MST

12.858 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
12.858
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
412
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

MST

  1. 1. O QUE SE ENTENDE POR REFORMA AGRÁRIA? QUAL O SIGNIFICADO DE: MINIFÚNDIO LATIFÚNDIO MST
  2. 2. LATIFÚNDIO POR EXPLORAÇÃO: SÃO ENORMES PROPRIEDADES, NÃO EXPLORADAS, SERVEM APENAS PARA A ESPECULAÇÃO MOBILIÁRIA.Os PROPRIETÁRIOS NÃO PRODUZEM E NÃO DEIXAM NINGUÉM PRODUZIR. LATIFÚNDIO POR DIMENSÃO: SÃO ENORMES PROPRIEDADES AGROINDUSTRIAIS, COM PRODUÇÃO QUASE QUE EXCLUSIVAMENTE VOLTADA Á EXPORTAÇÃO. MINIFÚNDIO:PEQUENAS PROPRIEDADES.SÃO RESPONSÁVEIS PELO ABASTECIMENTO DO MERCADO INTERNO DE CONSUMO. MST: MOVIMENTOS DOS SEM TERRAS.
  3. 3. Fundamento Constitucional Constituição Federal Capítulo III do Título da Ordem Econômica e Financeira Diretrizes da Política Agrícola e Fundiária e da Reforma Agrária Art. 184 - “compete à União desapropriar por interesse social, para fins de reforma agrária, o imóvel rural que não esteja cumprindo sua função social, mediante prévia e justa indenização(...)”.
  4. 4. Agora escreva qual é a sua ideia sobre o Movimento dos sem Terras.
  5. 5. Parte integrante da obra Geografia homem & espaço, Editora Saraiva Reforma agrária Observe a fotografia ao lado. Ela mostra uma ocupação de terras promovida pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST), criado em 1984. O MST é um movimento que promove ocupações de terras com o Acampamento de trabalhadores rurais objetivo de pressionar o sem-terra ligados ao MST, em governo a acelerar o processo Japaratuba, SE (2007). de reforma agrária. Além disso, ampara o pequeno agricultor e luta pelo fim do latifúndio. Também organiza as famílias em cooperativas de produção que recebem terras do governo. Assim, os pequenos produtores podem comprar máquinas, equipamentos, adubos, fertilizantes e pesticidas e ter condições de inserir seus produtos no mercado de forma competitiva.
  6. 6. Quem é sem-terra segundo o MST? •Assalariados rurais que desejam mais do que •benefícios trabalhistas, que querem terra. •Parceiros, meeiros e arrendatários (pessoas que vivem de atividades agrícolas em terra de terceiros e que pagam aos proprietários pelo uso da terra com parcela da produção
  7. 7. Bóias-frias ( empregados contratados por tarefa. Proprietário rurais com área de até 5 hectares. Filhos de proprietários rurais cujas famílias tenham até 30 hectares(sem condições de dividir a propriedade com os filhos.
  8. 8. O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra - MST, surgiu na década de 70 determinada por vários fatores: •o aspecto sócio econômico das transformações que a agricultura brasileira estava sofrendo. Nessa época a lavoura sofreu um processo intenso de mecanização. A mecanização e a introdução de uma agricultura com características mais capitalistas, • expulsão de maneira muito rápida de grandes contingentes populacionais do campo.
  9. 9. •migraram para a cidade, motivados pela aceleração do processo de industrialização, o chamado "milagre brasileiro", •desemprego no início dos anos 80, quando iniciou a crise da indústria brasileira. •os camponeses tiveram fechadas as duas portas de saída, tanto o campo como a cidade já não oferecia oportunidades de trabalho, ficaram frente a duas questões: tentar resistir no campo e buscar outras formas de luta pela terra nas próprias regiões onde viviam.
