VERBO
DANIELE LEITE
PONTO DE VISTA SEMÂNTICO
Indica uma ação ou um processo, mas
pode indicar estado, mudança de
estado ou fenômeno natural – ...
DO PONTO DE VISTA MORFOLÓGICO
O verbo varia em tempo, modo,
número e pessoa, de acordo
com a gramática tradicional.
DO PONTO DE VISTA
SINTÁTICO
O verbo tem um papel importantíssimo
dentro da frase, sem ele (explícito ou
implícito) não há ...
IDENTIFICAÇÃO
O verbo é uma palavra que termina em
–ar (cantar), -er (crescer), ir- (fugir) e que
pode ser conjugada, norm...
IDENTIFICAÇÃO
Eu canto
Tu cantas
Ele canta
Nós cantamos
Vós cantais
Eles cantam
MODO INDICATIVO
O modo da certeza, afirmação,
convicção, constatação. O modo
do fato, da verdade.
“Nossa! Como isso aqui e...
TEMPOS DO MODO INDICATIVO
PRESENTE
Eu amo
Tu amas
Ele ama
Nós amamos
Vós amais
Eles amam
PRETÉRITO PERFEITO
Eu amei
Tu ama...
TEMPOS DO MODO INDICATIVO
PRETÉRITO MAIS- QUE –PERFEITO
Eu amara
Tu amaras
Ele amara
Nós amáramos
Vós amáreis
Eles amaram
TEMPOS DO MODO INDICATIVO
FUTURO DO PRESENTE
Eu amarei
Tu amarás
Ele amará
Nós amaremos
Vós amareis
Eles amarão
TEMPOS DO MODO INDICATIVO
FUTURO DO PRETÉRITO
Eu amaria
Tu amarias
Ele amaria
Nós amaríamos
Vós amaríeis
Eles amariam
LOCUÇÕES VERBAIS
Também chamada de perífrase verbal, a
locução verbal é um grupo de verbos que tem
uma só unidade, como se...
LOCUÇÕES VERBAIS
Também chamada de perífrase verbal, a
locução verbal é um grupo de verbos que tem
uma só unidade, como se...
LOCUÇÕES VERBAIS
Também chamada de perífrase verbal, a
locução verbal é um grupo de verbos que tem
uma só unidade, como se...
LOCUÇÕES VERBAIS
Também chamada de perífrase verbal, a
locução verbal é um grupo de verbos que tem
uma só unidade, como se...
LOCUÇÕES VERBAIS
Um verbo é chamado de auxiliar porque
colabora com a formação de uma locução
verbal, concordando em númer...
LOCUÇÕES VERBAIS
Exemplos de locuções verbais:
Havia estudado
Tinha permitido
Estava estudando
Pôs-se a estudar
FORMAS NOMINAIS DOS VERBOS
As formas nominais dos verbos são verbos que
se comportam como nomes em certos
contextos, no se...
FORMAS NOMINAIS DOS VERBOS
Exemplos:
Pisar a grama é proibido – assim como o
substantivo exerce a função de sujeito, o
inf...
FORMAS NOMINAIS DOS VERBOS
Exemplos:
O garoto veio em minha direção correndo.
Assim como o advérbio exerce função de
adjun...
FORMAS NOMINAIS DOS VERBOS
Exemplos:
Luciano é um homem marcado pela sorte.
Assim como o adjetivo exerce a função
sintátic...
INFINITIVO
O infinitivo pode ser pessoal e impessoal.
Impessoal – quando não admite variação de
pessoa: amar, vender, sorr...
INFINITIVO
É a forma verbal que nomeia um verbo.
Pode ser pessoal ou impessoal.
INFINITIVO
Pessoal – quando tem como sujeito uma das
pessoas gramaticais. Nesse caso pode ser
flexionado ou não flexionado...
GERÚNDIO
Além de atuar como verbo nas locuções
verbais , o gerúndio pode desempenhar as
funções de advérbio e adjetivo.
GERÚNDIO
Como verbo indica normalmente um processo
incompleto, prolongado, durativo:
Exemplos:
Ando lutando para mudar min...
EMPREGOS DO GERÚNDIO:
Pode e deve ser usado para expressar:
- Uma ação em curso
Ex: Agora ele está estudando
- Uma ação an...
