Hidrografia do Brasil 2013

6.204 visualizações

Publicada em

características gerais da Hidrografia do Brasil.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.204
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5.514
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
16
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Hidrografia do Brasil 2013

  1. 1. HIDROGRAFIA DO BRASIL
  2. 2. Elementos do ciclo hidrológico • O vapor d’água contido na atmosfera, ao condensar-se, precipita. Ao contato com a superfície, a água possui três caminhos: evapora, infiltra-se no solo ou escorre. Caso haja evaporação a água retorna à atmosfera na forma de vapor; a água que se infiltra e a que escorre, pela lei da gravidade, dirigem-se às depressões ou parte mais baixas do relevo - é justamente aí que surgem os lagos e os rios, que possuem como destino, ou nível de base, no Brasil, o oceano.
  3. 3. Atributos dos recursos hídricos brasileiros • enorme potencial hidráulico existente no país. • NAVEGABILIDADE (BACIA Amazônica e Paraguaia.) • Rios, na maioria perene (PERENIDADE) embora existam também rios temporários no Sertão nordestino semi-árido. • Drenagem exorréica, isto é, voltada para o mar.(endorréica, arréica) . • ( Regime dos rios essencialmente pluvial, isto é, dependente das chuvas e, como o clima predominante é o tropical, a maioria dos rios tem cheias durante o verão e vazante no inverno.
  4. 4. 2. Principais Bacias Hidrográficas do Brasil • Bacia Amazônica Abrange na América do Sul uma área de cerca de 6,5 milhões de Km² (dos quais 4,7 milhões no Brasil), e é a maior do globo terrestre ( maior potencial hidrelétrico). Bacia do Tocantins-Araguaia Bacia do São Francisco Bacia Platina ( maior aproveitamento hidrelétrico, hidrovia do Tiête) Bacias secundárias ou agrupadas
  5. 5. Hidrografia – conceitos: • Bacia Hidrográfica: conjunto de terras drenadas pelas águas de um rio principal e seus afluentes; • Confluência: quando um rio afluente deságua no principal • Meandro: curvas do rio; • Foz: local onde o rio deságua (delta ou estuário, mista ) • Nascente: local onde nasce o rio; • Rede Hidrográfica: conjunto de várias bacias; • Afluentes: rios menores que deságuam no principal.
  6. 6. Distribuição da água no mundo: • Água salgada: 97,5% de toda água existente; • Água doce: (100% = 2,5% do total de toda água da Terra); • Geleiras (70%); • Água subterrânea, lagos de água doce, rios e atmosfera (*). • (*) todos correspondem apenas 0,4% do total. • O Brasil possui 14% de toda água doce do mundo. •
  7. 7. DA POLÍTICA NACIONAL DE RECURSOS HÍDRICOS • DOS FUNDAMENTOS • Art. 1º A Política Nacional de Recursos Hídricos baseia-se nos seguintes fundamentos: • I - a água é um bem de domínio público; • II - a água é um recurso natural limitado, dotado de valor econômico; • III - em situações de escassez, o uso prioritário dos recursos hídricos é o consumo humano e a dessedentação de animais; • IV - a gestão dos recursos hídricos deve sempre proporcionar o uso múltiplo das águas; • V - a bacia hidrográfica é a unidade territorial para implementação da Política Nacional de Recursos Hídricos e atuação do Sistema Nacional de Gerenciamento de Recursos Hídricos; • VI - a gestão dos recursos hídricos deve ser descentralizada e contar com a participação do Poder Público, dos usuários e das comunidades.
  8. 8. DA POLÍTICA NACIONAL DE RECURSOS HÍDRICOS • Art. 2º São objetivos da Política Nacional de Recursos Hídricos • I - assegurar à atual e às futuras gerações a necessária disponibilidade de água, em padrões de qualidade adequados aos respectivos usos; • II - a utilização racional e integrada dos recursos hídricos, incluindo o transporte aquaviário, com vistas ao desenvolvimento sustentável; • III - a prevenção e a defesa contra eventos hidrológicos críticos de origem natural ou decorrentes do uso inadequado dos recursos naturais.

×