Beabá - Edição 01

487 visualizações

Publicada em

Aceita um guaraná? É o que não irá faltar na HQ "Beabá" que se trata da fusão da cultura brasileira com uma divertida aventura dos personagens Beto e Aba que se encontram nesse gibi. Beto é um menino fissurado em guaraná e logo sua história se envolve com esse singelo fruto. Este é só o pontapé inicial para uma bela história. A conclusão dessa aventura não termina aqui, deixando em aberto próximas continuações em alguma revista.

Publicada em: Design
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
487
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
163
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Beabá - Edição 01

  1. 1. 1
  2. 2. Agaquê, pipoca e guaraná Até parece mentira, mas uma das alquimias do entretenimento pode ser a fusão de uma revista em quadrinhos (essa do gênero que você escolher, mas a dica do chefe, se possível, uma de cartum) com um punhado de milhos bem graúdos e algumas dezenas de goles de um bem gelado. O cheiro de velhoguaraná gibi ou novo é a combustão do prazer. Já lendo quadrinhos há 32 anos e oferecendo essa linguagem para alunos desde 1998, sabia que uma hora ou outra poderia topar com algum aluno bem mais interessado. Perfeito. Curso natural lá no estúdio, surge o (que por diversas vezes eu escrevia seuDaniel Batista nome errado - Daniel Nascimento), chegando para fazer aula de desenho como muitos outros da sua idade. Cai, erra, rabisca, pinta, copia, critica, erra, acerta, migra de estilo, chora, grita, pinta e borda, e assim se passaram quase 5 anos. Deu o xeque-Mate. Tem que fechar o ciclo, produzindo uma história em quadrinhos. Assim, passaram 14 meses nesse projeto, o “ , que você tem em mãos. Não seiBeabá” qual o caminho que esse jovem amigo (artista) fará, seja este esquerda, direita, para baixo, para cima, diagonal, mas tenho certeza que ele chegará onde seu pensamento projetar. Prazer em dividir a arte do desenho, prazer em editar esta revista, prazer de ler esta obra, prazer de compartilhar com os amigos, e enorme prazer em ser amigo desse jovem. Nunca errei do “nascimento”, pois nasceu o artista batalhador: Daniel Batista. Vida longa para esse projeto ímpar! Iéio, março de 2013 Olivathus Press
  3. 3. é incrível como um simples desenho originou uma história em quadrinhos. assim como a criação dos personagens aconteceu do nada e se desenvolveu para uma narrativa, acontecerá com você, leitor que acabou de conhecer o “Beabá” e não desgrudará da sequência desta divertida história. você irá rir e aventurar-se, conhecendo a natureza e cultura brasileira. este é só um pontapé inicial para uma bela história! Curta essa leitura com um delicioso guaraná gelado. Boa leitura! Daniel batista
  4. 4. DIZ A LENDA QUE HAVIA UM CASAL INCAPAZ DE TER FILHOS. ENTÃO, DECIDIRAM RECORRER AO DEUS ,TUPÃ O ÚNICO CAPAZ DE REALIZAR TAL DESEJO. FOI ASSIM QUE, NA TRIBO SATERe-MAwe, NASCEU AGUIRY. ESTE ACONTECIMENTO TROUXE ALEGRIA E MUITA PROSPERIDADE à TRIBO. ´´ do guaraná parte 1: 5
  5. 5. ASSIM COMO TODO CURUMIM, CRESCEU CAÇANDO... SENDO CAÇADO... E VIVENCIANDO AS MAIS BELAS HIStÓRIAS. ...E Aí, EU DERRUBEI UMA ONçA DE TRêS METROS. GLUP! GLUP! 6
  6. 6. POREM, UM DIA SEU DESTINO CRUZARIA COM O DE JURUPARI, O INVEJOSO ESPÍRITO DO MAL. E, NUM DIA DE COLHEITA... ...ELE SE DEPARA COM JURUPARI EM FORMA DE COBRA. FOI, ENTÃO, QUE JURUPARI DESFERIU UM GOLPE MORTAL SEM CHANCES PARA O CURUMIM. QUE “CUEQUINHA” é ESSA, MEU FILHO? ´ 7
  7. 7. COM A SUA AUSÊNCIA, A TRIBO SENTIU SUA FALTA. PREOCUPADOS, SAÍRAM À SUA PROCURA. FOI UMA LONGA BUSCA. MAS O QUE ESTAVA POR VIR ERA... COM A SUA AUSÊNCIA, A TRIBO SENTIU SUA FALTA. PREOCUPADOS, SAÍRAM À SUA PROCURA. FOI UMA LONGA BUSCA. MAS O QUE ESTAVA POR VIR ERA... 8
  8. 8. A MORTE DO CURUMIM! A MORTE DO CURUMIM! 9
  9. 9. cRESCIA... cRESCIA... MAS O LEGADO DE AGUIRY NÃO TINHA ACABADO. TUPÃ APARECE DOS CÉUS DIZENDO: E COM OS PÉS JÁ CRESCIDOS DOS OLHOS DO PEQUENO ÍNDIO, UMA PLANTA CRESCIA... AGUIRY TINHA OLHOS QUE FERTILIZAVAM ALMAS, E ASSIM SERÁ COM A TERRA. cRESCIA... DEIXA VER SE EU ENTENDI, TEMOS QUE PLANTAR OS OLHOS DE AGUIRY? 10
  10. 10. 11 NÃO VAI ME DIZER QUE, NO FINAL, TINHA UM GIGANTE E UMA GALINHA QUE CAGAVA OURO? POSSO TERMINAR!? UMA PLANTA CRESCIA, CUJO FRUTO TRARIA DE VOLTA A FELICIDADE. O GUARANÁ!
