‫ﻣﺮﱘ ﰱ اﻹﺳﻼم‬     ‫ﻠﻐﺔ اﻟﱪﺗﻐﺎﻟﻴﺔ‬Maria no  Islã Por M. Abdulsalam (IslamReligion.com)
2          Maria no Islã   Maria, a Mãe de Jesus, detém umaposição muito especial no Islã, e Deus aproclama como a melhor ...
3“E (Deus propõe o exemplo para aquelesque crêem) de Maria, a filha de Heli, queguardou sua castidade; então sopramosnela ...
4   A Infância de Maria“Por certo Deus escolheu Adão, Noé e afamília de Abraão e a família de Heli sobretodas as outras da...
5nasceu em uma família escolhida. Hannah erauma mulher estéril que desejava uma criança,e ela prometeu a Deus que, se Ele ...
6...porque Deus escolheu sua filha, Maria, paraser a mãe de um dos maiores milagres dacriação: o nascimento virginal de Je...
7          nasce chorando por causa          de seu toque, exceto Maria e          seu filho (Jesus).” (Ahmed)Aqui, nós po...
8e a confiou aos cuidados de Zacarias.”(Alcorão 3:37)No nascimento de Maria, sua mãe Hannah alevou a Bait-ul-Maqdis e a of...
9   Milagres em sua Presença e Visitaçãodos AnjosEnquanto Maria crescia, até mesmo o profetaZacarias notou as suas caracte...
10Ela foi visitada pelos anjos em mais de umaocasião. Deus nos diz que os anjos a visitarame a informaram de sua condição ...
11devido ao fato dela ter sido escolhida para onascimento milagroso de Jesus.
12   Sua AnunciaçãoDeus nos informa de quando os anjos deram àMaria as boas novas de uma criança, a posiçãode seu filho na...
13         disse, ‘Assim é, Deus cria o         que Ele quer. Quando Ele         decreta algo, apenas diz-         lhe ‘Sê...
14Essa situação foi um grande teste para ela,porque sua grande piedade e devoção eramconhecidas por todos. Ela previu que ...
15Uma vez, quando Maria foi ao templo para osseus afazeres, o anjo Gabriel apareceu para elana forma de um homem. Ela fico...
16“Ele disse, ‘Assim será,’ teu Senhor disse:‘Isso é fácil para Mim, e farei dele um sinalpara os homens, e Misericórdia d...
17causou a ela tal angústia. Ela sabia que aspessoas chegariam à única conclusão lógicaem relação à sua gravidez, de que t...
18      O Nascimento de JesusNo início de seu parto, ela estava em profundador, tanto mental quanto física. Como poderiaum...
19Não apenas isso, mas nem o Alcorão nem oProfeta Muhammad, que Deus o exalte, sequermencionam que foi Eva quem comeu daár...
20falou abaixo dela, lhe tranqüilizando ereassegurando de que Deus a protegeria:“E abaixo dela uma voz chamou-a, ‘Não teen...
21Ela simplesmente apontou para Jesus e elemilagrosamente falou, como Deus tinhaprometido a ela na anunciação.“Ele falará ...
22para adorar a Deus, escapando dasconspirações e planos daqueles judeus que seempenhariam em matá-lo.
23   Maria no IslãNós já discutimos a grande posição que o Islãconcede à Maria. O Islã dá a ela a posição deser a mais per...
24Muhammad, o Mensageiro de Deus.” (Al-Tirmidhi)Apesar de todos esses méritos quemencionamos, Maria e seu filho Jesus fora...
25O Islã ordena a crença e implementação demonoteísmo estrito; de que ninguém temquaisquer poderes sobrenaturais além de D...
26engrandecimento, como a devoção de igrejas efestas específicas para Maria, levam aspessoas a engrandecer e glorificar ou...
