Projeto de Interiores Residenciais - Banho

7.303 visualizações

Publicada em

Aula dedicada a projetos de banheiros. Serão trabalhados momentos históricos, suas influências, banheiros contemporâneos, equipamentos com tecnologia e design, ergonomia, fluxos e setorização. Análise de materiais de acabamentos e revestimentos.

* esse é apenas um ppt, necessitando assim da parte teórica demonstrada em sala de aula.

Publicada em: Design
1 comentário
31 gostaram
Estatísticas
Notas
  • eu não imaginava essa diversidade de formas e estilos que poderiam existir apenas no banheiro realmente esse slide foi muito esclarecedor e com certeza vai influenciar positivamente nos meus projetos daqui pra frente,
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.303
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4.781
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
1
Gostaram
31
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • “No início dos anos 1920, um estudo alemão de racionalização desse local resultou na Cozinha de Frankfurt: pensada em princípio para as moradias de operários, ela diminui os percursos realizados pela dona de casa para a produção dos alimentos, propões utensílios práticos e formas eficazes de armazenamento. Para cumprir o que prometia, esse espaço era comprido e estreito, coincidentemente como tantos que vimos no Brasil nos 1970. Porém não há uma relação direta entre a Cozinha de Frankfurt e a brasileira, a não ser o formato, que se impôs naturalmente por aqui pela funcionalidade.”
  • . O ladrilho hidráulico, antes usado no piso da década de 20, volta a aparecer, mas agora sem tanta porosidade (e consequentemente sem marcas e manchas). É a memória e identidade preservadas com aceitação da tecnologia. O cimento queimado das casas simples da década de 50 estão presentes. Prateleiras com objetos expostos. Cada morador quer o seu projeto exclusivo. Morar é uma experiência. Armários com linhas predominantes horizontais. Grandes gavetões. Grandes básculas.
    Integração parcial e integração total.
  • . O ladrilho hidráulico, antes usado no piso da década de 20, volta a aparecer, mas agora sem tanta porosidade (e consequentemente sem marcas e manchas). É a memória e identidade preservadas com aceitação da tecnologia. O cimento queimado das casas simples da década de 50 estão presentes. Prateleiras com objetos expostos. Cada morador quer o seu projeto exclusivo. Morar é uma experiência. Armários com linhas predominantes horizontais. Grandes gavetões. Grandes básculas.
    Integração parcial e integração total.
  • . O ladrilho hidráulico, antes usado no piso da década de 20, volta a aparecer, mas agora sem tanta porosidade (e consequentemente sem marcas e manchas). É a memória e identidade preservadas com aceitação da tecnologia. O cimento queimado das casas simples da década de 50 estão presentes. Prateleiras com objetos expostos. Cada morador quer o seu projeto exclusivo. Morar é uma experiência. Armários com linhas predominantes horizontais. Grandes gavetões. Grandes básculas.
    Integração parcial e integração total.
  • . O ladrilho hidráulico, antes usado no piso da década de 20, volta a aparecer, mas agora sem tanta porosidade (e consequentemente sem marcas e manchas). É a memória e identidade preservadas com aceitação da tecnologia. O cimento queimado das casas simples da década de 50 estão presentes. Prateleiras com objetos expostos. Cada morador quer o seu projeto exclusivo. Morar é uma experiência. Armários com linhas predominantes horizontais. Grandes gavetões. Grandes básculas.
    Integração parcial e integração total.
  • . O ladrilho hidráulico, antes usado no piso da década de 20, volta a aparecer, mas agora sem tanta porosidade (e consequentemente sem marcas e manchas). É a memória e identidade preservadas com aceitação da tecnologia. O cimento queimado das casas simples da década de 50 estão presentes. Prateleiras com objetos expostos. Cada morador quer o seu projeto exclusivo. Morar é uma experiência. Armários com linhas predominantes horizontais. Grandes gavetões. Grandes básculas.
    Integração parcial e integração total.
  • . O ladrilho hidráulico, antes usado no piso da década de 20, volta a aparecer, mas agora sem tanta porosidade (e consequentemente sem marcas e manchas). É a memória e identidade preservadas com aceitação da tecnologia. O cimento queimado das casas simples da década de 50 estão presentes. Prateleiras com objetos expostos. Cada morador quer o seu projeto exclusivo. Morar é uma experiência. Armários com linhas predominantes horizontais. Grandes gavetões. Grandes básculas.
    Integração parcial e integração total.
