As grandes exclamações da biblia

1.334 visualizações

Publicada em

Escola Biblica

1 comentário
2 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.334
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
117
Comentários
1
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

As grandes exclamações da biblia

  1. 1. Grandes Exclamações da BíbliaEscola Bíblica – Comunidade Evangélica Cristo para as NaçõesPor Daniel de Carvalho Luz
  2. 2. Exclamar O que significa Exclamar?Escola Bíblica – Comunidade Evangélica Cristo para as NaçõesPor Daniel de Carvalho Luz 2
  3. 3. O Poder da palavra AprendendoNa literatura ao longo dos séculos a Bíblia sesobressai sem paralelo; ela é singular. Todosos que experimentaram seu podertransformador em suas vidas dificilmentenegarão que ela é a Palavra do Deus vivo. Escola Bíblica – Comunidade Evangélica Cristo para as Nações Por Daniel de Carvalho Luz 3
  4. 4. As exclamações da Bíblia Quem?Exclamações de Deus;Exclamações de pessoas sem Deus;Exclamações dos servos de Deus.Escola Bíblica – Comunidade Evangélica Cristo para as NaçõesPor Daniel de Carvalho Luz 4
  5. 5. A anatomia de uma exclamação Dissecar, meditar, abstrair e interrogarExemplo:João 10.9Eu Sou a Porta!9 Eu sou a porta. Quem entrar pormim será salvo; poderá entrar esair e achará comida.Escola Bíblica – Comunidade Evangélica Cristo para as NaçõesPor Daniel de Carvalho Luz 5
  6. 6. A anatomia de uma exclamação DissecandoExemplo:João 10.9Eu Sou a Porta!9 Eu sou a porta. Quem entrar por mim será salvo;poderá entrar e sair e achará comida.1. Simplicidade............................. “Eu Sou”2. Exclusão................................ “por mim”3. Inclusão..........................“qualquer um”4. Condição...................................“entrar”5. Segurança...........................“será salvo”6. Liberdade........................“entrar e sair”7. Provisão...................... “haverá comida”Escola Bíblica – Comunidade Evangélica Cristo para as NaçõesPor Daniel de Carvalho Luz 6
  7. 7. Declaração positiva???? Aprendendo Há Poder nas palavras? ou na PALAVRA?Escola Bíblica – Comunidade Evangélica Cristo para as NaçõesPor Daniel de Carvalho Luz 7
  8. 8. O que as pessoas querem com as declarações positivas? Minha vida depende do que eu falo ou do que pratico? Só querem bênçãos, sem se importar com o abençoador. Querem as coisas de Deus, embora não pensem em conhecê-Lo. Buscam o pão da terra, mas rejeitam o pão do céu.Escola Bíblica – Comunidade Evangélica Cristo para as NaçõesPor Daniel de Carvalho Luz 8
  9. 9. Definindo os termos Movimento de Confissão Positiva?O que é o Movimento do PensamentoPositivo? É a crença em que o pensamento deuma pessoa é o fator primordial em relação a suascircunstâncias. Só em ter pensamentospositivos todas as influências e circunstânciasnegativas serão vencidas.E o Movimento de Confissão Positiva? É aversão cristianizada do pensamento positivo queessencialmente substitui a fé em Deus pelahabilidade de ter fé em si mesmo. O simples fatode confessar positivamente o que se crê faz comque o desejo confessado aconteça. Escola Bíblica – Comunidade Evangélica Cristo para as Nações Por Daniel de Carvalho Luz 9
