Gatos&Gatas "Um gato vive um pouco nas poltronas, no cimento ao sol, no telhado sob a lua. Vive também sobre a mesa d...
Características   <ul><li>Os gatos pertencem a ordem carnívora, na qual os animais tem dentes cortantes e salientes, e con...
Ronronar <ul><li>  Quando acariciamos um gato dócil, ele normalmente começa a emitir um agradável ruído, como um &quot;mot...
Personalidade <ul><li>Cada gato tem o seu jeito próprio de ser. Tem aquele que é sempre assustado, aquele paradão, o carin...
Expectativa e Porte <ul><li>Em cativeiro, os gatos vivem tipicamente entre 15 e 20 anos, mas o exemplar mais velho já regi...
Cuidado com seu gato <ul><li>Quando você comprar um gato, faça um exame preliminar, que indicará se o gato tem algum probl...
<ul><li>Sua barriguinha deve estar cheia mas não muito estufada (caso esteja assim, pode ser sinal de vermes). Observe se ...
Companhia <ul><li>Os gatos gostam de viver em bandos, quando tiver seu gato, tenha no mínimo dois, para que um possa fazer...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Gatos&Gatas

1.447 visualizações

Publicada em

Para os adoradores deste felino

Publicada em: Tecnologia, Turismo
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.447
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Gatos&Gatas