  • Projeto de Interiores Residenciais - Banho

    1. 1. BANHEIROS - interiores residenciais - Arquitetura, Design e Construção Professor: Danilo Saccomori Colaboração: Célio Marques www.ds.arq.br
    2. 2. BANHEIROS BRASILEIROS - passeio na história -
    3. 3. - BANHEIROS - história do banheiro http://pt.wikipedia.org/wiki/Banho O costume do banho foi inserido nas habitações pensando-se no prazer de nadar em um rio ou lago. Utilizando-se de uma banheira abastecida com água normal ou aquecida, tornou-se um preceito de higiene comum. Os romanos foram o povo da antiguidade que mais se importaram com transformar o banho num evento, construindo termas públicas onde qualquer cidadão poderia desfrutar dos prazeres do banho. Na cultura ocidental, o banho rotineiro foi um costume reintroduzido no século XIX, na Europa, principalmente pela maior facilidade de aquecer água, e novas termas, agora chamadas de balneários ou estação de águas foram criadas. Com  a  ascensão  burguesa,  locais  apropriados para o banho foram introduzidos nas casas. Os povos do oriente, principalmente os japoneses, fazem do banho um ritual coletivo de higiene e convívio. No Brasil, muitos povos indígenas já tinham o hábito de tomar banho diariamente. Esse é um hábito presente até hoje no Brasil, e é considerado uma das heranças culturais dos povos indígenas. Em 1800, no Rio de Janeiro, as casas não possuíam banheiros, nem água corrente. As necessidades eram feitas em bacias, que eram recolhidos por escravos. A bacia sanitária foi inventada em 1597, por John Harringston, mas para uso exclusivo de sua madrinha, a rainha Elizabeth I. A invenção foi aprimorada por Alexander Cummings em 1775. Mas foi só em 1884, depois de George Jennings criar a bacia com pedestal, com descarga conectada aos encanamentos, que o uso do vaso sanitário se disseminou.
    4. 4. - BANHEIROS - Na bancada, objetos que ficavam expostos na penteadeira. E iluminação com vitral dando ar colonial. O mármore aparecia raramente. O granito imperava nas bancadas e nos pisos e os azulejos nas paredes. As madeiras apareciam também, mas sem o tratamento ideal para umidade e temperatura adequadas ao local. Os banheiros eram monocromáticos azul-clarinho ou amarelo ou verde e, por que não, cor-de-rosa. Os azulejos estampados também apareciam em alguns banheiros, assim como nas cozinhas. Não por coincidência, mas por falta de  opção. Outros ganharam relevos. Nos dias de hoje esses modismos voltaram, com releitura. Os gabinetes vinham prontos com cuba embutida e laminados plásticos. Raríssimas exceções utilizavam de sobrepor. 70’s + O Grande Livro de Casa Claudia : 35 anos
    5. 5. - BANHEIROS - O Grande Livro de Casa Claudia : 35 anos 70’s + Nesse exemplo o revestimento é de papel que imita azulejo. E louças e mobiliários rosas.
    6. 6. - BANHEIROS - Também como as cozinhas, os banheiros sofreram mudanças ao longo dos anos. Uma grande modificação que permaneceu no final dos anos de 1970 até os dias de hoje, mesmo com a diminuição da metragem dos apartamentos, é a suíte. Grande preocupação com as cores e materiais. Nessa década as pastilhas viraram moda e a hidromassagem começou a ganhar força - antes usada, mas em pouca escala. E espelho. Muitos! Com faixas intercaladas entre claro e fumês. Banheiro com espelhos intercalados e mármore, ainda raríssimo. 80’s + O Grande Livro de Casa Claudia : 35 anos
    7. 7. - BANHEIROS - O Grande Livro de Casa Claudia : 35 anos 80’s + O granito continua forte nesse espaço.
    8. 8. - BANHEIROS - Mais dedicação ao conforto. Menos experimentos com formas e revestimentos. A banheira de hidromassagem  ganha força e torna-se uma precursora da sala de banho. As bancadas aumentam de tamanho. Como na cozinha e na sala, essa década é de grande transição: o que é  antigo está indo e o que é  novo está chegando. No final da década de 60 apenas 1/5 das residências dos centros urbanos do Brasil eram abastecidas com água. Em 25 anos a história mudou muito. Nesta década divisora de águas, o banheiro passou a ter não somente a função de local de higiene pessoal, mas agregou a necessidade de  relaxar. O ofurô foi trazido do oriente. O Grande Livro de Casa Claudia : 35 anos 90’s + Trabalho em madeira feito em pinho de Riga. Espelhos e mármore bege Bahia.
