Atps economia versão final

520 visualizações

Publicada em

ATPS ECONOMIA

Publicada em: Economia e finanças
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
520
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Atps economia versão final

  1. 1. UNIDERP – Universidade Anhanguera Centro de Educação a Distância Professor Presencial: Klinger Duarte ECONOMIA São Luís - MA 2013
  2. 2. UNIDERP – Universidade Anhanguera Centro de Educação a Distância Professor Presencial: Klinger Duarte Curso: Administração N20 Disciplina: Economia Professora: Profa. Ma.Renata M.G Dalpiaz Alunos: Edilma Vilaça Mendes – RA 415035 Luiz Leonel Baracat de Oliveira – RA 415084 Marcio David Rodrigues da Silva – RA 418028 Maria do Amparo Lopes de Carvalho – RA 405535 Vilzanir Cascaes Santos Maia - RA 420065 São Luís - MA 2013
  3. 3. SUMÁRIO INTRODUÇÃO .......................................................................................................................... 4 1. OBJETO DE ESTUDO ....................................................................................................... 5 2. FATURAMENTO ............................................................................................................... 6 3. VANTAGENS .................................................................................................................... 7 4. CONCORRÊNCIA ............................................................................................................. 7 5. INVESTIMENTO X FATURAMENTO ............................................................................ 8 6. CUSTOS.............................................................................................................................. 8 7. PERFIL DO FRANQUEADO .......................................................................................... 11 8. REQUISITOS MÍNIMOS ................................................................................................. 11 9. PROCEDIMENTOS ......................................................................................................... 12 10. LOCAL .......................................................................................................................... 12 11. PREVISÃO DA ECONOMIA SOBRE A FRANQUIA ............................................... 14 12. PERFIL DA POPULAÇÃO LUDOVICENSE ............................................................. 14 13. RENDA PER CAPITA .................................................................................................. 16 14. IDHM ............................................................................................................................ 16 15. IDH EDUCAÇÃO ......................................................................................................... 17 16. PARTICULARIDADE DA ECONOMIA LOCAL ...................................................... 18 17. A ECONOMIA E O SEU IMPACTO SOBRE OS FAST FOODS .............................. 19 18. CONCLUSÃO ............................................................................................................... 21 19. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA ............................................................................... 22
  4. 4. 4 INTRODUÇÃO O homem desde os seus primórdios luta para se alimentar, o homem para conseguir evoluir foi necessário adaptar-se, iniciou o seu processo de alimentação para sua sobrevivência, coletando grãos, raízes , frutas, todavia teve de aprender a caçar. Foi necessário dominar o fogo e com este calor criar seus sustento, aprendeu a utilizar-se do sal para conservar a carne, e assim o homem dominou os outros animais, as máquinas e com isso a sua liberdade. Hoje o preço dessa liberdade nos é cobrada em forma de trabalho, o homem não disponibiliza mais de tempo para caçar, colher e cultivar o seu próprio alimento, criar seus animais, para alimentar a sua família. Hoje o sustento da família não é mais obrigação do universo masculino, as mulheres também se encarregaram desta tarefa, e com isso foi necessário, abrir mão do conforto do seu lar, e passar o dia todo no trabalho fora de casa, estudando, se reciclando. Tal ato fizeram com que a rotina da sociedade obtivesse mudanças, e foi assim, que o mercado de fast food começou a crescer a nível mundial, cada vez com menos tempo para cozinhar, as comidas rápidas foram as soluções encontradas para suprir a famosa comida caseira, sanando assim, uma lacuna criada, e impulsionado o mercado de trabalho e econômico de várias sociedades.
