Adapte se ou morra

2.052 visualizações

Publicada em

Palestra que ministrei no encontro mensal de RH na APRH de Sorocaba-SP
em 14 de Maio de 2013

Publicada em: Negócios
1 comentário
3 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.052
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
133
Comentários
1
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • We can find the three primary shapers of modern thinking in a painting by Raphael Sanzio called “The School of Athens”…
  • …As mentioned before, the first of these guys was Socrates. You can see him here talking to some dude about something that was probably intelligent.
  • The second was Plato. He is just chilling here pointing up into the air.
  • The last of these guys, Aristotle, is standing next to Plato and pointing out to the earth. We’ll look at why later.
  • …Socrates lived from 469 BC to 399 BC.
  • …Socrates. The old guy who drowns his students. (Not really.)
  • Unfortunately, the world can be resistant to new ideas. Socrates made many people angry by his blunt honesty, radical new ways of thinking, criticism of politics and rulers, and method of teaching. The Athenian ruling world felt threatened by the great influence Socrates had, and especially by his criticism of their government and immorality and his praise of their archrival Sparta. So..
  • Adapte se ou morra

    1. 1. 2PalestraAdapte-se ou MorraPalestranteDaniel de Carvalho LuzBusiness Insight
    2. 2. Hoje é um dia extremamenteimportante em sua vida ...14 de Maio 2013Pense nisso!C o n t a t o – 1 5 9 1 2 6 5 5 7 1 D a n i e l @ a p r h . o r g . b rProfessor Daniel de Carvalho luz
    3. 3. Escolha apenas uma figura geométrica.Vamos nos conhecer
    4. 4. O mundo está mudando
    5. 5. 6Adapte-se ou Morra.Professor Daniel de Carvalho LuzFone (15) 9126 5571
    6. 6. Vou fazer duas perguntas para começar
    7. 7. Mudança é o processoonde ofuturo invade nossas vidas‐ AlvinToffler
    8. 8. Quem inventou esta tal deMudança?
    9. 9. Então Adãocolocou a mão noombro de Evaconduzindo–apara fora doparaíso, disse:querida isso éapenas uma fasede transição.Mabuse (1478–1532)
    10. 10. “A única constanteé a mudança.”“Ninguém entraem um mesmo riouma segunda vez,pois quando issoacontece já não seé o mesmo, assimcomo as águas quejá serão outras.”_Heráclito de Éfeso
    11. 11. A sabedoria de Salomão13O que foi, é o quehá de ser; o que sefez, isso se tornaráa fazer. Não hánada de novodebaixo do sol.Salomão dizia isto há3.000 anos ...
    12. 12. EmpresaPessoal•Inovação•ConteúdocomportamentalMudanças•TendênciasMercadoGestão de Mudanças O conteúdo do tema deGestão de Mudanças alcança as três esferas maisimportantes para o sucesso de um negócio: EMPRESA enecessidade de inovar, o MERCADO e suas tendências e asPESSOAS e suas atitudes.Amplitude do temaAdapte-se ou Morra
    13. 13. Platão
    14. 14. Platão
    15. 15. Quandoesses carasapareceram?
    16. 16. Sócrates469 AC – 399 ACPlatão427 AC – 347 ACAristóteles384 AC – 322 AC
    17. 17. Kurt Lewin – análise do campo de força e as três etapasPeter Senge – Modelo sistêmicoJohn Kotter – Oito etapasBeckhard e Harris- A fórmula da mudançaWillian Bridges – Gerenciamento da transição22Estudiosos do Tema Mudança
    18. 18. 23Kurt Lewin, psicólogoalemão, nasceu em 1890 naAlemanha e morreu em 1947nos Estados Unidos.Foi o psicólogo que deixou aherança mais importantepara o movimento dasCiências do Comportamento.Criação da Teoria deCampoCriação da Pesquisa AçãoConsiderado o fundadorde Dinâmica de Grupo..A partir dele houve umagradativa diversificação dasciências sociais.