    9. 9. - BANHEIROS - O Grande Livro de Casa Claudia : 35 anos 90’s +
    10. 10. - BANHEIROS - O Grande Livro de Casa Claudia : 35 anos 90’s + Banheiro reduzido com espelhos para dar amplitude ao espaço.
    11. 11. - BANHEIROS - O Grande Livro de Casa Claudia : 35 anos 90’s + Mármore branco para dar claridade e vidro. Clarabóia para claridade e jardim em anexo.
    12. 12. - BANHEIROS - Foi nos anos 2000 que o banheiro sofreu grandes mudanças, com remanescentes do minimalismo. Enxugaram-se as formas e os tons. O estudo sobre materiais estava em voga, altamente influenciador sobre o mercado. O banheiro estava se tornando o lugar de descanso, uma sala de banho. A grande maioria possuía banheira, com projeto de iluminação, cores aconchegantes - poucas - e poucos materiais. Sem excessos do mundo exterior, visualmente silenciosas e acolhedoras. 2000’s + Banheiro com menção minimalista. Exterior bucólico para trazer o relaxamento. O Grande Livro de Casa Claudia : 35 anos
    13. 13. - BANHEIROS - Com o estresse urbano, a natureza apareceu no interior dos banheiros como uma opção para ajudar a relaxar. A madeira, o seixo-rolado e outros elementos naturais  são bem vindos nessa década. E conversam bem com a multiplicidade de materiais dessa época: cimento, concreto, vidro,  cerâmica, Corian,  Limestone... Bem tratada, a madeira pode durar muito tempo no banheiro, ocupando, inclusive, o lugar da bancada e dos revestimentos. O Grande Livro de Casa Claudia : 35 anos 2000’s + Iluminação: abajur, arandela e balizador.
    14. 14. - BANHEIROS - Cubas e duchas aos pares para os casais. Bacias também! O lugar de economizar definitivamente não é o banheiro. Seixo na parede. O Grande Livro de Casa Claudia : 35 anos 2000’s +
    15. 15. - BANHEIROS - MDF com corte a lazer e acrílico leitoso para iluminação geométrica. Rodapé. O Grande Livro de Casa Claudia : 35 anos 2000’s +
    16. 16. - BANHEIROS - É importante frisar a mudança de mentalidade em  relação a esses projetos. A idéia norteadora da função, do uso, da finalidade dos banheiros mudou e, por isso, sofreu mudanças profundas e significativas. A sustentabilidade veio atuar na prática, na atitude e não somente no discurso e, muito menos, somente na reciclagem do lixo. Sustentabilidade tem um significado bem maior e agora é aplicado. As madeiras são certificadas de fato. Há controle do fluxo de água  nas torneiras e nas bacias, produtos que consomem menos energia e são menos poluentes. 2000’s + Tecnocimento na parede, pastilhas de mármore na parte molhada, Corian na bancada e canela de  demolição no piso O Grande Livro de Casa Claudia : 35 anos
    17. 17. - BANHEIROS - 2000’s + Bancada grande para duas cubas de mármore travertino romano bruto, também presente no piso O Grande Livro de Casa Claudia : 35 anos
    18. 18. - BANHEIROS - 2000’s + Cinza de quartzito no piso, rodapé e bancada. Vidro verde. Box fechando até o teto O Grande Livro de Casa Claudia : 35 anos
    19. 19. - BANHEIROS - 2000’s + Bem enxuto, com exceção das dimensões, apresenta linhas puras. Deck em peroba-do-campo e mármore branco para bancada com duas cubas O Grande Livro de Casa Claudia : 35 anos
    20. 20. - BANHEIROS - 2000’s + Cimento queimado e espelhos escondendo os armários O Grande Livro de Casa Claudia : 35 anos
    21. 21. BANHEIROS CONTEMPORÂNEOS - projetos executados -