  10. 10. A exclamação danosa O perigo de declarações sem fundamento Bíblico O verbo decretar está sendo conjugado dia-a-dia pelas mais variadas denominações. Mas, qual o motivo da frase “tá decretado!” e suas variações estarem erradas?Não temos que reivindicar os nossos direitos junto ao Pai? Não somos filhos do Rei? As nossas palavras não possuem poder?Escola Bíblica – Comunidade Evangélica Cristo para as NaçõesPor Daniel de Carvalho Luz 10
  11. 11. Por que não creio assim O que diz a BíbliaDevemos também lembrar-nos de que o termodecreto pertence somente ao Senhor de TodaGlóriaOs decretos eternos de Deus é exclusivo deSua pessoa o qual fez desde a Eternidade.Sl 33.11; Is 46.9-10; Dn 4.34-35; Mt 10.29-30; Lc 22.22; At2.23; 4.27-28; 17.26; Rm 4.18; 8.18-30; I Co 2.7; Ef 1.11;2.10; II Tm 1.8-9; I Pe 1.18-20.Escola Bíblica – Comunidade Evangélica Cristo para as NaçõesPor Daniel de Carvalho Luz 11
  12. 12. Os Decretos de Deus Grandes ExclamaçõesSalmos 33.11Mas o que o SENHOR planeja dura para sempre, as suasdecisões permanecem eternamente.Isaias 46.9 – 109 Lembrem do que aconteceu no passado e reconheçamque só eu sou Deus, que não há nenhum outro como eu.10 Desde o princípio, anunciei as coisas do futuro; hámuito tempo, eu disse o que ia acontecer. Afirmei que omeu plano seria cumprido, que eu faria tudo o que haviaresolvido fazer.Escola Bíblica – Comunidade Evangélica Cristo para as NaçõesPor Daniel de Carvalho Luz 12
  13. 13. Os Decretos de Deus Grandes ExclamaçõesDaniel 4. 34 – 35O rei disse: – Depois de passados os sete anos, eu olheipara o céu, e o meu juízo voltou. Aí agradeci ao DeusAltíssimo e dei louvor e glória àquele que vive parasempre. Eu disse: “O poder do Altíssimo é eterno; o seureino não terá fim.35 Para ele, os seres humanos não têm nenhum valor; elegoverna todos os anjos do céu e todos os moradores daterra. Não há ninguém que possa impedi-lo de fazer o quequer; não há ninguém que possa obrigá-lo a explicar o quefaz.”Escola Bíblica – Comunidade Evangélica Cristo para as NaçõesPor Daniel de Carvalho Luz 13
  14. 14. Os Decretos de Deus Grandes ExclamaçõesMateus 10.29 – 3029 Por acaso não é verdade que doispassarinhos são vendidos por algumasmoedinhas? Porém nenhum deles cai no chãose o Pai de vocês não deixar que issoaconteça.30 Quanto a vocês, até os fios dos seuscabelos estão todos contados.Escola Bíblica – Comunidade Evangélica Cristo para as NaçõesPor Daniel de Carvalho Luz 14
  15. 15. Os Decretos de Deus Grandes ExclamaçõesI Pedro 1.18-20.18 Pois vocês sabem o preço que foi pago para livrá-los da vida inútil que herdaram dos seusantepassados. Esse preço não foi uma coisa queperde o seu valor como o ouro ou a prata.19 Vocês foram libertados pelo precioso sangue deCristo, que era como um cordeiro sem defeito nemmancha.20 Ele foi escolhido por Deus antes da criação domundo e foi revelado nestes últimos tempos embenefício de vocês.Escola Bíblica – Comunidade Evangélica Cristo para as NaçõesPor Daniel de Carvalho Luz 15
  16. 16. Os planos de DEUS são etenos Grandes ExclamaçõesEscola Bíblica – Comunidade Evangélica Cristo para as NaçõesPor Daniel de Carvalho Luz 16
  17. 17. Tende fé em Deus! Marcos 11:22-23 E Jesus, respondendo, disse-lhe: Tende fé em Deus; Porque em verdade vos digo que qualquer que disser a este monte: Ergue-te e lança-te no mar, e não duvidar em seu coração, mas crer que se fará aquilo que diz, tudo o que disser lhe será feito. Os defensores apregoam que o verso acima ensina que devemos ter a fé de Deus, ou seja, a confissão que gera as coisas. Declarar a existência de coisas que do nada virão a existir, podendo assim criar a realidade que quisermos.Escola Bíblica – Comunidade Evangélica Cristo para as NaçõesPor Daniel de Carvalho Luz 17
