e brincadeiras buscou-se contemplar os objetivos propostos. A conversa na roda foi essencial para que as crianças trocassem informações/ conhecimentos, estabelecendo o diálogo. Desenvolvemos atividades onde a criança realizou em sala e extra sala experiências, possibilitando a ampliação de seu conhecimento, percebendo a importância e benefícios dos animais em nossas vidas
  8. 8. Rodas de conversa, leituras e apreciação de filmes para estabelecer conhecimento prévio e fomentar o interesse pelo tema de estudo
  9. 9. Explorando as linguagens... As diferentes linguagens permearam todo o nosso projeto...
  10. 10. Na linguagem verbal e escrita participamos de inúmeras rodas de conversa e leitura, desenvolvemos listas de animais conhecidos, que gostaríamos de conhecer, preparamos o bichonário e outras pesquisas que ampliaram esta linguagem.
  11. 11. A linguagem matemática foi envolvida durante a relação tempo – espaço, na observação de tempo de gestação dos animais, números de patas, filhotes por ninhada e também através de brincadeiras cantadas.
  12. 12. A motricidade se deu através dos diferentes jogos e brincadeiras que necessitava da exploração de todo o corpo e de diferentes movimentos coordenados.
  13. 13. A linguagem artística foi aprimorada através das inúmeras confecções de jogos, animais com materiais estruturados e alternativos, modelagem, desenhos livres e/ou dirigidos.
  14. 14. Buscamos também sensibilizar as crianças para que ajam de modo responsável e com consciência de valores sociais, atitudes e competências voltadas para a conservação e preservação ambiental.
  15. 15. Além disso realizamos pesquisas, gravações, exploração do computador e audições que envolveram a linguagem midiática.
  16. 16. Procedimentos: Diferentes procedimentos foram utilizados para que atendessem os objetivos propostos. Veja o que conhecemos e produzimos...
  17. 17. Pesquisas e leituras...
  18. 18. Confecções diversas...
  19. 19. Brincadeiras explorando os movimentos do corpo...
  20. 20. Jogos: estruturados e/ou confeccionado s pelas turmas
  21. 21. Participação das famílias... As famílias de nossos pequenos contribuíram para a excelência de nosso projeto realizando pesquisas e confeccionando esculturas de animais com diferentes materiais.
  22. 22. “Quando se sonha sozinha é apenas um sonho, quando se sonha juntos é o começo da realidade” (Miguel de Cervantes)
  23. 23. Ampliando o tema... Conseguimos ampliar o conhecimento de nossas turmas, através dos passeios ao zoológico e sitiolandia...
  24. 24. Conhecimento transpondo os muros da escola...
  25. 25. “Vivenciando tudo o que foi apreciado e estudado...”
  26. 26. “Maior contato com o tema de estudo”...
  27. 27. FEIRA CULTURAL As construções realizadas pelas crianças e famílias, pinturas, desenhos, jogos, pesquisas, modelagem entre outras produções foram apresentadas a comunidade em nossa Feira Cultural. Foi um momento rico e muito significativo para os pequenos.
  28. 28. O envolvimento da comunidade foi de extrema importância para as crianças, pois elas se sentem apoiadas em suas conquistas e em seus aprendizados...
  29. 29. AVALIAÇÃO A Avaliação foi contínua durante todo o processo de execução do projeto, levando em consideração a participação e envolvimento com as atividades, o interesse em levar coisas novas e materiais que ainda não foram discutidos ou apresentados, o crescimento diante das atividades, as etapas que conseguiu dominar e vencer, a criatividade, nas relações e manifestações com os colegas e professoras. Como auto avaliação buscamos nas rodas de conversa listar o que ficou para o grupo, dialogando sobre o que aprenderam e as dificuldades encontradas. Ao final do projeto percebemos que as crianças já reconhecem algumas características e particularidades dos animais estudados, possuem atitudes de preservação e também que construiram uma convivência harmoniosa e sociável com outras crianças, adultos e animais a sua volta. As crianças participaram com muito entusiasmo, tornando-se protagonistas de suas aprendizagens. Foi um trabalho rico de aprendizagens e conquistas!
  30. 30. Bibliografia: • Referencial Curricular Nacional para Educação Infantil – VOL. 03 • Cadernos da Rede PMSP – Meio Ambiente e Movimento. • Parâmetros Curriculares Nacionais – Meio Ambiente • Revista Nova Escola – SET. 2006 • Revista Guia Prático para Educação e Projetos escolares para educação infantil. • Livros e Vídeos didáticos e paradidáticos.

×