27   Lista de Livros Gratis em Portugues-Um Breve Guia Ilustrado Para Compreendero Islã-A Mulher no Islam Mito e Realidade...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Maria no islam*

7.800 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.800
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6.338
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
27
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Maria no islam*

  1. 1. ‫ﻣﺮﱘ ﰱ اﻹﺳﻼم‬ ‫ﻠﻐﺔ اﻟﱪﺗﻐﺎﻟﻴﺔ‬Maria no Islã Por M. Abdulsalam (IslamReligion.com)
  2. 2. 2 Maria no Islã Maria, a Mãe de Jesus, detém umaposição muito especial no Islã, e Deus aproclama como a melhor mulher entre toda ahumanidade, a quem Ele escolhe sobre todasas outras mulheres devido à sua religiosidade edevoção.“E lembra-lhes, Muhammad, de quando osanjos disseram, ‘Ó Maria! Por certo Deuste escolheu e te purificou, e te escolheusobre todas as outras mulheres dosmundos. Ó Maria! Sê devota a teu Senhore prostra-te e curva-te com os que securvam (em oração).’” (Alcorão 3:42-43)Ela também foi um exemplo de Deus, comoEle disse:
  3. 3. 3“E (Deus propõe o exemplo para aquelesque crêem) de Maria, a filha de Heli, queguardou sua castidade; então sopramosnela Nosso Espírito (ou seja, Gabriel), e elaacreditou nas palavras de seu Senhor e SeusLivros e foi devotadamente obediente.”(Alcorão 66:12)De fato ela foi uma mulher adequada a trazerum milagre como o de Jesus, que nasceu sempai. Ela era conhecida por sua religiosidade ecastidade, e se fosse diferente, ninguém teriaacreditado em sua alegação de ter dado à luzenquanto mantinha seu estado de virgindade,uma crença e fato que o Islã consideraverdadeiros. Sua natureza especial foi um dosmuitos milagres provados em sua tenrainfância. Deixe-nos contar o que Deusrevelou em relação à bela estória de Maria.
  4. 4. 4 A Infância de Maria“Por certo Deus escolheu Adão, Noé e afamília de Abraão e a família de Heli sobretodas as outras da criação. Sãodescendentes, uns dos outros, e Deus éOniouvinte, Onisciente. Lembra quando aesposa de Heli (Hannah; também Ana)disse: ‘Ó meu Senhor! Eu consagro a Ti oque há em meu ventre para ser dedicadoaos Teus serviços (servir Teu Lugar deadoração); então aceita-o demim. Verdadeiramente, Tu és OOuniouvinte, O Onisciente.” (Alcorão 3:35)Maria nasceu para Heli e sua esposa Hannah,que era de descendência davídica vindo,portanto, de uma família de profetas, deAbraão a Noé, a Adão, que a Paz e as Bênçãosde Deus estejam sobre todos eles. Comomencionado no versículo, ela nasceu para afamília escolhida de Heli, que nasceu nafamília escolhida de Abraão, que também
  5. 5. 5nasceu em uma família escolhida. Hannah erauma mulher estéril que desejava uma criança,e ela prometeu a Deus que, se Ele aconcedesse um filho, ela o consagraria a Seuserviço no Templo. Deus respondeu à suainvocação, e ela concebeu umacriança. Quando ela deu à luz, ela seentristeceu, porque sua criança era umamenina e geralmente eram os meninos queprestavam serviço no Bait-ul-Maqdis.“E quando deu à luz, ela disse, ‘MeuSenhor! Eu tive uma menina...e o meninonão é igual à menina.”Quando ela expressou sua tristeza, Deus arepreendeu dizendo: “Deus sabe melhor o que ela deu à luz...” (Alcorão 3:36)