    22. 22. O planejamento de banheiros deve obedecer o perfil de cada usuário e família. Havendo oportunidade, planejar grandes espaços.  Cuidados na organização da sequência das peças sanitárias;  Posição na casa: próximo a dormitórios, corredores, áreas externas (piscina e sauna), áreas de serviço;  Prever medidas de impermeabilização para umidade;  Prever pelo menos uma tomada com proteção de contato;  Escolha adequada da cor  Banheiros para PNE, seguir normas oficiais da ABNT NBR 9050 Neufert, Peter; Neff, Ludwig. Casa, apartamento, jardim. Projetar com conhecimento. 2008 – 2° edição. - BANHEIROS -
    23. 23. - BANHEIROS - contemporâneos Monocromático, tons pastéis: rosa e terra. Mármores. Baseado no Pavilhão de Barcelona de Ludwig Mies van der Rohe Guilherme Torres
    24. 24. - BANHEIROS - Monocromático e cimento Guilherme Torres contemporâneos
    25. 25. - BANHEIROS - Monocromático e deck de madeira Guilherme Torres contemporâneos
    26. 26. - BANHEIROS - Área de banho contemporâneos
    27. 27. - BANHEIROS - Iluminação indireta, equipamentos em cobre, chuveiro “colado” no teto, mármore www.casa.abril.com.br contemporâneos
    28. 28. - BANHEIROS - Coluna para cuba www.blog.deca.com.br contemporâneos
    29. 29. - BANHEIROS - Arquitetura pura e encantadora de interior Rodapé e tabica (flutuante) www. arthurcasas.com.br contemporâneos
    30. 30. - BANHEIROS - Utilização das cores primárias Banheiro Infantil por Daniela Bejarano e Raul Aguirre - casa-cor-bolivia-2013 infantil contemporâneos
    31. 31. - BANHEIROS - casa-cor-PE 2014 - Sala de Banho Mariana Gama, Taciana Gomes e Fernanda Zerbone Referências históricas: cobogós, mobiliário repaginado, moldura sinuosa contemporâneos
    32. 32. - BANHEIROS - casa-cor-pe-2014 Lavabos Carol Barbosa, Isabely Penina e Mellissa BarrosArte na área de banho contemporâneos
    33. 33. - BANHEIROS - decoracaodebanheiros.net.br Excelente solução de altura de cubas para dois usuários com alturas diferentes contemporâneos
    34. 34. - BANHEIROS - decoracaodebanheiros.net.br contemporâneos
    35. 35. SETORIZAÇÃO DE BANHEIROS - estudos -
    36. 36. - BANHEIROS - setorização: estudos - estudo do corpo -
    37. 37. - uso do corpo - - BANHEIROS - setorização: estudos
    38. 38. - materialização - - BANHEIROS - setorização: estudos
    39. 39. - projeto 01 - - BANHEIROS - setorização: estudos
    40. 40. -projeto02- - BANHEIROS - setorização: estudos
    41. 41. - projeto 03 - - BANHEIROS - setorização: estudos
    42. 42. www.trendir.cominteriorsbathroom-design-inspiration-fr-1 - BANHEIROS - setorização: estudos
    43. 43. EQUIPAMENTOS PARA BANHEIROS - determinantes do projeto -
    44. 44. - BANHEIROS - equipamentos Cuba de Apoio Retangular Deca Código L.196 Cor Branco 17 ou Ébano 95 Tam.: L=450 / P=350 / H=100 Sifão para Lavatório Deca Código 1685.C.100.112 Cor Cromado Sifão Articulado para Lavatório Deca Código 1682.C.100.112 Cor Cromado Cuba de Embutir Retangular Deca Código L.1071 Cor Branco 17 ou Ébano 95 Tam.: L=590 / P=305 / H=135 Válvula de Escoamento Luxo para Lavatório/ Cuba/ Bide Deca Código 1601.C Cor Cromado ou Red Gold
    45. 45. - BANHEIROS - equipamentos Cuba de Apoio com Coluna ou Cubas de Piso Código LC.26 Cor Branco 17 ou Ébano 95 ou Marrom Fosco 22 ou Ébano Fosco 94 Tam.: L=415 / P=415 / H=850 Cuba de Semi-Encaixe Quadrada com Mesa e Porta Toalha Código L.83C Cor Branco 17 ou Ébano 95 Tam.: indicado nos desenhos
    46. 46. Cabide Duplo Quadratta Deca Código 2062.C83 Cor Cromado, Red Gold, Black Matte, Black Noir, Gold ou Gold Matte Tam.: L=100 / P=44 / H=40 Porta Toalha barra Dupla Anna Deca Código 2042.C.ANA Cor Cromado Bacia Convencional Cubo Deca Código P.26C Cor Branco 17 ou Ébano 95 Válvula de Descarga Slim 1 ½ Pressão (2 a 10 MCA) Deca Código 2553.C.112 Cor Cromado, Red Gold, Black Matte, Black Noir, Gold ou Gold Matte - BANHEIROS - equipamentos