    19. 19. 24Peter Sengeé uma das marcas de prestígiointernacional do MassachusettsInstitute of Technology (MIT)na área da gestão.A ele se deve a difusão do conceito deaprendizagem organizacionale de organização que aprende(conhecido mundialmente pela“buzzword”, em inglês learningorganization) que passou a entrar nalinguagem de negócios.
    20. 20. 25John KotterDr. John Kotter é o guruda liderança e da mudança emHarvard Business School.É autor de 11 livros, todosbest-sellers da área de gestão.Kotter, é palestrante emdiversos seminários emHarvard e por todo omundo.Vive em Cambridge,Massachusetts, nos EstadosUnidos da América.
    21. 21. Mudanças - definições26Nadler, David. & Nadler, Mark B. 1998 Champions ofchange : how CEOs and their companies aremastering the skills of radical change“Change is persuadingmassive numbers ofpeople to stop what theyhave been doing and startdoing something thatthey probably don’t wantto do.”- David Nadler, Champions of Change
    22. 22. O que você deve saber?Adapte-se ou Morra27
    23. 23. FirstSome info about the world.
    24. 24. Muros foram derrubados;Fronteiras desapareceram;Distâncias encolheram;Diversidade: de inconveniente a altamentedesejável;O consumidor se tornou importante;Meio ambiente virou preocupação;Qualidade de vida tornou-se umaaspiração;A concorrência ficou mais esperta;E as horas ficaram mais curtas…...O Mundo Mudou Debaixo de Nossos Olhos!
    25. 25. VocêSabia
    26. 26. Algumas vezestamanho Importa
    27. 27. Se VOCÊ é um entre um milhão na CHINA...
    28. 28. ... Há 1.300 pessoas exatamente iguais a você!!!!!!
    29. 29. Na Índia há 1.100 pessoasExatamente iguais a você
    30. 30. Mas no Brasil seriam apenas 183Brazil
    31. 31. QI75%25%25% da população na ChinaTem QI’s muito altosISTO REPRESENTA UMA POPULAÇÃOMAIOR QUE A DOS ESTADOS UNIDOS...REPRESENTA TAMBÉM UMA POPULAÇÃOMAIOR QUE A DO BRASIL
    32. 32. 37.... É maior que a população total daAmérica do NorteNa Índia, eles são 28%
    33. 33. TRADUZINDOELES TÊM MAIS CRIANÇAS INTELIGENTESDO QUE OS ESTADOS UNIDOS TÊM DECRIANÇAS
    34. 34. VocêSabia
    35. 35. 41No Brasil, menos de 1% da população tem algum conhecimento de INGLÊS
    36. 36. Durante estaPalestra...
    37. 37. 60 bebêsNascerão nos Estados Unidos244 bebêsNascerão na China351 bebêsNascerão na Índia
    38. 38. Estamos preparandoestudantes paraempregosqueainda não existem
    39. 39. para usar tecnologiasque aindanão foraminventadas.....
    40. 40. 46para resolver problemasque nós ainda não sabemosque problemas são
    41. 41. 47
    42. 42. “When the rate of changeoutside isfaster than the rate of changeinsidethe organization, then the endis near.”—Jack WelchShift Happens48
    43. 43. “It is not thestrongest of thespecies that survive,nor the mostintelligent, but theone most adaptableto change.”- Charles Darwin
    44. 44. Cronologia das Erasa.Cd.Ca.Gd.G
    45. 45. Há 50 bilhões de buscas no Google todo mês!
    46. 46. O número de mensagens enviadas erecebidas todos os diasé superior a população doplaneta
    47. 47. 56Estima-se que 40 exabytes (4.0 x1019)de uma única nova informaçãoserá gerada no mundo neste ano
    48. 48. 57Isto representa mais do que os últimos5.000 anos que nos antecederam
    49. 49. Para estudantes que estão começandoum curso de 4 anos na universidadeisto significa que.....
    50. 50. 59metade do que elesaprenderem no seu primeiroano de estudo estaráobsoletono seu terceiroano de curso.
