Sinergia evento 04 de julho

2.041 visualizações

Publicada em

Palestra que ministrei no evento SINERGIA a magia da união

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.041
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
125
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sinergia evento 04 de julho

  1. 1. Sinergia a inteligência das equipes Sinergia a inteligência das Equipes Por Daniel de Carvalho Luz – Julho 2013 1
  2. 2. O Mundo dos Negócios “Somente 10% da população tem o que se chama “vontade de aprender”. 90% não fazem nada para melhorar suas habilidades enquanto o item “aprendizado” não fizer parte da descrição do seu cargo.” Estudo feito pela Harvard Business School publicado em Março de 2007.
  3. 3. “Você não tem escolha, não tem para onde fugir. O mundo vai lhe alcançar de uma forma ou de outra, e a única opção inteligente é se preparar para ele. Estamos falando do excitante, enfadonho, heroico, canalha, pequeno, grandioso mundo dos negócios. O mundo real.” David Cohen – Antigo editor da revista Exame O Mundo dos Negócios
  4. 4. Slides disponíveis em www.slideshare.net/daniel.luz Contato: 15 9126 5571 Daniel.luz@aprh.org.br Sinergia a inteligência das Equipes Por Daniel de Carvalho Luz – Julho 2013
  5. 5. 39.100.000 Equipes; 15.600.000 Equipes de trabalho; 232.000 Importancia do trabalho em equipes; 11.400.000 Desenvolvimento de Equipes. Por que Falar sobre Equipes? Pesquisa no Google por palavras-chave resulta em elevado número de acessos:
  6. 6. A sinergia é um conceito que vem do grego “Synergo”, que quer dizer literalmente “Trabalhando em conjunto”. Seu significado atual refere-se ao efeito que há, quando as pessoas trabalham juntas, e o resultado final é maior que o esperado considerando o somatório das ações ou desempenho individuais. 6 Definição de Sinergia Sinergia a inteligência das Equipes Por Daniel de Carvalho Luz – Julho 2013
  7. 7. 7 O efeito Ringelmann Fenômeno que leva a performance individual a decrescer à medida que aumenta o número de pessoas no grupo. 7 Por Daniel de Carvalho Luz – Julho 2013
  8. 8. 8 Grupo, Equipe ou Time? Grupo – valores comuns Equipe – Objetivos comuns Time – Habilidades há serviço de um objetivo comum Conceituando uma entidade chamada equipe 8
  9. 9. O DNA dos Relacionamentos para refletir A vida é relacionamento, o resto não passa de detalhe. Essa é a maior verdade. Tudo na vida que realmente importa resume-se aos relacionamentos. _ Dr. Gary Smalley 9Sinergia a inteligência das Equipes Por Daniel de Carvalho Luz – Julho 2013
  10. 10. 10 A anatomia de uma Empresa ─ Gente Uma empresa é formada por pessoas com cultura, formação, educação, costumes, tradição e etc. Diferentes 10Sinergia a inteligência das Equipes Por Daniel de Carvalho Luz – Julho 2013
  11. 11. R + R - R = R + R “Regras e regulamentos menos relacionamentos é igual a ressentimentos e rebeliões.” Disciplina e relacionamento 11Sinergia a inteligência das Equipes Por Daniel de Carvalho Luz – Julho 2013
  12. 12. “Noventa por cento da arte de viver consiste em se dar bem com pessoas que você não gosta.” Postura e asserçãoPatologias nos relacionamentos 1212Sinergia a inteligência das Equipes Por Daniel de Carvalho Luz – Julho 2013
  13. 13. 13 Para pensar Reunir-se é um começo, permanecer juntos é um progresso, e trabalhar juntos é um sucesso. - Henry Ford 13
  14. 14. Os outros Você Empresa Sinergia Complexado Conflito Solitário Qualidades de uma relacionamento saudável - Sinergia A Sinergia acontece quando há equilíbrio nos três tipos de relacionamentos: com os outros, com você mesmos e com a Empresa. Se quisermos Sinergia então relacionamentos não serão uma opção 1414Sinergia a inteligência das Equipes Por Daniel de Carvalho Luz – Julho 2013
  15. 15. Os três relacionamentos devem estar equilibrados Você Os outros Empresa 151515Sinergia a inteligência das Equipes Por Daniel de Carvalho Luz – Julho 2013