    47. 47. - BANHEIROS - equipamentos Barra Deslizante Moderna para Ducha Deca Código 1981.C Cor Cromado Monocomando para Chuveiro com Desviador Smart Deca Código 2994.C71 Cor Cromado Chuveiro com Tubo para Teto Acqua Plus Deca Código 1990.C.TET Cor Cromado Misturador para Lavatório de Mesa Bica Alta Quadratta Deca Código 1877.C83 Cor Cromado Monocomando para Lavatório de Mesa Bica Baixa Kids Deca Código 2875.VA.KD Cor Vermelho e Azul 26 Misturador para Lavatório de Parede Quadratta Deca Código 1878.C83 Cor Cromado, Red Gold, Black Matte, Black Noir, Gold ou Gold Matte
    48. 48. - BANHEIROS - equipamentos Para não ficarmos no tradicional, a Deca apresenta uma linha de louças e metais com diferentes cores. Espaço Deca, Casa Cor São Paulo - 2014 - por Guilherme Torres
    49. 49. www.kaldewei.co.uk – elementos na cor preta: banheira, piso do banho - BANHEIROS - equipamentos
    50. 50. www.kaldewei.co.uk – ralo embutido na parede - BANHEIROS - equipamentos
    51. 51. www.kaldewei.co.uk – piso elevado - BANHEIROS - equipamentos
    52. 52. BANHEIROS CONTEMPORÂNEOS - projetos executados -
    53. 53. - BANHEIROS - Cadas Abranches contemporâneos - predominância de madeira -
    54. 54. - BANHEIROS - Cadas Abranches - predominância de madeira - contemporâneos
    55. 55. - BANHEIROS - Cadas Abranches Cuba desenhada pelo arquiteto Espelho em toda extensão da parede da bancada. Mobiliário preto - predominância de madeira - contemporâneos
    56. 56. - BANHEIROS - Cadas Abranches Espelho em toda extensão da parede da bancada. Mobiliário preto - predominância de madeira - Revestimentos de madeira e cimento queimado. Mobiliário solto. contemporâneos
    57. 57. - BANHEIROS - Cadas Abranches Cuba desenhada pelo arquiteto - predominância de madeira - contemporâneos
    58. 58. - BANHEIROS - Predominância de madeira como revestimento. Caixa acoplada com bacia e design Cadas Abranches contemporâneos
    59. 59. - BANHEIROS - Desenho de bancada Cadas Abranches Espelho por trás. Revestimentos com mesmo tom contemporâneos
    60. 60. - BANHEIROS - Cadas Abranches Paginação do revestimento. Bacia e bidê. Arte no banho. Rodapiso de espelho. Bacia suspensa. Piso em madeira. contemporâneos
    61. 61. - BANHEIROS - Cadas Abranches Misturador. Desenho de bancada. Iluminação. Teto em placas de madeiras. contemporâneos
    62. 62. BIBLIOGRAFIA - referências de aula -
    63. 63. Neufert, Peter e Neff, Ludwing. Casa Apartamento e Jardim Projetar com Conhecimento construir corretamente. Ed Gustavo Gili 2008 2a ed. O Grande Livro de Casa Claudia : 35 anos. A Evolução do morar no Brasil de 1977 a 2012. Ed Abril SP 2012 Periódico Casa Claudia, Kaza Google.com - BANHEIROS - bibliografias
    64. 64. BANHEIROS EXERCÍCIO DE PROJETO - aula prática -
    65. 65. exercício de projeto 1) Projetar uma banheiro contemporâneo EM CROQUI, em proporção de escala, porém não especificada. Entregas: a) PB (planta baixa) humanizada e com cotas b) 4 vistas (cotas de alturas, color) c) Memorial: especificar todos os materiais de revestimentos e acabamentos; mobiliários; equipamentos; luminárias e adornos d) “Extra”: perspectivas e) Definir perfil do cliente em aula * A3 Manteiga e a mão livre - margem e carimbo (livres) – data entrega: definida em aula ** Grupo de 4 ou 5 componentes *** Criatividade - BANHEIROS -
    66. 66. OBRIGADO - interiores residenciais - Arquitetura, Design e Construção Professor: Danilo Saccomori Colaboração: Célio Marques www.ds.arq.br

    ×