  5. 5. 5 1. OBJETO DE ESTUDO 1.1- Franquia Giraffas O ramo de alimentação fora de casa, no caso em especial, denominado fast food, ou seja, comida rápida, se perguntarmos ao senso comum, este determina que fast food seria apenas as grandes cadeias de alimentos rápidos, espalhados pelos shoppings ou avenida das grandes cidades, porém o fast food engloba as pequenas, médias e grandes lanchonetes registrou que o setor foi responsável pelo consumo de 30% da renda mensal, de 27 milhões de brasileiros. A nível mundial quando se remete a comida rápida, nos remetemos a famosa marca McDonalds, Bobs, todavia no Brasil vamos destacar uma grande empresa de alimentos rápidos, e o mais importante é nacional, brasileiríssima a cadeia GIRAFFAS. marca registrada GIRRAFAS@ A empresa vem se expandindo no mercado brasileiro desde que abril a sua primeira lanchonete na Capital Federal, no ano de 1981 e com isso já se passaram mais de trinta anos e assim em 2011 galgou o mercado internacional, abrindo as portas em Miami Estado unidos, e Paraguai, contudo já possui mais de 400 pontos sendo que cinco destes estão situados na capital Ludovicense, e duas destas cinco unidades estão instaladas dentro de importantes shoppings. A empresa Giraffas possui preço bem acessível ao público, os produtos possuem uma qualificação muito boa e o mais importante os pratos são preparados ao gosto da população Brasileira, e hoje pratos saudáveis seguindo a orientação de nutricionistas, com alimentação balanceada, mas sem descaracterizar a nossa identidade cultural.
  6. 6. 6 Quanto se fala em expandir os negócios as franquias Giraffas, estão se lançando por vários municípios brasileiros, uma vez que, é considerada uma franquia barata. 2. FATURAMENTO R$ 1,000,000,000.00 R$ 900,000,000.00 R$ 800,000,000.00 R$ 700,000,000.00 R$ 600,000,000.00 R$ 500,000,000.00 R$ 400,000,000.00 R$ 300,000,000.00 R$ 200,000,000.00 R$ 100,000,000.00 FATURAMENTO ANUAL Com base nas informações do próprio site da empresa http://www.giraffas.com.br/. Imagens marca registrada Giraffas R$ - 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014
  7. 7. 7 Faturamento 700 milhões de reais Número de PDVs 460 Refeições vendidas 50 milhões Empregos diretos 10 mil Crescimento da marca 15,7% (2012) 3. VANTAGENS Veremos agora a vantagem de se abrir uma franquia Giraffas, desta forma será garantido todo o apoio necessário para o crescimento do empreendimento. Terá um apoio para manter o padrão de qualidade, para que os insumos ali trabalhados vierem a desqualificar os pratos apresentados pela unidade. Pratos para todos os gostos desde 11 tipos de deliciosos sanduiches e trintas pratos de refeições maravilhosas. Possui uma empresa apta a fazer a logística de reposição das mercadorias facilitando a entrega dos produtos. Visa a inovação como no caso de pager de espera, o qual indica ao cliente que a sua refeição já se encontra pronta para ser retirada no balcão. 4. CONCORRÊNCIA O mercado competitivo, é de grande valia, pois assim quem ganha é o consumidor, e para isso, as empresas tendem a se diversificarem para manterem de forma ativa, desta forma, a competição é sempre grande, a rede Girrafas possuem concorrentes de peso, a nível internacional como o Macdonald´s, o Bobs, Montana Express etc. Porém cada um possuí a sua participação no mercado de forma atuante. 50% 44% 40% 30% 20% 10% 0% FREQUENCIA NOS FAST FOODS 17% 8% 7% 5% 4% 4% 3% 2% 2% 4%
  8. 8. 8 Abrir uma franquia da empresa Girrafas é necessário que o investidor tenha um capital girando por volta dos R$ 800.000,00, e que pode passar a mais R$ 1.000.000,00 Veremos agora a opção de um plano de investimento em um Shopping, com toda a instalação pronta e matéria prima para funcionamento inicial. 5. INVESTIMENTO X FATURAMENTO Investimento médio em um restaurante de shopping center com 82m²: R$ 950 mil, a 1 milhão, com área mínima de 82m² + mezanino. Tempo médio de retorno do investimento: A partir de 36 meses. Taxa fundo de marketing: 3% sobre o faturamento bruto mensal. Taxa de franquia: R$ 60 mil a título de adesão à marca Giraffas® por contrato de 5 anos. Royalties: 5% sobre o faturamento bruto mensal Ponto comercial: aluguel R$8.000,00 Capital de giro: R$ 50.000,00 Faturamento mensal bruto (média) R$ 170.000,00 6. CUSTOS 6.1- Custos variáveis Os custos variáveis são os que oscilam relativamente ao número de unidade utilizada. Ex.O preço dos alimentos que podem sofrer variações constantes 6.2- Custos fixos Os custos fixos normalmente não alteram, assim, os valores são fixos não importando os recursos que estão sendo utilizados no projeto. Ex. O preço do aluguel.
