Variação linguística

5.198 visualizações

Publicada em

Aula de variação linguistica para educopédia

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.198
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
248
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
248
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Variação linguística

  1. 1. Tema: Variação Linguistica Disciplina: Língua Portuguesa Ano: PEJA Pergunta-desafio : Falar diferente é falar errado? Produtor: Danielle Figueredo Elias Validador: Revisor: Coordenador de disciplina :
  2. 2. Uma língua é falada de formas diferentes pelos seus usuários. Ela está sujeita a constantes modificações. A língua pode variar de região para região , de época para época , em diferentes grupos sociais e em diferentes situações . E será que falando de forma diferente estas pessoas estão errando?
  3. 3. Vamos analisar estas variações parte por parte e tentar entendê-las para que possamos ter uma resposta adequada. <ul><li>Variação de região para região </li></ul><ul><li>É possível perceber que em nosso país, em diferentes regiões encontramos diversos dialetos, ou seja, diferentes formas de falar. Temos o dialeto carioca, o paulista, o baiano, gaúcho, caipira e outros. </li></ul>
  4. 4. Analise o texto a seguir e explique as diferenças regionais nos falantes.
  5. 5. Observe este texto e responda:
  6. 6. O homem que está sentado entendeu a pergunta do outro? De que forma ele entendeu a pergunta? Na linguagem padrão, como ficaria este texto?
  7. 7. É possível também perceber esta diferença na música gaúcha a seguir, procure atentar-se a pronúncia das palavras. http://www.youtube.com/watch?v=mb-P9ruhFfY
  8. 8. <ul><ul><li>Variações de época pra época </li></ul></ul><ul><ul><li>Há algum tempo atrás, a língua falada pelos brasileiros era um pouco diferente da que falamos hoje em dia, pois esta está em constantes mudanças. No texto a seguir veremos a variação do pronome de tratamento “ você ” no decorrer do tempo. </li></ul></ul>
  9. 10. O que você pode perceber observando o formato do texto? O que aconteceu com o pronome “ você ” com o passar do tempo? Qual é a ironia contida na última linha do texto?
  10. 11. <ul><li>Variações de grupo social para grupo social </li></ul><ul><li>Na sociedade capitalista na qual vivemos, nos deparamos com diferentes grupos sociais. Alguns grupos possuem alto poder aquisitivo e outros são menos abastados. Esta diferença também é percebida na forma de falar. Costuma-se dizer, impropriamente, que os mais economicamente favorecidos, falam a linguagem padrão e que os menos favorecidos falam a linguagem popular. </li></ul>
  11. 12. Atente para a figura abaixo e leia o texto.
  12. 13. É possível perceber que a mulher está participando de uma entrevista de emprego. A fala dela está de acordo com a norma “culta” da língua? Observe a reação do chefe, você acha que ela será contratada para o emprego? Por quê?
  13. 14. <ul><li>Variação de situação para situação </li></ul><ul><li>A nossa língua pode ser falada com mais cuidado e vigilância, o que é considerado fala formal, ou de forma mais descontraída e espontânea , que é a fala informal ou coloquial. Por exemplo, um juiz, um médico ou um professor falam de uma forma em seus locais de trabalho, e de uma outra forma em uma reunião de amigos por exemplo. </li></ul>
  14. 15. Preste muita atenção: Este medicamento não deve ser usado em caso de função da medula insuficiente, após tratamento citostático ou doenças do sistema hematopoiético Leia. Esta médica está usando uma linguagem adequada para falar com um paciente? Por quê?
  15. 16. Como foi possível perceber, existem muitas variedades linguisticas e as vezes nos perguntamos qual seria a certa. Porém, a verdade é que não existe a mais correta em termos absolutos. O importante é sabermos que podemos adequar a linguagem a cada contexto, e que fala bem quem é capaz de adequar a língua de acordo com a situação em que nos encontramos.

×