  10. 10. “Reforma Agrária não é discutir um pedaço de terra, mas é discutir a vida do ser humano como um todo”. Raimunda Gomes da Silva, quebradora de coco, integrante do Conselho Nacional de Seringueiros
  11. 11. “ não é suficiente distribuir terra e deixar os agricultores se virarem por conta. A terra precisa vir acompanhada de um conjunto de políticas de apoio e cooperação” Ignacy Sachs
  12. 12. QUAL A DIFERENÇA ENTRE ACAMPAMENTO E ASSENTAMENTO?
  13. 13. No dia 7 de setembro de 1979 agricultores sem terra ocupam uma gleba no Rio Grande do Sul, a invasão foi promovida pela Comissão Pastoral da Terra, em resposta ao descaso do governo com a política agrícola do país. Invasões foram ocorrendo em todo país prenunciando a necessidade de uma organização única.
  14. 14. O MST foi fundado em 1984, no 1º Encontro dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, em Cascavel, Paraná. Hoje atuam em 23 Estados e estão organizados:
  15. 15. em 400 associações de produção, comercialização e serviços; - 49 Cooperativas de produção Agropecuária, com 2.299 famílias associadas; - 32 Cooperativas de Prestação de Serviços com 11.174 sócios diretos; - 2 Cooperativas regionais de Comercialização e 3 Cooperativas de Crédito com 6.521 associados. - Mantêm 160.000 crianças de 1ª a 4ª série em 1.800 escolas públicas nos assentamentos; - Contam com 3.900 educadores pagos pelos municípios, desenvolvendo uma pedagogia específica para as escolas do campo.
  16. 16. DADOS DISPONIBILIZADOS NO SITE: www.cedem.unesp.br/acervos/acervo_mst.ht
  17. 17. Vamos analisar algumas charges sobre o movimento dos sem terras.
  18. 18. 01
  19. 19. Este charge demonstra a falta da preocupação dos latifundiários para os trabalhadores sem terra e a disposição deles para fazer qualquer coisa para manter a terra deles. Muitas vezes eles negociarão com os polícias e os oficiais do governo para proteger a terra “deles.” Além disso, eles contratam matadores para assassinar os Sem Terra.
  20. 20. 02
  21. 21. Este charge também mostra a corrupção dos latifundiários e as coisas que eles farão para impedir o Sem Terra de obter alguma terra.
  22. 22. 03
  23. 23. Esta charge demonstra o fato que os Sem Terra estão vivendo dadas as condições terríveis de vido à recuso dos latifundiários ricos de reconhecer a expropriação de terra. Isto é um sistema injusto porque muitos sofreram para que somente poucos pudessem beneficiar.
  24. 24. 04
  25. 25. Isto também mostra como a corrupção e a ganância dos latifundiários contribuiram as condições duras em que os Sem Terra têm que viver. Sem trabalho, o sem terra não pode se ajudar nem às famílias deles. Site consultado:www.duke.edu/~lla3/MST/port3.html
  26. 26. 05
  27. 27. 06
  28. 28. Março 31, 2008 Milícias armadas assassinam sem-terra no Paraná A Coordenação Nacional da Comissão Pastoral da Terra (CPT) vem a público manifestar sua indignação diante de mais um bárbaro assassinato ocorrido na noite de ontem, 30 de março, no assentamento Libertação Camponesa, município de Ortigueira, Paraná. Por volta das 19h30, dois homens encapuzados invadiram a casa de Eli Dallemole, 42 anos, liderança do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), e o executaram na frente da família. Ele vivia com a mulher e três filhos.
  29. 29. São Paulo, 26 de Maio. Os Sem Terra do Brasil aumentaram a pressão sobre o Governo do presidente Luiz Inacio Lula da Silva, seu aliado tradicional, com protestos, invasões e a criação do maior acampamento de desapropriados na história da organização, que albergará até 5 mil famílias.
  30. 30. A MÍDIA E O MST
  31. 31. No tribunal do Estado do Pará, no Brasil, terminou o julgamento dos oficiais e soldados que, numa chacina inesquecível, abateram como gado, em Abril de 1996, 21 trabalhadores do Movimento dos Sem Terra, feriram 64 e espancaram os demais.
