Força elástica 2 a

15.274 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
1 comentário
2 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
15.274
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
15
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
148
Comentários
1
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Força elástica 2 a

  1. 1. Força elástica !<br />
  2. 2. Lei de Hooke !<br />Em 1660 o físico inglês R. Hooke observando o comportamento mecânico de uma mola, descobriu que as deformações elásticas obedecem a uma lei muito simples. Hooke descobriu que quanto maior fosse o peso de um corpo suspenso a uma das extremidades de uma mola (cuja outra extremidade era presa a um suporte fixo) maior era a deformação sofrida pela mola. Analisando outros sistemas elásticos, Hooke verificou que existia sempre proporcionalidade entre força deformantes e deformação elástica produzida. Pôde então enunciar o resultado das suas observações sob forma de uma lei geral. Tal lei, que é conhecida atualmente como lei de Hooke, e que foi publicada por Hooke em 1676, é a seguinte: “As forças deformantes são proporcionais às deformações elásticas produzidas.”<br />
  3. 3. Exemplo :<br />Considere uma mola vertical presa em sua extremidade superior. Aplicando-se uma força F na extremidade inferior da mola ela sofre deformação ( x ). Essa deformação é chamada de ELÁSTICA quando, retirada a força F, a mola retorna para a mesma posição.<br />
  4. 4. Fórmula !<br />F = - K .ΔS<br />Obs: O sinal de menos (-) na fórmula se deve ao fato de que a força restauradora (força que tende a fazer a mola voltar para sua posiçao inicial )<br />
  5. 5. Explicação da fórmula !<br />O sinal de menos (-) na fórmula se deve ao fato de que a força restauradora tem sentido oposto ao deslocamento.<br />Força restauradora (elástica): é uma força que tende a fazer a mola voltar (restaurar) para a posição de equilíbrio (posição inicial).<br />Δx pode ser chamado de : deslocamento , deformação ou elongação .<br />K : constante de elasticidade da mola.<br />
  6. 6. K :<br />A constante de elasticidade da mola, influencia muito na força necessária para o deslocamento .<br />Por exemplo : <br />Mola 1 : K = 100 N/M  dura ( + F)<br />Mola 2 : K = 1 N/m  mole ( - F )<br />
  7. 7. Exercício !<br />Um corpo de 10kg, em equilíbrio, está preso à extremidade de uma mola, cuja constante elástica é 150N/m. Considerando g=10m/s², qual será a deformação da mola?<br />Obs :Se o corpo está em equilíbrio, a soma das forças aplicadas a ela será nula, ou seja:<br />, pois as forças tem sentidos opostos.<br />
  8. 8. Links:<br />http://www.fisica.ufs.br/CorpoDocente/egsantana/dinamica/trabajo/muelle/muelle.htm - SIMULAÇÃO !<br />http://www.youtube.com/watch?v=UI4ih5_mLTA&feature=related – VIDEO EXPLICATIVO SOBRE CONSTANTE DE DEFORMAÇÃO .<br />
  9. 9. Mariana M. de Almeida Hernande – n° 22<br />Maria Paula Lacerda – n°31<br />2°A<br />

×