Prefeitura Municipal de Indaiatuba
Secretaria Municipal de Educação
ESTUDOS SOBRE A MORALIDADE
INFANTIL, DISCIPLINA E O PA...
Pauta do dia
• Ponto de vista: “A história de Chapeuzinho
Vermelho”
• Disciplina X Indisciplina: Causas/ História
• Café
•...
Ponto de vista...
 Cada pessoa tem a sua bagagem própria, a
sua história. Por este motivo, agem de
formas diferentes em u...
Justificativa deste trabalho...
Para atender e acompanhar as tendências do
mundo globalizado e do mercado de trabalho
pai...
Precisamos refletir sobre...
Causas:
•Que fatores influenciam na disciplina na sala de
aula?
•Como lidar com a indisciplin...
Por que está tudo tão diferente? No meu tempo...
Disciplina de antes e a de agora...
Antigamente: Disciplina era severa, o silêncio
absoluto. Imposta a base de castigos o...
Alguns fatores que levam à indisciplina....
Sociedade: Desigualdades sociais – Violência
social.
Família: Ambiente deses...
Moralidade Infantil...
O que é moralidade?
Como e quando ela deve acontecer na vida
do indivíduo?
Qual o papel do profe...
Três tipos de educação moral
Educação autoritária: O adultos impõem as
regras, e não podem serem contestadas
Educação po...
Sobre a autoridade
A pessoa que tem autoridade é aquela que
impõe determinadas normas que considera
válidas
A criança te...
Na prática...
Estudo de casos
ESTUDO DE CASO.docx
Socialização
Regras...
 Estabelecendo Regras
Um ambiente caótico se torna acolhedor
quando os alunos ajudam a criar regras
Antes de falar de regras…
É comum o professor acreditar que um
problema de indisciplina se resolve
energicamente ou fazend...
No estabelecimento das regras, deve-se levar em conta:
Afetividade
Necessidade de experimentar um ambiente
sociomoral co...
Tipos de regras
Regras não negociáveis: o professor pode
explicar claramente este tipo de regra e por
exercício de reflex...
Regras Negociáveis: na elaboração destas
regras são realizados contratos (combinados).
Elas têm origem nas necessidades do...
Quando estabelecer as regras?
O professor não deve se antecipar,
construindo algumas regras antes que os
problemas surjam...
Para dar certo é preciso...
Embora não existam receitas prontas para
lidarmos com a indisciplina, investir no
trabalho co...
Para dar certo...
O professor deve conhecer seus alunos de
verdade. Tomar a criança considerada difícil
como um desafio p...
Atenção
O desenvolvimento de uma
autodisciplina pela criança em sala de
aula vai depender muito da maneira
como foram elab...
Moralidade infantil 2014
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Moralidade infantil 2014

780 visualizações

Publicada em

Curso modular - Etapa 2

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
780
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Moralidade infantil 2014

