Quinhentismo no Brasil 
OO BBrraassiill--ccoollôônniiaa ddee 11550000 aa 11660000
Características históricas : 
 Grandes Navegações; 
 Chegada das naus portuguesas à costa brasileira – o “novo 
mundo”; ...
PPaarrttee II:: LLiitteerraattuurraa ddee IInnffoorrmmaaççããoo 
oouu ddooss VViiaajjaanntteess 
PPrroodduuççããoo LLiitteer...
Pero Vaz de Caminha ee a Carta do 
Descobrimento ao rei de Portugal – Uma carta, 
um documento, uma certidão…
Outros olhares sobre o Brasil 
 Diário de Navegação (escrito entre 1530 e 1532), por 
Pero Lopes de Sousa – impressões so...
Hans Staden 
(1520-1565): um 
alemão entre 
os tupinambás
Selvagem, pagão, bárbaro, 
canibal – muitos foram os 
adjetivos utilizados pelos 
primeiros cronistas europeus 
para carac...
Relato de Hans Staden 
 [...] Quando eu estava andando na 
floresta, eclodiram grandes gritos dos dois 
lados da trilha, ...
Outra terra, outro povo, 
outro deus
Parte II: Literatura de Catequese …sob a 
ordem da cruz 
 Tipo de produção: 
poemas, peças de teatro 
(autos religiosos),...
Anchieta: apóstolo e poeta 
(1534-1597) 
É a principal figura do período. Escreveu uma 
gramática, além de autos, crônicas...
Imagens retiradas do 
Google
Literatura de Informação e Jesuítica
Literatura de Informação e Jesuítica
Literatura de Informação e Jesuítica
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Literatura de Informação e Jesuítica

1.094 visualizações

Publicada em

Literatura Quinhentista

Publicada em: Educação
1 comentário
4 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.094
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
362
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
54
Comentários
1
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Literatura de Informação e Jesuítica

  1. 1. Quinhentismo no Brasil OO BBrraassiill--ccoollôônniiaa ddee 11550000 aa 11660000
  2. 2. Características históricas :  Grandes Navegações;  Chegada das naus portuguesas à costa brasileira – o “novo mundo”;  Visão edênica do colonizador em relação à nova terra e ao índio  Início do processo de colonização e exploração da terra. Literatura sobre o Brasil e não literatura brasileira - valor mais histórico do que literário.
  3. 3. PPaarrttee II:: LLiitteerraattuurraa ddee IInnffoorrmmaaççããoo oouu ddooss VViiaajjaanntteess PPrroodduuççããoo LLiitteerráárriiaa:: rreellaattooss,, ttrraattaaddooss,, ccaarrttaass ee ddiiáárriiooss,, ccoomm eessttrruuttuurraa ddeessccrriittiivvaa.. AAuuttoorreess ((eessttrraannggeeiirrooss)):: eessccrriivvããooss,, aavveennttuurreeiirrooss,, rreelliiggiioossooss,, hhiissttoorriiaaddoorreess ee nnaavveeggaaddoorreess.. RReepprreesseennttaanntteess:: PPeerroo VVaazz ddee CCaammiinnhhaa,, HHaannss SSttaaddeenn,, JJeeaann ddee LLéérryy,, AAmméérriiccoo VVeessppúúcciioo.. OObbjjeettiivvooss:: AA ““CCaarrttaa”” -- rreellaattaarr aaoo RReeii DD.. MMaannuueell aass iimmpprreessssõõeess ssoobbrree aa nnoovvaa tteerrrraa -- aa ffaauunnaa ee aa fflloorraa,, oo íínnddiioo –– ccoomm rreellaaççããoo aa eessttee,, ddeessccrreevveerr sseeuuss ccoossttuummeess ee rriittuuaaiiss.. DDeesseejjoo ppoollííttiiccoo:: ddeessccoobbrriirr oo ppootteenncciiaall eeccoonnôômmiiccoo ddooss nnoovvooss tteerrrriittóórriiooss..
  4. 4. Pero Vaz de Caminha ee a Carta do Descobrimento ao rei de Portugal – Uma carta, um documento, uma certidão…
  5. 5. Outros olhares sobre o Brasil  Diário de Navegação (escrito entre 1530 e 1532), por Pero Lopes de Sousa – impressões sobre o litoral brasileiro de Pernambuco a São Vicente.  Tratado Descritivo do Brasil (escrito no final do século XVI), por Gabriel Soares de Sousa, que tornou claras as intenções dos colonizadores portugueses, descrevendo em detalhes os conflitos existentes e as mudanças de comportamento do colonizador e do colonizado.  Tratado da Terra do Brasil(escrito entre 1565 e 1570), por Pero de Magalhães Gândavo.
  6. 6. Hans Staden (1520-1565): um alemão entre os tupinambás
  7. 7. Selvagem, pagão, bárbaro, canibal – muitos foram os adjetivos utilizados pelos primeiros cronistas europeus para caracterizar os nativos que encontraram na nova-velha- terra.
  8. 8. Relato de Hans Staden  [...] Quando eu estava andando na floresta, eclodiram grandes gritos dos dois lados da trilha, como é comum entre os selvagens. Os homens vieram na minha direção e eu reconheci que se tratava de selvagens. Eles me cercaram, dirigiram arcos e flechas contra mim e atiraram. Então gritei: “Que Deus ajude minha alma! [...]  (fragmento)
  9. 9. Outra terra, outro povo, outro deus
  10. 10. Parte II: Literatura de Catequese …sob a ordem da cruz  Tipo de produção: poemas, peças de teatro (autos religiosos), cartas e crônicas.  Objetivo: Catequizar os índios.  Autores: missionários jesuítas.  Principais representantes: Padres José de Anchieta e Manuel da Nóbrega – religiosos enviados ao Brasil pela Companhia de Jesus.
  11. 11. Anchieta: apóstolo e poeta (1534-1597) É a principal figura do período. Escreveu uma gramática, além de autos, crônicas, sermões e poemas em português, espanhol, latim e tupi-guarani.
  12. 12. Imagens retiradas do Google

×