  9. 9. 9 6.3- Custos diretos Os custos diretos estão atrelados diretamente ao projeto.São os tipos de custos mais comuns. Ex. Matéria prima utilizada na produção do produto 6.4- Custos indiretos Custo indireto é aquele que não se pode mensurar no momento de sua ocorrência.Ex.Custos com energia elétrica Pesquisa realizada em 2011, traça perfil do consumidor de comida fast food brasileiro, realizado pela Shopper Experience entrevistou 5.815 pessoas, com idades entre 18 e 55 anos. 70% 60% 50% 40% 30% 20% 10% 0% CONSUMIDORES POR REGIÃO 68% 13% 12% 6% 1% Sudeste Sul Nordeste Centro-oeste Norte 50% 40% 30% 20% 10% 0% ESTADO CIVIL DOS CONSUMIDORES 50% 41% 9% Casados Solteiros viúvos e separados
  10. 10. 10 30% 25% 20% 15% 10% 5% FREQUENCIA DE CONSUMO EM FAST FOODS A franquia empresarial Giraffas tornou-se ao longo destes mais de 30 anos, uma marca forte tanto no Brasil quanto nos Estados Unidos e Paraguai. São mais de 350 lojas franqueadas em todo o Brasil. Mesmo assim há mercado para abrir e montar franquias em todas as cidades brasileiras, especialmente as cidades-sede da Copa do Mundo de 2014. Franquia Paraguai Franquia E.U.A 0% Mais de uma vez por semana Uma vez por semana Uma vez quinzena Uma vez ao mês Menos de uma vez por mês Nunca consomem 28% 27% 20% 13% 10% 2%
  11. 11. 11 Segundo estudos econômicos e pesquisas realizadas pela empresa franqueadora, ainda há espaço para expansão das franquias Giraffas em todas as cidades brasileiras e o crescimento é certo, especialmente em cidades pequenas. 7. PERFIL DO FRANQUEADO Para um desenvolvimento prospero da franquia é importante que o franqueado, administre de forma atuante, mesmo com as garantias e nome prestigiado que a marca Giraffas@ representa. Com o objetivo de garantir a melhor qualidade para o seus clientes, tanto nos alimentos quanto no atendimento, a empresa exige que o candidato a franqueado Girrafas, passe por um uma avaliação, esta exigida pelo corpo gerencial do grupo. 8. REQUISITOS MÍNIMOS Abaixo lista de requisitos mínimos para se tornar um franqueado:  Idade mínima 25 anos  Se possível nível superior completa  Empreendedorismo  Líder Nato  Prática na área comercial  Aptidão financeira para instalação da franquia  Disponibilidade para o negócio  Desenvoltura e carisma para trabalhar com pessoas
  12. 12. 12  Desenvolvimento com a rede  Gostar e ter habilidade para atuar com pessoas  Concordar e se comprometer a seguir as regras do Sistema de Franquia Giraffas. 9. PROCEDIMENTOS 1. Passo fazer a inscrição no site do Giraffas 2. Passo participar da palestra sobre a franquia Giraffas 3. Passo entrevista com a área de expansão 4. Passo Busca pelo ponto comercial 5. Passo Preenchimento e envio da ficha do ponto 6. Passo entrevista com a área de expansão 7. Passo Test Drive (02 a 03 dias na direção) 8. Passo Entrevista com o comitê da empresa( Gestão de pessoas, MKT e Operação) 9. Passo Aprovação do plano de negocio 10. Passo Aprovação pela empresa e comitê da empresa e Departamento de avaliação 11. Passo Entrega de documentação 12. Passo Entrega de circular de oferta COF 13. Passo assinatura do pré-contrato/contrato e pagamento da taxa de franquia (Fonte: http://www.girafamania.com.br/tudo/giraffas.htm) 10. LOCAL Imagens do complexo Reserva da Ilha
