Comércio tradicional vs Centros comerciais

10.705 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
10.705
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
16
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
87
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Comércio tradicional vs Centros comerciais

  1. 1. Comércio Tradicional vs Centros Comerciais
  2. 2. Definição de Comércio Tradicional <ul><li>“ Comércio que consiste nos pequenos estabelecimentos de venda a retalho, situados fora de grandes superfícies comerciais e especializados na transacção de um tipo de produto particular, tipicamente propriedade de pessoas individuais”. </li></ul><ul><li>( Instituto Camões ) </li></ul>
  3. 3. <ul><li>Feito de lojas tradicionais, com funcionamento tradicional, em que o dono do estabelecimento é o vendedor; </li></ul><ul><li>Os principais exemplos são as mercearias, os talhos, as padarias e as drogarias; </li></ul><ul><li>Procura um contacto mais próximo com os consumidores, de modo a fidelizá-los. </li></ul>
  4. 4. Definição de centro comercial <ul><li>“ É um empreendimento de comércio integrado num edifício ou em edifícios contíguos, planeado, construído e gerido como uma única entidade, compreendendo unidades de comércio a retalho e áreas comuns”. </li></ul><ul><li>( Associação Portuguesa de Centros Comerciais ) </li></ul>
  5. 5. <ul><li>“ É um empreendimento planeado e integrado, composto por um ou mais edifícios nos quais se encontra instalado um conjunto diversificado de estabelecimentos de comércio a retalho e ou de prestação de serviços, quer sejam ou não propriedade ou explorados pela mesma entidade”. </li></ul><ul><li>( Associação Portuguesa de Centros Comerciais ) </li></ul><ul><li>É marcado pela sua grande superfície e pela diversificação de comércio e serviços. </li></ul>
  6. 6. Hipermercados abertos aos domingos: o último golpe no comércio tradicional? <ul><li>Segundo um estudo da Kantar WorldPanel , o Comércio Tradicional Alimentar não seria claramente afectado, perderia apenas 4% da quota de mercado; </li></ul><ul><li>O hipermercado “Jumbo” seria altamente beneficiado, aumentando em 10% a sua quota de mercado, tal como o “Continente”; </li></ul><ul><li>Tais mudanças não seriam tão acentuadas devido à resistência em relação à mudança evidenciada pelos consumidores; </li></ul><ul><li>Provavelmente, haverá um tempo de adaptação a estas mudanças. </li></ul>
  7. 7. <ul><li>Confederação do Comércio Português afirma que esta abertura terá consequências trágicas para o comércio tradicional; </li></ul><ul><li>Ministério da Economia afirma que esta medida contribuirá para uma concorrência mais eficaz e igualitária; </li></ul><ul><li>Federação dos Sindicatos do Comércio não se opôs à medida, desde que seja respeitado o contrato colectivo do sector. </li></ul>
  8. 8. Potenciais soluções para revitalizar o comércio tradicional <ul><li>Efectuar previsões dos rendimentos e encargos e analisar regularmente as vendas e projectar as compras; </li></ul><ul><li>Comunicar de forma educada com o cliente – uma expressão facial mais simpática melhora a imagem do estabelecimento; </li></ul><ul><li>Conferir maior organização aos produtos e à própria estrutura da loja; </li></ul><ul><li>Formação e especialização nos produtos comercializados e em técnicas de venda; </li></ul>
  9. 9. <ul><li>Normalizar o processo de venda para que cada empregado atenda os clientes sempre da mesma forma; </li></ul><ul><li>Criar parcerias para negócios complementares e promover iniciativas conjuntas com lojas próximas; </li></ul><ul><li>Demonstrar a valia dos produtos e clarificar aquilo que os diferencia da concorrência; </li></ul><ul><li>Estabelecer os preços de venda em função dos seus propósitos de rendimento; </li></ul><ul><li>Efectuar análises regulares de contabilidade. </li></ul>

×