Nuno Miguel Matos Carvalho   5º E   nº 18
ÍndiceMorcegos ..............................................................................................................
MorcegosOs morcegos são os únicos mamíferos que possuem voo activo. Estespertencem à ordem dos quirópteros, o que quer diz...
portugueses. Nesta gruta podemos encontrar 12 espécies de morcegos,incluindo a maior de todas as espécies portuguesas, o m...
Como vivemAlgumas espécies abrigam-se quase exclusivamente em grutas, minas e outrossubterrâneos. Outras preferem pequenas...
Os ouvidos dos                       morcegosAs orelhas dos morcegos apresentam uma enorme variedade de formatos,desde peq...
a estes mamíferos um eco que lhes permitem identificar distâncias, localização,altitude, etc.Os morcegos escutam maravilho...
Morcegos Não são cegos. As raposas voadoras por exemplo, têm óptima visãoe a utilizam junto com seu olfacto apurado para e...
MITOS e LENDASMAUSA vida silenciosa, discreta e nocturna dos morcegos contribuiu para inúmerosmitos e lendas. O facto de s...
BONSMuitas culturas humanas consideram os morcegos símbolos de fortuna e sortecomo os Chineses, ou espíritos de vida e res...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Morcegos nuno 5 e

1.884 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.884
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
451
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
16
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Morcegos nuno 5 e

