LITERATURA – Século
XIX
.

Parnasianismo e Simbolismo
O Tempo não para e
as estéticas mudam!

Professora: Maria Cristina A...
O Simbolismo
começou na França
com a publicação de
“As Flores do Mal”,
em 1857, de Charles
Baudelaire . Surgiu
em meio à d...
Curiosidades:

A primeira
publicação
considerada de
fato parnasiana é a
obra Fanfarras
(1882), de Teófilo
Dias.
Imagens que marcaram
PARNASIANISMO

O Parnasianismo foi um movimento essencialmente
poético que reagiu contra os abusos sentimentais dos
românt...
OLAVO BILAC (1865- 1918)

•Olavo Bilac foi jornalista, poeta e inspetor
de ensino. Foi um dos fundadores da Academia
Brasi...
 Embora

sua poesia nem sempre
expresse uma visão profunda sobre o
homem e sua condição, Bilac foi o
mais jovem e o mais ...
SIMBOLISMO

O Simbolismo chegou ao Brasil no final do século XIX e
foi um Movimento Contemporâneo
ao Parnasianismo.

Carac...
Curiosidades
 As

primeiras obras literárias são Missal e
Broquéis, de Cruz e Souza.

 Os

principais autores dessa esté...
CRUZ E SOUSA

Cruz e Sousa nasceu em Florianópolis, Santa Catarina.
Seus pais, negros puros, eram escravos de um Marechal,...
 Mudou-se

para o Rio de Janeiro e sobreviveu
trabalhando em vários empregos.
 Casou-se e mais tarde sua esposa enlouque...
ALPHONSUS DE GUIMARAENS

Alphonsus de Guimaraens nasceu em
Ouro Preto, estudou Direito em São
Paulo e foi por muitos anos ...
DICAS

O Médico e o Monstro
Quem matou Sir Danvers, o
ilustre membro do parlamento?
Assim começa uma das mais
célebres his...
Dicas de Filmes e livros do Parnasianismo!

O Xangô de Baker Street
Sherlock Holmes vem ao Império do Brasil
investigar um...
POEMAS
ISMÁLIA
Quando Ismália
enlouqueceu,
Pôs-se a torre a sonhar...
Viu uma lua no céu,
Viu outra lua no mar.
No sonho e...
Exercícios
1. Nome de um autor do Parnasianismo:

A O B L C A Q V P O
J U I

S Q N T S R P

B V I

F L H A M C D

2. Compl...
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
TESTE SEUS CONHECIMENTOS
1)Qual autor a seguir sofreu por causa do preconceito, mas apesar disso ficou consagrado como pri...
6. Procure no caça-palavras 7 características do Simbolismo e do Parnasianismo:

SÂRIMASRICASTRIAPISSARTSMORDFS
BUEH JTYFQ...
RESPOSTAS

A O B L C A Q V P O

Respostas da Cruzadinha: p.18

J U I

S Q N T S R P

1)Assonância
2)Misticismo
3)Minas Ger...
Resposta da cruzadinha: página 20

SÂRIMASRICASTRIAPISSARTSMORDF
S
BUEH JTYFQASDVCXOPKJGZBQWPOL O
ÇABNSENHRFTGHYUDRFVBHNJS...
Parnasianismo e Simbolismo
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Parnasianismo e Simbolismo

17.903 visualizações

Publicada em

0 comentários
13 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
17.903
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
449
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
961
Comentários
0
Gostaram
13
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Parnasianismo e Simbolismo

