Leucemias

5.451 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.451
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
183
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Leucemias

  1. 1. ANA CATARINA LIMAANTONIA CYNTIA F. M. SUSSUARANADEIVITY SOUZA DOS SANTOSGILMARA NOGUEIRA DOS SANTOSMÁRCIO JOSÉ R. LEALREGIANE FREIRE DE SOUZA
  2. 2. • É uma proliferação irrestrita de leucócitos imaturos nos tecidos hematopoiéticos do organismo. Fonte: http://www.fcm.unicamp.br/deptos/anatomia
  3. 3. Fonte: http://www.fcm.unicamp.br/deptos/anatomia
  4. 4. • Embora não se trate de um “tumor” propriamente dito, as células leucêmicas exibem as mesmas propriedades neoplásicas dos cânceres sólidos.• A condição patológica e as manifestações clínicas resultantes são causadas por infiltração e substituição de qualquer tecido do organismo pelas células leucêmicas não-funcionais. Fonte: http://www.fcm.unicamp.br/deptos/anatomia
  5. 5. • Os órgãos altamente vascularizados, como o baço e o fígado, são os gravemente afetados.• Embora a leucemia consista numa superprodução de leucócitos, a forma aguda mais frequente está associada a uma baixa contagem de leucócitos daí o termo leucemia.• Células imaturas não atacam nem destroem deliberadamente as células sanguíneas normais ou os tecidos vascularizados.• A destruição celular ocorre por infiltração e competição subsequente por elementos metabólicos.
  6. 6. A causa da leucemia é desconhecida, mas existe alguma evidênciade que a influência genética e a patogênese viral podem estarenvolvidas. O dano a medula óssea por exposição a irradiação ousubstâncias químicas, como o benzeno e agentes alcalinos, podecausar leucemia. (Brunner & Sudarth, 2000)
  7. 7. •Leucemia Linfóide → Acomete os linfócitos  1. Leucemia Linfóide Aguda (LLA)  2. Leucemia Linfóide Crônica (LLC)•Leucemia Mielóide → Acomete os blastos  1. Leucemia Mielóide Aguda (LMA)  2. Leucemia Mielóide Crônica (LMC)
  8. 8. Leucemia Linfoide Crônica Afeta células linfoides e se desenvolve vagarosamente. A maioria das pessoas diagnosticadas com esse tipo da doença tem mais de 55 anos. Raramente afeta criança
  9. 9. Leucemia linfoide Aguda Afeta células linfoides e agrava- se rapidamente. É o tipo mais comum em crianças pequenas, mas também ocorre em adultos
  10. 10. Leucemia Mieloide Crônica Afeta células mieloides e se desenvolve vagarosamente, a princípio. Acomete principalmente adultos.
  11. 11. Leucemia Mieloide Aguda Afeta as células mieloides e avança rapidamente. Ocorre tanto em adultos como em crianças
  12. 12. Como ele estará?
  13. 13. • A fadiga, palpitação e anemia aparecem pela redução da produção dos eritrócitos pela medula óssea;• Infecções que podem levar ao óbito são causadas pela redução dos leucócitos normais (responsáveis pela defesa do organismo);• Sangramentos pela diminuição na produção de plaquetas (trombocitopenia); http://diariodeumleucemico.blogspot.com.br/
  14. 14. • Dores nos ossos e nas articulações causadas pela infiltração das células leucêmicas nos ossos;• Dores de cabeça, náuseas, vômitos, visão dupla e desorientação são causados pelo comprometimento do SNC• Abalado mentalmente, sem ânimo de viver;• Triste com as poucas chances de cura
  15. 15. • Cansado da rotina diária do tratamento que pode conter: → Quimioterapia; → Radioterapia; → Punção lombar do LCR; → Mielograma; → Cateter Venoso Central; → Transfusões;
  16. 16. Marcas pra toda vida
  17. 17. • Infância é o período de rápido desenvolvimento:→ Social;→ Cognitivo;→ Emocional e→ Motor.• Desenvolvimento é perturbado pelo diagnostico da leucemia em razão de:→ Hospitalizações;→ Separação inevitável da família;→ Perturbação nas experiências de socialização;→ Administração igualmente inevitável de procedimentos criadoresde stress e dor.
  18. 18. Melhor fase da vida comprometida?
  19. 19. “Não é só o paciente quem adoece e precisa de cuidados, mas sim toda a sua família.”
  20. 20. • Indivíduos com uma doença que ameaça a vida, como o Leucemia, em tratamento por período prolongado, requerem demandas de atenção, frequentemente competitivas entre si, relacionadas a fatores: → afetivos, → comportamentais e → de informação• Distanciamento da família provoca sentimentos de : → Solidão e preocupação → Exigindo um aumento do esforço mental para focar atenção em outros objetivos (tratamento).
  21. 21. • Deve haver presença constante de afeto e cuidados na comunicação nas ações do “cuidar”. → o afeto e a forma de comunicação são fatorescapazes de facilitar e dinamizar o cuidado. → A comunicação eficaz com os pacientes sobre o diagnóstico e as formas de tratamento propicia todo o apoio e tranquilidade possível durante o tratamento.
  22. 22. • Papel de educar a família sobre os fármacos e incentivá-la a aderir ao plano. → O enfermeiro deve deixar o paciente e a família ciente de tudo que vai acontecer: • alopecia, • repouso, • distúrbio da imagem corporal relacionados a mudança na aparência http://diariodeumleucemico.blogspot.com.br/
  23. 23. • Preparo físico e psicológico do Paciente para procedimentos relacionados ao tratamento até a remição. → Instruir o paciente sobre o objetivo e o procedimento dos teste.
  24. 24. FONTE :http://www.flickr.com/photos/ministeriodasaude/5190552534/sizes/l/in/photostream/
  25. 25. “Enfermagem é a arte do cuidar.”
  26. 26. FONTE :http://www.flickr.com/photos/ministeriodasaude/5190552534/sizes/l/in/photostream/
  27. 27. FONTE :http://www.flickr.com/photos/ministeriodasaude/5190552534/sizes/l/in/photostream/
  28. 28. FONTE :http://www.flickr.com/photos/ministeriodasaude/5190552534/sizes/l/in/photostream/
  29. 29. AGRADECEMOS SUA ATENÇÃO. Obrigada!

×