    51. 51. 50 milhões de laptops foramvendidos no mundo no último ano
    52. 52. 61
    53. 53. Nativosdigitais
    54. 54. Mudanças Acontecem!L3
    55. 55. We already know Shift Happens
    56. 56. Principais Direcionadores das MudançasGLOBALIZAÇÃOFenômeno iniciado na década de 80 – Conforme o jornalista Thomas Friedman –O Mundo É Plano.SUSTENTABILIDADEO tripé Ambiente, Social e Econômico.Lester Brown, fundador do Worldwatch Institute no inicio dos anos 80 definiusociedade sustentável como aquela apta a satisfazer suas necessidades semdiminuir as oportunidades das futuras Gerações de suprirem as suas.BRICEmergentes – 3 bilhões de novos capitalistas.REVOLUÇÃO TECNOLÓGICAO conhecimento se renova a cada dia – L3= Lifelong Learner.CRESCIMENTO DA POPULAÇÃOEnvelhecimento da população ativa e crescimento da diversidade e necessidadede inclusão social.World Economic and Social Survey 2012
    57. 57. Por que asEmpresasMudam?Porque o ambiente mudaPara adaptar-se às mudanças externaInfluencias externas – nem sempre para melhorRegulamentações externasSer mais competitivoEstar à frente da concorrênciaPara atender necessidades / aspirações dos stakeholdersAlguém no topo diz: nós temos que mudar!Fazer a diferençaPlanejamento e DesenvolvimentoResponder aos desafios inerentes do negócioImplementar melhores práticasPara criar novas oportunidadesGerenciamento de metas – reestruturação – eficiência
    58. 58. O que é mudança no mundo corporativo?• Reestruturação organizacional• Fusões & Aquisições• Novos processos e tecnologias• Profissionalização da empresa• Troca de comando• Demissões em massa e PDV• Aposentadoria dos líderes ouheróis• Contratação de especialistas• Formação de profissionaisAdapte-se ou Morra
    59. 59. “Se a taxa de crescimentodas vendas da sua empresafor sempre maior que a taxa decrescimento dos seusprofissionais, vocêsimplesmente não conseguiráexecutar, e conseqüentementeconstruir uma grande empresa.”David Packard,Fundador da HPShift Happens71por Daniel de Carvalho Luz - Julho 2012
    60. 60. TEMPODESEMPENHOESTADOATUALESTADODESEJADOESTADO DETRANSIÇÃOVALE DODESESPEROO Que Parece a Mudança?
    61. 61. 10%ACEITAM DE IMEDIATO20%ACEITAM COM UM POUCO DE CONVENCIMENTO40%ACEITAM COM MUITO CONVENCIMENTO30%SÓ ACEITAM DEPOIS QUE A MUDANÇAFOI BEM SUCEDIDAAccording to Daryl R. Conner - Managing at the speed of ChangeReceptividade Para Mudanças emCulturas Estáveis
    62. 62. Infelizmente, as pessoas podem serresistentes para novas idéias.
    63. 63. Emoçõesfazem aspessoasagirem
    64. 64. Types Of Changerespostas emocionais ás mudanças planejadasAtivaPassivaRESPOSTAEMOCIONALTEMPO
    65. 65. EstabilidadeAceitação ou AbandonoRaivaNegaçãoImobilizaçãoBarganhaTesteDepressãoTEMPOAtivaPassivaRESPOSTAEMOCIONALRespostas Emocionais às MudançasDeveloped by Sharon M. Danes, Professor, University of Minnesota, Family Social Science Department, College ofHuman Ecology & Resource Management Specialist, Minnesota Extension Service, and illustrated by Jim KiehneGraphics. From Kubler-Ross, E., 1969, On Death and Dying.