  1. 1. LITERATURA – Século XIX . Parnasianismo e Simbolismo O Tempo não para e as estéticas mudam! Professora: Maria Cristina A. Biagio
  2. 2. O Simbolismo começou na França com a publicação de “As Flores do Mal”, em 1857, de Charles Baudelaire . Surgiu em meio à divisão social entre as classes burguesa e a proletária, as quais surgiram com o avanço tecnológico advindo da Revolução Industrial. Agência de viagens Kiriale
  3. 3. Curiosidades: A primeira publicação considerada de fato parnasiana é a obra Fanfarras (1882), de Teófilo Dias.
  4. 4. Imagens que marcaram
  5. 5. PARNASIANISMO O Parnasianismo foi um movimento essencialmente poético que reagiu contra os abusos sentimentais dos românticos. Considerado um movimento literário da elite, o Simbolismo só chegou ao Brasil no século XIX. Tríade Parnasiana
  6. 6. OLAVO BILAC (1865- 1918) •Olavo Bilac foi jornalista, poeta e inspetor de ensino. Foi um dos fundadores da Academia Brasileira de Letras. •Chegou a estudar Medicina e Direito, mas não concluiu os cursos. Dedicou-se desde cedo ao jornalismo e à literatura. •Foi Bilac quem criou a letra do Hino à Bandeira. Foi eleito Príncipe dos Poetas Brasileiros pela revista FonFon.
  7. 7.  Embora sua poesia nem sempre expresse uma visão profunda sobre o homem e sua condição, Bilac foi o mais jovem e o mais bem-acabado poeta parnasiano brasileiro.
  8. 8. SIMBOLISMO O Simbolismo chegou ao Brasil no final do século XIX e foi um Movimento Contemporâneo ao Parnasianismo. Características: ismo; ivismo,individualismo e mistic Subjet ade e a Rejeita a abordagem da realid Realismo e ação do social, ao contrário do valoriz Naturalismo; significados vras e personagens possuem Pala simbólicos; usical; de linguagem metafórica e m Uso agem que da Sinestesia (figura de lingu Uso , audição e sensações : tato, visão, olfato sugere paladar). consonantal; eração: :repetição de um som Alit cálico. onância: repetição de som vo Ass causa da A cor branca era adorada por religiosidade.
  9. 9. Curiosidades  As primeiras obras literárias são Missal e Broquéis, de Cruz e Souza.  Os principais autores dessa estética literária foram Cruz e Sousa e Alphonsus de Guimaraens.  Os poemas eram marcados pelo drama da existência e angústia.
  10. 10. CRUZ E SOUSA Cruz e Sousa nasceu em Florianópolis, Santa Catarina. Seus pais, negros puros, eram escravos de um Marechal, que criou o menino Cruz e Sousa, dando a ele educação refinada e o sobrenome Sousa. Com a morte do protetor, ele abandonou os estudos e começou a trabalhar na imprensa catarinense, escrevendo crônicas abolicionistas e participando diretamente de campanhas em favor da causa negra. Algum tempo depois foi nomeado promotor público, porém, foi impedido de assumir o cargo por causa do preconceito.
  11. 11.  Mudou-se para o Rio de Janeiro e sobreviveu trabalhando em vários empregos.  Casou-se e mais tarde sua esposa enlouqueceu.  Cruz e Souza morreu em 19 de março de 1898, na cidade mineira de Sítio, vítima de tuberculose. Cruz e Souza é, sem sombra de dúvidas, o mais importante poeta Simbolista brasileiro, chegando a ser considerado também um dos maiores representantes dessa escola no mundo.
  12. 12. ALPHONSUS DE GUIMARAENS Alphonsus de Guimaraens nasceu em Ouro Preto, estudou Direito em São Paulo e foi por muitos anos juiz em Mariana. Ficou conhecido como “O Solitário de Mariana”. Suas poesias são voltadas para o tema da morte, por causa da morte de sua prima Constança, a quem amava. A exploração do tema da morte abre ao poeta, por um lado, o vasto campo da literatura gótica ou macabra dos
  13. 13. DICAS O Médico e o Monstro Quem matou Sir Danvers, o ilustre membro do parlamento? Assim começa uma das mais célebres histórias de horror da literatura mundial. A história assustadora do infernal Dr. Jekyll e da busca através das ruas escuras de Londres, que culmina numa terrível revelação. R. L. Stevenson
  14. 14. Dicas de Filmes e livros do Parnasianismo! O Xangô de Baker Street Sherlock Holmes vem ao Império do Brasil investigar um crime. E, mesmo tendo vindo a negócios, também passeia no país dos papagaios, num Carnaval interpretado por Sarah Bernhardt. Jô Soares Poesias Reunião de diversos livros escritos pelo parnasiano Olavo Bilac. São eles: "Via-Láctea", "Sarças de fogo", "Alma inquieta", "As viagens", "O caçador de esmeraldas" e "Tarde". O Xangô de Baker Street O filme é baseado no livro de mesmo nome, de Jô Soares. Direção de Miguel Faria Jr.
