Dando o próximo passo nos seus relacionamentos: Persistindo em graph databases

1.533 visualizações

Publicada em

Palestra apresentada por Adriano Almeida e eu no Oxenterails 2010. Demos uma breve introdução ao conceito de graph database e mostramos como usar o neo4j com ruby.

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.533
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
411
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide






































  • Dando o próximo passo nos seus relacionamentos: Persistindo em graph databases

    1. 1. Dando o próximo passo nos seus relacionamentos: Persistindo em graph databases Adriano Almeida David Paniz @adrianoalmeida7 @davidpaniz
    2. 2. Adriano Almeida David Paniz @adrianoalmeida7 @davidpaniz
    3. 3. http://browsertoolkit.com/fault-tolerance.png
    4. 4. Por que relacional?
    5. 5. Key/Value Baseados no paper da Amazon (Dynamo) http://s3.amazonaws.com/AllThingsDistributed/sosp/amazon-dynamo-sosp2007.pdf Implementações: Dynomite, Redis,Voldemort
    6. 6. BigTable Baseados no paper do Google (BigTable) http://labs.google.com/papers/bigtable.html Implementações: BigTable, Hbase, HyperTable
    7. 7. Document Inspirado na palestra do Tapajós Implementações: CouchDB, MongoDB
    8. 8. Document Inspirado no Lotus Notes (IBM) Implementações: CouchDB, MongoDB
    9. 9. Graph (yay) Inspirado na teoria de grafos - Euler Implementações: OrientDB, Neo4j
    10. 10. - Justamente por esse ponto, nós sempre que precisamos representar algum tipo de relacionamento nós fazemos um desenho PARECIDO com um grafo. Por isso costumamos falar que grafos são Whiteboard Friendly, vc consegue representar suas ideias de forma bem fácil desenhando grafos, mas vc representa suas ideias desenhando tabelas e fks na lousa (logico que ha quem faz, mas acreditamos que existem formas mais faceis).
    11. 11. Componentes
    12. 12. Node (Nó) Pessoa
    13. 13. Relationship (Relacionamento) viajou_para Pessoa
    14. 14. Outro nó viajou_para Pessoa Lugar
    15. 15. Property (Propriedade) viajou_para Pessoa Lugar nome Adriano cidade Natal idade 24 país Brasil
    16. 16. Property (Propriedade) quando 06/08/2010 viajou_para Pessoa Lugar nome Adriano cidade Natal idade 24 país Brasil
    17. 17. E daí?
    18. 18. Binding JRuby
    19. 19. API Rest
    20. 20. #win
    21. 21. #fail
    22. 22. Obrigado Adriano Almeida David Paniz @adrianoalmeida7 @davidpaniz

    ×