Efeito Fotoelétrico Teoria de Einstein para o Efeito Fotoelétrico
Os Problemas da Física no Final do Século XIX Efeito Fotoelétrico Heinrich Hertz (1887)
Os Problemas da Física no Final do Século XIX Efeito Fotoelétrico <ul><li>Philipp Lenard: </li></ul><ul><li>Quando uma rad...
Os Problemas da Física no Final do Século XIX Efeito Fotoelétrico Heinrich Hertz (1887)
Os Problemas da Física no Final do Século XIX Efeito Fotoelétrico – Resultados Experimentais
Os Problemas da Física no Final do Século XIX Efeito Fotoelétrico – Resultados Experimentais  0 -limiar de frequências ab...
Os Problemas da Física no Final do Século XIX Efeito Fotoelétrico – Problemas com a Física Clássica <ul><li>O aumento da i...
Os Problemas da Física no Final do Século XIX Efeito Fotoelétrico Albert Einstein (1905) <ul><li>Assumiu: </li></ul><ul><l...
Os Problemas da Física no Final do Século XIX Efeito Fotoelétrico Albert Einstein (1905) K  =  h  v  -  w Energia cinética...
Os Problemas da Física no Final do Século XIX Efeito Fotoelétrico Albert Einstein (1905) K  =  h  v  -  w Função Trabalho ...
Os Problemas da Física no Final do Século XIX Efeito Fotoelétrico Albert Einstein (1905) <ul><li>Solução do problema: </li...
Os Problemas da Física no Final do Século XIX Efeito Fotoelétrico Albert Einstein (1905) <ul><li>Solução do problema: </li...
Os Problemas da Física no Final do Século XIX Efeito Fotoelétrico Albert Einstein (1905) <ul><li>Solução do problema: </li...
Os Problemas da Física no Final do Século XIX Efeito Fotoelétrico Albert Einstein (1905) Consistência da Teoria de Einstei...
Os Problemas da Física no Final do Século XIX Efeito Fotoelétrico Albert Einstein (1905) Consistência da Teoria de Einstei...
Os Problemas da Física no Final do Século XIX Efeito Fotoelétrico Albert Einstein (1905) Consistência da Teoria de Einstei...
Os Problemas da Física no Final do Século XIX Efeito Fotoelétrico – Uma aplicação: relé fotoelétrico
Os Problemas da Física no Final do Século XIX 1916 – Einstein propõe que um fóton possui momento dado por
Natureza da Luz Luz monocromática A luz exibe comportamento corpuscular!!!
Natureza da Luz Fóton com energia h  Luz monocromática
Natureza da Luz Interação luz monocromática - matéria
Natureza da Luz Luz policromática Cada fóton com sua energia h 
Natureza da Luz No entanto, sabemos que a luz pode sofrer difração, interferência e polarização, isto é, a luz tem  compor...
Natureza Dual da Luz <ul><li>A luz, e por extensão, todas as radiações eletromagnéticas, exibe caráter dual, isto é, ora c...
Para refletir: <ul><li>“ Cada pedaço ou parte da natureza total é sempre uma mera aproximação da verdade completa, ou a ve...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

6 Efeito Fotoeletrico2

1.325 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.325
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
32
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