  1. 1. Prefeitura Municipal de Indaiatuba Secretaria Municipal de Educação ESTUDOS SOBRE A MORALIDADE INFANTIL, DISCIPLINA E O PAPEL DO PROFESSOR 2014
  2. 2. Pauta do dia • Ponto de vista: “A história de Chapeuzinho Vermelho” • Disciplina X Indisciplina: Causas/ História • Café • A moralidade infantil: Juízo Moral / Autoridade • Estudo de Casos / Socialização • Estabelecendo Regras • Reflexões finais
  3. 3. Ponto de vista...  Cada pessoa tem a sua bagagem própria, a sua história. Por este motivo, agem de formas diferentes em uma mesma situação. Conto clássico: “Chapeuzinho Vermelho” (versão original e versão da vovó) Chapeuzinho Vermelho Versão da Vovó.docx
  4. 4. Justificativa deste trabalho... Para atender e acompanhar as tendências do mundo globalizado e do mercado de trabalho pais e mães renunciaram relevantes aspectos da vida pessoal dos filhos, atribuindo à escola a educação de seus filhos. Esse grande desafio constitui-se em fator de preocupação para gestores, professores, profissionais da educação e até para as autoridades da Segurança Pública.
  5. 5. Precisamos refletir sobre... Causas: •Que fatores influenciam na disciplina na sala de aula? •Como lidar com a indisciplina tendo em vista a diversidade de culturas no ambiente escolar? •Por que há mais indisciplina em algumas salas do que em outras? •O que o professor deve fazer diante da indisciplina?
  6. 6. Por que está tudo tão diferente? No meu tempo...
  7. 7. Disciplina de antes e a de agora... Antigamente: Disciplina era severa, o silêncio absoluto. Imposta a base de castigos ou de ameaças. Estava presente o medo, a coação, a cultura militarizada. Atualmente: Desmilitarização das relações sociais. O aluno atual é um novo sujeito histórico, mas que ainda vive as consequências de um modelo pedagógico que prioriza a imagem de um aluno submisso e temeroso.
  8. 8. Alguns fatores que levam à indisciplina.... Sociedade: Desigualdades sociais – Violência social. Família: Ambiente desestruturado; ausência de limites e de valores; influência da mídia; falta de diálogo. Escola: Número grande de alunos por sala; propostas curriculares que não são do interesse do aluno; falta do uso adequado da tecnologia; falta de regras claras; etc.
  9. 9. Moralidade Infantil... O que é moralidade? Como e quando ela deve acontecer na vida do indivíduo? Qual o papel do professor no desenvolvimento moral da criança?
  10. 10. Três tipos de educação moral Educação autoritária: O adultos impõem as regras, e não podem serem contestadas Educação por ameaça de retirada de amor: utiliza estratégias emocionais Educação elucidativa: a ordem é acompanhada de uma explicação. Compreende que o erro faz parte do processo
  11. 11. Sobre a autoridade A pessoa que tem autoridade é aquela que impõe determinadas normas que considera válidas A criança tem que desejar seguir a norma porque julga que aquilo é o melhor, mesmo que vá contra um desejo individual e nem sempre seja agradável respeitá-la A obediência que emerge por afeição e apego tem uma qualidade diferente daquela imposta por coerção. Ela resulta do apelo do adulto à cooperação da criança
  12. 12. Na prática... Estudo de casos ESTUDO DE CASO.docx Socialização
  13. 13. Regras...  Estabelecendo Regras Um ambiente caótico se torna acolhedor quando os alunos ajudam a criar regras
  14. 14. Antes de falar de regras… É comum o professor acreditar que um problema de indisciplina se resolve energicamente ou fazendo regras. O professor sempre deve refletir os motivos da indisciplina: É por causa da didática do professor? De uma postura (autoritária ou permissiva)? Está relacionada à ausência de uma boa dinâmica na classe (alunos muito tempo sentados, alunos ociosos)?
  15. 15. No estabelecimento das regras, deve-se levar em conta: Afetividade Necessidade de experimentar um ambiente sociomoral cooperativo, em que todos participem de atividades nas quais possam assumir responsabilidades, resolver as dificuldades e tomar decisões Importância do exemplo dado pelo adulto e a vivência dos valores que se quer ensinar
  16. 16. Tipos de regras Regras não negociáveis: o professor pode explicar claramente este tipo de regra e por exercício de reflexão, solicitar às crianças que apresentem argumentos que sustentem esse imperativo (“não pode!”), expressando ainda suas ideias sobre como gostariam de ser tratadas. São indiscutíveis, porém explicáveis.
  17. 17. Regras Negociáveis: na elaboração destas regras são realizados contratos (combinados). Elas têm origem nas necessidades do grupo, sendo construídas a partir de um consenso entre todos. Para Piaget, a obediência a uma regra é maior quando a pessoa participa do processo de elaboração. Quando as crianças são muito pequenas, muitas regras são não negociáveis. Quando elas vão crescendo as regras vão sendo substituídas pelas negociáveis.
  18. 18. Quando estabelecer as regras? O professor não deve se antecipar, construindo algumas regras antes que os problemas surjam, mas esperar que as situações apareçam espontaneamente para colocá-las aos alunos.
  19. 19. Para dar certo é preciso... Embora não existam receitas prontas para lidarmos com a indisciplina, investir no trabalho com a moralidade infantil, é sempre a melhor escolha. Algumas dicas do que fazer, para dar certo...
  20. 20. Para dar certo... O professor deve conhecer seus alunos de verdade. Tomar a criança considerada difícil como um desafio pedagógico, procurando apoio da equipe gestora quando necessário Respeitar as diferenças de cada aluno, desenvolvendo vínculos e relações afetivas, colaborando positivamente para o aumento da sua autoestima
  21. 21. Atenção O desenvolvimento de uma autodisciplina pela criança em sala de aula vai depender muito da maneira como foram elaboradas as regras e os limites.

×