  1. 1. Gatos&Gatas &quot;Um gato vive um pouco nas poltronas, no cimento ao sol, no telhado sob a lua. Vive também sobre a mesa do escritório, e o salto preciso que ele dá para atingi-la é mais do que impulso para a cultura. É o movimento civilizado de um organismo plenamente ajustado às leis físicas, e que não carece de suplemento de informação. Livros e papéis, beneficiam-se com a sua presteza austera. Mais do que a coruja, o gato é símbolo e guardião da vida intelectual&quot;. Carlos Drummond de Andrade
  2. 2. Características <ul><li>Os gatos pertencem a ordem carnívora, na qual os animais tem dentes cortantes e salientes, e consomem carne. Foram classificados pelos biólogos como carnívoros devido aos aos seus dentes, mas existem outras características comuns a todos os carnívoros como o corpo peludo e com garras nas patas. </li></ul><ul><li>Os gatos são muito silenciosos. Esta é uma herança de seus antepassados que fazem deles caçadores ainda melhores. Isto porque suas patas têm uma densa pelagem, abafando os ruídos que elas produzem contra o chão. </li></ul><ul><li>Embora o homem seja muito maior do que o gato doméstico, os gatos tem um número bem maior de ossos: 230, contra os 206 do homem. Muitos destes estão localizados na cauda. </li></ul><ul><li>Os gatos tem comportamentos diferentes com a sua cauda, de acordo com o espécime ou raça. Mesmo assim, de maneira geral, as caudas nos dizem muito sobre como está o &quot;humor&quot; deles. Quando levantada mostra orgulho e contentamento do gato. Quando estendida e ereta, mostra que está espreitando um ataque. Enrolada diz que o gato está espantado ou aflito. E diferentemente dos cachorros, quando agita a cauda de um lado para o outro, pode demonstrar que o gato está bravo ou nervoso. </li></ul>
  3. 3. Ronronar <ul><li> Quando acariciamos um gato dócil, ele normalmente começa a emitir um agradável ruído, como um &quot;motorzinho&quot;. A verdade é que este hábito ainda não foi totalmente compreendido pelos biólogos. O certo é que o ronronar não provém de cordas vocais. Estas servem para outros sons menos agradáveis do seu repertório - os miados e gemidos. </li></ul><ul><li>Quando um gato emite o característico ronronar de satisfação, pode-se sentir as vibrações que emanam da garganta. Dentro dela, juntamente com as cordas vocais, o gato possui um par de estruturas chamadas pregas vestibulares, ou falsas cordas vocais, e alguns cientistas acreditam que elas vibram quando o gato respira. É evidente que o ronronar exige muito pouca energia e o animal pode produzi-lo durante vários minutos seguidos. </li></ul><ul><li>No entanto, há quem diga que as falsas cordas vocais nada têm a ver com o ronronar e que é a sensação de prazer, que aumenta a turbulência no sistema circulatório do gato, que está na origem do fenômeno. Esta turbulência, segundo alguns cientistas, é maior onde o sangue flui numa veia excepcionalmente larga, situada no peito do animal. Quando os músculos à volta dessa veia se contraem, as vibrações provocadas pela turbulência são amplificadas pelo diafragma, antes de subirem pela traquéia e ressoarem na cavidade sinusoidal. Para os gatinhos recém-nascidos, que ainda não ouvem bem, sentirem as tranqüilizantes vibrações do corpo da mãe é provavelmente mais importante que o ronronar. </li></ul><ul><li>Não são só os gatos domésticos que ronronam: muitos felinos selvagens de pequeno porte, como o lince e a jaguatirica, também podem comunicar prazer dessa maneira. Contudo, os grandes felinos, como os tigres e os jaguares, não têm essa característica. </li></ul><ul><li>Não são só os gatos domésticos que ronronam: muitos felinos selvagens de pequeno porte, como o lince e a jaguatirica, também podem comunicar prazer dessa maneira. Contudo, os grandes felinos, como os tigres e os jaguares, não têm essa característica. </li></ul>
  4. 4. Personalidade <ul><li>Cada gato tem o seu jeito próprio de ser. Tem aquele que é sempre assustado, aquele paradão, o carinhoso e outros. Há gatos que emitem sons como se estivessem falando, geralmente pedindo comida. Quando o dono não lhe dá importância, viaja freqüentemente, deixando-o sozinho, acaba perdendo a amizade do gato. Só se consegue a amizade do gato, quando seu dono lhe tratar com carinho novamente. </li></ul>
  5. 5. Expectativa e Porte <ul><li>Em cativeiro, os gatos vivem tipicamente entre 15 e 20 anos, mas o exemplar mais velho já registrado viveu até os 36 anos. Os gatos domésticos têm sua expectativa de vida aumentada quando não têm permissão para vagar pelas ruas, o que reduz o risco de ferimentos ocasionados por brigas e acidentes, bem como quando são castrados, o que também reduz os risco de incidência de câncer de testículos e ovários. Gatos selvagens vivendo em ambientes urbanos têm expectativa de vida de 2 anos ou menos. </li></ul><ul><li>Os gatos geralmente pesam entre 2.5 e 7 kg, embora alguns exemplares podem exceder 11 kg. Existem casos de gatos com 23 kg devido à superalimentação. </li></ul>
  6. 6. Cuidado com seu gato <ul><li>Quando você comprar um gato, faça um exame preliminar, que indicará se o gato tem algum problema de saúde. </li></ul><ul><li>Limpe os olhos com algodão umedecido em água boricada ou água morna (não quente). Use um algodão diferente para cada olho. Não use cotonete para não correr o risco de ferir o animal com a haste. </li></ul><ul><li>Observe as orelhas do gato em busca de cera excessiva ou uma infecção, o que poderia indicar a presença de carrapatos. Utilize um cotonete (umedecido em óleo de bebê) por orelha, para retirar o excesso de cera e sujeira da cartilagem exterior. Cuidado e não insira o cotonete no canal auditivo! </li></ul><ul><li>Veja se as gengivas estão inflamadas (gengivas saudáveis são de coloração rosa pálida), veja se há tártaro (uma placa marrom na base do dente), dente quebrado, mau-hálito ou qualquer outro problema. A maioria destes problemas requer cuidado veterinário. Os dentes devem estar brancos, sendo que gatos adultos podem ter dentes ligeiramente amarelados pelo tártaro. </li></ul>
  7. 7. <ul><li>Sua barriguinha deve estar cheia mas não muito estufada (caso esteja assim, pode ser sinal de vermes). Observe se há algum sobressalto (pode ser hérnia umbilical), cheque as patas por alguma deformidade. </li></ul><ul><li>Veja se o gato não está mancando ou com algum outro problema. </li></ul><ul><li>Sua pelagem deverá ser suave e sem bolas de pêlos embaraçados. Veja se a pele tem caspa ou áreas com falta de pêlos (isso é sinal de micose). Veja também a presença de pulgas (elas deixam pequenos pontos pretos) e outros parasitas. </li></ul><ul><li>Procure sinais de diarréia ou vermes. O ânus, e a vulva (se for fêmea) devem estar limpos. </li></ul><ul><li>Apare-as usando um cortador de unhas (trim) ou alicate próprio para unhas de animais. Corte sempre apenas a pontinha da unha, e tenha certeza de que não está atingindo a parte rosada que é extremamente sensível. </li></ul><ul><li>Dê sempre uma boa alimentação, para seu gato ter sempre muita saúde. Rações secas e úmidas de qualidade poderão ser encontradas nos Pet Shops. Se o gato é filhote use a própria para a idade dele. </li></ul><ul><li>A água deverá sempre estar disponível, limpa e fresca. </li></ul><ul><li>Obs.: Seu gato não tem 7 vidas...! Fale com o veterinário antes de dar qualquer medicamento. </li></ul>
  8. 8. Companhia <ul><li>Os gatos gostam de viver em bandos, quando tiver seu gato, tenha no mínimo dois, para que um possa fazer companhia ao outro. Se já tiver um gato em casa, trate de arranjar outro... ele vai lhe agradecer muito, e você vai ganhar muito com isso também. Cuide bem de seu gatinho e ele lhe dará muito carinho em dobro. </li></ul>

×