  11. 11. TCHÃÃÃ!TCHÃÃÃ! MUITO BEM, BETO! AQUI ESTÁ SUA NOTA. COMO ASSIM!? NEM FALEI DA FONTE DE GUARANÁ AINDA. BELA APRESENTAÇÃO BETO! HA,HA! ENTÃO, DEVO CORRIGI-LÁ. HUNF! 12
  12. 12. POR QUE SERÁ QUE ´é TÃO DIFÍCIL DE ACREDITAREM EM MIM? VOCÊ ACREDITA EM MIM, KIMBO? FICA AÍ, MEDONHO! ´ 13
  13. 13. AINDA BEM QUE O VOVÔ ESTÁ DORMINDO! E AI COMO VOCÊ ESTÁ? AAAAAAH FUI ATINGIDO! MAYDAY! OS NAZISTAS ESTÃO ATACANDO! MAYDAY! 14
  14. 14. 15 VOCÊ ESTÁ BEM, VOVÔ? OlÁ, BETO! COMO FOI A ESCOLA HOJE? APRESENTEI MEU TRABALHO MAS... ...ELES NÃO ACREDITARAM NA FONTE DO GUARANÁ. ORA, NÃO SE REPRIMA. JÁ TE CONTEI A HISTÓRIA DE COMO CONSEGUI ESTA MEDALHA?
  15. 15. ERA OUTUBRO DE 1944. NÓS, OS INTEGRANTES DA FAB*, VOÁVAMOS PARA O NORTE DA ITÁLIA. FOI, ENTÃO, QUE FOMOS ATINGIDOS POR UM GRUPO DE AERONAVES DESCONHECIDAS. ESTÁVAMOS FERIDOS E DESANIMADOS. MAS, COM A AJUDA DAS MINHAS HABILIDADES ESCOTEIRAS, SOBREVIVEMOS POR DIAS. OS REFORÇOS VIERAM. E FOI ASSIM QUE GANHEI A MEDALHA. *FoRÇA aÉrea brasileira 16
  16. 16. 17 colorirUse toda a sua criatividade, seja ela com lápis de cor, giz de cera ou canetinhas!