  15. 15. POEMAS ISMÁLIA Quando Ismália enlouqueceu, Pôs-se a torre a sonhar... Viu uma lua no céu, Viu outra lua no mar. No sonho em que se perdeu, Banhou-se toda em luar... Queria subir ao céu, Queria descer ao mar... E, no desvario seu, Na torre pôs-se ao cantar... Estava perto do céu, Estava longe do mar... E como um anjo pendeu As asas para voar... Queria a lua do céu, Queria a lua do mar... As asas que deus lhe deu Ruflaram de par em par... Sua alma subiu ao céu, Seu corpo desceu ao mar... Alphonsus de Guimaraens A UM POETA Longe do estéril turbilhão da rua, Beneditino, escreve! No aconchego Do claustro, na paciência e no sossego, Trabalha, e teima, e lima, e sofre, e sua! Mas que na forma de disfarce o emprego Do esforço; e a trama viva se construa De tal modo, que a imagem fique nua, Rica mas sóbria, como um templo grego. Não se mostre na fábrica o suplício Do mestre. E, natural, o efeito agrade, Sem lembrar os andaimes do edif ício: Porque a Beleza, gêmea da Verdade, Arte pura, inimiga do artifício, É a força e a graça na simplicidade. Olavo Bilac
  16. 16. Exercícios 1. Nome de um autor do Parnasianismo: A O B L C A Q V P O J U I S Q N T S R P B V I F L H A M C D 2. Complete a cruzadinha e encontre o nome de uma estética literária. 1)Nome de uma linguagem musical que é a repetição de um som vocálico. 2)Uma das características do Simbolismo. 3)Estado onde nasceu Alphonsus de Guimaraens.(Sem separação) 4)Sobrenome de um autor do Parnasianismo: Olavo ... 5)Estética literária combatida pelos autores parnasianos. 6)Princípio que faz parte do Parnasianismo.(Sem separação) 7)Poema de Alphonsus Guimaraens que retrata bem o Simbolismo. 8)Nome de um autor do Simbolismo que sofreu muito por causa do preconceito.(sem separação) 9)Nome das únicas obras publicadas de Cruz e Sousa. 10)Cruz e Sousa sofria preconceito por ser ...
  17. 17. 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10
  18. 18. TESTE SEUS CONHECIMENTOS 1)Qual autor a seguir sofreu por causa do preconceito, mas apesar disso ficou consagrado como principal poeta simbolista? a)Álvares de Azevedo b)Machado de Assis c)Cruz e Sousa 2)Qual das características não faz parte do Simbolismo? a)Preocupação com o social b)Subjetivismo e individualismo c)Uso de figuras de linguagem 3)Quais assuntos eram muito falados nos poemas de Alphonsus de Guimaraens? a)Política b)Angústia c)Romantismo 4)Qual estética literária a seguir usava o princípio da arte pela arte? a)Parnasianismo b)Simbolismo c)Realismo 5)Quais os nomes dos autores da chamada Tríade Parnasiana? a)Olavo Bilac-Raimundo Correia- Cruz e Sousa b)Alphonsus de Guimaraens- Cruz e Sousa- Machado de Assis c)Olavo Bilac- Raimundo Correia- Alberto de Oliveira Cheque suas respostas na página 21!!
  19. 19. 6. Procure no caça-palavras 7 características do Simbolismo e do Parnasianismo: SÂRIMASRICASTRIAPISSARTSMORDFS BUEH JTYFQASDVCXOPKJGZBQWPOL O ÇABNSENHRFTGHYUDRFVBHNJSEDT N AOIJPIKHNJNHGRNGTMINUTJFREIN-E PRE ETRESDEJUNISMOTIONALIOTR- T C K ALTRÍADE-PARNASIANAIPSOCALYO J OKLOIVIDADEIRNESOPTRIADEPOLNS Q PONI-VOLVARTERSTOPUHJIMNOHTN A IUIJYH ITFDEILOIHUNFREASMONGRF D IFEDEG DEDPOUNMFRTNHUIMFDSQM FDFERSWCASDCBNMJHDESRAJKLMÇÃ K ADFERSTIIDERTUYSNMCBVFASAQWD ÃQWERTYUIOEASDEWQRERTSWAQDFG LDFGHJKLÇZXCVBNMASDQWERFBNGT S RTRWASAUIOBASDFEQWERTYUIOPASS MPARNASOVBNAQPOTAQWEFREJEIVO R ASERAAFGTHYUOIVELEAVGÇQF-GQQK NOPGNJIKLÇSSAOITREHUIMISTIÇAUG
  20. 20. RESPOSTAS A O B L C A Q V P O Respostas da Cruzadinha: p.18 J U I S Q N T S R P 1)Assonância 2)Misticismo 3)Minas Gerais 4)Bilac 5)Romantismo 6)Arte pela arte 7)Ismália 8)Cruz e Sousa 9)Missal e Broquéis 10)Negro Estética literária achada: Simbolismo B V I F L H A M C D P.17 Resposta do teste da p.19 1)C. 2)A. 3)B. 4)A. 5)C.
  21. 21. Resposta da cruzadinha: página 20 SÂRIMASRICASTRIAPISSARTSMORDF S BUEH JTYFQASDVCXOPKJGZBQWPOL O ÇABNSENHRFTGHYUDRFVBHNJSEDT N AOIJPIKHNJNHGRNGTMINUTJFREINA E PRE ETRESDEJUNISMOTIONALIOT R G T C K ALTRÍADE-PARNASIANAIPSOCALY O J OKLOIVIDADEIRNESOPTRIADEPOLN S Q PONI-VOLVARTERSTOPUHJIMNOHTN A IUIJYH ITFDEILOIHUNFREASMONGRF D IFEDEG DEDPOUNMFRTNHUIMFDSQM FDFERSWCASDCBNMJHDESRAJKLMÇÃ K ADFERSTIIDERTUYSNMCBVFASAQWD ÃQWERTYUIOEASDEWQRERTSWAQDFG LDFGHJKLÇZXCVBNMASDQWERFBNGT S RTRWASAUIOBASDFEQWERTYUIOPASS MPARNASOVBNAQPOTAQWEFREJEIVO R ASERAAFGTHYUOIVELEAVGÇQF-GQQK NOPGNJIKLÇSSAOITREHUIMISTIÇAUG

×