GUARDIÃS DO SEGREDONarrativas de Iniciação das Mães de Santo
   Ao narrar elas não apenas descrevem o que    aconteceu, seguindo uma ordem cronológica,    factual, mas sim, o que a m...
   Movimento de aproximação entre dois mundos e    seus significados.   Recordacões-referências vida familiar, a trajetó...
TRAJETÓRIAS DE VIDAMARCADAS PELOS PRINCÍPIOS E VALORES TRANSCENDENTESNarrativas de Iniciação das Mães de Santo
Laços de sociabilidadeResistências, Abdicações, InterdiçõesDiscursos de discriminaçãoO “desde de dentro” e “desde de fora”...
REFERÊNCIAS   LUZ, Marco Aurélio de Oliveira. Agadá: dinâmica da    civilização africano-brasileira. Salvador. Centro edi...
   SANTOS, Deoscoredes, M, Mestre Didi. Contos Negros    da Bahia e Contos de Nagô, Salvador, Editora    Corrupio, 2003....
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Guardiãs do segredo

354 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
354
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
14
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Guardiãs do segredo

  1. 1. GUARDIÃS DO SEGREDONarrativas de Iniciação das Mães de Santo
  2. 2.  Ao narrar elas não apenas descrevem o que aconteceu, seguindo uma ordem cronológica, factual, mas sim, o que a memória seleciona entre as experiências e as lembranças, por ser a memória uma construção social. As relações estabelecidas entre o que cada uma dessas mulheres viveu e vive são fundantes para a construção das suas identidades e refletem as maneiras de fazer as escolhas, de situar pertenças, interesses, aspirações e subjetividades.
  3. 3.  Movimento de aproximação entre dois mundos e seus significados. Recordacões-referências vida familiar, a trajetória de escolarização, a religião. Processo formativo e na construção da identidade.
  4. 4. TRAJETÓRIAS DE VIDAMARCADAS PELOS PRINCÍPIOS E VALORES TRANSCENDENTESNarrativas de Iniciação das Mães de Santo
  5. 5. Laços de sociabilidadeResistências, Abdicações, InterdiçõesDiscursos de discriminaçãoO “desde de dentro” e “desde de fora”“Não se meta na minha que eu não me meto na sua”
  6. 6. REFERÊNCIAS LUZ, Marco Aurélio de Oliveira. Agadá: dinâmica da civilização africano-brasileira. Salvador. Centro editorial Didático da UFBA: Sociedade de Estudos da Cultura Negra no Brasil. P.11/ 33, 1995. LUZ, Marco Aurélio. Do tronco ao Opa Exin . Rio de Janeiro: Pallas, 2002. LUZ, Narcimária C. do Patrocínio. Pássaros inaugurais: expansão dos princípios femininos da existência. Sementes, Cadernos de Pesquisa. V.1, n.1, (jan/dez. 2000). Salvador: Departamento de Educação UNEB. LUZ, Narcimária. C. do Patrocínio. O Reencantamento do Mundo: Perspectivas de análise para a compreensão do nosso tempo. Rio de janeiro. Editora Quartel. (2010) LUZ, Narcimária. ABEBE: a criação de novos valores na educação. Salvador: Edições SECNEB, 2000.
  7. 7.  SANTOS, Deoscoredes, M, Mestre Didi. Contos Negros da Bahia e Contos de Nagô, Salvador, Editora Corrupio, 2003. TODAS AS MÃES RAINHAS SACERDOTIZAS QUE PELOS SEUS SABERES VIVIDOS--APRENDIDOS CORROBORAM PARA A MANUTENÇÃO DESTE CONTINUUM CIVILIZATÓRIO AFRICANO-BRASILEIRO NAS AMÉRICAS.  AXÉ Dialadiulo

×