  13. 13. 13 Veremos agora por qual motivo o plano de investimento foi traçado par ao shopping da Ilha, este com sua área bruta locável de 43.000m², estacionamento com 2.000 vagas, lojas âncoras e megalojas um total de 15, além das 224 satélites. Possui ainda 30 operações no ramo alimentício. A localização situada numa das maiores avenidas de São Luis-MA, a Av. Daniel de La Touche, visto que faz parte de um dos maiores empreendimentos comerciais e imobiliários da cidade, uma vez que esta inserido no complexo Reserva da Ilha, um sub bairro composto pelo shopping da Ilha, um condomínio residencial em obras e um complexo comercial composto por duas torres com 239 salas, além do que o shopping possui área para futuras expansões, o complexo é próximo a colégios, faculdade e um dos principais hospitais do município. Imagem da praça de alimentação shopping da Ilha A futura franquia irá em prol do público que será beneficiado por comidas rápidas, em especial os trabalhadores, os transeuntes, situados naquele nicho, ainda mais com a criação do novo complexo empresarial e o condomínio, que esta sendo instalados no complexo reserva da ilha, o shopping da Ilha, irá aumentar a quantidade dos consumidores que necessitam por sua vez, de alimentação rápida, devido a falta de tempo, e barata, desta forma lanches rápidos, e pratos a La carte se ampliando para o público que transita entre a classe média e classe media baixa, conforme fonte de pesquisa Jornal do comercio de Fortaleza, A cidade de São Luís do Maranhão, tomou a posse no ranking das capitais mais caras ao que se remete alimentação a um custo médio de R$ 36,21. algo que não é acessível, ao público em geral diariamente sendo que a empresa Giraffas sempre aborda campanhas promocionais, no presente caso pratos R$ a partir de R$ 10,90.
  14. 14. 14 11. PREVISÃO DA ECONOMIA SOBRE A FRANQUIA Percebemos que o ramo alimentício vem a ser um dos primeiros a refletir o impacto da economia, ou seja, impacto negativo, uma vez que, se ocorrer a falta do produto e o mesmo não seja substituível o alimento pronto, sofrerá aumento e este, por sua vez, será repassado ao consumidor final. Contudo, segundo pesquisas realizadas pela IE BUSINESS SCHOOL, a economia mundial realizou um crescimento que girou em torno 3%, 2013, visto que para 2014, os economistas estão sendo otimistas estimando um acréscimo de mais 1%, totalizando 4%. Tal crescimento será aquecido devido ao aumento das classes emergentes atrelado ao BRICS. (.AméricaEconomía.com). Tendo as famílias galgado uma renda maior, irá por sua vez, consumir mais, porém, com tal ocorrência passam a exigir mais dos fornecedores, ou seja, querem cada vez mais qualidade, nos serviços, nos alimentos. Conforme dados do IBGE as empresas do ramo alimentício, obtiveram um crescimento de 50% no período de 2007 e 2010 ou seja impulsionou a economia nacional. Dados: http://www.ms.agenciasebrae.com.br/noticia.kmf?canal=676&cod=20353341 12. PERFIL DA POPULAÇÃO LUDOVICENSE Para a economia, a geografia não é o simples registros de acidentes geográficos e climáticos. Ela nos permite avaliar fatores muito úteis à a analise econômica, como as condições geoeconômicas dos mercados, a concentração espacial dos fatores produtivos, a localização de empresas e a composição setorial da atividade econômica Informações macroeconômicas da Cidade do São Luís.
