Fichamento história da educação brasileira

9.482 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
9.482
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
69
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Fichamento história da educação brasileira

  1. 1. www.cursoraizes.com.brFACULDADE JOSÉ AUGUSTO VIEIRALICENCIATURA EM GEOGRAFIADISCIPLINA: HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO BRASILEIRAPROF.ª MSC. JUSSARA MARIA VIANA SILVEIRAALUNO(A): JOSEFA ROBERTA SANTOS BARBOSADATA: 20/02/2009FICHAMENTOREFERENCIA BIBLIOGRAFICA:RIBEIRO, Maria Luisa Santos. História da Educação Brasileira: A organização escolar. 19.ªed. Campinas, SP. Autores associados, 2003 (p.17 a 28).OBJETO:Organização Educacional pelos Jesuítas.OBJETIVO:Instruir a Elite Colonial para um trabalho intelectual e catequisar os índios.METODOLOGIA:A metodologia foi trabalhada com o autor RIBEIRO, que tinha como método pesquisas defatos históricos daquela época (século XV) e utilizou citações de outros autores.PRINCIPAIS CONCEITOS UTILIZADOS PELO AUTOR:“...E se os que se dispuseram vieram para organizar, necessário se fez a escravização de quemtrabalhasse a terra; os índios e os negros. Estes visaram satisfazer os interesses da burguesiamercantil portuguesa, porque possibilitaram a produção a baixo custo e porque o escravo,enquanto mercadoria, era fonte de lucro...” (p. 20) www.cursoraizes.com.br
  2. 2. www.cursoraizes.com.br“...Os jesuítas deveriam fundar colégios que recebiam subsídios do Estado português relativaa missões. Dessa forma, ficariam juridicamente obrigadas a formar gratuitamente sacerdotespara a catequese.” (p.21)“...Começando pelo aprendizado do português, incluía o ensino da doutrina cristã, a escola deler e escrever. Daí em diante, continua, em caráter opcional o ensino de canto orfeônico e demúsica instrumental, e uma bifurcação tendo um dos lados o aprendizado profissional eagrícola e, de outro, aula de gramática e viagem de estudos a Europa.” (p. 22)“O plano legal e o plano real se distanciam. Os instruídos serão descendentes doscolonizadores. Os indígenas serão apenas catequizadas.” ( p. 23)PRINCIPAIS CONSIDERAÇÕES DO AUTOR:“...O objetivo dos colonizadores era o lucro, e a função da população colonial era propiciartais lucros as camadas dominantes metropolitanas.” (p. 19)“...Do ponto de vista econômico, interessava tanto a ela como ao colonizador, à medida quetornava o índio mais dócil e, portanto, mais fácil de ser aproveitado como mão de obra.” (p.23 a 24)“A elite era preparada para o trabalho intelectual segundo um modelo religioso, mesmo quemuitos de seus membros não chegassem a ser sacerdotes...” (p.24)“Este componente religioso da elite colonial brasileira deve ser destacado juntamente com seudesejo de lucro fácil, ou melhor, rápido e abundante. Esta vinculação tem suas origens naprópria história da constituição da nação portuguesa...” (p. 24)“A importância social destes religiosos chegou a tal ponto que se transformaram na únicaforça capaz de influir no domínio do senhor do engenho...”COMENTÁRIO PESSOAL:O texto mostra de forma clara a ambição dos portugueses por lucros fáceis no Brasil, e comisso acabam mudando todos os costumes daquela época, mais eles tinham que dominar todauma população para ter mais facilidades, foi daí que eles tiveram a ideia de instruir e www.cursoraizes.com.br
  3. 3. www.cursoraizes.com.brcatequisar os índios, mas não foi isso que aconteceu os índios só tinham o direito de seremcatequisados, ou seja, era excluído de forma explicita dos outros ensinamentos, já os filhos decolonizadores, estes sim tinham o direito de apreender todos os ensinamentos dados pelosjesuítas. Os jesuítas seguiam com bastantes interesses o Ratio (Organização e Plano de estudoda Companhia de Jesus), mais isso não durou por muito tempo, pois a Companhia de Jesus foiexpulsa de Portugal e do Brasil.PALAVRAS-CHAVE:Catequistas, colonizadores, índios e jesuítas. www.cursoraizes.com.br

×