  32. 32. Nesse domingo, 20 de maio, o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) ocupou a Fazenda Iracema em Cajamar, região metropolitana de São Paulo. Tal ocupação reivindica uma maior vistoria dos latifúndios na região e o assentamento de cerca das 100 famílias ocupantes. A fazenda ocupada possui cerca de 400 hectares e vende eucaliptos, inserida na lógica do agronegócio e em sua conseqüência: o "deserto verde".
  33. 33. Sebastião Salgado nasceu em Minas Gerais no dia 8 de fevereiro de 1944 e é um dos mais respeitados jornalistas da atualidade, dedicou-se a fazer crônicas sobre a vida das pessoas excluídas, trabalho que resultou na publicação de dez livros e realização de várias exposições, tendo recebido vários prêmios e homenagens na Europa e no continente americano.
  34. 34. Filha de sem-terra num acampamento em Barra do Onça. Sergipe, Brasil , 1996. Foto: Sebastião Salgado
  35. 35. ESCOLA DE UM ACAMPAMENTO DOS SEM TERRA
  36. 36. Pra soletrar a liberdade AUTOR:LECI BRANDÃO
  37. 37. Tem que estar fora de moda criança fora da escola,pois há tempo não vigora o direito de aprender Criança e adolescente numa educação decente pra um novo jeito de ser pra soletrar a liberdade na cartilha do ABC.
  38. 38. Ter uma escola em cada canto do Brasil com um novo jeito de educar pra ser feliz Tem tanta gente sem direito de estudar É o que nos mostra a realidade do país.
  39. 39. Juntar as forças, segurar de mão em mão, numa corrente em prol da educação Se o aprendizado for além do Be A Bá, todo menino vai poder ser cidadão.
  40. 40. Alternativa pra empregar conhecimento Movimento já mostrou para a nação desafiando dentro dos assentamentos Reforma Agrária também na Educação.
  41. 41. "A Caminhada" de uma banda paraense de rock, conhecida por "Carrossel Elétrico e os Demodélicos"... A música é um retrato do massacre e da questão agrária. Vale a pena escutar! "A Caminhada" Letra: Allan Jorge/ Guto Ribeiro Música: Allan Jorge De pés estamos prontos pra vencer É o que há dentro de cada ser, Que o levanta ao porvir! Avante comunidade da paz Em cima desse inferno Tentamos ser Feliz! .
  42. 42. E relembrando os passos Marcados até aqui: Muitas almas que se foram Por tentarem resistir Pois aqui no chão a lei é ser infeliz... Mas não se acabou, Vamos reconstruir Um belo monte Plantar e colher Os nossos sonhos! ... Voar, bem alto, além, onde o céu se implantou
  43. 43. Viver feitos os arcanjos Em outros planos Livre das dores Assim vou prosseguir Vou prosseguir Vou prosseguir
  44. 44. A Caminhada Um surdo-mudo que não vê a reforma da terra Tiros que não foram ouvidos E o primeiro corpo vai ao chão Balas contra foices Foices contra balas A desgraça de uma terra (por terra) sem solução A Reforma Agrária Sonho e pesadelo sem fim Em um vídeo que desapareceu Perseguição e morte foi só o que aconteceu
  45. 45. Metralhadoras e pedradas, É o estado versus civis E outra vez Se quer se viu civil Mas o sol, o mar, o verde não sumiu Ainda não acabou Vamos fortalecer O nosso lar, plantar e colher Os nossos sonhos!... Voar, bem alto, além, onde o céu se implantou. Viver feitos os arcanjos Em outros planos Livre das dores Assim vou prosseguir Assim vou prosseguir Assim vou prosseguir Vou prosseguir,Vou prosseguir,
  46. 46. AGORA É COM VOCÊ 01)FAÇA UMA CHARGE SOBRE QUESTÕES LIGADAS A REFORMA AGRÁRIA E O MST) 02) Agora faça um texto sobre os sem terra do Brasil. E qual a sua opinião sobre este movimento, o que você considera certo, errado e como poderia ser resolvido a questão da terra no Brasil? 03) Na sua opinião porque esse movimento luta Pela terra?Qual a importância da terra para o MST?

×