EMPREGOS DO GERÚNDIO:
Pode e deve ser usado para expressar:
- Uma ação posterior
Ex: O balão subiu rapidamente, desaparece...
EMPREGOS DO GERÚNDIO:
Pode e deve ser usado para expressar:
- Uma ação posterior
Ex: O balão subiu rapidamente, desaparece...
EMPREGOS DO GERÚNDIO:
O gerúndio expressa uma ação que está em
curso ou que ocorre simultaneamente ou,
ainda, que remete a...
EMPREGOS DO GERÚNDIO:
Veja, a seguir, o uso do gerúndio na prática:
E a lama desceu pelo morro, destruindo tudo
que encon...
GERUNDISMO
No caso do gerundismo, trata-se do uso
inadequado do gerúndio. Um vício de
linguagem que se alastrou de modo tã...
GERUNDISMO
Mude a sua fala para: “Vou pesquisar seu
caso.” “Vou completar sua ligação.” Note que,
nos dois casos, você pas...
GERUNDISMO
“Vou completar sua ligação.” (Construção
correta = mais sintética e indica futuro.)
“Vou estar completando sua ...
GERUNDISMO
O uso indiscriminado do gerúndio tem-se constituído
num problema para a expressão culta da língua.
Indique a al...
GERUNDISMO
( x ) Após aquele treinamento, a corretora está
falando muito bem.
( ) Nós vamos estar analisando seus dados
ca...
GERUNDISMO
( x ) Após aquele treinamento, a corretora está
falando muito bem.
( ) Nós vamos estar analisando seus dados
ca...
GERUNDISMO
( x ) Após aquele treinamento, a corretora está
falando muito bem.
( ) Nós vamos estar analisando seus dados
ca...
ADJETIVO PARTICIPIAL
O adjetivo participial participa do nome e do
verbo, daí poder ser considerado adjetivo, sem
desenvol...
BIBLIOGRAFIA
PESTANA, F. A gramática para concursos
públicos. Rio de Janeiro: Elsevier, 2013.
http://educacao.uol.com.br/d...
@danieleleitte
https://www.facebook.com/daniele.
leite.16
@danni_leitte
https://www.linkedin.com/pub/dani
ele-leite/58/116...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Verbo

855 visualizações

Publicada em

Estudo sobre verbos do ponto vista semântico, sintático e morfológico. Os slides também contemplam uma abordagem sobre as formas nominais do verbo, o emprego do gerúndio e gerundismo.

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
855
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
177
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
59
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Verbo

  1. 1. VERBO DANIELE LEITE
  2. 2. PONTO DE VISTA SEMÂNTICO Indica uma ação ou um processo, mas pode indicar estado, mudança de estado ou fenômeno natural – sempre dentro de uma perspectiva temporal.
  3. 3. DO PONTO DE VISTA MORFOLÓGICO O verbo varia em tempo, modo, número e pessoa, de acordo com a gramática tradicional.
  4. 4. DO PONTO DE VISTA SINTÁTICO O verbo tem um papel importantíssimo dentro da frase, sem ele (explícito ou implícito) não há orações na língua portuguesa.
  5. 5. IDENTIFICAÇÃO O verbo é uma palavra que termina em –ar (cantar), -er (crescer), ir- (fugir) e que pode ser conjugada, normalmente por meio de pronomes pessoais retos :
  6. 6. IDENTIFICAÇÃO Eu canto Tu cantas Ele canta Nós cantamos Vós cantais Eles cantam
  7. 7. MODO INDICATIVO O modo da certeza, afirmação, convicção, constatação. O modo do fato, da verdade. “Nossa! Como isso aqui está gostoso!”
  8. 8. TEMPOS DO MODO INDICATIVO PRESENTE Eu amo Tu amas Ele ama Nós amamos Vós amais Eles amam PRETÉRITO PERFEITO Eu amei Tu amaste Ele amou Nós amamos Vós amastes Eles amaram PRETÉRITO IMPERFEITO Eu amava Tu amavas Ele amava Nós amávamos Vós amáveis Eles amavam
  9. 9. TEMPOS DO MODO INDICATIVO PRETÉRITO MAIS- QUE –PERFEITO Eu amara Tu amaras Ele amara Nós amáramos Vós amáreis Eles amaram
  10. 10. TEMPOS DO MODO INDICATIVO FUTURO DO PRESENTE Eu amarei Tu amarás Ele amará Nós amaremos Vós amareis Eles amarão
  11. 11. TEMPOS DO MODO INDICATIVO FUTURO DO PRETÉRITO Eu amaria Tu amarias Ele amaria Nós amaríamos Vós amaríeis Eles amariam
  12. 12. LOCUÇÕES VERBAIS Também chamada de perífrase verbal, a locução verbal é um grupo de verbos que tem uma só unidade, como se fosse um só verbo. Formada por verbo auxiliar + verbo principal O verbo principal sempre virá no gerúndio, no particípio ou no infinitivo.
