O que é apj maçonaria - gob

541 visualizações

Publicada em

AÇÃO PARA MAÇÔNICA JUVENIL

Publicada em: Espiritual
1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Tipo eu tenho 13 anos me chamaram p/ participar meus pais negaram mesmo assim eu posso ir?
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
541
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O que é apj maçonaria - gob

  1. 1. PATRONO DA APJ - AÇÃO PARAMAÇÔNICA JUVENIL OLAVO BILAC
  2. 2. res non verba Significado de res non verba Fatos e não palavras. Citada quando se pleiteia a ação imediata e não promessas
  3. 3. • • DESCRIÇÃO - O Dijé • O Dijé divide-se em três partes: A primeira parte é um colar contendo o nó de Ísis em cujo campo figura a legenda circular LUMEM PROBITAIS ET VIRTUTIS (ideal de honradez e de virtude) envolvendo a sigla APJ (Ação Paramaçônica Juvenil). O colar contém diversos triângulos sob fundo dourado encimado pelas cores nacionais, na base dos quais se vê "n" círculos (elos) representando os Apejotistas, com alusão à frase: "Não há corrente mais forte do seu elo mais fraco". O nó de Ísis além de significar infinitude, contém a idéia que se quer perene representada na APJ; a posição orante do colar significa rogos ao grande Arquiteto do Universo para enviar energias positivas que por ele fluam protegendo o usuário, com reflexo na sociedade brasileira. O segundo símbolo representa a Grã-Cruz Apejotista, encimando-a o Cruzeiro do Sul. Não existe nenhuma outra cruz com três hastes iguais; esta cruz é propriamente o Dijé, cada haste significa de baixo para cima regeneração, imortalidade e eternidade; a quarta haste é invisível, alegoricamente o próprio usuário, significando que a sua essência com existência sensível e subsistente no "mundo espiritual", vive e se movimenta com sustentação e equilíbrio em Deus, competindo-lhe conscientizar-se da perpetuidade de sua permanência no estado noútico e epifânico. A terceira parte compõe-se da palavra latina Ductor que é a base de todo o sistema, significando que aquele que possui esta qualidade tem a condição de criar e dirigir a APJ, ou seja, torna-se um eficiente elemento multiplicador. A palavra Ductor significa: guia, condutor. Estar dentro de uma cártula, que era onde os egípcios escreviam os nomes para a eternidade, significa que ele, nesta condição, é um ser que se espera converter-se em um "deus" imortal, na afirmação dos Versos Áureos de Pitágoras.
  4. 4. O que é APJ ? AÇÃO PARAMAÇÔNICA JUVENIL - APJ O que é? A APJ é uma proposta para despertar, nos jovens, atitudes nobres, através de atividades ligadas ao civismo, música, canto, dança, artes cênicas, pintura, literatura, poesia, integrando-se na formação plena de cidadãos cultos, responsáveis, honrados e ajustados. Isso possibilita a cada um manejar a arte da vida com Sabedoria, Justiça e Amor. Objetivo? Congregar jovens de ambos os sexos, dos 7 aos 21 anos, com o propósito de se lhes oferecer em alternativa de vida social, paralela à educação convencional, com inspiração nos preceitos maçônicos. Quem? Cada um de nós, em condição de dar e de agir, pode influenciar beneficamente, colaborando para o melhor êxito do projeto, seja um jovem, que tem disposição e energia, seja um idosos que tem experiência e equilíbrio a oferecer. Como? Desenvolvendo teorias e práticas esportivas, promovendo torneios e campeonatos; desempenhando atividades que propiciem o conhecimento dos mecanismos do Poder e Normas que regem os destinos de um povo; montando e fazendo o desenrolar completo de uma peça teatral, quanto se dará oportunidade ao jovem para atuar, criar, pesquisar, criticar e ser criticado. Por quê? Ativa, participativa e Dinâmica, oferecendo princípios sábios, construtivos e dignos, a Maçonaria não permaneceria alheia e indiferente aos problemas sociais que vêm marginalizando a nova geração. O que queremos para a APJ? Que os jovens sintam justificado orgulho dessa Instituição como Escola de Vida, Fonte de Civismo, Berço da mais sadia Nacionalidade. Para Quê? Para que se possa desenvolver nos jovens o espírito de unidade e trabalho em equipe, tendência à camaradagem, ao companheirismo, à lealdade nas competições, à coragem ante os desafios, despertando-lhes a consciência da responsabilidade, perante si próprios e o próximo, diante da família, da comunidade, da nação e do mundo. Que adotem atitudes e comportamentos dignos, procurando descobrir o senso do dever e os caminhos em que se cuide de preservar os rumos e os destinos da Nação, exemplificando e testemunhando que o bem geral tem precedência sobre o bem particular, e possam, na idade adulta, tornar-se pessoas úteis, polidas e respeitadas.
