Feedback - segunda aula no MiniBA da APRH

1.231 visualizações

Publicada em

Segunda aula ministrada no Curso MiniBA em liderança, tema: FEEDBACK

Publicada em: Negócios
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.231
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
102
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Are we talking about race and gender?
  • Feedback - segunda aula no MiniBA da APRH

    1. 1. MiniBAMini Business Administration Course Disciplina – Gestão de Pessoas com enfoque em Feedbackpor Daniel de Carvalho Luz 1Aula na APRH – 29 de Setembro 2012
    2. 2. Para fazer download dos slides Slides disponíveis em http://www.slideshare.net/daniel.luz/presentations Contato:+ 55 15 9126 5571 Daniel.luz@jci.compor Daniel de Carvalho LuzAula na APRH – 29 de Setembro 2012
    3. 3. Feedback e DesempenhoFeedback em 10 passos
    4. 4. Feedback em 10 passos Vá direto ao ponto. O propósito desta reunião é... Eu pedi que você viesse aqui, para discutirmos... Eu quero passar um tempo discutindo, como você...por Daniel de Carvalho Luz 4Aula na APRH – 29 de Setembro 2012
    5. 5. Feedback em 10 passos Esclareça o ‘porque’ da conversa. Eu estou preocupado com... Ocorreu um problema em...por Daniel de Carvalho Luz 5Aula na APRH – 29 de Setembro 2012
    6. 6. Feedback em 10 passos Diga o que você sabe. Eu vi... Quando eu soube, eu examinei a questão por...por Daniel de Carvalho Luz 6Aula na APRH – 29 de Setembro 2012
    7. 7. Feedback em 10 passos Descreva as consequências da continuidade do comportamento. Se isso acontecer novamente, então... Vendo a situação do ponto de vista do cliente, parece que...por Daniel de Carvalho Luz 7Aula na APRH – 29 de Setembro 2012
    8. 8. Feedback em 10 passos Descreva como você se sente quanto ao que sabe. Eu estou muito preocupado em relação a... Eu não acho certo que... Aborrece-me o fato de que continuem a ocorrer erros napor Daniel de Carvalho Luz função... 8Aula na APRH – 29 de Setembro 2012
    9. 9. Feedback em 10 passos Encoraje a outra parte a dar a própria versão do ocorrido. Bom, isto é o que eu sei, mas qual sua visão... Você viu desse jeito... Okay, e qual é a sua reação?por Daniel de Carvalho Luz 9Aula na APRH – 29 de Setembro 2012
    10. 10. Feedback em 10 passos Faça quantas perguntas você necessitar, para entender a situação do ponto de vista da outra pessoa. Bem, como você sabe disso... E então, o que aconteceu ?por Daniel de Carvalho Luz Se você fez isso, então por que 10Aula na APRH – 29 de Setembro 2012 fez...
    11. 11. Feedback em 10 passos Decida quais ações específicas têm de ser feitas, quando, e comunique isso à outra parte. Eu acredito que você tem de... Na próxima reunião, comopor Daniel de Carvalho Luz descrito no quarto item da 11Aula na APRH – 29 de Setembro 2012 pauta, você fará...
    12. 12. Feedback em 10 passos Faça um resumo da conversa. Vamos recapitular, você irá... e eu irei...por Daniel de Carvalho Luz 12Aula na APRH – 29 de Setembro 2012
    13. 13. Feedback em 10 passos10º Acompanhamento. Eu entrarei em contato com você na próxima...por Daniel de Carvalho Luz 13Aula na APRH – 29 de Setembro 2012
    14. 14. Indicadores deDesempenhoe sua relação com oFeedback 14
    15. 15. Objetivos • Estabelecer critérios para o desempenho; • Focalizar o desempenho; • Oferecer incentivos; • Dar recompensas significativas; • Avaliar o impacto do reconhecimento escolhido; • Planejar reconhecimento espontâneo.por Daniel de Carvalho Luz 15Aula na APRH – 29 de Setembro 2012
    16. 16. Estabeleça Critérios para o Desempenho• Identifique o padrão para o sucesso.• Crie um método de medida.• Defina um prazo para a realização de tarefas.• Informe sobre as expectativas. 16