  18. 18. Implicações práticas de se crê na doutrina da decretação Os perigos da declaração positiva A Doutrina da declaração positiva aniquila a Soberania de Deus Deus não depende das palavras dos homens para agir. Deus é e sempre será Soberano. Soberania é o atributo pelo qual Deus possui completa autoridade sobre todas as coisas criadas, determinando-lhe o fim que desejar. (Gn 14:19; Ne 9:6; Ex 18:11; Dt 10:14-17; I Cr 29:11; II Cr 20:6; Jr 27:5; At 17:24-26; Jd 4; Sl 22:28; 47:2,3,8; 50:10- 12; 95:3-5; 135:5; 145:11-13; Ap.19:6).Escola Bíblica – Comunidade Evangélica Cristo para as NaçõesPor Daniel de Carvalho Luz 18
  19. 19. Implicações práticas de se crê na doutrina da decretação Os perigos da declaração positiva A Doutrina da declaração positiva enaltece o homem Quando entendemos biblicamente quem na realidade é o homem, ficamos sobremaneira conscientes de nossas falhas e limitações. A Bíblia nos mostra claramente que o homem nada é comparado ao Senhor nosso Deus. A Bíblia retrata como na verdade é o homem (Ezequiel 16:4-5; Is 1:6 Rm 3:10-18; Sal 51:5; 58:3; Is 48:8;João 5:40; Rm 1:28; 3:11, 18; II Pedro 3:5; Rm 8:8; Jr 13:23; João 6:44-45; Rm 8:6-8; Ef 4:18; Rm 1:21; Jr 17:9).Escola Bíblica – Comunidade Evangélica Cristo para as NaçõesPor Daniel de Carvalho Luz 19
  20. 20. Implicações práticas de se crê na doutrina da decretação Os perigos da declaração positiva A Doutrina da confissão positiva dá mais valor a palavra falada do que às Escrituras. Onde fica a luta de reformadores como Lutero? Muitos foram aqueles que lutaram para que hoje tivéssemos a Palavra de Deus em nossas mãos. Muito sangue foi derramado para que pudéssemos ler às Escrituras sem a interferência da vontade humana.A Bíblia deixou de ser relevante para as nossas vidas? Creio firmemente que não e os textos bíblicos confirmam isso : Sl 19:7-11; Sl 119; Jo 5:39; Rm 15:4; II Tm 3:16-17.Escola Bíblica – Comunidade Evangélica Cristo para as NaçõesPor Daniel de Carvalho Luz 20
  21. 21. Implicações práticas de se crê na doutrina da decretação Os perigos da declaração positiva A Doutrina da declaração positiva dá um conceito simplista da fé cristã. O evangelho de Cristo é o evangelho da cruz, da renúncia, do arrependimento, do nascer de novo. O cristianismo de hoje é um cristianismo sem cruz, sem sacrifícios. Gosto de dizer que é o evangelho boa vida, evangelho não-faça- nada-e-ganhe-tudo. Esse não é o evangelho de Cristo. Basta vermos alguns textos para comprovar o que estou dizendo: Jo 3; Mt 16:24; Mc 8:34; Lc 9:23; Gl 6:12; Mt 3:8; Lc 5:32; II Pd 3:9, etc.Escola Bíblica – Comunidade Evangélica Cristo para as NaçõesPor Daniel de Carvalho Luz 21
  22. 22. Implicações práticas de se crê na doutrina da decretação Os perigos da declaração positiva Conclusão: Estude a Palavra e não fique por ai repetindo, comopapagaio, aquilo que você escuta na televisão. É muito fácil pregar heresias. É muito prático dizer um abracadabra evangélico para que tudo se resolva. Difícil é estudar com afinco às Escrituras, passar horas debruçado sobre as páginas santas desse livro. Buscar de Deus o verdadeiro sentido da vida, entender às verdades centrais desse livro, no entanto, é salutarEscola Bíblica – Comunidade Evangélica Cristo para as NaçõesPor Daniel de Carvalho Luz 22

×