  6. 6. 6...porque Deus escolheu sua filha, Maria, paraser a mãe de um dos maiores milagres dacriação: o nascimento virginal de Jesus, queDeus o exalte. Hannah chamou a sua filha deMaria (Mariam em árabe) e invocou a Deusque a protegesse e à sua criança de Satanás: “E eu a chamei de Maria (Mariam), e a entrego e à sua descendência à Tua proteção, contra o maldito Satanás.” (Alcorão 3:36)Deus de fato aceitou essa súplica, e Ele deu aMaria e seu filho que estava por vir, Jesus, umtratamento especial – que não foi dado aninguém antes e nem a ninguém depois;nenhum dos dois foi afligido pelo toque deSatanás ao nascer. O Profeta Muhammad, queDeus o exalte, disse: “Todos que nascem Satanás toca ao nascer, e a criança
  7. 7. 7 nasce chorando por causa de seu toque, exceto Maria e seu filho (Jesus).” (Ahmed)Aqui, nós podemos ver imediatamente asimilaridade entre essa narrativa e a teoriacristã da “Imaculada Conceição” de Maria eJesus, embora aqui exista uma grandediferença entre as duas. O Islã não propaga ateoria do ‘pecado original’ e, portanto, nãoaceita essa interpretação de como eles eramlivres do toque de Satanás, mas ao contrárioessa foi uma graça dada por Deus à Maria eseu filho Jesus. Como outros profetas, Jesusfoi protegido de cometer pecadosgraves. Quanto à Maria, mesmo se adotarmosa posição de que ela não era uma profetisa, elatodavia recebeu a proteção e orientação deDeus que Ele concede aos crentes piedosos.“Então seu Senhor acolheu-a com belaacolhida, e fê-la crescer em pureza e beleza,
  8. 8. 8e a confiou aos cuidados de Zacarias.”(Alcorão 3:37)No nascimento de Maria, sua mãe Hannah alevou a Bait-ul-Maqdis e a ofereceu àquelesno templo para crescer sob suatutela. Conhecendo a nobreza e religiosidadede sua família, eles discutiram sobre quemteria a honra de educá-la. Eles concordaramem tirar a sorte, e não foi ninguém menos queo profeta Zacarias o escolhido. Foi sob o seucuidado e tutela que ela foi educada.
  9. 9. 9 Milagres em sua Presença e Visitaçãodos AnjosEnquanto Maria crescia, até mesmo o profetaZacarias notou as suas característicasespeciais, devido aos vários milagres queocorreram na presença dela. Maria, durante oseu crescimento, recebeu um quarto reclusodentro do templo onde ela devia se devotar àadoração de Deus. Toda vez que Zacariasentrava na câmara para ver o que elaprecisava, ele encontrava frutas abundantes, efora da estação, na presença dela.“Cada vez que Zacarias entrava nacâmara, ele a encontrava provida comsustento. Ele disse, ‘Ó Maria! De ondete provém isso?’ Ela respondia, ‘DeDeus.’ Certamente Deus concedesustento sem medida a quem Ele quer.”(Alcorão 3:37)
  10. 10. 10Ela foi visitada pelos anjos em mais de umaocasião. Deus nos diz que os anjos a visitarame a informaram de sua condição louvável entrea humanidade:“Quando os anjos disseram, ‘ÓMaria! Deus te escolheu e te purificou(devido à tua adoração e devoção), e teescolheu (fazendo-te mãe do profetaJesus) sobre todas as mulheres dosmundos. Ó Maria! Ore a teu Senhordevotadamente, e te prostra e te curvacom aqueles que se curvam.’” (Alcorão3:42-43)Devido a essas visitações dos anjos e por elater sido escolhida sobre as outras mulheres,alguns consideram que Maria foi umaprofetisa. Mesmo se ela não foi, o que ématéria de debate, o Islã a considera detentorada posição mais alta entre todas as mulheresda criação devido à sua piedade e devoção, e
  11. 11. 11devido ao fato dela ter sido escolhida para onascimento milagroso de Jesus.