6 Efeito Fotoeletrico2

  1. 1. Efeito Fotoelétrico Teoria de Einstein para o Efeito Fotoelétrico
  2. 2. Os Problemas da Física no Final do Século XIX Efeito Fotoelétrico Heinrich Hertz (1887)
  3. 3. Os Problemas da Física no Final do Século XIX Efeito Fotoelétrico <ul><li>Philipp Lenard: </li></ul><ul><li>Quando uma radiação de freqüência maior ou igual a 10 15 Hz </li></ul><ul><li>incide sobre uma superfície metálica, ocorre emissão de elétrons. </li></ul><ul><li>A emissão ocorre a alto vácuo, portanto os protadores de carga </li></ul><ul><li>não são íons gasosos. </li></ul><ul><li>A ação de um campo magnético confirma a carga negativa dos </li></ul><ul><li>portadores </li></ul><ul><li>a razão e/m fornecia a carga do elétron obtida por Millikan e </li></ul><ul><li>Thomsom </li></ul>
  4. 4. Os Problemas da Física no Final do Século XIX Efeito Fotoelétrico Heinrich Hertz (1887)
  5. 5. Os Problemas da Física no Final do Século XIX Efeito Fotoelétrico – Resultados Experimentais
  6. 6. Os Problemas da Física no Final do Século XIX Efeito Fotoelétrico – Resultados Experimentais  0 -limiar de frequências abaixo da qual o EFE não ocorre.
  7. 7. Os Problemas da Física no Final do Século XIX Efeito Fotoelétrico – Problemas com a Física Clássica <ul><li>O aumento da intensidade da radiação incidente deveria resultar </li></ul><ul><li>no aumento do potencial limite </li></ul><ul><li>2) O efeito fotoelétrico deveria ocorrer para qualquer freqüência, </li></ul><ul><li>dependendo apenas da intensidade da radiação incidente </li></ul><ul><li>3) Deveria existir um intervalo de tempo mensurável entre a absorção </li></ul><ul><li>da energia da radiação e a emissão do elétron. </li></ul>
  8. 8. Os Problemas da Física no Final do Século XIX Efeito Fotoelétrico Albert Einstein (1905) <ul><li>Assumiu: </li></ul><ul><li>luz monocromática consistia de um fluxo de partículas (fótons) com </li></ul><ul><li>energia </li></ul><ul><li>E = h  </li></ul><ul><li>Na interação do fóton com o elétron podia ocorrer: </li></ul><ul><ul><ul><ul><li>espalhamento do fóton segundo as leis da óptica </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>absorção completa da energia do fóton pelo elétron, com </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>o desaparecimento o fóton e emissão do elétron (fotoelétron) </li></ul></ul></ul></ul>
  9. 9. Os Problemas da Física no Final do Século XIX Efeito Fotoelétrico Albert Einstein (1905) K = h v - w Energia cinética do fotoelétron Energia do Fóton incidente Trabalho para remover o elétron do metal
  10. 10. Os Problemas da Física no Final do Século XIX Efeito Fotoelétrico Albert Einstein (1905) K = h v - w Função Trabalho K max = h v – w 0
  11. 11. Os Problemas da Física no Final do Século XIX Efeito Fotoelétrico Albert Einstein (1905) <ul><li>Solução do problema: </li></ul><ul><li>K max não depende da intensidade da iluminação </li></ul><ul><li>A intensidade da radiação está relacionada com a densidade de Fótons </li></ul><ul><li>O elétron absorve um único fóton de energia h  </li></ul>
  12. 12. Os Problemas da Física no Final do Século XIX Efeito Fotoelétrico Albert Einstein (1905) <ul><li>Solução do problema: </li></ul><ul><li>Existência de um limiar de freqüências </li></ul><ul><li>Quando K max = 0 h    w 0 </li></ul><ul><li>  não há emissão de elétrons </li></ul>
  13. 13. Os Problemas da Física no Final do Século XIX Efeito Fotoelétrico Albert Einstein (1905) <ul><li>Solução do problema: </li></ul><ul><li>Ausência de retardamento no processo </li></ul><ul><li>Fóton (energia concentrada) é absorvido integralmente emissão </li></ul><ul><li>instantânea </li></ul>
  14. 14. Os Problemas da Física no Final do Século XIX Efeito Fotoelétrico Albert Einstein (1905) Consistência da Teoria de Einstein K max = h  – w 0 Mas K max = e V 0
  15. 15. Os Problemas da Física no Final do Século XIX Efeito Fotoelétrico Albert Einstein (1905) Consistência da Teoria de Einstein K max = h  – w 0 Mas K max = e V 0 Inclinação da curva K max x 
  16. 16. Os Problemas da Física no Final do Século XIX Efeito Fotoelétrico Albert Einstein (1905) Consistência da Teoria de Einstein K max = h  – w 0 Mas K max = e V 0 Millikan obteve h = 6,57 x 10 -34 J.s
  17. 17. Os Problemas da Física no Final do Século XIX Efeito Fotoelétrico – Uma aplicação: relé fotoelétrico
  18. 18. Os Problemas da Física no Final do Século XIX 1916 – Einstein propõe que um fóton possui momento dado por
  19. 19. Natureza da Luz Luz monocromática A luz exibe comportamento corpuscular!!!
  20. 20. Natureza da Luz Fóton com energia h  Luz monocromática
  21. 21. Natureza da Luz Interação luz monocromática - matéria
  22. 22. Natureza da Luz Luz policromática Cada fóton com sua energia h 
  23. 23. Natureza da Luz No entanto, sabemos que a luz pode sofrer difração, interferência e polarização, isto é, a luz tem comportamento ondulatório !!!
  24. 24. Natureza Dual da Luz <ul><li>A luz, e por extensão, todas as radiações eletromagnéticas, exibe caráter dual, isto é, ora comporta-se como onda, ora como partícula. </li></ul><ul><li>Einstein elimina o determinismo da Física: nasce a Mecânica Quântica!! </li></ul>
  25. 25. Para refletir: <ul><li>“ Cada pedaço ou parte da natureza total é sempre uma mera aproximação da verdade completa, ou a verdade completa até onde a conhecemos. </li></ul><ul><li>De fato, tudo que conhecemos é apenas algum tipo de aproximação, pois sabemos que não conhecemos todas as leis ainda. </li></ul><ul><li>Portanto, as coisas devem ser aprendidas apenas para serem desaprendidas de novo ou, mais provavelmente, para serem corrigidas.” </li></ul><ul><li>Richard Feynman, “Física em Seis Lições”, 1963. </li></ul>

×