  13. 13. LOCUÇÕES VERBAIS Também chamada de perífrase verbal, a locução verbal é um grupo de verbos que tem uma só unidade, como se fosse um só verbo. Formada por verbo auxiliar + verbo principal O verbo principal sempre virá no gerúndio, no particípio ou no infinitivo.
  14. 14. LOCUÇÕES VERBAIS Também chamada de perífrase verbal, a locução verbal é um grupo de verbos que tem uma só unidade, como se fosse um só verbo. Formada por verbo auxiliar + verbo principal O verbo principal sempre virá no gerúndio, no particípio ou no infinitivo.
  15. 15. LOCUÇÕES VERBAIS Também chamada de perífrase verbal, a locução verbal é um grupo de verbos que tem uma só unidade, como se fosse um só verbo. Formada por verbo auxiliar + verbo principal O verbo principal sempre virá no gerúndio, no particípio ou no infinitivo.
  16. 16. LOCUÇÕES VERBAIS Um verbo é chamado de auxiliar porque colabora com a formação de uma locução verbal, concordando em número e pessoa com o sujeito. Só o verbo principal varia, o auxiliar nunca varia.
  17. 17. LOCUÇÕES VERBAIS Exemplos de locuções verbais: Havia estudado Tinha permitido Estava estudando Pôs-se a estudar
  18. 18. FORMAS NOMINAIS DOS VERBOS As formas nominais dos verbos são verbos que se comportam como nomes em certos contextos, no sentido de exercerem funções sintáticas próprias dos nomes substantivo, adjetivo ou edvérbio.
  19. 19. FORMAS NOMINAIS DOS VERBOS Exemplos: Pisar a grama é proibido – assim como o substantivo exerce a função de sujeito, o infinitivo equivale a ele, pois exerce aqui função de sujeito.
  20. 20. FORMAS NOMINAIS DOS VERBOS Exemplos: O garoto veio em minha direção correndo. Assim como o advérbio exerce função de adjunto adverbial, o gerúndio equivale a ele, pois nessa frase exerce função de adjunto adverbial de modo.
  21. 21. FORMAS NOMINAIS DOS VERBOS Exemplos: Luciano é um homem marcado pela sorte. Assim como o adjetivo exerce a função sintática de adjunto adnominal, o particípio equivale a ele, pois exerce aqui a função de adjunto adnominal.
  22. 22. INFINITIVO O infinitivo pode ser pessoal e impessoal. Impessoal – quando não admite variação de pessoa: amar, vender, sorrir ( terminando sempre em –ar, -er, -ir )
  23. 23. INFINITIVO É a forma verbal que nomeia um verbo. Pode ser pessoal ou impessoal.
  24. 24. INFINITIVO Pessoal – quando tem como sujeito uma das pessoas gramaticais. Nesse caso pode ser flexionado ou não flexionado. Exemplo de infinitivo flexionado: Era para eu cantar Era para tu cantares
  25. 25. GERÚNDIO Além de atuar como verbo nas locuções verbais , o gerúndio pode desempenhar as funções de advérbio e adjetivo.
  26. 26. GERÚNDIO Como verbo indica normalmente um processo incompleto, prolongado, durativo: Exemplos: Ando lutando para mudar minha vida financeira (locução verbal) Estava lendo Machado de Assis. (locução verbal)
  27. 27. EMPREGOS DO GERÚNDIO: Pode e deve ser usado para expressar: - Uma ação em curso Ex: Agora ele está estudando - Uma ação anterior Ex: Deixando a namorada em casa, voltou para a faculdade.