  5. 5. DESCRIÇÃO - O Dijé O Dijé divide-se em três partes: A primeira parte é um colar contendo o nó de Ísis em cujo campo figura a legenda circular LUMEM PROBITAIS ET VIRTUTIS (ideal de honradez e de virtude) envolvendo a sigla APJ (Ação Paramaçônica Juvenil). O colar contém diversos triângulos sob fundo dourado encimado pelas cores nacionais, na base dos quais se vê "n" círculos (elos) representando os Apejotistas, com alusão à frase: "Não há corrente mais forte do seu elo mais fraco". O nó de Ísis além de significar infinitude, contém a idéia que se quer perene representada na APJ; a posição orante do colar significa rogos ao grande Arquiteto do Universo para enviar energias positivas que por ele fluam protegendo o usuário, com reflexo na sociedade brasileira. O segundo símbolo representa a Grã-Cruz Apejotista, encimando-a o Cruzeiro do Sul. Não existe nenhuma outra cruz com três hastes iguais; esta cruz é propriamente o Dijé, cada haste significa de baixo para cima regeneração, imortalidade e eternidade; a quarta haste é invisível, alegoricamente o próprio usuário, significando que a sua essência com existência sensível e subsistente no "mundo espiritual", vive e se movimenta com sustentação e equilíbrio em Deus, competindo-lhe conscientizar-se da perpetuidade de sua permanência no estado noútico e epifânico. A terceira parte compõe-se da palavra latina Ductor que é a base de todo o sistema, significando que aquele que possui esta qualidade tem a condição de criar e dirigir a APJ, ou seja, torna-se um eficiente elemento multiplicador. A palavra Ductor significa: guia, condutor. Estar dentro de uma cártula, que era onde os egípcios escreviam os nomes para a eternidade, significa que ele, nesta condição, é um ser que se espera converter-se em um "deus" imortal, na afirmação dos Versos Áureos de Pitágoras.
  6. 6. AÇÃO PARAMAÇONICA JUVENIL APJ/GOB Ativa, participativa e Dinâmica, oferecendo princípios sábios, construtivos e dignos, a Maçonaria não permaneceria alheia e indiferente aos problemas sociais que vêm marginalizando a nova geração. Assim o Grande Oriente do Brasil (GOB) fundou em Abril de 1983 a APJ/GOB, uma instituição de âmbito nacional, com o objetivo congregar jovens de ambos os sexos, dos 7 aos 21 anos, filhos e filhas de Maçons e outros jovens de bons costumes, com o propósito de se constituir em alternativa de vida social, paralela à educação convencional, com inspiração nos preceitos e influxos da moral e dos ideais maçônicos. Com a proposta de despertar, nos jovens, atitudes nobres, através de atividades ligadas ao civismo, música, canto, dança, artes cênicas, pintura, literatura, poesia, integrando-se na formação plena de cidadãos cultos, responsáveis, honrados e ajustados. Isso possibilita a cada um manejar a arte da vida com Sabedoria, Justiça e Amor. PRÍNCIPIOS A APJ/GOB fundamenta-se nos seguintes princípios: I . é uma instituição essencialmente educativa, filantrópica e progressista, que reconhece os valores espirituais da pessoa humana e procura construir o Humanismo centrado na Liberdade, Igualdade e Fraternidade; II . enaltece a Inteligência, a Virtude e o Trabalho e exalta o mérito de quem se destaque no serviço à APJ/GOB, à Juventude, à Pátria e à Humanidade; III . preconiza, como valores essenciais à convivência humana, o assectarismo e oadogmatismo, abrindo-se a todas as religiões, raças e nacionalidades, sustentando os laços de fraternidade entre os jovens pelo respeito às convicções de cada um, à dignidade pessoal e à busca incessante da verdade; IV . impõe, como dever maior a seus filiados, o Amor à Família, o Respeito ao Próximo, a Obediência à Lei e o fiel cumprimento das obrigações que, sem coação irresistível, tenham assumido. OBJETIVOS São Objetivos da APJ/GOB: I . proporcionar aos jovens os meios necessários ao desenvolvimento integral de suas capacidades para que assumam um papel construtivo na sociedade, visando à formação moral cívico-patriótica, complementando o ensino formal disponível;
  7. 7. IV . propiciar meios de sadio e construtivo lazer aos jovens. O que queremos para a APJ? Que os jovens sintam justificado orgulho dessa Instituição como Escola de Vida, Fonte de Civismo, Berço da mais sadia Nacionalidade. Para Quê? Para que se possa desenvolver nos jovens o espírito de unidade e trabalho em equipe, tendência à camaradagem, ao companheirismo, à lealdade nas competições, à coragem ante os desafios, despertando-lhes a consciência da responsabilidade, perante si próprios e o próximo, diante da família, da comunidade, da nação e do mundo. Que adotem atitudes e comportamentos dignos, procurando descobrir o senso do dever e os caminhos em que se cuide de preservar os rumos e os destinos da Nação, exemplificando e testemunhando que o bem geral tem precedência sobre o bem particular, e possam, na idade adulta, tornar-se pessoas úteis, polidas e respeitadas. fonte: Ação Paramaçônica Juvenil
  8. 8. • AÇÃO PARAMAÇÔNICA JUVENIL - APJ • 15 DE ABRIL - DIA DO APEJOTISTA
  9. 9. • Contribuição • Comissão Para Maçônica • da Gestão 2013 /2015 da E .`. V .`. •

×