Martin luther king jr

210 visualizações

Publicada em

Publicada em: Economia e finanças
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
210
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Martin luther king jr

  1. 1. República de Angola Ministério da Educação Escola do i & ii ciclo do ensino secudário josé samuel-lobitO Nome: Conceição Wendo Sangoma Nº 8 Turma: B Classe: 12ª O Docente _______________________________ Pe: Zezinho Kandimba Lobito, Outubro 2013
  2. 2. VIDA E OBRA DE MARTIN LUTHER KING
  3. 3. Martin Luther King Jr. (Atlanta, 15 de janeiro de 1929 — Memphis, 4 de abril de 1968) foi um pastor protestante e ativista político estadunidense. Tornou-se um dos mais importantes líderes do movimento dos direitos civis dos negros nos Estados Unidos, e no mundo, com uma campanha de não violência e de amor ao próximo. Um ministro Batista, King tornou-se um ativista dos direitos civis no início de sua carreira.1 Ele liderou em 1955 o boicote aos ônibus de Montgomery e ajudou a fundar a Conferência da Liderança Cristã do Sul (SCLC), em 1957, servindo como seu primeiro presidente. Seus esforços levaram à Marcha sobre Washington de 1963, onde ele fez seu discurso "I Have a Dream" ”EU TENHO UM SONHO”. Em 14 de outubro de 1964 King recebeu o Prémio Nobel da Paz pelo o combate à desigualdade racial através da não violência. Nos próximos anos que antecederam a sua morte, ele expandiu seu foco para incluir a pobreza e a Guerra do Vietnã, alienando muitos de seus aliados liberais com um discurso de 1967 intitulado "Além do Vietnã". King foi assassinado em 4 de abril de 1968, em Memphis, Tennessee. Ele recebeu postumamente a Medalha Presidencial da Liberdade em 1977 e Medalha de Ouro do Congresso em 2004; Dia de Martin Luther King, Jr. foi estabelecido como um feriado federal dos Estados Unidos em 1986. Centenas de ruas nos EUA também foram renomeadas em sua homenagem.. Eu tenho um sonho… Estou feliz por juntar-me a vós, hoje, o dia que ficará para a história como o da maior manifestação pela liberdade nos anais da nossa nação. Seria fatal não levar a sério a urgência do momento. Digo-vos hoje, meus amigos, que apesar das dificuldades e das frustrações do momento, ainda tenho um sonho. É um sonho profundamente enraizado no sonho americano. Sonho que um dia esta nação levantar-se-á e viverá o verdadeiro significado do seu credo: “Consideramos estas verdades como evidentes em si mesmas: todos os homens são criados iguais”. Sonho que um dia todos os vales serão elevados, todas as montanhas e encostas serão niveladas, os lugares inóspitos serão amenizados, os lugares tortuosos serão endireitados e a glória do Senhor será revelada, e todos os seres a verão, conjuntamente. Esta é a nossa esperança. Esta é a fé com a qual regresso ao sul. Que a liberdade ressoe dos prodigiosos cabeços do Novo Hampshire! Que a liberdade ressoe das poderosas montanhas de Nova Iorque! Que a liberdade ressoe dos montes Alleghenies da Pensilvania!
  4. 4. Que a liberdade ressoe dos cumes cobertos de neve da Cordilheira Rochosa do Colorado! Que a liberdade ressoe das encostas curvilíneas da Califórnia! Que a liberdade ressoe da Montanha Rochosa da Geórgia! Que a liberdade ressoe da cidade de Lookout Mountain no Tennessee! Que a liberdade ressoe de cada monte e de cada pequena elevação do Mississipi! Que de cada lado das montanhas da liberdade ressoe! Quando tal acontecer, quando deixarmos a liberdade ressoar em cada vila e em cada aldeia, em cada estado e em cada cidade, seremos capazes de apressar o dia em que todos os filhos de Deus, negros e brancos, judeus e gentios, protestantes e católicos, poderão dar as mãos e cantar o antigo espiritual negro: “Por fim, liberdade! Por fim, liberdade! Louvado seja Deus, Todo Poderoso, somos livres, finalmente!” Martin Luther king Jr., 1967 BIBLIOGRAFIA GARROW JR., David. The FBI and Martin Luther King. New York : Penguin Books, 1981. ISBN 0-14-006486-9 BENNETT, Lerone. What manner of man: a biography of Martin Luther King, Jr. New York : Pocket Books, 1968 BRANCH, Taylor. Parting the waters: America in the King years. New York : Simon and Schuster, 1989 .

×