Casas Lares Humberto de campos

723 visualizações

Publicada em

Casas Lares Humberto de Campos - atividades de 2009-2010

Publicada em: Arte e fotografia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
723
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Casas Lares Humberto de campos

  1. 1. “Educai as crianças e não será preciso punir os homens.” (Pitágoras)
  2. 2. As Casas Lares Humberto de Campos é umaentidade sem fins lucrativos mantida pelo GrupoEducacional e Assistencial Espírita Fraternidade(GEAEF), além de voluntários e amigos, semqualquer incentivo governamental.A instituição está localizada no SGAS - Quadra909/910 - Módulo 29 - Conjunto A - Av. W5 -Brasília/DF - Telefone 3242.1713, funcionandode 2a. a 6a. feira, das 7h30 às 17h30.Fundada em 4 de outubro de 1987, as CasasLares atendem atualmente 30 crianças, de 2 a 4anos, provenientes de famílias carentes, emregime de creche, cujas mães trabalham noPlano Piloto e moram no entorno de Brasília. “Deixe algum sinal de alegria onde passes.” (Chico Xavier)
  3. 3. As Casas Lares Humberto de Camposatendem as crianças e suas respectivasfamílias por meio de orientação religiosa,alimentação, atividades lúdicas, palestras,visita às residências, doações, orientaçãopsicológica, acompanhamento médico,passeios, lazer, etc.Todo o trabalho realizado na instituição contacom o apoio de voluntários e amigos quedisponibilizam seu tempo e suas habilidadesem prol das crianças e suas famílias.Os voluntários tornam o trabalho desenvolvidonas Casas Lares ainda mais rico e eficiente. "Qual é o lugar do homem?Onde os seus irmãos precisarem dele.” (Madre Tereza de Calcutá)
  4. 4. As doações recebidas pelas Casas LaresHumberto de Campos, que não são utilizadasna mesma, são repassadas para as famíliaspor meio de bazares nos quais as mãesparticipantes escolhem os artigos quedesejam. Periodicamente, são realizadosbazares de roupas, calçados, brinquedos, etc.Em determinadas ocasiões, as Casas Laresrecebem muitas doações, possibilitando que,além das famílias atendidas pela instituição epela DAPS do GEAEF, possamos auxiliartambém outras instituições que nos procuramem busca de ajudaPortanto, todo tipo de doação é super bem-vindo e muito bem aproveitado. TUDO SERVE!“O bem que praticares em algum lugar, é teu advogado em toda parte.” (Chico Xavier)
  5. 5. CASAS LARES HUMBERTO DE CAMPOS alguns momentos especiais...
  6. 6. Um dos eventos culturais promovidos pelasCasas Lares Humberto de Campos em 2009foi a famosa festa caipira que resgatoubrincadeiras típicas como a divertida pescariae também deliciosos quitutes (pé de moleque,bolo de fubá, canjica, maria mole, pipoca, docede leite, milho verde, etc.).Colaboradores, voluntários, crianças, mães etias se divertiram muito, além de saborearemas gostosuras tradicionais desta época. “Só a participação cidadã é capaz de mudar o mundo.” (Betinho)
  7. 7. Para a semana da criança programamos, além da doação de brinquedos para as crianças, o desenvolvimento de várias atividades lúdicas que possibilitaram o relembrar de brincadeiras infantis como fazer bolinhas de sabão, brincar de roda, jogar boliche, modelar massinhas, fazer mágicas, contar histórias, cantar, etc., bem como o contato com a natureza e, principalmente, muita alegria. Não faltou, é claro, uma tarde de brincadeiras e um delicioso lanche comunitário que contou com a participação de muitos amigos, colaboradores e voluntários do GEAEF. Foram momentos inesquecíveis com a molecada e suas mães. "O que se faz agora com as crianças é o que elasfarão depois com a sociedade." (Karl Mannheim)
  8. 8. RAVEL, o mágico...
  9. 9. RAVEL, o mágico...
  10. 10. Brinquedos...
  11. 11. Tarde de alegria...
  12. 12. Tarde de brincadeiras...
  13. 13. Mães, tias e voluntários entraram na festa...
  14. 14. Lanche comunitário...
  15. 15. Na semana da higiene, alguns cuidados com a saúde foram reforçados com as cuidadoras, as crianças e as mães por meio de orientação médica e odontológica, histórias, palestras (dengue), distribuição de kits de higiene, brincadeiras, etc. Mais uma vez, os voluntários e colaboradores do GEAEF estiveram presentes participando da arrecadação de produtos de higiene e também desenvolvendo atividades relativas à saúde. “Mantenham a mente aberta, assim como acapacidade de se preocupar com a humanidade e a consciência de fazer parte dela.” (Dalai Lama)
  16. 16. Orientação para as crianças, mães e cuidadoras.
  17. 17. Atividades lúdicas para reforçar conteúdos.