  17. 17. www.ieioescoladesenho.blogspot.com.br Estúdio Iéio ESCOLA DE DESENHO
  18. 18. - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -Ler, Aprender, Estudar & Brincar! Vamos Colecionar! Vamos Colecionar! - - - - - - - - - - - - - Qua dri nhos SEMANA QUE Vem iremos falar sobre arte com sucatas! SEMANA 11 htpp://tirasdospreferidos.blogspot.com O jovem artista gráfico Daniel Batista, está desde outubro de 2011 trabalhando no projeto “Beto e Aba”, ideia essa que surgiu no decorrer do curso de Desenho Cômico e se prolongou no curso de História em Quadrinhos (oferecido pelo Estúdio Iéio - Escola de Desenho, onde Daniel vem estudando desenho por mais de 3 anos), com orientação do professor Iéio. Nesse ano de 2012, o jovem artista pretende lançar a primeira revista (gibi) piloto desse projeto. Juntamente com o Iéio, Daniel está preparando o material e demais novidades referentes ao projeto. “Um trabalho original de grande valia cultural aqui em São Carlos. Desde sempre venho acreditando nesse projeto (destaca Iéio)”. htpp://betoeaba.blogspot.com.br 01- Como surgiu a ideia dos quadrinhos Beto e Aba? Conforme a criação dos personagens, acabei tendo afeição a eles e a ideia de colocá-los nos quadrinhos. O beto surgiu na intenção de um desenho baseado em mim mesmo. Já o Aba veio com a ideia de fazer um amigo diferente para o Beto. Agora pergunto: O que um urso faz no Brasil? (espere pela HQ, e irão descobrir. risos) 02- além dessa HQ (história em quadrinhos), você tem outros planos com os personagens? Sempre haverá projetos que será necessário tempo para vigorar. Também pretendo, com o “Beabá”, entrar em diversas mídias, como na animação, em jogos e livros, pois a linguagem do desenho é universal. 03- Fale um pouco sobre a revista piloto (gibi). Essa HQ em si abordará, além da história de Beto e Aba, o Brasil com sua cultura e beleza natural, mudando a estética de pensamento que a maioria das mídias passam, não só para o exterior, mas também para muitos brasileiros que não conhecem a sua própria cultura. ----------------------------- Primeira tirinha criada pelo artista gráfico .Daniel Batista Essa página infantil é criação doCri-Cri Estúdio Iéio - Escola de Desenho Você encontrará edições anteriores acessando o site do projeto Aguardamos críticas e sugestões. www.aturma .com.br Foto:arquivopessoal 19 Fique sabendo... Abaixo segue a reprodução da entrevista que o jovem artista gráfico Daniel Batista concedeu para a página semanal Cri‐Cri, publicação original no suplemento infantil Primeirinha (jornal Primeira Página de São Carlos) do dia 19 de maio de 2012. Projeto esse apoiado pelo Estúdio Iéio ‐ Escola de Desenho. “... depositar conhecimento e acreditar em projetos de alunos é a filosofia maior de nossa escola!”, Iéio
  19. 19. colorir 20
  20. 20. MEU DEUS! O QUE ISSO TEM A VER? FIM. AGORA Vá TOMAR BANHO PORQUE ESTÁ CHEIRANDO MAL! ESSE MEU AVô E UMA FIGURA E TEM UM JEITO ESTRANHO DE MOTIVAR. E NãO SE ESQUEça... “SE VOCÊ PODE SONHAR, VOCÊ PODE FAZER.”* ´ *Walt disney 21
  21. 21. PARTE 2: O BÊ-A-BÁ DO 22 Mais um dia de atividade escoteira.
  22. 22. ~ O QUE ESTÁ FAZENDO ESSE SOM? QUEM ESTÁ AÍ? E AGORA? AH, NÃO, DE NOVO NÃO! 23
  23. 23. QUEM é VOCÊ E O QUE FAZ AQUI? SHHHH! EU SOU... ESCUTE A NATUREZA! SEU NOME é BETO, UM ESCOTEIRO. E QUE BAITA NARIGÃO!!! SOU , ANTIGOVIDAL BIOLÓGO DO BUTANTAN E ATUAL GUARDIÃO DA FLORESTA DE TUPÃ. OLHA, SEI RIMAR! COMO SABE QUEM SOU EU? A NATUREZA É DONA DA VERDADE, APRENDA A OUVI-LA. ´ 24
  24. 24. APENAS PESSOAS ESPECIAIS CONSEGUEM OUVIR SEU SOM MAS VAMOS AO QUE INTERESSA. VOCÊ CONSEGUIU OUVIR MINHA FLAUTA! É POR ESTE MOTIVO QUE TE DEIXAREI SEGUIR ADIANTE. UAU! EM MEUS SONHOS NÃO VERIA FLORESTA TÃO LINDA. 25
  25. 25. A FLORESTA TE ESPERA, SIGA EM FRENTE. EU SOU O AGUIRY. HEHE! 26
  26. 26. SÓ MAIS UM. UM BEM GRANDE! NUNCA COMI TANTO GUARANÁ NA VIDA.
  27. 27. 28 CONTINUA...
