Agricultura Biológica

1.596 visualizações

Publicada em

Agricultura Biológica

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.596
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
15
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
30
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Agricultura Biológica

  1. 1. Agricultura Biológica<br />
  2. 2. Os seus proponentes acreditam que num solo saudável, mantido sem o uso de fertilizantes e pesticidas feitos pelo homem, os alimentos tenham qualidade superior a de alimentos convencionais. Em diversos países, incluindo os Estados Unidos , o Japão , a Suíça, a União Europeia , a Austrália e o Brasil, já adoptaram programas e padrões para a regulação e desenvolvimento desta actividade.<br />
  3. 3. <ul><li>Este sistema de produção, que exclui o uso de fertilizantes, agro-tóxicos e produtos reguladores de crescimento, tem como base o uso de estercos animais, rotação de culturas, adubação verde, compostagem e controle biológico de pragas e doenças. Pressupõe ainda a manutenção da estrutura e da profundidade do solo, sem alterar suas propriedades por meio do uso de produtos químicos e sintéticos.</li></li></ul><li>O que é?<br /><ul><li>Agricultura Biológica é o termo frequentemente usado para designar a produção de alimentos e outros produtos vegetais que não faz uso de produtos químicos sintéticos, tais como fertilizantes e pesticidas, nem de organismos geneticamente modificados, e geralmente adere aos princípios de agricultura sustentável.</li></li></ul><li>…<br /><ul><li>A pedologia limitou-se durante décadas ao estudo da estrutura físico-química do solo. Hoje a agronomia se ressente de seu desconhecimento da microfauna e microflora do solo e sua ecologia. Estima-se que 95% dos microrganismos que vivem no solo sejam desconhecidos pela ciência.</li></li></ul><li><ul><li>Nos Estados Unidos agora oferecem certificação orgânica para os seus fazendeiros. Para um sistema de produção ser certificado como orgânico, a terra deve ter sido usada somente com métodos de produção orgânica durante um certo período de anos antes da certificação. Além disso, somente certas substâncias químicas derivadas de produtos naturais (como insecticidas derivados de tabaco podem ser usadas na produção vegetal e/ou animal.</li></li></ul><li>Continuação<br /><ul><li>A cultura de produtos orgânicos não se limita a alimentos. Há uma tendência de crescimento no mercado de produtos orgânicos não -alimentares, como fibras orgânicas de algodão (para serem usadas na produção de vestimentas). Os proponentes das fibras orgânicas dizem que a utilização de pesticidas em níveis excepcionalmente altos, além de outras substâncias químicas, na produção convencional de fibras, representa abuso ambiental por parte da agricultura convencional.</li></li></ul><li>…<br /><ul><li>No Reino Unido, a certificação orgânica é realizada por algumas organizações, das quais as maiores são a SoilAssociation e a OrganicFarmers & Growers. Todos os organismos certificadores estão sujeitos aos regulamentos da Penitente King dom Registes ofOrganicFood Standards, ligado à legislação da União Europeia. Na Suécia, a certificação orgânica é realizada pela Krav. - Na Suíça, o controlo é feito pelo Instituto Biodinâmico.</li></li></ul><li>Princípios<br />O solo é considerado um organismo vivo e deve ser revolvido o mínimo possível;<br />Uso de adubos orgânicos de baixa solubilidade;<br />Controle com medidas preventivas e produtos naturais;<br />O mato (ervas daninhas) faz parte do sistema. Pode ser usado como cobertura de solo e abrigo de insectos;<br />O controle de ervas daninhas é preventivo: manual e mecânico (roçadas);<br />Teor de nitrato na planta é baixo;<br />Os efeitos no meio ambientes são positivos: preservação do solo e das fontes de água.<br />
  4. 4. 12 motivos para consumir produtos biológicos<br />1.Proteger as futuras gerações;<br />2.Prevenir a erosão do solo;<br />3.Proteger a qualidade da água;<br />4.Rejeitar alimentos com agrotóxicos;<br />5.Melhorar a saúde dos agricultores;<br />6.Aumentar a renda dos pequenos agricultores (agricultura familiar, comércio justo);<br />7.Apoiar os pequenos agricultores;<br />8.Prevenir gastos futuros;<br />9.Promover a biodiversidade;<br />10.Descobrir sabores naturais.<br />11.Você contribuir para acabar com envenenamento por pesticidas de milhares de agricultores;<br />12.Ajuda a preservar pequenas propriedades;<br />
  5. 5. Características<br />O princípio da produção orgânica é o estabelecimento do equilíbrio da natureza utilizando métodos naturais de adubação e de controle de pragas.<br />O conceito de alimentos orgânicos não se limita à produção agrícola, estendendo-se também à pecuária (em que o gado deve ser criado sem remédios), bem como ao processamento de todos os seus produtos: alimentos orgânicos industrializados também devem ser produzidos sem produtos químicos artificiais, como os corantes e aromatizantes artificiais.<br />Pode-se resumir a sua essência filosófica em desprezo absoluto por tudo que tenha origem na indústria química. Todas as demais indústrias: mecânica, energética, logística, são admissíveis desde não muito <br />
  6. 6. Bibliografia<br /><ul><li>http://pt.wikipedia.org/wiki/Agricultura_org%C3%A2nica</li>

×