  1. 1. Nuno Miguel Matos Carvalho 5º E nº 18
  2. 2. ÍndiceMorcegos .......................................................................................................................... 3Alimentação dos Morcegos .............................................................................................. 4Como vivem ..................................................................................................................... 5Os ouvidos dos morcegos ................................................................................................. 6Os Nariz dos Morcegos .................................................................................................... 7Os olhos dos Morcegos .................................................................................................... 7As mãos e asas dos Morcegos .......................................................................................... 8MITOS e LENDAS .......................................................................................................... 9
  3. 3. MorcegosOs morcegos são os únicos mamíferos que possuem voo activo. Estespertencem à ordem dos quirópteros, o que quer dizer: voam com as mãos.Os morcegos são dos animais mais limpos que se conhecem e muitoresistentes a doenças.Existem cerca de 1000 espécies de morcegos em todo mundo, mas apenas 24em Portugal Continental e mais 2 espécies nos arquipélagos da Madeira eAçores. As espécies de morcegos existentes em Portugal constituem cerca de40% da fauna de mamíferos terrestres do país. Destas, 9 estão em perigo deextinção.São os únicos mamíferos que voam, e saem à procura de alimentos aoentardecer e à noite.A sua grande importância ecológica, revela-se na capacidade de cada animalpoder consumir numa noite mais de metade do seu peso (mais ou menos 20g conforme a espécie). Vivem em média 15 anos e, a partir de 2 anos, tem início a vida reprodutiva, com um período de gestação de 2 a 7 meses, de acordo com a espécie, gerando normalmente um filhote ao ano. Nas Grutas dos Olhos de Água do Alviela cria um dos mais importantes abrigos de reprodução de morcegos
  4. 4. portugueses. Nesta gruta podemos encontrar 12 espécies de morcegos,incluindo a maior de todas as espécies portuguesas, o morcego-rato-grande.Na área do Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros, pode-se encontrarmais 6 espécies, incluindo o mais pequeno morcego da Europa, o morcegoanão. Tornando esta região portuguesa uma das mais ricas em morcegos. Alimentação dos MorcegosOs morcegos realizam importante papel na natureza, podendo serresponsáveis pelo espalhamento de sementes, polinização de flores e controleda população de insectos. Existem somente três espécies que se alimentamexclusivamente de sangue (hematófagas). Os morcegos mais comuns são osque se alimentam de insectos (insectívoros) e os que se alimentam de frutos,néctar, partes florais e folhas (fitófagos).Cada morcego pode comer numa noite centenas de insectos, controlandoassim as pragas. A diminuição dos morcegos pode aumentar o uso dospesticidas e pôr em perigo os ecossistemas.Os morcegos podem deslocar-se a mais de 30Km de distância dos seusabrigos e a voar até 10 horas seguidas sempre a alimentar-se, como é o casodo morcego rabudo.O morcego de peluche pode atingir 70Km/h quando caça.Morcegos pescadores usam suas garras para capturar e carregar o peixe queirão comer.
  5. 5. Como vivemAlgumas espécies abrigam-se quase exclusivamente em grutas, minas e outrossubterrâneos. Outras preferem pequenas cavidades nos troncos das árvores,como ninhos de pica-pau abandonados. Há também espécies que se abrigamem casas e igrejas, em geral em salas pouco perturbadas.Os morcegos procuram as grutas e outros locais escuros e húmidos comoantigas galerias de minas por dois motivos importantes: para hibernarem e parase reproduzirem, ocupando igualmente estes locais nos dois períodosintermédios. Os morcegos escolhem cavidades diferentes para os diferentesfins, tendo em conta as condições de humidade e temperatura. Assim, osmorcegos escolhem as mais húmidas para a hibernação, pois perdem menoságua na respiração. Fora do período de hibernação, ocupam espaçospreferenciais onde dormem, saindo à noite para se alimentarem.Quando os morcegos hibernam a seu ritmo e o consumo respiratório reduz-separa 1% do que apresentam quando estão acordados. O ritmo cardíacotambém desce quase 40 vezes menos batendo o coração apenas 15 20 vezespor minuto.Com suas potentes garras, os morcegos podem se pendurar de cabeça parabaixo em seus abrigos
  6. 6. Os ouvidos dos morcegosAs orelhas dos morcegos apresentam uma enorme variedade de formatos,desde pequenos e arredondados como as do morcego-de-peluche outiangulares como as dos morcegos-de-ferradora, elípticas e compridas como asdos morcegos Myotis. Mas o campeão em termos de tamanho é o morcego-orelhudo que proporcionalmente o tamanho do corpo possui as maioresorelhas de todos os morcegos.As orelhas variam em tamanho, formato e pormenores estruturais, como ospregeamento interno ou a forma de trago, uma relevo frontal que se julgaauxiliar o animal a discriminar a direcção do eco no plano vertical.Todas estas características da orelha são tão distintas que servem paradiferenciar as várias espécies entre si.As orelhas dos morcegos funcionam como um sonar. Eles conseguem enviarpulsos ultra-sônicos que ao se chocarem com algum objeto e voltam, fornecem
  7. 7. a estes mamíferos um eco que lhes permitem identificar distâncias, localização,altitude, etc.Os morcegos escutam maravilhosamente bem. Eles usam a audição para acharcomida e localizar seus filhotes. Aqueles que se alimentam de insectos e peixes, asgrandes orelhas os auxiliam na localização. Normalmente, os ecos são captadospelas orelhas com formato de funil que se projectam para frente. O Nariz dos MorcegosO sentido do olfacto é muito desenvolvido nos morcegos. É utilizado paraidentificar alguns alimentos, além de parceiros e suas crias. Morcegoscomedores de frutas podem achar seu alimento apenas pelo cheiro. Osnectarívoros carregam pólen em seus longos focinhos, e ao irem de flor em florpromovem uma magnífica polinização. Os olhos dos MorcegosHá duas subordens de morcegos: Megachiroptera, raposas-voadoras e osMicrochiroptera, verdadeiros morcegos.
  8. 8. Morcegos Não são cegos. As raposas voadoras por exemplo, têm óptima visãoe a utilizam junto com seu olfacto apurado para encontrar alimento no escuro.A visão dos morcegos é adaptada para enxergar melhor na escuridão. Amaioria dela só enxerga em preto e branco, mas é sabido que alguns morcegoscomedores de frutas conseguem distinguir cores. . As mãos e asas dos MorcegosOs morcegos voam utilizando suas mãos e suas asas. Enquanto as asas estãobatendo eles podem ir para baixo e para cima movendo a membrana queexiste entre seu corpo e o quinto dedo. Os morcegos voam em frente mudandoo formato da membrana entre o segundo e o quinto dedo.
  9. 9. MITOS e LENDASMAUSA vida silenciosa, discreta e nocturna dos morcegos contribuiu para inúmerosmitos e lendas. O facto de se abrigarem em grutas e locais escuros,frequentemente ligados a passagem para o inferno, associou-os amanifestações do diabo à superfície ou prenúncios de morte, doença ou azar.
  10. 10. BONSMuitas culturas humanas consideram os morcegos símbolos de fortuna e sortecomo os Chineses, ou espíritos de vida e ressurreição como os antigos povosMaias e Zapatecas. Também na Bósnia e Herzegovina a sua presença nascasas é vista como um sinal de abundância e sorte para o seu proprietário.Nas crenças ciganas o morcego foi criado por um beijo dado pelo diabo a umamulher adormecida.

×