  28. 28. Making of A revista Beabá faz parte do projeto de publicação e valorização das artes gráficas, sendo publicada pelo Estúdio Iéio ‐ Escola de Desenho juntamente com o selo independente www.olivathuspress.blogspot.com www.estudioieio.com.br Edição de número 01, abril de 2013 Editor: Iéio Criação e Desenhos: Daniel Batista Suporte editorial: Renata Grassmann Roda Revisão: Alan Z. Meneghelli Colaboradores: Daniel Esteves (texto), Marco O, Alan Zantut Meneghelli, Iéio, André Sposito, (ilustração) e Marcelo Ducatti (pintura da capa). Impressão: Guillen & Andrioli Tiragem: 1.000 exemplares Estúdio Iéio ESCOLA DE DESENHO Os desenhos de produção, mais conhecido como arte conceitual, fazem parte de qualquer produção que explora o desenho como meio de comunicação, sendo ele para a confecção de livros infantis, gibis e até mesmo para filmes e séries de animação. Outro segmento que utiliza‐se da arte conceitual está na criação de games. Como não seria diferente, o jovem artista Daniel Batista fez diversos estudos até chegar no que mais o agradou. Ao lado, podemos ver a primeira ilustração que aparecem os dois personagens juntos (estudo esse desenvolvido no ano de 2010 em uma das aulas no Estúdio Iéio). Outro trabalho fundamental para o desenvolvimento de personagem é criar o model sheet (folha modelo). Nele, o artista apresenta diversas poses (expressões corporal e facial). Material esse ideal para a equipe de produção se guiar na elaboração dos desenhos do material em produção. EXPEDIENTE Olivathus Press
  29. 29. COMO JÁ NÃO BASTASSE TER VISTO TANTOS DESTES FRUTOS, VOLTAREI A FALAR DO GUARANÁ! COM O NOME CIENTÍFICO DE , O É UMAPAULLINIA CUPANA GUARANAZEIRO TREPADEIRA SILVESTRE TRANSFORMADA EM ARBUSTO PARA O CULTIVO. É NATIVO DA AMÉRICA DO SUL E ENCONTRADO PRINCIPALMENTE NO .BRASIL PROVENIENTE DE FLORES BRANCAS, O ,GUARANÁ QUANDO MADURO, TEM CASCA VERMELHA E DEIXA APARECER A POUPA COM SUAS SEMENTES, PARECENDO-SE COM OLHOS (DE ). O FRUTOAGUIRY CONTÉM GRANDE QUANTIDADE DE , O QUECAFEÍNA GARANTE PROPRIEDADES , FAZENDO COMESTIMULANTES QUE SEJA EMPREGADO NA ÁREA ALIMENTÍCIA, COM E , E NASUCOS REFRIGERANTES FARMACÊUTICA, COM E .REMÉDIOS ENERGÉTICOS APESAR DE TODOS BENEFÍCIOS, COMO ESTIMULANTE, AUMENTANDO A RESISTÊNCIA NOS ESFORÇOS E , O CONSUMO DEVE SERMENTAIS MUSCULARES CONTROLADO POIS PODE CAUSAR EINSÔNIA .DEPENDÊNCIA FÍSICA eNTÃO, NÃO EXAGERE COMO O !BETO PROFESSOR VIDALEXPLICA ! 30
  30. 30. 31 facebook/alanzantutmeneghelli Artista Convidado
  31. 31. 32 facebook/marco.oliveira Artista Convidado
  32. 32. 33 facebook/andre.sposito.75 Artista Convidado
  33. 33. 34 facebook/iéio cartum Artista Convidado
  34. 34. www.betoeaba.blogspot.comwww.betoeaba.blogspot.com
  35. 35. Olivathus Press Quando estava no colégio eu já sonhava em produzir quadrinhos. Apesar dos planos e projetos, só fui publicar anos depois. Hoje vejo uma série de jovens talentos materializando seus sonhos ainda na adolescência. Algumas mudanças no mercado editorial permitiram essa novidade. Daniel Batista é mais um desses autores precoces. Outro adolescente realizando seu sonho. Autor, pois já se apresenta com um estilo de desenho bem definido, com uma temática diferente do que seria comum a um garoto de sua idade, mostrando que tem muitas histórias para contar. Passaram 15 anos desde que entrei no colégio e comecei a sonhar com os tais quadrinhos. Ao que tudo indica, depois desse mesmo período, esses garotos já terão trilhado uma estrada enorme. O que meu xará estará produzindo? Isso eu já não sei, mas espero ter bastante guaraná disponível para manter as energias ao acompanhar essa geração. Vida longa aos precoces autores de quadrinhos nacionais! Daniel Esteves, roteirista e professor de quadrinhos, autor de KM BLUES, O Louco, a Caixa e o Homem, da série Nanquim Descartável, entre outros.

×