  12. 12. 12 Sua AnunciaçãoDeus nos informa de quando os anjos deram àMaria as boas novas de uma criança, a posiçãode seu filho na terra, e alguns dos milagres queele realizaria: “Quando os anjos disseram,.‘Ó.Maria! Certa mente Deus te dá as boas novas de um Verbo (Sua palavra, ‘Sê’) Dele, cujo nome é o Messias, Jesus, filho de Maria, honorável nesse mundo e no Outro, e entre os próximos a Deus. Ele falará aos homens ainda no berço, e na maturidade, e será dos virtuosos.’ Ela disse, ‘Meu Senhor, como poderei ter um filho se nenhum homem me tocou?’ Ele
  13. 13. 13 disse, ‘Assim é, Deus cria o que Ele quer. Quando Ele decreta algo, apenas diz- lhe ‘Sê’, e é. E Ele lhe ensinará o Livro e a Sabedoria, e o Torá e o Evangelho.” (Alcorão 3:45- 48) Isso se parece muito com as palavrasmencionadas na Bíblia:“Não tenhas medo, Maria, porque fostesfavorecida por Deus. Muito em breve ficarásgrávida e terás um menino, a quem chamarásJesus.” Atônita, ela respondeu:“Mas como posso ter um filho, se souvirgem?” (Lucas 1:26-38)
  14. 14. 14Essa situação foi um grande teste para ela,porque sua grande piedade e devoção eramconhecidas por todos. Ela previu que aspessoas a acusariam de não ser casta.Em outros versículos do Alcorão, Deus relatamais detalhes da anunciação por Gabriel deque ela daria à luz a um Profeta.“E menciona no Livro, Maria, quando elase isolou de seu povo em um lugar nadireção do oriente. E colocou um véu entreela e eles; então Nós enviamos NossoEspírito (Gabriel), e ele apareceu como umhomem em todos os aspectos. Ela disse,‘Verdadeiramente eu me refugio noMisericordioso (Deus) contra ti, temes aDeus.’ Ele disse, ‘Eu sou apenas ummensageiro de teu Senhor, (para teanunciar) a dádiva de um filho virtuoso.’(Alcorão 19:17-19)
  15. 15. 15Uma vez, quando Maria foi ao templo para osseus afazeres, o anjo Gabriel apareceu para elana forma de um homem. Ela ficou assustadadevido à proximidade do homem, e buscourefúgio em Deus. Gabriel então disse a ela queele não era um homem comum, mas um anjoenviado por Deus para anunciar a ela que elateria uma criança muito pura. Atônita, elaexclamou“Ela disse, ‘Como poderei ter um filho, senenhum homem me tocou e eu nunca fuimundana?!’” (Alcorão 19:19-20)O anjo explicou que era um Decreto Divinoque já tinha sido decretado, e que de fato eraalgo fácil para Deus o Todo-Poderoso. Deusdisse que o nascimento de Jesus, que Deus oexalte, seria um sinal de Sua Onipotência, eque, assim como Ele criou Adão sem pai oumãe, Ele criou Jesus sem pai.
  16. 16. 16“Ele disse, ‘Assim será,’ teu Senhor disse:‘Isso é fácil para Mim, e farei dele um sinalpara os homens, e Misericórdia de Nossaparte, e essa é uma questão que já foidecretada.’” (Alcorão 19:21)Deus soprou em Maria o espírito de Jesusatravés do anjo Gabriel, e Jesus foi concebidoem seu ventre, como Deus disse em um outrocapítulo:“E Maria a filha de Heli, que guardou suacastidade, Nós sopramos nela através deNosso Espírito (Gabriel).” (Alcorão 66:12)Quando os sinais de gravidez se tornaramaparentes, Maria ficou ainda mais preocupadacom o que as pessoas falariam sobre ela. Asnotícias sobre ela se espalharam, e como erainevitável, alguns começaram a acusá-la denão ser casta. Ao contrário da crença cristã deque Maria era casada com José, o Islã mantémque ela não era noiva ou casada, e foi isso que