  16. 16. O grito do nosso maior inimigo Eu sou assim! Vá até o espelho e olhe para ele. Você conhece essa pessoa que está refletida à sua frente? Ela é o que você sonhava ser? É generosa? É um bom marido, uma boa esposa, um bom filho, uma boa filha? Mas principalmente, pergunte ao seu reflexo: Você é um bom exemplo? Aqueles que se espelharem em você serão boas pessoas? Como seria o mundo se fosse habitado por pessoas iguais a você? 1717Sinergia a inteligência das Equipes Por Daniel de Carvalho Luz – Julho 2013
  17. 17. 18 Para refletir Síndrome de Procusto Na mitologia grega, um gigante chamado Procusto convidava pessoas para passarem a noite em sua cama de ferro. Mas havia uma armadilha nesta hospitalidade: ele insistia que os visitantes coubessem, com perfeição, na cama. Se eram muito baixos, ele os esticava; se eram altos, cortava suas pernas. Por mais artificial que isto possa parecer, será que não gastamos um bocado de energia emocional tentando alterar ou "enquadrar" outras pessoas de formas diversas, embora menos drásticas? Esperamos, com frequência, que os outros vivam segundo nossos padrões e ideais, ajustando-se aos nossos conceitos de como eles deveriam ser. Ou então, assumimos a responsabilidade de torná-los felizes, bem ajustados e emocionalmente saudáveis. A verdade é que grande parte dos atritos que existem nos relacionamentos acontecem quando tentamos impor nossa vontade aos outros - quando tentamos administrá-los e controlá-los.Sinergia a inteligência das Equipes Por Daniel de Carvalho Luz – Julho 2013
  18. 18. por Daniel de Carvalho Luz - Julho 2013 Entrementes Nesta Altura dos Acontecimentos 18% estão realmente atentos ao apresentador 25% estão tendo pensamentos eróticos 57% estão pensando outras coisas
  19. 19. 20 7 Elementos fundamentais para gerar SINERGIA 1. Maturidade pessoal; 2. Inteligência Social; 3. Inteligência cultural; 4. Trabalhar de forma cooperativa; 5. Interpendência; 6. Missão; 7. Objetivos comuns. 20Sinergia a inteligência das Equipes Por Daniel de Carvalho Luz – Julho 2013
  20. 20. Qualquer um pode zangar-se - isso é fácil. Mas zangar-se com a pessoa certa, na medida certa, na hora certa, pelo motivo certo e da maneira certa - não é fácil! Competência emocional 2121
  21. 21. Estabilidade Aceitação ou Abandono Raiva Negação Imobilização Barganha Teste Depressão TEMPO AtivaPassiva RESPOSTAEMOCIONAL Developed by Sharon M. Danes, Professor, University of Minnesota, Family Social Science Department, College of Human Ecology & Resource Management Specialist, Minnesota Extension Service, and illustrated by Jim Kiehne Graphics. From Kubler-Ross, E., 1969, On Death and Dying. 22 Respostas Emocionais às Mudanças
  22. 22. "As únicas coisas que acontecem naturalmente dentro de uma equipe são atritos, confusão e má performance. Todas as outras coisas são resultados de liderança". - Peter Drucker por Daniel de Carvalho Luz - Julho 2013 Para pensar!
  23. 23. Honesto, confiável, responsável; Domínio de sua atividade; Proativo - forte sentido de urgência; Honra seus compromissos; Entrega resultados necessários; Criativo / inovador; Garante que as suas ações são consistentes com as palavras; É um indíviduo agradável para se trabalhar. Comunica-se e mantem todos informados; Ajuda os outros membros da equipe. O que é necessário para ser um membro valioso da equipe
  24. 24. Pessoas Melhores, Melhores Resultados.
  25. 25. Qual o perfil do profissional classe “A”?
  26. 26. Perfil ideal Capital Intelectual; Capital Social; Capital Moral.
  27. 27. Desconfiança ConfiançaSimpatia BAIXO NÍVEL DE ADEQUAÇÃO ALTO NÍVEL DE ADEQUAÇÃO Variável COMPETÊNCIA Respeito Profissional Classe “A” Perfil ideal – Interesse x Competencia
  28. 28. Classe C Classe A Pró ativo Classe B- “Babaca” BAIXO NÍVEL DE ADEQUAÇÃO ALTO NÍVEL DE ADEQUAÇÃO Variável COMPORTAMENTO Classe B+ Profissional Classe “A” Asshole por Daniel de Carvalho Luz - Julho 2013 Perfil ideal – Resultados x Comportamento
  29. 29. Todo estudo, Toda pesquisa, todo conhecimento é de pouco uso… se você não aplicar o que você aprender! Lembre-se... Sinergia a magia da união

×