Lost | Transmídia, Economia da Participação e a nova audiência

2.291 visualizações

Publicada em

Como a série da ABC Lost construiu uma relação de pistas e partes do enredo em diferentes suportes para que a audiência as descubra.

A partir da leitura dos conceitos de Transmídia, Curva do Dorminhoco e Economia da Participação, percebe-se como os produtores da série conseguiram 'capturar' o novo tipo de audiência, mais ativa, interessada e disposta a descobrir as regras para buscar as pistas que faltam na narrativa convencional.

Esta apresentação foi parte de um painel que discutiu a série de televisão Lost sobre as perspectivas da Mitologia, do roteiro e de suas extensões na Internet.

Publicada em: Diversão e humor
2 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Prof. Daniel, parabéns pelo excelente material. Ainda que Lost pareça um pouco 'velho' para a garotada que ficou viciada em Game of Thrones (e cia.), concordo plenamente com a 'revolução' que esta 'série' causou na forma de se contar histórias a partir da TV. Gosto sempre de lembrar aos meus alunos sobre o legado deixado por Lost para pensarem comunicação e também gestão de marca no ambiente digital. Abraço, Prof. Andrei Scheiner (MBA FGV).
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Lost trabalho uma lógica circular imersiva que por vezes dispersa elementos que, sendo descartados para a periferia, retornam com novidades
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.291
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
274
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
61
Comentários
2
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Lost | Transmídia, Economia da Participação e a nova audiência

  1. 1. LOST e a trama fragmentada na rede Daniel Bittencourt | Unisinos 2010
  2. 2. DÚVIDA Que raios é Lost?
  3. 3. Curva do Dorminhoco | Johnson 2005 Poucas tramas individuais versus muito tempo (episódios)
  4. 4. Meios de Comunicação educam. Aposte nisso
  5. 5. Transmídia | Economia da Participação Estímulo a novas narrativas, interações, consumos e escutas
  6. 6. Acúmulo e alfabetização da audiência Maior aprendizado do espectador ante a tramas simultâneas
  7. 7. COMO FAZER?
  8. 8. Internet como palco para o enredo ‘Contar histórias’ implica ir para além do suporte da televisão
  9. 9. Organizações da trama ganham ‘vida’ Parte do enredo é distribuído em rede | caça dos fãs ao tesouro
  10. 10. The Lost Experiênce | ARG Rachel Blake desvenda Hanso Foundation (season 2 to 3)
  11. 11. Find 815 | ARG Sam Thomas tenta encontrar sua namorada (hiato season 4)
  12. 12. Lost University | ARG Cursos se relacionam com conteúdo da série (season 5 to 6)
  13. 13. Lost: Missing Pieces | Mobisodes 13 episódios para celulares Verizon (nov 2007 a fev 2008)
  14. 14. UNIVERSO
  15. 15. Novo modo de enlace da audiência Não é mera transposição de conteúdo | maior engajamento
  16. 16. Blogosfera, Twittosfera, Facebooksfera Espaços de interação da audiência e de escuta dos produtores
  17. 17. DÚVIDA Dá pra chamar Lost de série de TV?
  18. 18. Este conteúdo pode ser amplamente distribuído desde que seja citada a autoria
  19. 19. Daniel Bittencourt Coordenador | Curso de Comunicação Digital twitter.com/DBittencourt twitter.com/ComDig daniel.bittencourt@gmail.com facebook.com/daniel.bittencourt unisinos.br/digital danielb@unisinos.br

×