    66. 66. 4 regras para gerenciar mudanças1. Adapte-se ou Morra2. Inove, veja regra 13. Mude enquanto funciona4. Três vezes mais tempoEncante sua audiência em qualquer situação – aula, palestra ou apresentação.Curso encante sua audiência – Professor Daniel de Carvalho LuzFone (15) 9126 5571
    67. 67. 1 2 3 4 5 6 7 8Os Oitos passos para umamudançabem SucedidaKotter & RathgeberOur Iceberg Is MeltingChanging and Succeeding Under Any Conditions
    68. 68. Os Oito passos da mudançade acordo com John P. Kotter• 1. Forme uma equipe.• 2. Tenha uma visão clara.• 3.Definir os impactos da mudança• 4.Comunique-se para conseguir apoio.• 5.Delegue a ação.• 6. Crie metas a curto prazo.• 7. Não desista diante dos obstáculos.• 8. Faça com que as mudanças perdurem.
    69. 69. Mihali Csikszentmihalyi “Flow: the psycology of optimal experience”DesafiosHabilidadesO Campo do fluirTédioDesinteresseDepressãoAnsiedadeEstresseDepressão
    70. 70. Você está mudando?
    71. 71. CONHEÇAAlexander OsterwalderDr. Osterwalder é escritor,palestrante e conselheiro deinovação de modelos de negócios.Seu método prático para projetarmodelos inovadores foi desenvolvidona Universidade de Lausane, Suíça.
    72. 72. Business ModelInnovationEscrito porAlexander Osterwalder & Yves PigneurCoparticipação deUma incrível multidão de 470praticantes em 45 paísesProjetado porAlan Smith, The Movement
    73. 73. Modelo de NegociosAdaptando-se ao mundoem mudançasdando coerência àsdemandas do mercado
    74. 74. Adaptando-seao mundo emmudanças&dandocoerência àsdemandas domercado
    75. 75. Ponto central da carreiraInteresseso que empolgavocê?Competênciase habilidadesPersonalidadeo seu jeitoPonto Central de sua Carreira
    76. 76. Pare de choramingar.Há tanto potencial para a mudança, impacto e influência, hoje, que todos nós devemos nos sentirInspirados para se tornar um agente de mudanças. AGORA É a nossa oportunidade de fazermos a coisaacontecer.
    77. 77. Recursos >> Livros, gurus Tom Peters (Re-imagine!) Seth Godin (Purple Cow) C.K. Prahalad (Competing for the Future) Michael Porter (Competitive Advantage) Michael Silverstein (Trading Up) Patricia Seybold (Customers.com) Bill Gates (Microsoft) Nicholas Negroponte (MIT/Being Digital) Gary Hamel (Competing for the Future) B. Joseph Pine (Experience Economy) James H. Gilmore (Experience Economy) Philip Kotler (Marketing Management) John Kao (Jammin’/IdeaFactory) Alvin & Heidi Tofler (FutureShock) Charles Handy (The Managers Raincoat) Peter Senge (The 5th Discipline) Don Tapscott (New Economy) Faith Popcorn (Dictionary of the Future) Marian Salzman (Next!/EuroRSCG) Kenichi Ohmae (End of the Nation State) Paco Underhill (Why We Shop) Peter Drucker (PostCapitalist Society) Rem Koolhaas (OMA/SMLXL) Thomas L. Friedman (Lexus and Olive Tree) Esther Dyson (New Economy) Kevin Kelly (Rules for the New Economy) Tim Berners Lee (CERN) Richard Florida (The Creative Class) Geert Hofstede (Organizational culture) Steve Jobs (Apple) Donald Trump (How To Get Rich?) Richard Branson (Virgin) Malcolm Gladwell (The Tipping Point) Kevin Roberts (Lovemarks) John Naisbitt (Futurist) Edward de Bono (Creativity) Alain de Botton (Status Anxiety) Henry Mintzberg (Management) Guy Kawasaki (Rules for Revolutionaries) Christopher A. Bartlett (Transnational Corporation) Rosabeth Moss Kanter (Elephants Learning to Dance) Jeremy Riffkin (The Age of Access) David A. Aaker (Branding) Don Peppers (1:1) Martha Rogers (1:1)
    78. 78. Slides disponíveis emhttp://www.slideshare.net/daniel.luzContato: 15 9126 5571Daniel.luz@aprh.org.brC o n t a t o – 1 5 9 1 2 6 5 5 7 1 D a n i e l @ a p r h . o r g . b rProfessor Daniel de Carvalho luz

    ×