  18. 18. As mães passaram horas bastante agradáveis e divertidas aprendendo algumas dicas e receitas relativas ao aproveitamento integral de alimentos. Uma tarde bem alegre com direito a degustação e também sorteio de caixas de docinhos, potes de patê e livro de receitas. As receitinhas do dia foram: patê de abóbora com casca, refrigerante natural de cenoura e beijinho de coco com casca de abacaxi. Uma atividade de dar água na boca. “ A saúde no corpo muitas vezes começa no pensamento sadio.(...) Se você já é capaz de escolher o alimento de que seu corpo necessita, também pode selecionar os pensamentos que nutrem seu espírito.” (Scheilla / Clayton B. Levy)
  19. 19. Deliciosos pratos...
  20. 20. Sorteios…
  21. 21. Animação...
  22. 22. As oficinas de artesanato, voltadas para as mães e funcionárias, são realizadas com o intuito de oferecer um pouco de distração e também a oportunidade de ensinar algo que possa gerar renda. É um momento muito especial onde conversamos, rimos, contamos histórias, confraternizamos e nos conhecemos melhor. Todo o material utilizado nas oficinas é fornecido pelas Casas Lares com a ajuda de amigos e colaboradores do GEAEF. Artesãos, coloquem em prática suas habilidades! Venham nos ajudar nas oficinas de artesanato!“Lembre-se de que falando ou silenciando, sempre é possível fazer algum bem.” (Chico Xavier)
  23. 23. Curso de tear... trabalhos lindos...
  24. 24. Enfeites natalinos...
  25. 25. Enfeites natalinos... todas com a mão na massa...
  26. 26. Todas muito concentradas...
  27. 27. Enfeites natalinos... sorteio...
  28. 28. As crianças das Casas Lares Humberto de Campos participaram das atividades de encerramento da DIJ (Diretoria de Infância e Juventude) juntamente com suas famílias. Houve muita música, apresentação de dança, oficinas de colagem e origami, além, é claro, do lanche comunitário. Uma atividade realmente especial que possibilitou a reunião das famílias e a confraternização entre amigos.“Nenhuma atividade no bem é insignificante. As mais altas árvores são oriundas de minúsculas sementes.” (Chico Xavier)
  29. 29. Origami...
  30. 30. Colagem...
  31. 31. Apresentações... dança, música...
  32. 32. Amigos...
  33. 33. Amigos...
  34. 34. Na semana da família, as Casas Lares prepararam uma comemoração especial para encerrar as atividades de 2009 e celebrar o nascimento de Jesus. Os jovens e as crianças da evangelização (DIJ) encenaram o nascimento de Jesus relembrando o verdadeiro significado do Natal e os “presentes” que o aniversariante gostaria de receber (paz, fraternidade, alegria, amor, solidariedade, bondade...). As crianças brincaram, cantaram, lancharam e ganharam muitos presentes de seus padrinhos e madrinhas. Mais uma tarde de muita alegria.“Não acredito que um indivíduo possa progredirespiritualmente enquanto aqueles que o cercam estão sofrendo.” (Mahatma Ghandi)
  35. 35. Teatro...
  36. 36. Presentes para Jesus...
  37. 37. Padrinhos para todos os lados...
  38. 38. Muitos padrinhos...
  39. 39. Presentes para as crianças...
  40. 40. Aconchego, abraços...
  41. 41. As crianças são a razão da existência das Casas Lares Humberto de Campos. É para elas todo o trabalho organizado e executado por diretores, voluntários, funcionários e amigos. Um abraço, um banhinho, um cuidado especial, uma comidinha gostosa, um carinho, uma história, um beijo, um “ninar” e, acima de tudo, amor… é o que elas “exigem” de nós. Elas nos agradecem com alegria e aquele sorriso que só as crianças sabem dar… E, nesta troca, quem sai ganhando somos nós. “Sonho com o dia em que todoslevantar-se-ão e compreenderão que foram feitos para viverem como irmãos. ” (Nelson Mandela)
  42. 42.  Sendo voluntário na instituição.  Doando artigos (roupas, alimentos, calçados, móveis, eletrodomésticos, brinquedos, etc.) para serem distribuídos às famílias assistidas pela instituição.  Colaborando com as campanhas promovidas pela instituição (material escolar, agasalho, brinquedo, Natal, etc.).  Estabelendo parcerias com a instituição.  Apadrinhando uma ou mais crianças assistidas pela instituição.“Hoje auxiliamos, amanhã seremos os necessitados de auxilio.” (Chico Xavier)
  43. 43. As Casas Lares Humberto de Campos agradecem a todos que têm ajudado na manutenção de suas atividades e no atendimento às famílias. Agradecem a todos que de uma forma muito especial têm possibilitado tantos sorrisos e alegrias. Agradecem a você … colaborador e voluntário que não mede esforços para estar presente no dia-a-dia de nossas crianças. MUITO OBRIGADA!“Cada boa ação que você pratica é uma luz que você cria em torno de seus próprios passos." (Chico Xavier)
  44. 44. Casas Lares Humberto de Campos “Pois eu estava com fome e vocês me deram comida; estava com sede e mederam água. Era estrangeiro e me receberam na sua casa. Eu afirmo a vocês que isto é verdade: quando vocês fizeram isso ao mais humilde dos meus irmãos, foi a mim que fizeram.” (Jesus de Nazaré)
  45. 45. Formatação: Cristiane S. F. Nascimento Imagens: arquivo pessoalMúsica: Israel Kamakawiwo’ole - Somewhere over the rainbow / What a Wonderful World -

×