Conjunções coordenativas - Parte 1

1.230 visualizações

Publicada em

Conjunções coordenativas. Definição de acordo com os pontos de vista semântico, sintático e morfológico. Classificação das conjunções coordenativas.
Nesta primeira parte da aula daremos ênfase na conjunção coordenativa aditiva, com exemplos e exercícios.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.230
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
27
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
31
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Conjunções coordenativas - Parte 1

  1. 1. CONJUNÇÕES COORDENATIVAS DANIELE LEITE
  2. 2. O QUE É UMA CONJUNÇÃO? Do ponto de vista semântico é uma palavra que traz um sentido nela implícito ( ou mais de um); [exceto a conjunção integrante, que não traz sentido algum] Do ponto de vista morfológico, a conjunção é uma palavra que invariável, ou seja não muda de forma; Do ponto de vista sintático, a conjunção não é nada, pois não exerce nenhum valor sintático, mas participa da construção de orações coordenadas e subordinadas ligando termos de mesma função sintática, orações, períodos e parágrafos.
  3. 3. As conjunções estabelecem uma relação lógica e semântica entre as partes do texto.
  4. 4. O QUE É UMA CONJUNÇÃO? Vamos entender agora todas as definições do slide anterior em conjunto analisando o texto abaixo: A mulher e o homem se complementam, mas essas relação é (não raro) cercada de desavenças. Por isso ocorrem muitas separações, resultando em dificuldades emocionais, financeiras e até físicas. Não obstante, o quadro não é só pessimista; muitos casais conseguem viver em harmonia e com amor durante toda a sua vida.
  5. 5. PONTO DE VISTA SEMÂNTICO Observe que os termos e, mas, Por isso, Não obstante, e 1) Apresentam os seguintes valores semântico: E – adição; Mas – oposição; Por isso – Conclusão; Não obstante – oposição; E – adição. Note que há uma relação semântica e lógica entre as partes do texto.
  6. 6. PONTO DE VISTO MORFOLÓGICO Nenhuma das conjunções que vimos no texto teve alteração na sua forma. A conjunção, portanto, é uma palavra invariável.
  7. 7. PONTO DE VISTA SINTÁTICO Ligam termos coordenados, orações coordenadas, períodos, parágrafos. Esses termos devem ter a mesma função sintática
  8. 8. CLASSIFICAÇÃO DAS CONJUNÇÕES 1.Coordenativas – ligam orações ou termos sintaticamente independentes; 2. Subordinativas – ligam orações sintaticamente independentes
  9. 9. A conjunção , assim como a preposição, tem o papel de conectar partes do texto, por isso também é chamada de conectivo, elemento coesivo, Síndeto e operador argumentativo. (PESTANA, 2013)
  10. 10. CLASSIFICAÇÃO DAS CONJUNÇÕES COORDENATIVAS 1. ADITIVAS Exprimem ideia de adição, soma, acréscimo. O “e” exprime outros valores. E – Estudo e trabalho Nem – Não estudo nem trabalho. Nem...Nem - Nem eu nem você estudamos Tampouco - Não estudo, tampouco trabalho Não só...mas (também) - Não só estudo, mas também trabalho
  11. 11. CLASSIFICAÇÃO 1. ADITIVAS Exprimem ideia de adição, soma, acréscimo. O “e” exprime outros valores. Mais – Dois mais dois são quatro. Por isso, nós mais vocês formamos um quarteto.
  12. 12. Cuidado com o “e”: Além de apresentar ideia de adição, também pode ter outros valores semânticos, como adversidade (mas/porém) ou conclusão/consequência (portanto, por isso, então).
  13. 13. ALGUNS VALORES SEMÂNTICOS DO “E” 1. conclusão/consequência Choveu incessantemente, e a cidade ficou inundada. (portanto, por isso ) Cumpra suas obrigações e será recompensado. (portanto, por isso) 2. Adversidade/oposição Nós acordamos cedo, e chegamos, infelizmente, atrasados.(mas, porém) Fazemos muitas dietas e não conseguimos emagrecer. (mas) 3. Finalidade Depois de ontem, vou chamar-lhe e dar-lhe uma bronca (para)
  14. 14. EXERCÍCIO 01 A relação iniciada por “e as respostas” (... O mundo tornou-se intensamente complexo e as respostas não são diretas nem estáveis)mantém com a anterior mostra que a função da conjunção “e” corresponde à função de por isso. ( ) certo ( ) errado
  15. 15. RESPOSTA – EXERCÍCIO 01 Certo.
  16. 16. EXERCÍCIO 02 Marque a alternativa em que a conjunção coordenativa “e” estabelece somente relação de adição entre as orações. A) Ia telefonar-lhe e desejar-lhe parabéns. B) Ninguém me disse nada, e entendi de imediato. C) O sol ardia sobre o pasto maltratado e secava os lameirões da estrada torta. D) a chuva caiu pela manhã, e a festa de aniversário ao ar livre foi cancelada.
  17. 17. RESPOSTA – EXERCÍCIO 02 Nas alternativas Be D há relação de adversidade. Na alternativa A , a relação é de finalidade. Portanto, resposta certa, letra C.
  18. 18. REFERÊNCIAS PESTANA, FERNANDO. A Gramática para Concursos Públicos. Rio de Janeiro, Elsevier, 2013.

×