  28. 28. EMPREGOS DO GERÚNDIO: Pode e deve ser usado para expressar: - Uma ação posterior Ex: O balão subiu rapidamente, desaparecendo no ar - Uma ação simultânea a outra Ex: O jogador pulou cabeceando a bola
  29. 29. EMPREGOS DO GERÚNDIO: Pode e deve ser usado para expressar: - Uma ação posterior Ex: O balão subiu rapidamente, desaparecendo no ar - Uma ação simultânea a outra Ex: O jogador pulou cabeceando a bola
  30. 30. EMPREGOS DO GERÚNDIO: O gerúndio expressa uma ação que está em curso ou que ocorre simultaneamente ou, ainda, que remete a uma ideia de progressão. Sua forma nominal é derivada doradical do verbo acrescida da vogal temática e da desinência -ndo. Exemplos: comendo; partindo.
  31. 31. EMPREGOS DO GERÚNDIO: Veja, a seguir, o uso do gerúndio na prática: E a lama desceu pelo morro, destruindo tudo que encontrava pela frente. Depois de vários dias chuvosos o sol despontou, alegrando o coração de todos. Rindo, ele se lembrava com saudades dos dias felizes que tivera.
  32. 32. GERUNDISMO No caso do gerundismo, trata-se do uso inadequado do gerúndio. Um vício de linguagem que se alastrou de modo tão corriqueiro e insistente que até já virou piada. Então, se você usa expressões como: “Vou estar pesquisando seu caso.” “Vou estar completando sua ligação”.
  33. 33. GERUNDISMO Mude a sua fala para: “Vou pesquisar seu caso.” “Vou completar sua ligação.” Note que, nos dois casos, você passa a usar somente duas formas verbais (“vou” + “pesquisar” ou “vou” + “completar”) no lugar de três. Além disso, a ideia temporal a ser transmitida é a de futuro e não de presente em curso
  34. 34. GERUNDISMO “Vou completar sua ligação.” (Construção correta = mais sintética e indica futuro.) “Vou estar completando sua ligação.” (Construção errada, gerúndio desnecessário.)
  35. 35. GERUNDISMO O uso indiscriminado do gerúndio tem-se constituído num problema para a expressão culta da língua. Indique a alternativa em que ele está empregado conforme o padrão culto. ( ) Após aquele treinamento, a corretora está falando muito bem. ( ) Nós vamos estar analisando seus dados cadastrais ainda hoje
  36. 36. GERUNDISMO ( x ) Após aquele treinamento, a corretora está falando muito bem. ( ) Nós vamos estar analisando seus dados cadastrais ainda hoje
  37. 37. GERUNDISMO ( x ) Após aquele treinamento, a corretora está falando muito bem. ( ) Nós vamos estar analisando seus dados cadastrais ainda hoje A segunda opção apresenta construções próprias do gerundismo, está, pois errada.
  38. 38. GERUNDISMO ( x ) Após aquele treinamento, a corretora está falando muito bem. ( ) Nós vamos estar analisando seus dados cadastrais ainda hoje A segunda opção apresenta construções próprias do gerundismo, está, pois errada.
  39. 39. ADJETIVO PARTICIPIAL O adjetivo participial participa do nome e do verbo, daí poder ser considerado adjetivo, sem desenvolvê-lo, ou considerar particípio, equivalente à oração “que se esforça” Na frase : “ Ele é um garoto esforçado” o termo grifado pode ser classificado como adjetivo participial.
  40. 40. BIBLIOGRAFIA PESTANA, F. A gramática para concursos públicos. Rio de Janeiro: Elsevier, 2013. http://educacao.uol.com.br/disciplinas/portugu es/gerundismo-evite-esse-vicio-de- linguagem.htm
  41. 41. @danieleleitte https://www.facebook.com/daniele. leite.16 @danni_leitte https://www.linkedin.com/pub/dani ele-leite/58/116/428 Daniele Leite - Graduada em Letras - UFC, Especialista em Educação Ambiental e em Gestão Escolar(UCAM)e Estudante de Administração - UFC “As palavras da minha boca e o meditar do meu coração sejam sempre agradáveis a ti Senhor, rocha minha e Redentor meu” Salmos 19:14. http://pt.slideshare.net/dannileahleit e http://www.portudicas.blogspot.co m.br/ http://www.baudadani.com/ http://vidacristablog.blogspot.com/

×