  15. 15. 15 1,200,000 1,000,000 800,000 600,000 400,000 200,000 0 POPULAÇÃO SÃO LUÍS 539,842 474,995 1,014,837 Nº MULHERES Nº HOMENS TOTAL Como podemos analisar o gráfico acima, fica demonstrado que a maior parte de habitantes da cidade é do sexo feminino, que o número de habitantes na cidade do São Luís do Maranhão no último censo de 2010, classificando por Gênero o número de homens são de 474.995 homens, e de 539.842 mil mulheres dando um total de uma população de 1.014.837 milhões de pessoas. Quanto ao PIB da capital Maranhense, a maior arrecadação provem do ramo dos serviços, bem atrás nota-se o ramos das indústrias, e timidamente, todavia, não menos importante, aparece a agropecuária. 1,200,000,000 1,000,000,000 800,000,000 600,000,000 400,000,000 200,000,000 0 PIB - BRASIL X MARANHÃO 105,163,000 539,315,998 1,197,774,001 4,065,451 3,929,251 14,866,394 AGROPECUÁRIA INDÚSTRIA SERVIÇOS Maranhão Brasil
  16. 16. 16 Variável São Luís Maranhão Brasil Agropecuária 17.039 4.065.451 105.163.000 Indústria 3.232.336 3.929.251 539.315.998 Serviços 11.319.596 14.866.394 1.197.774.001 13. RENDA PER CAPITA No mapa das capitais brasileiras por renda per capita em 2010, os nomes das capitais, nesta imagem pode-se ver que a cidade de São Luís está no grupo da cor amarela ou seja, a sua renda per capita é de mais de R$ 600,00, ou seja, faz parte das regiões com uma renda baixa. 22 São Luís Maranhão R$ 654,00 R$ 1.400,00 R$ 1.200,00 R$ 1.000,00 R$ 800,00 R$ 600,00 14. IDHM Conforme informações do IBGE, no ano de 2010, a cidade de São Luís do Maranhão apresentou um índice de desenvolvimento humano alto visto que segundo dados da pesquisa ela ocupou o 15º lugar entre as capitais nacionais.
  17. 17. 17 Posição Capital IDHM 8 Goiânia 0,799 9 Rio de Janeiro 0,799 10 Palmas 0,788 11 Cuiabá 0,785 12 Campo Grande 0,784 13 Recife 0,772 14 Aracaju 0,77 15 São Luís 0,768 0.8 0.795 0.79 0.785 0.78 0.775 0.77 0.765 0.76 0.755 0.75 0.799 0.799 GOIÂNIA RIO DE IDHM POR POSIÇÃO 0.788 0.785 0.784 0.772 0.77 0.768 8 9 10 11 12 13 14 15 15. IDH EDUCAÇÃO JANEIRO PALMAS CUIABÁ CAMPO GRANDE RECIFE ARACAJU SÃO LUÍS Os dados obtidos pelo IBGE, 2010 informa que a capital do maranhão obteve o quarto lugar em índice desenvolvimento humano educacional, a nível nacional e em terceiro lugar, a nível dos estados que compõe a região nordeste.
