Tarbalho De Historia Biografia

809 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
809
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tarbalho De Historia Biografia

  1. 2. <ul><li>Roberto Ivens nasceu a 12 de Junho de 1850, em São Pedro, Ponta Delgada. </li></ul><ul><li>Era filho de Margarida Júlia de Medeiros Castelo Branco, de apenas 18 anos de idade que provinha de uma família com poucos recursos, e de Robert Breakspeare Ivens, de 30 anos, filho do comerciante inglês William Ivens, residente em Ponta Delgada desde 1800. </li></ul><ul><li>Roberto Ivens foi criado pela mãe e pela tia, Ana Matilde. </li></ul>
  2. 4. <ul><li>Frequentou a Escola Primária do Convento da Graça, onde foi apelidado de &quot;Roberto do Diabo&quot; devido ás confusões em que se envolvia. </li></ul><ul><li>Mais tarde Roberto Ivens foi viver com o pai, a madrasta e os irmãos para Faro, no Algarve. </li></ul><ul><li>Em 1861 Roberto Ivens é inscrito na Escola da Marinha, em Lisboa, foi ai que estudou e continuou com uma carreira como oficial de marinha . </li></ul>
  3. 5. <ul><li>Concluiu o curso de Marinha com apenas 20 anos, com as classificações mais elevadas. </li></ul><ul><li>Frequentou em 1871 a Escola Prática de Artilharia Naval e partiu esse ano para a Índia, integrado na guarnição da corveta Estefânia. </li></ul><ul><li>Em 1875, segue na corveta Duque da Terceira para São Tomé e Príncipe e daqui para os portos da América da Sul. </li></ul>
  4. 6. <ul><li>Em 1890 foi nomeado, oficial às ordens da Casa Militar do rei D. Carlos. </li></ul><ul><li>Em 1895 foi feito oficial da Real Ordem Militar de S. Bento de Avis. </li></ul><ul><li>Em 1895 foi promovido a capitão-de-fragata. </li></ul>
  5. 7. <ul><li>Quando regressou a Lisboa, soube do plano governamental de exploração no interior africano, destinado a explorar os territórios entre as províncias de Angola e Moçambique. </li></ul><ul><li>Ofereceu- se logo para fazer parte desse plano. </li></ul><ul><li>Como a decisão demorou, pediu para servir na estação naval de Angola. </li></ul>
  6. 8. <ul><li>Em 1885 finalizada a viagem de exploração, Roberto Ivens e Hermenegildo Capelo foram recebidos como heróis em Lisboa. </li></ul><ul><li>Até o rei D. Luís se dirigiu ao cais para os receber e os condecorar à chegada. </li></ul><ul><li>Em seguida o rei conduziu-os ao Arsenal da Marinha para as boas vindas. </li></ul><ul><li>Seguiram-se oito dias de festas, com colchas nas varandas, iluminação, fogos de artifício, almoços, jantares e discursos sobre a heróica viagem. </li></ul>
  7. 9. <ul><li>Roberto Ivens faleceu em Oeiras, a 28 de Janeiro de 1898, deixando a mulher viúva e três filhos. </li></ul><ul><li>O segundo tenente Ivens Ferraz conduzia o bicórnio e a espada do falecido. </li></ul><ul><li>No largo do Cemitério de Carnaxide prestou as honras fúnebres uma força de 160 praças do corpo de marinheiros, com a respectiva charanga, e junto do jazigo, o Ministro da Marinha proferiu o elogio fúnebre. </li></ul>
  8. 10. <ul><li>Por todo Portugal existem dezenas de ruas com o nome de Roberto Ivens. </li></ul><ul><li>Ponta Delgada prestou-lhe também a devida homenagem, erguendo um busto. </li></ul><ul><li>Em Ponta Delgada, bem próximo do lugar do seu nascimento, funciona a Escola Básica Integrada Roberto Ivens. </li></ul><ul><li>  </li></ul>
  9. 11. <ul><li>http://pt.wikipedia.org/wiki/Roberto_Ivens </li></ul><ul><li>http://content.answers.com/main/content/wp/en/thumb/b/b8/180px-Capelo_and_Ivens.jpg </li></ul><ul><li>http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/9/97/Artur_Ivens_Ferraz.jpg/180px-Artur_Ivens_Ferraz.jpg </li></ul><ul><li>http://www.rtp.pt/wportal/sites/tv/grandesportugueses/images/articles/613/Roberto_Ivens_Foto_Passe.jpg </li></ul>

×