Geo

221 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
221
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Geo

  1. 1. Oriente Médio- Sudoeste da Ásia.- Região estratégica, pois liga 3 continentes.- Caracteriza-se predominantemente pelo clima árido e semi-árido.- Mosaico Étnico: turcos, curdos, persas, afegãos, israelitas, árabes...- Água: elemento de tensão na região.- Estresse hídrico: relação pop X águaOBS:- o povo curdo quer um estado independente para sua religião.- xiita X sunita, rivalidade pela origem da religião muçulmana.- Palestina X Israel, por território, já que a Palestina não e uma nação.- Conflitos devido à escassez de água.- a Turquia procura se unir à União Européia, porém:• Possui pena de morte, o que os países membros não possuem.• Preconceito devido à religião diferente.• População da Turquia está em crescimento enquanto a dos paísesmembros está diminuindo.• Medo de que haja uma imigração em massa.Grande Anatólia: Construção de barragens para a produção de energia para a Turquia. Oque afetaria o curso e o volume de água dos rios Tigre e Eufrates naSíria e no Iraque.Colinas de Golã: Ficam no território Sírio, mas foram conquistadas pelos israelensesdepois da Guerra dos Seis Dias. É um ponto estratégico, pois possuimuitas nascentes de água. Tornou-se alvo de uma disputa muitogrande.Petróleo no Oriente Medio- Arábia Saudita: 1º produtor mundial.
  2. 2. - Golfo Pérsico: área de maior produção- Fator gerador de muitos conflitos- Estreito de Ormuz: fica no final do Golfo Pérsico, passando pelo litoraldo Iran. Todo o petróleo do Golfo Pérsico tem que passar por esseestreito. O que é interessante para o Iran quando estiver em guerra,podendo atacar os navios petroleiros.- Petróleo, “arma” geopolítica: a Rússia (2º maior produtor de petróleo)distribui seu petróleo aos outros países por meio de dutos, que podemser fechados para a prática de chantagem.Questão Palestina- Refere-se à luta do povo Palestino para a criação de seu Estado.- O inicio do conflito entre judeus e palestinos começa com as correntesmigratórias (com o surgimento do nazismo na Europa, os judeuscomeçam a migrar para a Palestina, gerando guerra entre judeus epalestinos).- 1948: A ONU cria dois estados, um judeu e outro Palestino.- Jerusalém: área internacional controlada pela ONU.- Liga Árabe: “compra” a causa palestina.- 1956: Fechamento do canal de Suez pelo Egito para prejudicar aeconomia israelense (impedir as embarcações israelenses de passar,mas como era também usado por Inglaterra e França, essa imposiçãonão foi mantida).- 1967: Guerra dos Seis Dias• Israel domina toda a Palestina• Toma a Península do Sinai e Faixa de Gaza do Egito• A água passa a fazer parte do conflito.- 1973: Guerra de Yom Kippur• Ultimo conflito convencional (não teve o apoio da Liga Árabe, só parasuprimentos) e gerou a crise do petróleo.
  3. 3. - 1979: Acordo Camp David: Egito assinou para a devolução daPenínsula do Sinai. Foi considerado traidor pela Liga Árabe.- 1968: Criação da OLP (organização pela libertação da Palestina), sob aprincipal liderança de Yasser Arafat.- Final dos anos 80: 1º intifada (revolta das pedras)• Resistência palestina, realizada, em sua maior parte, por jovens.- 1993: Acordo de Oslo (Noruega)• Concessão de terras para os palestinos (Cisjordânia e Faixa de Gaza)- 2000: 2º intifada (com milícias armadas também) Visita de Ariel Sharon à Jerusalém oriental, onde foi morto por umradical israelense que era contra sua política moderada e progressista.- 2002: Construção do muro ao redor da Cisjordânia.- Palestinos: divergências entre eles:- moderados (políticos): recebem dinheiro externo para facilitar Israel(ANP).- ANP: (autoridade nacional palestina): responde na ONU pelospalestinos.- Cisjordânia- Hamas- radicais (políticos)- Faixa de Gaza-Impasses
  4. 4. - Jerusalém (os radicais dos dois lados consideram Jerusalémindivisível enquanto os moderados apóiam a divisão e a administraçãode cada lado por seu povo legitimo. - colônias israelenses

×