    17. 17. Deixe muito claro suasexpectativas!por Daniel de Carvalho Luz 17Aula na APRH – 29 de Setembro 2012
    18. 18. Focalize o desempenho • Use critérios para medir o desempenho. • Reconheça conquistas ao longo do caminho. • Amarre o reconhecimento à conquista. • Balanceie feedback construtivo com feedback positivo. 18
    19. 19. Avalie o Impacto do Reconhecimento • Conecte o reconhecimento ao interesse; • Leve em consideração o que o empregado valoriza; • Observe as respostas ao reconhecimento; • Avalie o impacto do reconhecimento sobre o desempenho. 19
    20. 20. Ofereça Incentivos• Acredite nas habilidades dos empregados.• Compartilhe algo importante para você.• Personalize o reconhecimento.• Ofereça-se para ajudar. 20
    21. 21. Dê Recompensas Significativas • Avalie a estrutura de pagamento. • Elogie o esforço deles. • Reconheça as conquistas deles. • Externe reconhecimento oportuno. • Informe sobre programas de reconhecimento.por Daniel de Carvalho Luz 21Aula na APRH – 29 de Setembro 2012
    22. 22. Planeje Reconhecimento Espontâneo • Escolha o que reconhecer. • Observe o comportamento. • Reconheça a conquista. • Dinheiro gasto não equivale a valor recebido. • Dê um toque especial. • Surpreenda-os!por Daniel de Carvalho Luz 22Aula na APRH – 29 de Setembro 2012
    23. 23. Resumo • Dê a eles a pontuação. • Não faça julgamentos. • Visualize o resultado final. • Exiba as conquistas deles. • Planeje reconhecimento espontâneo. • Experimente maneiras diferentes de reconhecer as conquistas deles. • Desafie-os a se aperfeiçoarem.por Daniel de Carvalho Luz • Trate-os como vencedores. 23Aula na APRH – 29 de Setembro 2012
    24. 24. Efetividade da LiderançaEfetividade da Liderança Melhor Liderança mais Engajamento Foco na comunicação assertiva
    25. 25. "As únicas coisas que acontecem naturalmente dentro de uma equipe são atritos, confusão e má performance. Todas as outras coisas são resultados de liderança".por Daniel de Carvalho Luz Peter DruckerAula na APRH – 29 de Setembro 2012
    26. 26. Para pensar
    27. 27. The Manager (D) Effect “when people leave companies, they tend not to quit the company, they are morelikely to have quit the boss.” Ken Blanchard
    28. 28. Até o final do mes… 5 empregados deixarão a empresa por causa do seu superior imediatopor Daniel de Carvalho LuzAula na APRH – 29 de Setembro 2012
    29. 29. Princípios Básicos de Liderança Aprendizado Ensino Exemplo Disciplina Cuidadopor Daniel de Carvalho LuzAula na APRH – 29 de Setembro 2012
    30. 30. Capital Moral Os 3 ComponentesPergunta 1: É legal?O termo legal não significa somente lei Legalcivil ou penal; também significa ocódigo de ética ou normas de condutada organização.Pergunta 2: É Justo?A decisão vai ser justa, ou será quefavorecerá descaradamente uma daspartes no curto ou longo prazo?Decisões assimétricas, ganha-perde,acabam invariavelmente comosituações ganha-perde.Pergunta 3: Você pode tomar Autonomiaesta decisão? Está no meu nível de Justo eautonomia, vai além de normas Deverexistentes? Como vou me sentir comigomesmo? Você gostaria que seus filhosou netos soubessem o que você fez?
    31. 31. Qualidade nas decisões Pergunta 1: atende a especificação? Atende a especificação do Cliente? Atende a especificação do projeto, atende o parâmetro do processo, da matéria prima? Pergunta 2: Tem risco? Abertura do desvio, quem assumiu risco? O Especificações risco foi calculado? Qual o impacto para o consumidor final, quais as a consequências deste desvio? Pergunta 3: Você pode tomar esta decisão? Está no meu nível de autonomia, vai além de normas existentes? Como vou me sentir comigo mesmo? Você gostaria que seu chefe ou o cliente Tem risco? Autonomia soubessem o que você fez?por Daniel de Carvalho LuzAula na APRH – 29 de Setembro 2012