  17. 17. 17causou a ela tal angústia. Ela sabia que aspessoas chegariam à única conclusão lógicaem relação à sua gravidez, de que tinhaacontecido fora do casamento. Maria seisolou das pessoas e partiu para uma outraterra. Deus diz:“E ela o concebeu, e se isolou com ele emum lugar remoto. As dores do parto alevaram ao tronco de uma palmeira.”(Alcorão 19:22-23)
  18. 18. 18 O Nascimento de JesusNo início de seu parto, ela estava em profundador, tanto mental quanto física. Como poderiauma mulher de tal piedade e nobreza ter umfilho fora do casamento? Nós devemosmencionar aqui que Maria teve uma gravideznormal que não foi diferente das outrasmulheres, e teve o seu filho como as outrastambém. Na crença cristã, Maria não sofreuas dores do parto, porque o Cristianismo e oJudaísmo consideram a menstruação e o partocomo uma maldição sobre as mulheres pelopecado de Eva 1 . O Islã não suporta essacrença, nem a teoria de ‘Pecado Original’, masao contrário enfatiza fortemente que ninguémdeve carregar o pecado de outros:“Nenhuma alma peca exceto contra simesma, e nenhuma alma pecadora arcacom o pecado de outra.” (Alcorão 6:164)1 Veja Gênesis (3:16)
  19. 19. 19Não apenas isso, mas nem o Alcorão nem oProfeta Muhammad, que Deus o exalte, sequermencionam que foi Eva quem comeu daárvore e instigou Adão. Ao contrário, oAlcorão culpa ou apenas a Adão ou a ambos:“E Satanás lhes sussurrou, e osdesencaminhou com artifício. Entãoquando ambos provaram da árvore, o queestava oculto de suas vergonhas (partesíntimas) se tornou manifesto paraeles" (Alcorão 7:20-22)Maria, devido à sua angústia e dor desejou quenunca tivesse sido criada, e exclamou:“Quem dera tivesse morrido antes disso, etivesse sido esquecida.” (Alcorão 19:23)Após o parto do bebê, e quando sua angústianão podia ser maior, o bebê recém-nascido,Jesus, que Deus o exalte, milagrosamente
  20. 20. 20falou abaixo dela, lhe tranqüilizando ereassegurando de que Deus a protegeria:“E abaixo dela uma voz chamou-a, ‘Não teentristeças, porque o teu Senhor fez correrabaixo de ti um regato. E move em tuadireção o tronco da tamareira; ela fará cairsobre ti tâmaras maduras, frescas. Entãocome e bebe e fica feliz. E se vês alguém,dize, ‘De fato fiz votos de silêncio aoMisericordioso e hoje não falarei compessoa alguma.’” (Alcorão 19:24-26)Maria se tranqüilizou. Esse foi o primeiromilagre realizado nas mãos de Jesus. Elefalou tranqüilizando sua mãe em seunascimento, e uma vez mais quando aspessoas a viram carregando seu bebê recém-nascido. Quando eles a viram eles a acusaramdizendo:“Ó Maria, com efeito, fizeste uma coisaassombrosa!” (Alcorão 19:27)
  21. 21. 21Ela simplesmente apontou para Jesus e elemilagrosamente falou, como Deus tinhaprometido a ela na anunciação.“Ele falará aos homens ainda no berço, e namaturidade, e será dos virtuosos.’ (Alcorão3:46)Jesus disse às pessoas:“Eu sou de fato um servo de Deus. Ele meconcedeu o Livro e fez de mim um Profeta,e Ele me fez abençoado onde quer que euesteja. Ele me recomendou as orações, acaridade, enquanto eu viver. Ele me fezcarinhoso com a minha mãe, e Ele não mefez insolente, infeliz. E que a Paz estejasobre mim no dia em que nasci, e no dia emque morrer, e no dia em que eu forressuscitado.” (Alcorão 19:30-33)A partir daqui começa o episódio de Jesus, seuesforço de uma vida para chamar as pessoas
  22. 22. 22para adorar a Deus, escapando dasconspirações e planos daqueles judeus que seempenhariam em matá-lo.