  18. 18. 18 0.81 0.8 0.79 0.78 0.77 0.76 0.75 0.74 0.73 0.72 IDHM EDUCAÇÃO POR POSIÇÃO Nível de emprego, a maioria dos trabalhadores na cidade desenvolvem atividades técnicas ou braçais nas grandes empresas, existem vagas a serem ocupadas, porém, o que falta no mercado é mão-de -obra qualificada para desempenhar tais atividades. 16. PARTICULARIDADE DA ECONOMIA LOCAL A economia da Ilha, é fomentada pelos serviços, uma vez que, o campo industrial possui duas grandes empresas a Companhia Vale do Rio Doce, que trabalha com exportação de minério de ferro, que funciona no porto de Itaqui o segundo maior do mundo em profundidade, e a empresa ALUMAR, grande produtora de alumínio. Vale Alumar 0.71 VITÓRIA FLORIANÓPOLIS CURITIBA SÃO LUÍS PALMAS BRASÍLIA 1 2 3 4 5 6
  19. 19. 19 17. A ECONOMIA E O SEU IMPACTO SOBRE OS FAST FOODS A SELIC por sua vez, é uma ancora que tenta é a as taxas de juros média, que se aplica ao financiamentos diários, para que assim os investidores estrangeiros tenham uma compensação sobre os valores emprestados e continuem a emprestar valores, para o nosso governo. A taxa de câmbio é uma bússola que norteia, a implantação do fast food, e em sua atividade, uma vez que, uma grande parte dos equipamentos utilizados na produção dos alimentos, são importados, na adesão destes maquinários ou na substituição dos mesmos ou peças de reparo, a moeda a ser utilizada em nosso caso é o dólar X o real, e como o dólar normalmente é uma moeda de valor superior, no câmbio o mesmo em alta vai pesar no bolso do empreendedor, mesmo que a empresa seja 100% brasileira o seu maquinário não é, pois ainda precisamos recorrer a importação. A taxa de juro também influência na economia de forma que freia a inflação, ou seja aumentando os juros, para que a economia esfrie, ou seja lei da oferta e da demanda, se não diminuir o nível de consumo os preços aumentam, causando assim desvalorização da moeda, por outro lado, quando as taxas de juros caem, é bom para o comércio, pois os investidores podem aumentar seus negócios, adquirindo juros mais baixos para um financiamento, os consumidores por sua vez, gastam mais, fomenta o comercio, a taxa de juro não deve ficar abaixo dos 8%, visto que as suas consequências negativas seriam devastadoras, visto os prós e os contras a taxa de juro alta também atrapalha o campo de investimento para o desenvolvimento da franquia de fast food. "Não há fórmula exata na economia, uma medida sempre tem um impacto positivo e outro negativo", conclui Paulo Gala, professor da Fundação Getúlio Vargas (FGV/SP). A crise que mundial que se abateu em 2009, não afetou o mercado de fast food, houve neste setor um processo inverso, visto que com o aumento de desemprego, muitas famílias que utilizavam restaurantes, tiveram de se adaptar a sua nova realidade e passaram a consumir mais fast food. Não somente no Brasil, mais em todo o mundo se viu esse crescimento segundo fontes.
  20. 20. 20 O Brasil é o único país que obteve êxito no grupo do BRINCS, realizando uma ponta entre divisão de renda e o desenvolvimento econômico do país, ou seja, um ponto de partida fundamental que irá estreitar a miséria que aflige a população menos favorecida e assim criar novos consumidores, fomentando a economia e o mercado alimentício de fast food. Quanto a China cada dia mais vem, se destacando como um gigante empreendedor, enriquecendo, e cada dia mais fazendo grandes negócios com nossa nação. O Brasil superou de forma positiva a crise econômica, corrida nestes últimos anos, bem diferente de alguns países europeus (Grécia e Espanha e Itália), que mergulharam numa depressão econômica e que patinam de um lado para o outro tentando se estabilizarem mas nada resolve. Estamos dando avanços, e o ramo de alimentação rápida, é crescente em todo pais, segue a tendência do futuro, por falta de tempo se cozinhar menos em sua residência, caso ocorra uma nova crise econômica, o ramo alimentício de fast food, hoje destinado a classe b e c não sofrerá deve sofre tanto impacto, e se repetir os dados anteriores, pelo contrário, irá se beneficiar no mercado, já que a alimentação se trata de é uma necessidade vital ao ser humano, com base que os alimentos rápidos são refeições populares, e com a crise esse mercado será abraçado pelos novos componentes.