    32. 32. Best people, best results!por Daniel de Carvalho LuzAula na APRH – 29 de Setembro 2012
    33. 33. Efetividade da LiderançaPor que é tão crítico reter Profissionais Atualmente?por Daniel de Carvalho LuzAula na APRH – 29 de Setembro 2012
    34. 34. Liderança – A Imagem Projetada Quanto mais “cuidado” os profissionais se sentem, menores são as intenções de deixarem as empresas. Dentre os fatores de maior impacto na efetividade da Liderança, destacamos: confiança na liderança e no futuro da empresa; transparência na comunicação; gestão de desempenho atrelada às oportunidades de desenvolvimento; oportunidades de desenvolvimento diversificadas; autonomia e existência recursos de trabalho adequados Fonte Hay Group 2011
    35. 35. Atração e retenção Para Reter éNecessário atrair! Quais os aspectos que tem atraído os talentos para a Johnson Controls?
    36. 36. Os Seis fatores de Engajamentopor Daniel de Carvalho Luz Fonte Hay Group 2011Aula na APRH – 29 de Setembro 2012
    37. 37. Engajar e Reter através da comunicação O superior imediato é a figura chave no processo de retenção e engajamento de profissionais Entre os que querem permanecer nas empresas, 60% acreditam que o superior imediato auxilia o seu desempenho e 73% oenxergam como um incentivador na busca por desafios. Fonte Hay Group 2011
    38. 38. sem uma linguagem comum
    39. 39. Comunicação Proativa Assertividadepor Daniel de Carvalho LuzAula na APRH – 29 de Setembro 2012
    40. 40. Relevância da comunicação Comunicação e Liderança “A habilidade necessária para expressar uma ideia é tão importante quanto a própria ideia”. Aristótelespor Daniel de Carvalho LuzAula na APRH – 29 de Setembro 2012
    41. 41. Relevância da ComunicaçãoDo LatimCOMMUNICARETornar comumpor Daniel de Carvalho LuzAula na APRH – 29 de Setembro 2012 Compartilhar
    42. 42. Curiosa decomposição da palavraCOMUNICAÇÃOCom........................Estar juntoCom Um................. Estar junto a alguémComum...................Entrosado, em comunhão, de acordoComo Uni............... Que estabelece pontes-intercâmbioComunica...............Faz-se claro e entendidoCom Única..............Com meios precisosCom Única Ação.....Coerente, e não deixa dúvidasComunica Ação.......Movimenta, impulsiona, empurra
    43. 43. Postura e asserção “Pessoas brilhantes falam sobre ideias. Pessoas medíocres falam sobre coisas. Pessoas pequenas falam sobre outras pessoas.” Dick Corrigan
    44. 44. A comunicação dos líderes A linguagem que gera resultados DEVER Despertar no Interlocutor a CONSCIÊNCIA de seus O que fazer múltiplos papéis no contexto da ORGANIZAÇÃO e o que é demandado destes papéis. SER Trazer o conteúdo contextualizado para alinhar as Como fazer COMPETÊNCIAS individuais com as COMPETÊNCIAS necessárias para a empresa. QUERER Despertar nas pessoas o desejo de crescer e Obtendo CONTRIBUIR com os resultados da Comprometimento empresa.por Daniel de Carvalho LuzAula na APRH – 29 de Setembro 2012
    45. 45. O Processo da ComunicaçãoMensagem Filtros Emissor Receptor Canal Feedback 47
    46. 46. Assertividade Assertivo Passivo Agressivopor Daniel de Carvalho LuzAula na APRH – 29 de Setembro 2012
    47. 47. Assertividade e asserção Postura O que você quer dizer? Conteúdo
    48. 48. Assertividade Como lidar com dificuldades, emoções, estresse, raiva, e confrontos.
    49. 49. Assertividade Assertividade é ... expressar seus sentimentos sem negar os direitos dos outros Assertividade é o comportamento que torna a pessoa capaz de buscar seus próprios interesses, a se afirmar sem a ansiedade indevida, a expressar seus desejos e necessidades, a exercitar seus direitos sem constrangimento e sem negar o direito e dos outros.

    ×