Economiarepvelha

538 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
538
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
43
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Economiarepvelha

  1. 1. Economia na República Velha <ul><ul><li>Com o início da segunda fase da revolução industrial o Brasil mantém sua condição agro-exportadora, fornecendo matérias-primas aos países industrializados e obtendo produtos industrializados e empréstimos destes. </li></ul></ul>
  2. 2. O Café
  3. 3. A mudança de hábitos
  4. 4. O “ouro-verde” <ul><li>O café será responsável pela maior parte das divisas brasileiras até o final dos anos 60. </li></ul>
  5. 5. A locomotiva do Brasil
  6. 6. Expansão da Rede Ferroviária
  7. 7. Cacau
  8. 8. Chocolate
  9. 9. O Consumo do Chocolate
  10. 10. A Borracha
  11. 11. A Extração
  12. 12. Consumo Mundial de Borracha
  13. 13. Os Retirantes
  14. 14. Prosperidade
  15. 15. A guerra da Borracha
  16. 16. Necessidade de Matéria-prima
  17. 17. A indústria e o crescimento do operariado <ul><li>Produção de bens de consumo não-duráveis (alimentos, têxteis, bebidas, cigarros) </li></ul><ul><li>Industriais oriundos da classe média (Scarpa, Klabin, Matarazzo). </li></ul><ul><li>O café, apesar de inicialmente financiar a indústria termina por atrapalhar o seu crescimento. </li></ul>
  18. 18. Delmiro Gouvêia
  19. 19. Operariado <ul><li>Formado por ex-escravos, imigrantes, mulheres e menores. </li></ul><ul><li>Condições de trabalho péssimas: longas jornadas, ausência de descanso semanal, legislação trabalhista insuficiente ou não cumprida (direito a férias, indenização, aposentadoria, salário-mínimo). </li></ul><ul><li>Anarquismo. </li></ul>
  20. 20. Anarquismo <ul><li>Teoria social e movimento político, presente na história ocidental do séc. XIX e da primeira metade do séc. XX, que sustenta a ideia de que a sociedade existe de forma independente e antagônica ao poder exercido pelo Estado, sendo este considerado dispensável e até mesmo nocivo ao estabelecimento de uma autêntica comunidade humana. </li></ul>
  21. 21. A greve geral de 1917 <ul><li>A cidade de São Paulo é paralisada pelos operários que demandam melhores condições de trabalho e aumentos salariais. A repressão policial gera uma revolta popular com saques de armazéns, comícios e pancadarias. </li></ul><ul><li>Os empresários aceitam algumas das reivindicações mas o movimento operário declina a partir da lei Adolfo Gordo. </li></ul>
  22. 22. Lei Adolfo Gordo <ul><li>Estrangeiros considerados nocivos poderiam ser expulsos do país. </li></ul><ul><li>Diretorias sindicais não poderiam ser exercidas por imigrantes ou naturalizados a menos de cinco anos. </li></ul>
  23. 23. Desfecho <ul><ul><li>Em 1922 é fundado o partido comunista brasileiro que passa a se fortalecer entre os operários à medida que as ideias anarquistas vão se enfraquecendo. </li></ul></ul>
  24. 24. O Barril de Pólvora <ul><li>“A questão operária é uma questão de polícia” </li></ul><ul><li>Washington Luís </li></ul>

×