  21. 21. 21 18. CONCLUSÃO Com base nas pesquisas realizadas chegamos ao denominador comum de que, o mercado de alimentação permanece em crescimento e no momento é um bom investimento, principalmente com o apoio dado pelas franquias as franqueadas, um apoio essencial tanto nas questões econômicas e de planejamento. Escolhemos a franquia GIRRAFAS@, devido ser uma empresa 100% brasileira e conseguir abocanhar um espaço internacional, o qual é muito exigente as questões de qualidade. Percebemos que o Brasil cresce a cada dia mais, melhorando a renda da família Brasileira, que muitos saíram da linha da pobreza, desta forma aumenta também o número de consumidores. Do ponto de vista econômico, a previsão é de que a economia mundial aumente, desta forma aumenta também o número de investimento em nosso mercado interno, aquecendo a economia. Se mesmo no período de crise mundial o mercado de fast food conseguiu-se manter firme e crescer, afirmamos uma vez mais, que é um investimento seguro, embasado no local da instalação, visto que os pontos de alimentação instalados na praça de alimentação, e já instalados não devem comportar o grande número de transeuntes que iram frequentar o shopping, assim que todo o empreendimento Reserva da Ilha encontrar-se concluído e funcionando em pleno vapor.
  22. 22. 22 19. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA Sites pesquisa:  Girrafas@:Disponível em:  Fonte:< http://www.giraffas.com.br/franquias/  Acesso em: 05 de agosto de 2013  Rede de Lanchonetes GIRAFFAS@ Disponível em:  Fonte:< http://www.girafamania.com.br/tudo/giraffas.htm  Acesso em: 05 de agosto de 2013  Sua Franquia .Com o portal dos bons negócios:Disponível em:  Fonte:< http://www.suafranquia.com/noticias/alimentacao/2013/06/giraffas-busca-investidores- para-capitais-brasileiras.html  Acesso em: 16 de agosto de 2013  IBGE CIDADE. Disponível em:  Fonte: http://cidades.ibge.gov.br/xtras/uf.php?lang=&coduf=21&search=maranhao  Acesso em: 18 de agosto de 2013.  IBGE CIDADE PIB. Disponível em:  Fonte:http://cidades.ibge.gov.br/xtras/temas.php?lang=&codmun=211130&idtema=103& search=maranhao|sao-luis|produto-interno-bruto-dos-municipios-2010  Acesso em: 18 de agosto de 2013.  IBGE CIDADE ESTIMATIVA DA POPULAÇÃO 2013 Disponível em:  Fonte:htttp://cidades.ibge.gov.br/xtras/temas.php?lang=&codmun=211130&idtema=119& search=maranhao|sao-luis|estimativa-da-populacao-2013  Acesso em: 10 de setembro de 2013.
  23. 23. 23  Redes de fast food esperam lucrar com a crise. Disponível em:  Fonte:http://epocanegocios.globo.com/Revista/Common/0,,EMI67702-16355,00- REDES+DE+FAST+FOOD+ESPERAM+GANHAR+COM+A+CRISE.html  Acesso em: 10 de setembro de 2013.  BRICS:desigualdade sociais nos países emergentes. Disponível em:  Fonte: http://observatorio-das-desigualdades.cies.iscte.pt/index.jsp?page=projects&id=123  Acesso em: 10 de setembro de 2013.  BRICS:desigualdade sociais nos países emergentes. Disponível em:  Fonte: http://observatorio-das-desigualdades.cies.iscte.pt/index.jsp?page=projects&id=123  Acesso em: 10 de setembro de 2013  O sobe e desce da política cambial brasileira. Disponível em:  Fonte:/http://www.jb.com.br/economia/noticias/2012/12/05/o-sobe-e-desce-da-politica-cambial- brasileira/  Acesso em: 22 de setembro de 2013  O sobe e desce da política cambial brasileira. Disponível em:  Fonte:http://www.americaeconomiabrasil.com.br/mba-educ-executiva/ie-business-school-crescimento- mundial-sera-de-4-em-2014-liderado-por-bric  Acesso em: 22 de setembro de 2013  Custo diretos e indiretos Apuração. Disponível em:  Fonte:http://www.portaldecontabilidade.com.br/guia/custos_direitos.htm  Acesso em 26 de setembro de 2013  . No Brasil, Subway é mais frequentado do que Burguer King  Fonte:htthttp://exame.abril.com.br/marketing/noticias/no-brasil-subway-e-mais-frequentado- que-burger-king  Acesso em: 22 de setembro de 2013

×