Aula repúblicadaespada

709 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
709
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
48
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula repúblicadaespada

  1. 1. Lá vem a República Título
  2. 2. O velho Império se despede
  3. 3. E a jovem República chega
  4. 4. O Positivismo <ul><li>Filosofia-religião do francês Auguste Comte (1798-1857), prega a redenção da sociedade pela ciência com ''o amor por princípio, a ordem por base e o progresso por fim'' </li></ul>
  5. 9. O que deu errado?
  6. 10. República Jovem ou Velha? “O povo assistiu bestificado à proclamação da República“ Aristides Lobo
  7. 11. Primeiras Medidas do Governo Provisório <ul><li>Extinção da Vitaliciedade do Senado </li></ul><ul><li>Dissolução das Câmaras e do Conselho de Estado </li></ul><ul><li>Banimento da família Imperial para a Europa </li></ul><ul><li>A grande Naturalização </li></ul><ul><li>Separação Igreja-Estado </li></ul><ul><li>Nomeação de interventores para os Estados (antigas Províncias) </li></ul><ul><li>Foram marcadas eleições para a Assembléia Constituinte </li></ul>
  8. 12. A República da Espada
  9. 13. O ''Encilhamento''
  10. 14. Motivos do Fracasso do Encilhamento <ul><li>Mercado interno brasileiro reduzido </li></ul><ul><li>Mentalidade dos industriais </li></ul><ul><li>Oposição dos fazendeiros do oeste paulista (a vocação agrária) </li></ul><ul><li>Oposição dos importadores </li></ul>
  11. 15. A Constituição de 1891 <ul><li>Federalismo </li></ul><ul><li>Eleição direta para todos os cargos do Executivo e do Legislativo </li></ul><ul><li>Sufrágio universal masculino para todo cidadão maior de 21 anos, excetuando-se analfabetos, mendigos, soldados e mulheres. </li></ul><ul><li>Voto aberto </li></ul><ul><li>Poder legislativo bicameral </li></ul><ul><li>A Assembléia Constituinte escolheria o primeiro presidente. </li></ul>
  12. 16. Eleitores e excluídos pela Constituição de 1891
  13. 19. O governo Constitucional de Deodoro <ul><li>Eleições impostas (Deodoro x Prudente) </li></ul><ul><li>Aprovação da Lei das Responsabilidades do Presidente </li></ul><ul><li>A Tentativa de dissolução do Congresso e a decretação do Estado de Sítio </li></ul><ul><li>A Renúncia </li></ul>
  14. 20. Governo de Floriano Peixoto (1891-1894) <ul><li>Suspensão do Estado de Sítio, reabertura do Congresso, substituição dos Governadores de Estado que apoiaram Deodoro. </li></ul><ul><li>O problema das novas Eleições </li></ul>
  15. 21. A Revolta da Armada
  16. 22. A Revolução Federalista <ul><li>Disputa pelo poder no Rio Grande do Sul entre federalistas (maragatos) e republicanos (pica-paus) chefiados pelo presidente do estado, Júlio de Castilhos (apoiado por Floriano). </li></ul>
  17. 23. Conclusão: O Marechal de Ferro <ul><li>Consolidação da República </li></ul><ul><li>Situação Financeira difícil </li></ul><ul><li>Medidas Populares urbanas: controle dos aluguéis, do preço da carne, combate à especulação. </li></ul><ul><li>Pequenos incentivos à indústria </li></ul>

×