  23. 23. 23 Maria no IslãNós já discutimos a grande posição que o Islãconcede à Maria. O Islã dá a ela a posição deser a mais perfeita das mulheres criadas. NoAlcorão, nenhuma mulher recebe mais atençãodo que Maria embora todos os profetas, comexceção de Adão, tivessem mães. Dos 114capítulos do Alcorão, ela está entre as oitopessoas que têm um capítulo com o seu nome:o capítulo dezenove, “Mariam”, que é Mariaem árabe. O terceiro capítulo no Alcorão temo nome do pai dela, Imran (Heli). Oscapítulos Mariam e Imran estão entre oscapítulos mais bonitos no Alcorão. Alémdisso, Maria é a única mulher especificamentemencionada pelo nome no Alcorão. O ProfetaMuhammad disse:“As melhores mulheres do mundo são quatro:Maria a filha de Heli, Aasiyah a esposa doFaraó, Khadija bint Khuwaylid (a esposa doProfeta Muhammad), e Fátima, a filha de
  24. 24. 24Muhammad, o Mensageiro de Deus.” (Al-Tirmidhi)Apesar de todos esses méritos quemencionamos, Maria e seu filho Jesus foramsomente humanos, e não tinham característicasque fossem além do campo dahumanidade. Ambos foram seres criados eambos ‘nasceram’ nesse mundo. Embora elesestivessem sob o cuidado especial de Deus queos prevenia de cometer pecados graves(proteção total – como outros profetas – nocaso de Jesus, e proteção parcial como outraspessoas virtuosas no caso de Maria, seadotarmos a posição de que ela não foi umaprofetisa), eles ainda estavam sujeitos acometer erros. Ao contrário do Cristianismo,que considera Maria como irrepreensível 2 ,ninguém recebeu essa qualidade de perfeiçãoexceto Deus.2 Santo Agostinho: “De nat. et gratis”, 36.
  25. 25. 25O Islã ordena a crença e implementação demonoteísmo estrito; de que ninguém temquaisquer poderes sobrenaturais além de Deus,e que apenas Ele merece adoração edevoção. Embora milagres tenham ocorridonas mãos dos profetas e pessoas virtuosasdurante suas vidas, eles não tinham poder parase ajudar, quanto mais a outros, após suamorte. Todos os humanos são servos de Deuse precisam de Sua ajuda e misericórdia.O mesmo é verdadeiro para Maria. Emboramuitos milagres tenham ocorrido na presençadela, tudo cessou após sua morte. Quaisqueralegações que as pessoas fizeram de que viramaparições da Virgem, ou que pessoas foramsalvas do perigo após invocá-la, como asmencionadas em literatura apócrifa como“Transitus Mariae”, são meras aparições feitaspor Satanás para desencaminhar as pessoas daadoração e devoção ao Único VerdadeiroDeus. Devoções como a “Ave Maria” recitadasobre o rosário e outros atos de
  26. 26. 26engrandecimento, como a devoção de igrejas efestas específicas para Maria, levam aspessoas a engrandecer e glorificar outros alémde Deus. Devido a essas razões, o Islã proibiuestritamente inovações de qualquer tipo, assimcomo a construção de locais de adoração sobretúmulos, tudo para preservar a essência detodas as religiões enviadas por Deus, amensagem pura para adorá-Lo somente edeixar a falsa adoração de todos os outrosalém Dele.Maria foi uma serva de Deus, e ela foi a maispura de todas as mulheres, especialmenteescolhida para o nascimento milagroso deJesus, um dos maiores de todos osprofetas. Ela foi conhecida por sua piedade ecastidade, e continuará a ser mantida nessaalta consideração através dos tempos que estãopor vir. Sua estória tem sido relatada noGlorioso Alcorão desde o advento do ProfetaMuhammad, e continuará assim, inalterada emsua forma pura, até o Dia do Juízo.
  27. 27. 27 Lista de Livros Gratis em Portugues-Um Breve Guia Ilustrado Para Compreendero Islã-A Mulher no Islam Mito e Realidade-A Verdadeira Religião de Deus-Jesus, Um Profeta do Islã-Muhammad O Mensageiro de Deus-Maria no Islã-O Islão é…-Você Pergunta E O Alcorão Responde-Party Thirty of the Holly Quran-O Conceito de Deus no Islã-Vida Após a Morte-A Busca por Paz Interior-Histórias de Novos MuçulmanosOBS: Nós esperamos que após o termino daleitura dos livros da CIMS, voce repasseeles adiante para outras pessoas para queassim seja distribuído o beneficío em todosos lugares.

×