Produção agrícola em portugal bruno

604 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
604
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
40
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Produção agrícola em portugal bruno

  1. 1. Produção Agrícola em Portugal Os principais produtos agrícolas de Portugal são os cereais (trigo, cevada, milho e arroz), as batatas, as uvas (para produção de vinho), as azeitonas e os tomates. Portugal é um dos maiores exportadores mundiais de polpa de tomate e um importante exportador de vinhos, cujas receitas ajudam a financiar o custo das importações de trigo e carne. Mais de um terço do território nacional está coberto por florestas. A maior parte das áreas montanhosas presta-se à silvicultura e à produção de produtos como a cortiça, as resinas e as madeiras de pinho e eucalipto. O valor de mercado destes produtos tem vindo a aumentar pelo que o crescimento desta indústria tem sido uma constante. A extensa faixa costeira de Portugal e a abundância de peixe nas águas territoriais têm permitido o desenvolvimento da indústria pesqueira. As sardinhas, anchovas e atum capturados próximos da costa, além de outras espécies, como o bacalhau do Atlântico Norte, contribuem significativamente para o abastecimento alimentar do país. A indústria pesqueira tem prosperado, e os seus produtos são hoje exportados para todo o mundo.
  2. 2. Mapa das zonas agrícolas da produção do vinho Vinho é, genericamente, uma bebida alcoólica produzida por fermentação do sumo de uva. Na União Europeia o vinho é legalmente definido como o produto obtido exclusivamente por fermentação parcial ou total de uvas frescas, inteiras ou esmagadas. Considerado vinho a bebida obtida pela fermentação alcoól ica de mosto de uva sã, fresca e madura, sendo proibida a aplicação do termo a produtos obtidos a partir de outras matérias - primas.
  3. 3. A batata é cultivada em todo o território nacional, preferencialmente em locais cujas temperaturas não sofram grandes amplitudes e, sobretudo, onde a ocorrência de geadas seja nula. As áreas de mercado mais representativas são Aveiro, Viseu, Montijo, Oeste, Bragança e Chaves. O milho é uma planta cultivada bastante diferente das plantas selvagens das quais se originou, chamadas de teosintos. Com muitos cultivares e híbridos, a planta pode atingir de 70 cm a 2,5 m de altura, ter um ciclo de vida de 3 meses a 10 meses, e ter grãos apropriados para fins bastantes específicos, como por exemplo farinha ou pipoca, ou para ser utilizado como milho verde, isto é, com seus grãos ainda bem hidratados. Pode ser cultivado em diversas regiões climáticas, existindo cultivares adaptados a diferentes condições de temperatura e humidade. No entanto, o milho não suporta baixas temperaturas. A temperatura mínima durante seu ciclo de vida deve ser de 13°C, sendo o ideal pelo menos 16°C. Por outro lado, em clima muito quente e seco a polinização pode ser prejudicada.

×